ir para o conteúdo
 • 

Moda

20.maio.2011 09:30:21

Quando vermelho e azul não combinam

Um dia você olha sua conta bancária e ela está vermelha. Você curte vermelho nas roupas, mas no banco isso significa perigo. Não é mesmo? E foi assim que Joanna Moura, publicitária de 27 anos, do blog Um ano sem Zara, decidiu ficar 1 ano – para tudooo: são 365 dias – sem comprar roupas, acessórios e sapatos para deixar a conta no azul. Até agora já se foram 79 longos dias!

Joanna Moura usa sua criatividade para bolar os looks diários que posta no blog. Foto: Natália Russo/AE

“O proprietário do meu apartamento resolveu vendê-lo. E eu percebi que não tinha 1 real no banco para fazer uma proposta. Fiquei arrasada com a perspectiva de ter que sair da minha casa. Foi quando resolvi que precisava dar um jeito na minha vida financeira”, conta. Uma pausa: vocês lembram que na série ‘Sex and The City’ Carrie Bradshaw passa por uma situação bem parecida? O proprietário do apartamento também quer vendê-lo e ela se dá conta que tem o dinheiro em sapatos, mais de 40 mil dólares, no melhor estilo ‘I like my money where i can see it: hanging in my closet’ (‘gosto do meu dinheiro onde consiga vê-lo: pendurado no meu armário’ – frase clássica da série).

Como uma consumista de carteirinha (ela contou que fazia compras semanalmente, no melhor estilo consumo homeopático: um pouquinho toda semana), Joanna decidiu bancar a promessa e dividir essa difícil decisão com outras pessoas. Assim nasceu o blog Um ano sem Zara, que já é um sucesso. “Quando resolvi que tinha que parar de gastar dinheiro logo veio a ideia que poderia ficar um tempo sem comprar roupas. Mas, eu era tão consumista que seria praticamente impossível abraçar esse desafio sozinha. Resolvi criar o blog como uma maneira de dividir esse compromisso com outras pessoas e me manter firme ao meu propósito”.

A publicitária não apenas se mantém firme a sua promessa postando no blog, ela também mostra como transformar um look mudando algumas peças ou usando-as de modo diferente (um vestido pode virar uma blusa ou uma saia, por exemplo). O Moda fez uma entrevista com a Joanna. Confiram:

Como o blog te ajuda a não cair em tentação?

O diálogo com todas as pessoas que entram lá e deixam recados me ajuda muito. A partir do momento que essas pessoas entram lá em busca de inspiração, dicas, ou incentivo, eu tenho uma responsabilidade. O desafio ficou maior do que eu. É maior do que um compromisso comigo. É um compromisso com todo mundo que entra lá.

Como tem sido a recepção das pessoas que acompanham o Um ano sem Zara? E como a decisão foi encarada pela família e pelo namorado?

Meu namorado adorou! Abraçou a idéia desde o início. E me ajuda muito (é ele que tira as fotos). Meus pais e amigos não botaram muita fé no início, mas hoje acompanham e adoram. Com relação às leitoras, a recepção é muito positiva. Desenvolvemos uma relação muito legal. Quase amigas virtuais. Até quando rolam críticas, elas são super respeitosas e construtivas. Eu adoro.

Já se passaram mais de dois meses desde a decisão de parar de comprar, o que você pode dizer da experiência até agora?

A experiência está sendo ótima. Vejo que estou sendo mais criativa na hora de me vestir. Além disso, tenho praticado o consumo consciente em outras áreas da minha vida. No supermercado, em restaurantes. A sensação de ter a conta no azul é muito boa.

Qual foi o momento mais difícil?

As TPM são complicadas. Era o momento do mês que eu me jogava no shopping pra me sentir melhor. Agora tenho que achar outras válvulas de escape.

Como você define seu estilo?

Gosto de dizer que o meu estilo é plural. Depende do meu humor, da maneira como eu acordo, de uma ou outra peça que estou apaixonada naquele momento.

Quem são suas referências no mundo da moda?

Adoro moda de rua, como o Sartorialist que mistura boas referências de moda com fotografia linda.

O que não pode faltar no seu armário de jeito algum?

Bons acessórios. Acho que eles dão super personalidade aos looks. Adoro brechós. Especialmente pra comprá-los. Porque dá pra encontrar coisas únicas, que vocês não vê mais gente usando por aí. Adoro o la Garçonne em Pinheiros.

Além da Zara, a referência a ela no nome já diz o quanto você adora, quais suas marcas favoritas?

Sou super eclética. Mas acho que o que mais se encontra no meu armário é Maria Bonita Extra. Também gosto de marcas como H&M e Urban Outfitters. Ótimas pedidas pra quem vai viajar e quer investir em peças ótimas e em conta.

Como você acha que será sua atitude com as compras após um ano sem fazer isso?

Acho que vou estar bem mais zen (tomara!) e espero não sair correndo pra comprar alguma coisa! De qualquer forma, acho que estarei mais criativa e mais consciente sobre as coisas que preciso e o que vai render mais com as coisas que tenho.

Comentários (36)| Comente!

  • A + A -
36 Comentários Comente também
  • 20/05/2011 - 11:54
    Enviado por: Antonio Durão

    Se todas as mulheres fizessem isso, por um ano apenas, muito emprego desapareceria, mas o planeta iria ganhar alguns anos de sobrevida.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2011 - 12:16
    Enviado por: kuki

    Mulheres!!! O “bichinho” complicado.
    Ela so nao contou que deve levar umas 3 horas para se decidir qual roupa colocar.
    rs.rs.rs.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2011 - 12:16
    Enviado por: Jeferson

    Até achei legal a ideia, mas esse mundo não tem nada a ver com o meu.
    Respeito. Nem sempre a casca mostra o fruto que vai dentro.
    Comprar menos nem sempre está relacionado com sair do vermelho.
    A cabeça é que comanda o corpo.
    Espero sorte pra você e que muita coisa mude no seu mundo.
    Que nossos mundos possam andar mais juntos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2011 - 12:54
    Enviado por: André Terra

    “Mulherzice” !!!! kkkk … … boa sorte !!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2011 - 12:56
    Enviado por: Daniel Moraes

    MARAVILHOSA!!!

    Tanto a pessoa, quanto a iniciativa!!!

    Olha, sou consumidor de primeira também… Compro muita besteira, nem sempre roupa, até mesmo pq, se gastasse tudo em roupa, estava menos no prejuízo… rsrsrsrs…
    Estou encarando um desafio desse naipe também… Não de ficar um ano sem comprar nada… Mas de não passar mais nenhum mês com a conta no vermelho… Decidi que queria algo muito difícil, e que tenho muita vontade… Quero fazer uma viajem para a Europa e se tudo der certo, morar lá… Acho que com um desafio grande, e que faz parte de uma meta da sua vida, vai dar certo!!! Hoje mesmo, no almoço, com o pagamento em conta, já me segurei… A sensação é boa mesmo!!!

    Adorei a matéria!!! Com certeza, vou passar a frequentar o blog dela, creio que vai me ajudar bastante nessa nova fase!!!

    Beijão…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2011 - 13:25
    Enviado por: Aline

    Sugiro ao redator da reportagem que substitua a palavra “defini”(sic) escrita erroneamente no texto (o correto seria “Como você definE o seu estilo?”.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2011 - 13:27
    Enviado por: Wilhelm

    Mas que desafio imenso!
    Inimaginável o sofrimento que a moça deve estar passando!
    Os empregados dela que sobrevivem com salário mínimo podiam dar umas dicas para a patroa.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2011 - 13:29
    Enviado por: JANAINA

    Olá,
    me identifiquei muito com esta reportagem pois estou passando pela mesma coisa!
    Tive que fazer caber no meu orçamento uma viajem ao exterior com curso de inglês, pelo período de um mes, e pra isso tive que abrir mão de compras e luxos que eu me dava todos os meses.
    O pior mesmo, como Joanna comentou, é a TPM, minha auto-estima cai e não tenho o remédio com efeito imediato que são “as compras”, mas tem o lado bom, já fazem 6 meses que não compro nada e aprendi que quando deixamos de comprar algo percebemos o real valor que aquela objeto de desejo tem e passei a perceber o valor das coisas, isso não tem preço, é muito bom.
    Depois de 6 messes sem gastar, tento dividir essa experiência com minha irmã, que é uma compradora compulsiva!!
    um beijo
    Janaina

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2011 - 13:40
    Enviado por: Pedro Bó

    Se conseguir eu caso com ela!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2011 - 13:56
    Enviado por: Francisco

    ô loco. ficar um ano sem comprar roupas? Como alguém pode viver assim!!! rsrs

    Fala sério, o tamanho do guarda-roupas dela dá pra três anos numa boa.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2011 - 13:57
    Enviado por: Cleber

    Quanta bobagem… Infelizmente é por este tipo de reportagem e de mentalidade a indústria da moda nunca foi e nem será levada a sério no Brasil.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 20/05/2011 - 15:02
      Enviado por: Carlos

      Realmente, a profundidade deste assunto é um assombro…

      responder este comentário denunciar abuso
    • 20/05/2011 - 15:06
      Enviado por: Daniel Moraes

      Nenhum tipo de conhecimento é bobagem Cleber… A iniciativa, consequentemente matéria nesse jornal, pode servir de exemplo sim para diversas outras pessoas!!!

      Existem conhecimentos e conhecimentos… aqueles nos servem e os que não nos servem… Absorver um conhecimento que não nos serve, é bobagem!!! Talvez seja por isso que você tenha tido essa visão da matéria…

      Costumo dizer que esse tipo de matéria é informação com descontração, eu particularmente, me identifiquei muito com a matéria e dei muita risada… E olha que eu passeio por vários outros assuntos, política, tecnologia, cultura e até mesmo paladar… Enfim…

      Acredite, não sei quais são os assuntos que mais lhe interessam, mas ler o que não lhe interessam tentando entender o motivo da reportagem é bem interessante, traz ótimos resultados…

      Abração e bom fds…

      responder este comentário denunciar abuso
  • 20/05/2011 - 14:02
    Enviado por: carlosjoao

    Enquanto isso, nossos irmãos estão na rua passando fome, frio, usando drogas e muitas pessoas discutindo parar de comprar coisas sem necessidade. O bixo ruim essa tal de ser humano.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2011 - 14:03
    Enviado por: carlosjoao

    Enquanto isso, nossos irmãos estão na rua passando fome, frio, usando drogas e muitas pessoas discutindo bobagens. O bixo ruim essa tal de ser humano.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2011 - 14:11
    Enviado por: Canela Junior

    Muito idiota mesmo, mas e uma gata, se ficar muito mal por conta da abstinencia pode relaxar la em casa,,,

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2011 - 14:32
    Enviado por: livia

    Eu sigo o blog (não diariamente, mas dou uma passadinha uma vez por semana) e acho legal pacas. To numa situação meio igual. Passei 2 meses sem comprar nada de roupa, sapata (acessorios eu nunca comprei) pra juntar grana e comprar uma ccamera. E não é que funciona? Não tenho o armário da bloggeira, mas pra minha vida de estudante hippie não faz falta.

    Parabéns pela matéria.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2011 - 14:45
    Enviado por: Agnes Barretto Dias

    Parabéns Joanna! Atitude inteligente de uma jovem de 27 anos,quanto marmanjo pós 40 não consegui emergir com outros tipos de consumo, como um tal politico da semana e ainda se julga inocente ” Todos podem! Eu Não “

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2011 - 14:58
    Enviado por: Juliana

    nossa engraçado isso… a coleção da stella mccartney saiu em maio! maio nao foi a 71 dias atras….oooooops..acho que alguem nao anda fazendo o que fala.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2011 - 15:12
    Enviado por: Walter

    Joana,
    Com duas calças jeans, dois sapatos, um tênis, duas regatas (uma preta e uma branca) e essa beleza sua: EU CASO, FÁCIL!
    E nem precisa comprar apartamento…moramos no meu!
    Homem não vê diferença em quantidade, cor, grife, preço de roupa…ele vê o que preenche isso tudo! Isso sem contar essas maquiagens horripilantes e essa mania de fazer plástica facial da mulherada. Fica tudo com cara de traveco…Monstruoso!
    Proponho que depois de um ano sem comprar, passe outros setenta com mais auto estima e sem consumismos desenfreados. Compre um espelho gigante e veja que é linda, com qualquer roupa!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 23/05/2011 - 16:43
      Enviado por: juliana

      Walter, muito bom comentário, creio que o problema da maioria das mulheres é a falta de auto confiança, acabam por “precisar” provar todos os dias que são lindas.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 20/05/2011 - 15:17
    Enviado por: dunha

    deveria gastar mais com limpeza! viram o pó nos oculos?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2011 - 15:32
    Enviado por: José Zimmerman

    A publicitária deu-se o desafio de não comprar roupas e/ou acessórios durante um ano, o que é bastante saudável. Eu já estou há uns três sem saber o que é uma camisa, uma calça ou um sapato novos no armário, e nem por isso deixei de ir trabalhar ou comparecer a comprmissos sociais e, melhor ainda, não fiquei deprimido.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2011 - 15:35
    Enviado por: Leila

    Essa blogueira é muito “fresca”, deve ser pobre metida a rica. Se ela quer comprar o apartamento dela é só econimizar um pouco mais, até comprando roupas todo mês, mãs não de marca. Comprando roupas básicas e uns acessórios e a mulher fica linda e arrumada. Lembrando que tem muitas lojas de rua que vende roupas lindas e baratinhas.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2011 - 15:43
    Enviado por: Mariana Santos

    ahahha… Bom que ela esteja conseguindo, mas com a quantidade de roupas e sapatos que ela já tem no guarda-roupa não acho nada difícil recombinar peças.

    Sei lá, eu tenho a mesma idade dela e não compro roupa toda semana, nem todo mês… é uma ou outra, sem exageros. Meu guarda-roupa é bem compacto, tenho 2 pares de tenis, algumas sandálias e já acho muito. rs

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2011 - 15:45
    Enviado por: Isabela

    Eu sigo o blog desde o comecinho e acho ótimo, achei ótima sacada da Joanna de sair do vermelho com criatividade, é estimulante mesmo pra mim, que não sou nada consumista, mas nos faz repensar na hora de uma compra, se é realmente necessário ou vontade de comprar somente, não que algumas vontades não mereçam ser satisfeitas… Além do mais ela monta looks super criativos, que me fizeram desenterrar algumas peças de roupas esquecidas no meu armário e usar alguns acessórios que não lembrava de usar faz tempo… vale à pena dar uma olhada e encontrar inspiração na hora de se vestir.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2011 - 15:54
    Enviado por: pernalogna

    a bueguesinha fez o que todo mundo sempre faz. Bem vindo à vida real!!! Pauta idiota. É por isso que o Estadão tá em crise.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2011 - 15:58
    Enviado por: Esron

    Achei de uma genialidade, passo por isso neste momento e sei como deve estar sendo difícil, mais para termos algo mais consistente, precisamos abrir mão de itens que não julgamos tão necessários no momento, para atingirmos nosss realizações futuras, e nada como dormir com a sua conta totalmente azul celeste.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2011 - 16:52
    Enviado por: marina

    Moro em Paris e nao conhecia seu blog .Uma amiga me enviou o link.Adorei !!!!!parabens.Isso é um verdadeiro exercicio de estilo.Você nunca tera’ tantas chances para entender o que é fashion e saber escolher teu estilo.
    O maximo.
    A francesa nao é uma brasileira consumista e aprende isso desde pequena.Escolher,saber o que é essencial para você naquela estaçao e naquela época da tua vida.
    Olha,parabens de verdade.Vou fazer a maior publicidade do teu blog.
    marina
    http://www.marinasprogis.blogspot.com

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2011 - 20:08
    Enviado por: Gabriela da Silva

    Essa é guerreira! :D
    Vou tentar seguir o exemplo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2011 - 21:54
    Enviado por: Adolpho

    tomara que um ano sem comprar melhorem seu gosto rs rs rs

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2011 - 23:56
    Enviado por: Gabriela

    Porque é claro que a única razão de usar maquiagem, gostar de comprar roupa e se preocupar com o que vestir é agradar homem, né? -.-’
    Ai, tem cada coisa…

    Adoro o blog e a ideia da Joanna, super queria ter coragem, até me animou quando descobri, quem sabe me organizo melhor e faço algo do tipo, uma graninha a mais é sempre bem vinda e subtraindo o que eu gasto com roupa, sapato e acessórios, eu tenho certeza que ia ser um bom dinheiro. :)

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/05/2011 - 15:54
    Enviado por: Ale

    Mas como tem gente de mal humor por aqui não? Esse tipo só curte má notícia, mortes e tragédias. Achei ótimo divulgar o blog Um ano sem Zara, pode ser definitivo na vida de uma “shopaholic”, pode tirar muita gente do fundo do poço financeiro. Parabéns ao Estadão e muitos looks maravilhosos pra Joana. E muita fluoxetina pros mal-humorados, rsrsrs

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/05/2011 - 19:40
    Enviado por: Lucileia

    eu acompanho o Blog. Fiquei viciada!!!! Ela tem muito bom gosto, so que fez resultado contrario comigo: to comprando que nem uma doida tentando achar pecas iguais ou parecidas com as que ela ja tem…..mas ainda pretendo copiar a ideia dela, de nao comprar nada em um ano.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/05/2011 - 18:04
    Enviado por: Quando vermelho e azul não combinam | Placedelamode

    [...] Quando vermelho e azul não combinam  » http:// blogs.estadao.com.br [...]

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/05/2011 - 01:48
    Enviado por: Quando vermelho e azul não combinam « Moda | Link Mundial

    [...] mais: Quando vermelho e azul não combinam « Moda Postado em: Internet   Tags: azul, combinam, moda, não, quando, [...]

    responder este comentário denunciar abuso

  • Quem Faz

    Quem Faz

    Mariana Belley

    Mariana Belley é jornalista e faz pós graduação em Comunicação e Cultura da Moda. Sabe que se expressa melhor através da escrita do que do desenho e, por isso, comunica seu conhecimento e descobertas no universo fashion através das palavras. Apaixonada, vê na moda uma forma de compreender o mundo, a história, as pessoas, a cultura, além de ser uma forma de libertação e expressão. Ama os clássicos da música brasileira, dança rock e não sai de casa sem o batom vermelho na bolsa.

    Contato: mariana.barbosa@estadao.com

Arquivo

Seções

Blogs do Estadão

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo