Notícias de Tecnologia

Quinta-feira, 30 de Outubro de 2014

28 de setembro de 2011 17h12

Samsung ameaça pedir bloqueio do novo iPhone

Sul-coreana deve pedir suspensão das vendas do smartphone que tem lançamento esperado para o dia 4 de outubro

Por Agências

Sul-coreana deve pedir suspensão das vendas do smartphone que tem lançamento esperado para o dia 4 de outubro

iPhone 4 e Galaxy S. Junto com os tablets, os smartphones das duas empresas estão no centro da disputa por patentes. FOTO: Reuters

SEUL – A Samsung ameaçou pedir, nesta quarta-feira, 28, a suspensão das vendas do novo iPhone, cujo lançamento mundial está previsto para o dia 4 de outubro, no mais novo capítulo de sua guerra com a Apple por patentes de celulares e tablets.

—-
Siga o ‘Link’ no Twitter e no Facebook

Como informou, nesta quarta, um funcionário da multinacional sul-coreana à agência de notícias Yonhap, “provavelmente” a Samsung pedirá legalmente a suspensão das vendas da quinta geração do iPhone no exterior, além de prever uma mudança de estratégia no conflito de patentes.

Batalha épica. Desde abril, a Apple e a Samsung estão envolvidas em uma guerra de processos sobre patentes e designs de seus smartphones e tablets em todo o mundo, embora, até o momento, só a empresa americana tenha conseguido interromper as vendas da Samsung (do Galaxy Tab 10.1 na Alemanha).

A Apple foi a primeira a denunciar que a Samsung copiava dos telefones Galaxy e dos tablets Galaxy Tab o design e algumas tecnologias usadas nos iPhones e iPads, provocando o contra-ataque da empresa sul-coreana, que respondeu com 20 processos semelhantes.

A Samsung afirma que até o momento não pediu o pagamento de licenças à Apple pelo uso de suas patentes em celulares porque a multinacional fundada por Steve Jobs gera uma receita anual equivalente a US$ 8,5 bilhões, o que poderia mudar na sua avaliação.

“A Apple estava utilizando gratuitamente nossas tecnologias de celulares”, indicou a fonte anônima da Samsung, que lembrou que a empresa americana é contra um acordo de licenças cruzadas.

As declarações sugerem uma postura mais agressiva da Samsung contra sua concorrente no mercado de smartphones, em que tanto a Apple quanto a empresa sul-coreana mantêm expectativas de crescimento e lucro.

A empresa americana é o principal cliente da divisão de semicondutores da Samsung e este conflito legal cada vez mais inflamado põe em risco os negócios com a empresa criadora do iPhone.

A Apple convocou uma apresentação das novidades do iPhone, o que, para os especialistas do setor, não deixa dúvidas de que se trata do já batizado iPhone 5.

/ EFE