ir para o conteúdo
 • 

Marcos Guterman

22.outubro.2010 18:49:19

Bolívia legaliza sexo a partir dos 12 anos

O Congresso boliviano, dominado pelos partidários do presidente Evo Morales, aprovou uma mudança no código penal do país que descriminaliza relações sexuais entre jovens de 12 a 15 anos.

Como noticia o Clarín, o artigo 308 pune quem mantém relações sexuais com menores de 14 anos, mas exime de sanção “as relações consensuais entre adolescentes maiores de 12 anos, sempre que não exista diferença de idade maior de três anos, entre ambos, e que não se tenha produzido violência nem intimidação”.

A oposição, claro, estrilou, dizendo que o texto libera as relações sexuais entre crianças. Já os governistas afirmaram que os críticos não entenderam bem o espírito da lei – que, dizem, trata apenas de casos “excepcionais” e busca evitar que adolescentes sejam tratados como criminosos.

comentários (35) | comente

  • A + A -
35 Comentários Comente também
  • 22/10/2010 - 20:05
    Enviado por: Thomas

    Pais sub-desenvolvido da nisso ! quer ser progressista !

    responder este comentário denunciar abuso

    • 22/10/2010 - 22:38
      Enviado por: Marco Aurelio

      vc fala isso porque é preconceituoso e porque é a Bolívia! Eles pelos menos reconhecem os fatos, ao contrário de nós brasileiros, que somos conservadores e preferimos fazer de conta que isto não existe.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 23/10/2010 - 02:10
      Enviado por: CARLOS FIGUEIREDO

      E é !
      Imagino o clero tendo xiliques !
      DÁ-LHES , EVO !

      responder este comentário denunciar abuso
  • 22/10/2010 - 20:49
    Enviado por: Yo soy peruano!

    Quero ver é o congressito boliviano aprovar a lei que garante que maiores de 70 anos conseguirão fazer sexo, nem que seja com distribuição gratuita de Viagra!
    Aí.. até eu me mudo pra terra do Gran Evo Morales!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/10/2010 - 21:04
    Enviado por: Oliveira

    Com a ‘revolução’ chegando aí, já vemos os defensores do sexo com animais. Em breve veremos alguém apaixonado por uma minhoca e, claro, como será minoria, o ParTidão vai apoiar.
    Já passou da hora de reler A Revolução dos Bichos e 1984 de George Orwell.
    Estão destruindo o que a humanidade levou milênios para conquistar.
    A pedofilia está a um passo. Aguardem.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/10/2010 - 21:12
    Enviado por: luiz

    Civilizados! Fisicamente aptos = legalmente aptos. Toda jovem depois do primeiro mênstruo está apta para o sexo; todo jovem depois da primeira ereção também. O Estado não tem nada que se meter no assunto deles. As famílias poderiam aconselhar, as religiões podem orientar seus fiéis (apenas seus fiéis). Só isso.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/10/2010 - 21:14
    Enviado por: Dorival

    Talvez a grande diferença entre um país rico e um pobre, com um congresso e presidente com pobreza de espírito maior ainda seja a seguinte: Nos EUA ter sexo com menor de 18 anos de idade, isto vale para ambos os sexos, independentemente de ser consensual ou não, cinco anos de prisão. A lei entende que um menor não pode e não deve discernir sobre esta questão, e que não existe o consentimento dele quem deve ter ponderação são os adultos.
    Quando um país toma uma medida assim é sinal que eles não respeitam suas crianças, seus adultos e principalmente suas mulheres, e absolutamente não existe cidadania. O machismo deu o tom da lei, tem um filme chamado a ‘teta enferma’ que é simplesmente uma doença que da no seio de uma mulher estuprada por seu pai e segundo a crendice ela não pode amamentar isto é uma história real passada na Bolívia e mostrada pela TVE a televisão espanhola, precisa dizer mais alguma coisa?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/10/2010 - 21:53
    Enviado por: Glúon

    .
    ____________________
    .
    Entreouvindo na Unasul
    .
    ____________________
    .

    - Você acha muito avançada a mudança no código penal boliviano?
    - Qual mudança?
    - A que descriminaliza as relações sexuais entre os jovens de 12 a 15 anos?
    - Poxa, a Bolívia sempre querendo ficar à frente do Peru, né?
    .
    __________________________________________
    .

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/10/2010 - 22:00
    Enviado por: Carlos Jorge

    A Bolivia tem abandonado a cultura européia para adotar a cultura do Altiplano, baseada nas civilizações préhispânicas, tentando reviver um passado que não mais existe e que se perdeu na história.
    A pobreza e a ignorância estão se unindo para tentar resolver o centenar subdesenvolvidmento.
    Os empreendedores são hostilizados.
    A inversão estrangeira também, em nome de um nacionalismo que só permeia entre os ignorantes e políticos ávidos pela riqueza que representa o GSA..

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/10/2010 - 22:02
    Enviado por: paulo

    Estamos indo para esse caminho. Deixa a Dilma ganhar.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/10/2010 - 22:24
    Enviado por: Alceste Pinheiro

    A lei é acertada. Não legaliza, mas discriminaliza o que sabemos que acontece nos tempos de hoje. Alguém duvida que um rapaz de 16 anos mantém hoje relações sexuais com a namorada de 15? A lei não parece liberar relaçõe sexuais entre maiores e menores de 18 anos.
    Sabemos todos que é comum no Brasil mesmo uma moça de 15, 16 anos, namorar rapazes de 20, 21, 22 anos ou mais. Namoro que inclue relações sexuais. Namoro com consentimento dos pais.
    Uma situação esdrúxula porque um rapaz de 20 anos com uma moça de 17 presupõe corrupção de menores, no rigor da lei. Todos aceitam, sobretudo se o rapaz é filho da gente, e a moça, filha do vizinho.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/10/2010 - 22:25
    Enviado por: Cesar Rocha

    Bem, se nosso progressista presidente (risos) seguir a atitude do índio-cocaleiro-presidente, um de seus ídolos, logo logo teremos a liberação da pedofilia (associado ao aborto, que se complementarão); seria bom que se punisse menores assassinos também.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 23/10/2010 - 06:48
      Enviado por: Anna H.

      Punir menores assassinos, mas da maneira certa e nao estimulando a marginalizaçao deles ao abandoná-los dentro de prisoes junto de monstros psicopatas.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 22/10/2010 - 22:39
    Enviado por: HAMILTON FERREIRA

    ESTA LEI CONTRIBUIRÁ PARA QUE OS JOVENS VENHA INICIAR SUA VIDA
    SEXUAL MAIS CEDO, ESPERO QUE NOSSOS POLITICOS NÃO FAÇA O MESMO
    AQUI NO BRASIL.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/10/2010 - 22:45
    Enviado por: Ezequiel-SP

    No vale do Jequitinhonha isso já existe faz tempo.

    Como já falamos aqui anteriormente, na Faixa de Gaza, menininhas de no máximo 10 anos de idade se casam com “meninos” de 22 em diante. Se o Marcos deixar eu passo o e-mail com fotos e ele pública.

    No Brasil a lei não pega porque a Dilma não gosta de sexo, graças a Deus.

    Vai liberar o cola velcro.
    Desculpa, não resisti.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 28/10/2010 - 16:50
      Enviado por: Rafael

      Ezequiel,
      Discordo do que a sua pessoa deixou escirto, sou do Vale do Jequitinhonha, amo aquele lugar,sendo contra uma pessoa que fala isto é porque não conhece as realidade do Vale( pois ali a midia usa por cunho politico se voce não conhece vou lhe mostrar as cidades famosas do Vale do Jequitinhonha e suas personalidades, Cidades: Diamantina(Juscelino Kubtschek, Minas Novas( Dom Serafim Cardeal-Arcebispo de BH entre outras e outros) , dificuldades podemos ter sim, mas carater nunca fugui da simplicidade nosso povo, pois sabemos nos dar valor, pois cultuamos o tracionalismo da Familia tipica Mineira que é a sua honradez, ao contrario percebo que você não conhece o Vale. Também percebo que você não tem o “DNA do Jequi” ao qual Denominamos a todos aqueles que são nascido no Jequitinhonha. Convido Você a conhecer a Cultura nosso povo e suas raizes, Creio que voce vai mudar de opnião.

      Rafael

      responder este comentário denunciar abuso
  • 22/10/2010 - 23:14
    Enviado por: Catarina

    Sexo é bom e para a vida toda. Por isto, acho uma pena uma criança de 12 anos, ou de 15, começar a pensar em sexo, que ocupa tanto os pensamentos, se tem o resto da vida para fazer isto.
    Cá entre nós, ser criança é bom demais.
    O sexo implica em responsabilidades, que com 12 ou 15 anos, não se tem o preparo para elas. Como ser pai, mãe, ou cuidados com as doenças transmissíveis.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/10/2010 - 23:19
    Enviado por: Antonio

    E depois alguém ainda não sabe porque esse paiseco nunca vai melhorar. Cretinos!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/10/2010 - 23:39
    Enviado por: Renato

    Essa lei só podia ser num país em que o presidente deu um pé-no-saco, literalmente, num jogador durante uma pelada de futebol. Oh terra de ninguém. Essa semana, conforme noticiou o Estadão, confessou que parte da coca vai para o refino da droga… E o cara é amigão do Lula.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/10/2010 - 00:16
    Enviado por: Ulisses

    Povo, não distorçam a notícia. É legalizado sexo entre jovens de 12 a 15 anos, e não adultos com menores! É totalmente diferente, não sabem ler e interpretar?

    Vocês acham que alguns jovens nessa idade não fazem esse tipo de coisa? Se fizer, merece ir pra cadeia? Pra febem? Ja pensou? Joãozinho de 14 anos faz sexo com Mariazinha de 13, ambos vão pra FEBEM por terem praticado sexo! Faz sentido? Não né? Acredito que nem precisava de uma deixar claro na lei uma coisas dessas, poxa usem o bom senso.

    Abraços!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/10/2010 - 00:30
    Enviado por: markus

    Proibindo ou não, a molecada continuará “sapecando”. Que tal pregar a “cultura” da camisinha? Nesse negócio deve reinar o pragmatismo. Religiões só acentuam o problema.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/10/2010 - 06:31
    Enviado por: Juvenal

    Isso de comercialização global da sensualidade começou na Direita, em reuniões do chamado Clube de Roma (que atua como aconselhamento a conglomerados empresariais), rasgando toda a óbvia literatura que alerta sobre a degradação dos impérios, como se fosse possível fazer justiça aos instintos sem danos morais decorrentes. Mas é a ESQUERDA quem mais facilmente assimila tal comercialização fruto de sua reduzida expansão de consciência. Basta ver que aqui no Brasil é distribuído gel para o exercício da perversão homossexual com verbas estatais dos petralhas. Tudo como se não existisse oposição entre o par de opostos Tectônico x Espiritual.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/10/2010 - 06:43
    Enviado por: Anna H.

    E antes da medida os adolescentes bolivianos eram tratados como criminosos ao terem relaçoes sexuais entre eles ? Criminosos ? Vou te contar, a Bolívia está muito atrasada ainda, se bem que o brasileiro que cospe pra cima nao está melhor que o boliviano médio.Povo latrino-americano, dizem até hoje dos pobres.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/10/2010 - 08:52
    Enviado por: Joçao Vatanabe

    Um paiz como Bolivia aprovando uma lei destas, acredito que ñ esteja enxergando muito bem p/ o futuro destas crianças imaturas p/ tanta responsabilidade caso venha se engravidar, ou ainda das consequencias da iontegralçao na sociedade uma vez que se trata de crianças. E muito lamentavel que um paiz destes aprovem uma lei desta que so tende a levar p/ fiacar mais atrasado em relaçao a seus paises vizinhos .Evo Moraes pare com isto !!!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 19/10/2011 - 14:08
      Enviado por: wander

      aqui na minha cidade no bairro gravaram um video de uma menina de 12 anos q stava fazendo sexo com 3 rapazes, ela q queria, perguntava depois q terminava com um quem é o proximo, pra nossa lei isso é estrupo mesmo q a menina queira fazer sexo com um menor de 18 anos ou ate mesmo com um velho é estrupo, se legalizaram essa lei ai por q nao tem como controlar, assim como aqui nao tem tambem e fazem leis pra maiores de idade por q eu menores ainda irão praticar sexo, entre 10 a 18 anos, mas qndo a menina ou o menino ja tem corpo de adolecente, por q tu olha uma menina hoje pensa q tem 16 anos ou ate mesmo 18, mas qndo descobre a idade 13 anos.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 23/10/2010 - 10:18
    Enviado por: Ze

    No longínquo século XX, minha tia se casou aos 14 anos, com um velho de 28. Aqui mesmo no Brasil. Casamento arranjado pela família. Hoje em dia isso é considerado abominação, mas naquele tempo era normal e muito bem visto.
    Esse bando de cretinos que agora fica ditando regras podia pensar que moral e leis mudam, muito mais do que as toscas cabecinhas preconceituosas com que agora bêm aqui defecar regras.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 05/12/2010 - 02:17
      Enviado por: ANGELO

      O PIOR CEGO É AQUELE QUE NÃO QUER VER…SENHORES JUÍZES,FALSOS HIPÓCRITAS DA LEI ,VESTIDOS COM SUAS TOGAS QUE O POVO PAGA,PAREM DE SE FAZER DE IDIOTAS,NO SÉCULO PASSADO ERA NORMAL MENINAS DE 14 SEREM PROMETIDAS AOS FAZENDEIROS DE 60 …E ONDE ESTAVAM VCS?? SENHORES DE PRETO???

      responder este comentário denunciar abuso
  • 23/10/2010 - 12:47
    Enviado por: Claudia

    É.. quanto mais criancinhas para carregar coca, mais barato o transporte, claro.. Até parece que o Estado precisaria regular e estimular sexo aos 12 anos.
    QUE ATRASO.. É cumpanhero, né?
    Sexo oficialmente a partir de 12, então imagino que, ensaio.. instrução, pensamentos voltados para.. devem ser a partir de sete.. As meninas começarão a menstruar aos 10 e aos 12 estarão começando a 3ª gestação. Legal em pouco tempo os operários da coca triplicam..
    Ele deve estar pensando em diminuir a idade oficial de eleitor.. para estar legislando esse tipo de absurdo..

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/10/2010 - 14:30
    Enviado por: uccella

    esperar o q de um país onde se governa um cavalo, cuja metade da população fugiu dos coices pra moóca? e depois agüentar o chico buarque com aquela voz de fuinha, aquela dicção abominável sem precedentes, dizer q não se deve falar grosso com a bolívia? o curumim, ditador e câncer mundial ainda recebe apoio de pseudo-intelectuais brasileiros! se contrariado, não pensaria duas vezes em atirar uma flecha ou zarabatana na testa do chico b.!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/10/2010 - 15:50
    Enviado por: Schneider

    Esse é um dos problemas do pessoal esquerdilóide. Não os denomino de esquerda para não desmerecer os méritos existentes no socialismo. Quando o politburo toma o poder, começam a implementar seus conceitos distorcidos provenientes das leituras marxistas.
    .
    Na faculdade, tive um colega de ultra-ultra-esquerda que foi expurgado do grupo de estudos da ultra-esquerda; ele defendia o término do conceito de família, sexo grupal e o escambau, tudo isso em plena sala de aula de Direito.
    .
    Todos os governantes se embriagam pensando que o poder será eterno. Lula e o PT também foram picados por esta mosca tsé-tsé. Quando a população rejeita suas idéias, como acontece agora com a sra. Dilma e questão do aborto, é que se dão conta que não são deuses do Olimpo.
    .
    Quando não se atinge o entendimento de que o homem provém de Deus e que, portanto, possui uma alma e uma dimensão ético-moral, daí tornamo-nos reduzidos a um saco de carne e ossos. Em âmbito individual, tudo passa a ser válido, até mesmo trair sua esposa, filhos e família. No âmbito coletivo da polis, se adota legislação permissiva de modo a eximir o homem de responsabilidades. Tudo passa a ser legal, como por exemplo, o homosexualismo e o aborto, principais bandeiras dos liberais. No caso boliviano, sexo entre crianças e adolescentes tem como consequência gravidez indesejada. Ricos abortam em clínicas e ficam limpinhos. Pobres tem filhos indesejados e aumentam sua miséria. A esquerda resolve o problema dos mais pobres propondo aborto para todos.
    .
    Já expressei em outros posts, sobre o que considero a permissividade da sociedade com relação a erotização. Tudo é muito lindo: b..unda, coxa e peito. Contudo, este pessoal não é o mesmo que se depara com os menores abandonados e problemáticos para desempenharem um papel construtivo na sociedade. O Brasil ainda tem o descalabro de endeusar Xuxa Meneghel como a “Rainha dos Baixinhos”, uma ex-atriz pornô-pedófila. Menores abandonados acabam nas ruas cometendo delitos ou queimados pela polícia e despejados em algum lixão.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/11/2010 - 00:08
    Enviado por: Bárbara

    Tem um bando de hipócritas comentando aqui. Vomitam todo seu preconceito contra Bolivia, mas respondam, vocês acham a prática de sexo (consensual) entre adolescentes não existe aqui no Brasil? Ou será que todo mundo que tá vindo aqui pra dizer bobagens começou sua vida sexual depois dos 18?
    E outra coisa, descriminalizar esse comportamento (que é natural) não tem nada a ver com estimular. Tem garotas que com 13 anos já se sentem prontas para ter uma relação e fazem mesmo sendo proibido, outras com 20 ainda não. Não é o fato de ser permitido ou nem pela lei que vai fazer ela procurar isso aleatoriamente.
    Enfim, tem gente que precisa interpretar melhor os fatos antes de sair falando bobagem e ditando moralismos ultrapassados.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 19/10/2011 - 14:05
      Enviado por: wander

      concordo com vc, aqui na minha cidade no bairro gravaram um video de uma menina de 12 anos q stava fazendo sexo com 3 rapazes, ela q queria, perguntava depois q terminava com um quem é o proximo, pra nossa lei isso é estrupo mesmo q a menina queira fazer sexo com um menor de 18 anos ou ate mesmo com um velho é estrupo, se legalizaram essa lei ai por q nao tem como controlar.

      responder este comentário denunciar abuso

Deixe um comentário:

  • Quem Faz

    Quem Faz

    Marcos Guterman

    Marcos Guterman é jornalista profissional desde 1989. Trabalhou por 15 anos na Folha e desde 2006 está no Estadão, onde edita a Primeira Página. É historiador, com graduação e mestrado pela PUC-SP. Atualmente faz doutorado em História na USP, tendo o nazismo como tema de pesquisa. É autor do livro "O Futebol Explica o Brasil". Sua pátria é o Santos Futebol Clube.
    Contato: marcos.guterman@grupoestado.com.br

Arquivo

Seções

Diversão pura

Jornalismo

Meus blogs favoritos

Blogs do Estadão