1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Duncan joga mais uma temporada; o basquete agradece

Marcius Azevedo

24 junho 2014 | 09:25

O jogador, que completa 39 anos em 25 de abril, avisou ao San Antonio Spurs que vai cumprir o último ano do contrato de US$ 10,3 milhões.

Escrevi recentemente que Tim Duncan poderia se aposentar em paz (leia aqui) após conquistar o quinto título da NBA. O pivô, porém, decidiu adiar por mais uma temporada o fim da carreira e sua obvia entrada no Hall da Fama.

O jogador, que completa 39 anos em 25 de abril, avisou ao San Antonio Spurs que vai cumprir o último ano do contrato de US$ 10,3 milhões.

Especulou-se inclusive que Duncan iria abrir mão do atual acordo e assinar outro, por mais dois anos, mas isso não se confirmou. Desta forma, o pivô deve se aposentar ao final da próxima temporada.

A permanência de Duncan é extremamente positiva para o time do Texas. É inegável que o pivô, mesmo indo para sua 18º temporada na NBA, continua com exibições contundentes.

Duncan decidiu jogar mais uma temporada (AP)

O jogador, claro, não tem mais tanta explosão, mas continua sendo mortal próximo da cesta e fundamental na defesa. Não à toa, Duncan registrou 15,1 pontos e 9,7 rebotes em 74 jogos na temporada regular. Nos playoffs, em 23 partidas, foram médias de 16,3 pontos e 9,2 rebotes.

Além disso, o San Antonio Spurs só se tornou uma franquia vencedora por causa de Duncan. Desde que o jogador foi selecionado no draft de 1997 na primeira posição, o time tem um desempenho excepcional. Além de conquistar cinco títulos, são 950 vitórias e 396 derrotas.

Duncan é ainda o jogador em atividade com mais vitórias, com 898. O pivô conquistou ainda dois prêmios de MVP da temporada (2002 e 2003) e outros três de MVP das finais (1999, 2003 e 2005).

Por tudo o que Duncan representa para o basquete temos de comemorar a decisão do pivô de nos brindar com mais uma temporada.