Notícias de Tecnologia

Quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

30 de maio de 2014 17h12

Conheça Stitch, o ‘Tinder’ da terceira idade

Aplicativo está disponível em um Estado da Austrália e na California, nos EUA, mas diz estar planejando expansão mediante demanda

Por Murilo Roncolato

SÃO PAULO – Imagine um aplicativo de “paquera” que em vez de jovens exibindo músculos ou ostentando suas curvas, exibisse senhores e senhoras simpáticos em busca de “companhia”. Essa é a proposta do Stitch, aplicativo criado pelo australiano Andrew Dowling que apresenta aos usuários um sistema de aprovação e recusa próximo ao do Tinder, mas voltado especificamente para um público de 50 anos ou mais.

Atualmente em fase de testes, novos inscritos devem cadastrar seu e-mail no site e esperar pelo dia que o serviço comece a operar por aqui. Por enquanto, os únicos territórios onde o aplicativo está presente é o do Estado de Nova Gales do Sul, na Austrália; e na Califórnia, EUA.

“Estamos no processo de planejar as próximas regiões onde colocaremos nosso produto, então se você vive em algum lugar além desses lugares, por favor, registrem-se e assim pode nos ajudar a decidir quando devemos abrir o Stitch por aí”, diz o site que promove a ideia de “get stitched” (o nome stitch, apropriadamente, se refere ao ato de costurar).

Em sua página, o Stitch faz uso de alguns dados (sem citar fonte) que aparentam justificar a existência do aplicativo. Por exemplo, 40% dos adultos com mais de 50 anos se sentem sozinhos; 86% estão interessados em novos companheiros; e 78% dos divorciados acabaram se envolvendo com outra pessoa tempos depois.

Apesar de se anunciarem como o ‘Tinder para a terceira idade’ inicialmente, o dono do app agora prefere se distanciar do rival – que não possui limitação de idade máxima. “Estamos muito focados nas necessidades específicas do público mais velho, só por isso já somos diferentes do Tinder”, disse Downling à VICE. “Tudo: desde como verificamos as identidades das pessoas até a preferência deles por ligações em vez de mensagens de texto.”

Será que no Brasil um aplicativo como o Stitch emplacaria? Segundo dados recentes da Comscore, usuários com mais de 55 anos totalizam 6,9% da audiência online local. A pesquisa aponta ainda que brasileiros passam o dobro do tempo gasto em redes sociais do que o resto do mundo.