Notícias de Tecnologia

Quarta-feira, 16 de Abril de 2014

23 de novembro de 2011 16h21

Google abandona outros sete projetos

A empresa anunciou o encerramento de projetos como o Google Wave, o Gears e outros relacionados a energia renovável mais barata

Por Agências

A empresa anunciou o encerramento de projetos como o Google Wave, o Gears e outros relacionados a energia renovável mais barata

Símbolo do Google Wave, projeto que não vingou e será desligado em abril de 2012

SÃO FRANCISCO – O Google abandonou um projeto ambicioso para produzir energia renovável a preços inferiores aos do carvão, como mais recente passo nos esforços do presidente-executivo, Larry Page, para concentrar os esforços do gigante da internet em um número menor de projetos.

—-
Siga o ‘Link’ no Twitter, no Facebook e no Google+

O Google anunciou o cancelamento de sete projetos, entre os quais o da energia renovável mais barata que o carvão e o Knol, uma enciclopédia online semelhante à Wikipedia. Os planos, anunciados pelo Google no blog da empresa, representam a terceira etapa na “faxina geral” que a companhia vem promovendo desde que Page assumiu como presidente-executivo, em abril.

“Para recapitular, estamos em meio a um processo de cancelamento de certos produtos que não tiveram o impacto esperado, integração de outros a esforços mais amplos e encerramento de alguns projetos que nos ajudaram a divisar um caminho diferente”, escreveu Urs Holzle, vice-presidente sênior de operações do Google no blog da empresa.

O Google começou a realizar investimentos e a fazer pesquisas sobre tecnologia que reduziria preço da energia renovável em 2007, com especial atenção à tecnologia de energia solar. Em 2009, Bill Weihl, o “czar da energia ecológica” na empresa, disse à Reuters que esperava demonstrar em poucos anos uma tecnologia funcional capaz de produzir energia renovável a preço inferior ao do carvão.

“As chances são de 50/50, eu diria”, afirmou Weihl em 2009. “Dentro de três anos, teremos instalações gerando múltiplos megawatts em operação.” Um porta-voz do Google informou que Weihl deixou a empresa no começo deste mês. O Google afirmou que acreditava haver outras instituições em melhor condição de conduzir os esforços de desenvolvimento da energia renovável a “um novo patamar”.

Gears e Wave. Dentre os sete projetos que o Google anunciou estar abandonando estão o Google Gears e o Wave. O Gears é a API que permitia que desenvolvedores criassem aplicações para browser que pudessem ser acessadas offline. Exemplos conhecidos da empresa foram os apps do Gmail, Calendar, Reader e Docs offline. A morte do Gears já havia sido anunciada em março, a novidade é que a partir de dezembro os apps não funcionarão mais, nem estarão disponíveis para download. No post, o Google ressalta que a ação está baseado em uma migração desse modelo para o HTML 5, o que permite ainda acessar Gmail, Calendar e Docs offline pelo Chrome.

O Wave já teve seu desenvolvimento interrompido pela empresa em 2010, o anúncio da vez é que no dia 31 de janeiro de 2012 o Wave está online apenas em modo de leitura, sendo impossível criar contas novas. A partir disso, o sumiço definitivo com a ferramenta se dará em 30 de abril, quando a página será desligada. Como opção, o Google disponibiliza os projetos (baseados em código aberto) Apache Wave e Walkaround .

Clique aqui para conhecer os outros projetos finalizados pelo Google.

/ REUTERS



Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo