Notícias de Tecnologia

Quarta-feira, 01 de Outubro de 2014

27 de junho de 2014 18h40

32 milhões de fotos foram enviadas nos estádios da Copa

'Copa das Selfies' tem média de 6 mil fotos enviadas por minuto no período de maior tráfego de cada partida

Por Bruno Capelas

Torcedoras da Coreia do Sul fazem selfie durante partida entre Bélgica e o país asiático. FOTO: EFE

SÃO PAULO – A Copa do Mundo de 2014 tem batido recordes dentro de campo com gols marcados e muita empolgação, mas também conquista marcas importantes fora dele. Encerrada na quinta-feira, 26, a primeira fase da Copa teve 32 milhões de fotos enviadas pelos espectadores dos jogos nos estádios do torneio através das redes de telefonia móvel instaladas pelas operadoras, de acordo com dados informados pelo SindiTeleBrasil.

Chamada por aí de Copa das Selfies, o mundial de 2014 tem média de 6 mil fotos enviadas por minuto durante o período de maior tráfego de dados em cada partida – do início do primeiro tempo até o fim do intervalo.

Nas 48 partidas disputadas até agora, foram feitas 2,8 milhões de ligações telefônicas e 31,7 milhões de comunicações de dados, incluindo e-mails, imagens e mensagens multimídia, com tamanho médio de 0,55 MB. O recorde de envio de fotos pelas redes de telefonia móvel foi na partida entre Brasil e Camarões, no dia 23, no Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília, quando os torcedores enviaram ou postaram 1,6 milhão de fotos nas redes sociais.

Em segundo lugar, aparece a partida entre Bélgica e Rússia, disputada no dia 22, no Maracanã, em que os torcedores enviaram 1,5 milhão de fotos, com tamanho médio de 0,55 MB. Na terceira posição, vem o jogo Argentina e Bósnia, também no Maracanã, com 1,4 milhão de fotos. O maior volume de tráfego tem sido observado exatamente nos estádios com maior capacidade de público.

Na rede de telefonia móvel, o maior volume de dados trafegados ficou concentrado na tecnologia 3G, mas foi possível verificar também alto número de conexões pela rede 4G e pelo WiFi. Para medir o tráfego total de 32 milhões de fotos, foi considerado um período de sete horas, começando três horas antes da partida e se encerrando duas horas depois do jogo.

A rede para chamadas telefônicas apresentou bom desempenho, com um total de 2,8 milhões de ligações nas 48 partidas da fase de grupos. Os dados demonstram um comportamento típico dos usuários em grandes eventos, em que o uso do celular para ligações de voz se dá de forma mais intensa na chegada ao local, enquanto o uso de dados é mais elevado no início da partida.

Cobertura
Ao todo, 4.738 antenas fazem parte da infraestrutura interna instalada pelas prestadoras nas arenas. Para a instalação da infraestrutura de telefonia móvel e de banda larga, as prestadoras fizeram uma parceria para a implantação de um projeto único, com investimentos de R$ 226 milhões e infraestrutura compartilhada.

Além da cobertura indoor, que permanecerá instalada nos estádios depois da Copa, as empresas de telefonia também investiram R$ 1,3 bilhão nas cidades que sediam os jogos, ampliando em 28%, em média, a infraestrutura que ficará de legado para a população. Nas 12 cidades, entre 2013 e 2014, foram instaladas mais de 15 mil novas antenas de 3G e 4G. Os clientes das prestadoras contam ainda com aproximadamente 120 mil pontos de WiFi nas 12 cidades. Essa infraestrutura de telefonia móvel vem sendo reforçada por mais de 10 mil quilômetros de fibras ópticas.