Notícias de Tecnologia

Sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

30 de maio de 2014 16h09

Cartuchos de ‘E.T’ encontrados no deserto serão colocados à venda

Games da Atari que foram enterrados no Novo México em 1983 e encontrados em escavações serão avaliados e vendidos com certificado de autenticidade

Por Ligia Aguilhar

FOTO: Microsoft

SÃO PAULO – Lembram dos cartuchos do game E.T. que a Atari enterrou no deserto e que foram encontrados em abril? Eles serão vendidos aos fãs ao lado de outros jogos encontrados no mesmo terreno pelo Museu de História Espacial e outros museus do Novo México. A venda foi aprovada por uma comissão da cidade de Alamogordo,  onde fica o aterro em que os cartuchos foram localizados.

Foram retirados 800 cartuchos do local. A comissão da cidade decidiu que 100 ficarão com a Lightbox e a Fuel Entertainment, as empresas que conseguiram direitos exclusivos de escavar o terreno e produzir um documentário no local. Os outros 700 serão distribuídos a museus locais, incluindo o Museu Espacial, que está ajudando a cidade na curadoria dos cartuchos.

FOTO: AP

Antes disso, os jogos serão avaliados para ter seu valor de mercado determinado. Depois, parte deles será registrada e vendida com um certificado de autenticidade. Susie Galea, prefeita de Alamogordo, disse ao Polygon que está discutindo a possibilidade de vender algumas unidades online.

Além dos 800 cartuchos de E.T., a expedição encontrou outros 700 mil games no deserto. Esses, segundo Galea, permanecerão no local. Apenas 1,3 mil foram retirados porque o acesso aos demais era mais difícil do que o imaginado pela equipe, afirmou Galea.

Um dos planos da cidade é que o dinheiro arrecadado com a venda dos cartuchos seja utilizado  para transformar o local da escavação em destino turístico.

Lenda urbana.
Um dos maiores mistérios do mundo dos games, a história de que a Atari havia enterrado em 1983 mais de 8 milhões de cartuchos do game E.T. era famosa, mas ninguém tinha evidências de que o fato realmente havia acontecido. A empresa nunca confirmou o fato.

Em dezembro de 2013 a Fuel Entertainment conseguiu direitos para escavar o terreno e gravar um documentário. A Microsoft se uniu à empresa, o que resultou na gravação da série Atari: Game Over.

Ao escavar o local a equipe teve uma surpresa: os cartuchos realmente estavam lá. A Atari havia enterrado 8,5 milhões de cartuchos do jogo E.T., jogo considerado ruim e mal feito na época do seu lançamento.