1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Quem Faz

MARCELO DE MORAES participa da cobertura de política e economia em Brasília desde 1993. Atualmente é o diretor da sucursal de O Estado de S.Paulo na capital, tendo trabalhado em outros importantes veículos de comunicação do País, como O Globo, Veja, Jornal do Brasil, Valor Econômico, Correio Braziliense, entre outros.
quinta-feira 24/04/14

Senado vai recorrer ao plenário do Supremo contra CPI exclusiva da Petrobrás

Em nota oficial, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), acaba de anunciar que vai recorrer ao plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) contra a liminar concedida pela ministra Rosa Weber que garantiu à oposição o direito de abrir uma CPI exclusiva para investigar irregularidades na Petrobrás. O governo e sua base aliada, que tem

Ler post
terça-feira 08/04/14

Governo e Renan sofrem derrota com derrubada da urgência para indicar senador Gim Argelo para TCU

O governo sofreu uma inesperada derrota hoje no Senado, com a rejeição do regime de urgência para a votação da indicação do senador Gim Argelo (PTB-DF) para uma vaga no Tribunal de Contas da União (TCU). Gim é um dos mais ativos integrantes da base governista e tem relação muito boa com a presidente Dilma

Ler post
quinta-feira 03/04/14

Depois do quase rompimento, governo passa a depender do PMDB para conter CPI da Petrobrás

O governo federal passou os primeiros meses do ano brigando em praça pública com o PMDB, principal partido aliado dentro do Congresso. Os peemedebistas se queixavam – e muitos seguem reclamando – do tratamento ruim que recebiam do Palácio do Planalto, seja na liberação de emendas parlamentares, na ocupação de cargos ou na formação de

Ler post
terça-feira 01/04/14

Nova coordenação política do governo só vai funcionar se tiver poder de fogo para negociar

A presidente Dilma Rousseff deu hoje posse ao deputado federal como ministro das Relações Institucionais de seu governo. Na prática, caberá a ele fazer a ponte do Palácio do Planalto com o Congresso e garantir que a articulação política funcione. Parece simples, especialmente com a imensa base de apoio que Dilma possui. Só que a

Ler post
quarta-feira 19/03/14

Michel Temer é contra abertura de CPI para investigar Petrobrás no Congresso

O vice-presidente Michel Temer (PMDB-SP) afirmou hoje, em conversa com este blog, ser contrário à abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dentro do Congresso para investigar irregularidades envolvendo operações da Petrobrás. A pressão política pela abertura da CPI aumentou muito no Congresso depois que o Estado revelou que a presidente Dilma Rousseff reconheceu

Ler post
quarta-feira 19/03/14

Oposição agora quer tentar destravar CPI da Petrobrás

Depois da confirmação feita pela presidente Dilma Rousseff ao Estado revelando que a compra da refinaria de Pasadena só foi feita pela Petrobrás por conta de pareceres falhos, a oposição acha que tem elementos suficientes para tirar do papel uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a estatal. Além do escândalo da compra da

Ler post
segunda-feira 17/02/14

Comissão do Senado pode aprovar projeto que obriga candidatos à reeleição a se afastarem do cargo

Em ano eleitoral, é comum o debate em torno de mudanças nas regras do sistema de votação vigente. Uma das normas que mais vem sendo bombardeada é a que permite a possibilidade de reeleição para ocupantes de cargos no Poder Executivo. Desde sua aprovação pelo Congresso, em 1997, a chance de reeleição garantiu uma vantagem

Ler post
quarta-feira 12/02/14

Eunicio Oliveira será relator do projeto de terrorismo no Senado e ganha vitrine para disputar governo do Ceará

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), escolheu ontem o líder da bancada do seu partido, Eunício Oliveira (CE), como relator do projeto que tipificará os crimes de terrorismo no Brasil. O tema, hoje, é o centro de todas as atenções no Senado, especialmente porque, dependendo do seu conteúdo, poderá praticamente impedir a existência de

Ler post
segunda-feira 10/02/14

Depois da morte de cinegrafista, Senado pode votar urgência de projeto que tipifica terrorismo

O senador Jorge Viana (PT-AC) ocupou nessa tarde a tribuna do plenário para defender a aprovação do regime de urgência para o projeto que tipifica o ato de terrorismo no Brasil. Para o senador, a morte do cinegrafista Santiago Andrade, da Band, foi exatamente isso: consequência de um ato terrorista. O projeto de lei 499/2013

Ler post