1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Quem Faz

MARCELO DE MORAES participa da cobertura de política e economia em Brasília desde 1993. Atualmente é o diretor da sucursal de O Estado de S.Paulo na capital, tendo trabalhado em outros importantes veículos de comunicação do País, como O Globo, Veja, Jornal do Brasil, Valor Econômico, Correio Braziliense, entre outros.
sexta-feira 02/05/14

Se oposição vencer, PSDB e PSB farão aliança dentro do Congresso para sustentar novo governo

O PSDB do senador Aécio Neves (MG) e o PSB do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos já têm um projeto para organizar uma base de sustentação política reunindo os dois partidos dentro do Congresso caso um dos dois candidatos consiga impedir a reeleição da presidente Dilma Rousseff. A ideia é juntar a bancada eleita por

Ler post
segunda-feira 21/04/14

Comando do PSDB se reúne para montar palanques regionais de Aécio e atrair dissidentes do governo

Na reta final para fechar suas candidaturas regionais, o PSDB reúne sua Executiva Nacional, em Brasília, nesta terça-feira, para analisar a situação do partido em cada Estado e organizar os palanques de apoio para o senador Aécio Neves (PSDB). O partido estima que 80% de seus diretórios regionais já tem esses palanques definidos. Mas existe

Ler post
segunda-feira 14/04/14

Dissidências do PMDB sacramentam apoio a Aécio na Bahia e no Rio

Enquanto o governo federal é obrigado a se concentrar na tentativa de superar a agenda negativa deflagrada pela crise da Petrobrás, os palanques regionais de seus aliados vão se consolidando. O problema é que os acertos começam a se distanciar dos interesses do Palácio do Planalto. Hoje, na Bahia, o PMDB de Geddel Vieira Lima

Ler post
quinta-feira 03/04/14

Depois do quase rompimento, governo passa a depender do PMDB para conter CPI da Petrobrás

O governo federal passou os primeiros meses do ano brigando em praça pública com o PMDB, principal partido aliado dentro do Congresso. Os peemedebistas se queixavam – e muitos seguem reclamando – do tratamento ruim que recebiam do Palácio do Planalto, seja na liberação de emendas parlamentares, na ocupação de cargos ou na formação de

Ler post
sexta-feira 14/03/14

Dilma nomeia ministros tapa-buracos e não fatura politicamente com reforma

A presidente Dilma Rousseff passou seis meses negociando a reforma ministerial com os seus partidos aliados, tentando garantir mais harmonia e apoio da sua base de apoio. Espera com isso, consequentemente, fortalecer sua campanha pela reeleição. Com a reforma praticamente concluída, o desfecho é muito diferente e extremamente aquém do que a presidente esperava obter.

Ler post
quarta-feira 12/03/14

Enquanto base se rebela, Lula bate bumbo pela Copa distribuindo camisas da seleção

Para Clinton, Lula destinou a número seis. Foto Ricardo Stuckert/Instituto Lula

Enquanto a base aliada coloca o governo sob pressão, aprovando propostas contrárias ao Palácio do Planalto e convocando ministros e autoridades para explicar supostas irregularidades, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tenta fortalecer no exterior a imagem da Copa do Mundo do Brasil, alvo de críticas. Lula tem aproveitado seus encontros com dirigentes estrangeiros

Ler post
terça-feira 11/03/14

“Não queremos apoiar reeleição de Sarney para o Senado”, diz Joel Banha, presidente do PT no Amapá

O desafio de PT e PMDB para acertarem alianças regionais é muito mais complexo do que parece. As divergências se espalharam por todo o Brasil e afetam diretamente a candidatura de políticos peso pesados. No Amapá, o PT local é contra o apoio à reeleição do senador José Sarney (PMDB-AP) para mais um mandato de

Ler post