Notícias de Tecnologia

Sábado, 30 de Agosto de 2014

04 de abril de 2012 16h43

YouTube fará locação de filmes da Paramount

Os quase 500 títulos do estúdio poderão ser alugados via YouTube e GooglePlay nos Estados Unidos e no Canadá

Por Agências

Os quase 500 títulos do estúdio poderão ser alugados via YouTube e  GooglePlay nos Estados Unidos e no Canadá 

SÃO FRANCISCO – Até mesmo empresas que estão se enfrentando na Justiça podem se tornar parceiras no mercado nascente de locação online de filmes. O YouTube anunciou nesta quarta-feira, 4, uma parceria para locação de filmes com a Paramount Pictures, apesar da antiga disputa judicial entre o site e a Viacom, controladora do estúdio.

—-
• Siga o ‘Link’ no Twitter, no Facebook e no Google+

O YouTube anunciou que oferecerá para locação quase 500 títulos da Paramount, entre os quais Hugo Cabret e O Poderoso Chefão, para complementar seu catálogo de longas-metragens.

Os termos do acordo não foram revelados, e não estava claro, de imediato, porque as duas empresas, que se enfrentam na Justiça há anos, haviam decidido deixar as diferenças de lado no acordo de licenciamento.

A Viacom está envolvida em um histórico processo que cobra US$ 1 bilhão de indenização do YouTube e da empresa que o controla, o Google, por violação de direitos autorais em larga escala.

A Viacom alega no processo aberto em 2007 que muitos de seus programas de TV, entre os quais “The Daily Show with Jon Stewart”, “South Park” e “Bob Esponja”, estavam disponíveis ilegalmente no YouTube, e que executivos do YouTube e Google estavam cientes disso e nada haviam feito para remover os vídeos.

O caso vem sendo observado com atenção como teste da Lei de Direitos Autorais Digitais de 1998, um estatuto norte-americano que torna crime a produção de tecnologias que contornem as proteções contra pirataria, mas limita a responsabilidade dos prestadores de serviços online por violações de direitos autorais cometidas por seus usuários.

O YouTube, o mais popular serviço de vídeos online do planeta, exibe 4 bilhões de vídeos em formato stream a cada dia e seus usuários enviam mais de 60 horas de vídeo para o site a cada minuto. Ainda que boa parte do conteúdo do YouTube consista de vídeos caseiros que podem ser assistidos gratuitamente, o serviço recentemente vem ampliando a disponibilidade de conteúdo profissional, parte do qual para locação.

O acerto com a Paramount significa que o YouTube tem acordos com cinco dos seis grandes estúdios de cinema, e mais 10 estúdios independentes, o que lhe propicia um catálogo de quase 9 mil títulos. Os consumidores podem alugá-los, por 24 a 48 horas, a preços de entre US$ 2,99 e US$ 3,99.

Os filmes da Paramount, que incluem títulos recentes e clássicos, estarão disponíveis nos Estados Unidos e Canadá nas próximas semanas, e poderão ser alugados no site do YouTube ou no GooglePlay, a loja do Google para música, jogos, filmes e outros tipos de mídia.

/ REUTERS