Notícias de Tecnologia

Quarta-feira, 16 de Abril de 2014

09 de janeiro de 2014 18h48

Livro de Hitler vira e-book de sucesso

Mein Kampf, escrito pelo líder nazista na prisão, aparece em listas de mais vendidos na Amazon e no iTunes

Por Camilo Rocha

Mein Kampf, escrito pelo líder nazista na prisão, aparece em listas de mais vendidos na Amazon e no iTunes

SÃO PAULO – O livro Mein Kampf, escrito por Adolf Hitler na prisão em 1923, se tornou um livro digital de sucesso. O hit inesperado aparece em listas de mais vendidos da Amazon e do iTunes.

   

O e-book está no top 20 do setor de Política e Atualidades da iTunes e em primeiro lugar na Amazon na categoria Propaganda e Psicologia Política.

Em Mein Kampf, Hitler delineia as ideias antissemitas e de superioridade racial que caracterizariam a ideologia nacional-socialista. Elas seriam colocadas na prática a partir de 1933, quando Hitler tomou posse como chanceler da Alemanha.

A revelação do sucesso do livro foi feita pelo jornalista Chris Faraone, que especulou que o sucesso de uma obra tão polêmica pode ter sido estimulado pelo formato digital. Ao contrário do que acontece com obras impressas por causa da capa, ler num tablet, celular ou e-reader não permite que os outros saibam o que se está lendo.

Matéria do Globo revelou que a editora que publica a edição mais vendida entre as várias disponíveis da obra é a carioca Montecristo, especializada em obras que estão em domínio público. Um dos donos da editora, o advogado Alexandre Pires, conta que a loja da Apple inicialmente recusou vender o livro por se tratar de propaganda nazista. ”Minha ideia é que as pessoas leiam e vejam quão absurdo eram as ideias de Hitler”, justificou Pires ao Globo sobre a escolha do título para sua editora.

O CEO do Congress Mundial Judaico, federação internacional de organizações judaicas, Robert Singer disse que espera que a Amazon pare de vender o livro junto com outras publicações que incentivam o ódio. Para ele, seria um ato de responsabilidade vindo de uma corporação “poderosa e icônica”, segundo declarou Singer ao jornalista Faraone.



Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo