1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Béla Guttmann, apóstolo do futebol ofensivo

Luiz Zanin

10 junho 2014 | 14:12

Ele foi uma espécie de judeu errante do futebol. Andou pela Europa, EUA e América do Sul. Treinou times na Hungria, Áustria, nos Estados Unidos, em Portugal, no Uruguai, Brasil e uma série de outros países. Globalizado avant la letrre, amava o futebol-arte e é tido como responsável pela introdução do sistema 4-2-4, que, em bom futebolês, define uma forma de jogar com quatro atacantes em busca do gol. Em sua passagem pelo Brasil fez do São Paulo Futebol Clube o campeão paulista de 1957 e suas ideias teriam influenciado o também são-paulino Vicente Feola, que viria a ser o treinador da seleção brasileira de 1958, campeã do mundo na Suécia.

Leia a matéria completa:
 http://cultura.estadao.com.br/noticias/c…