1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Quem Faz

JULIA DUAILIBI é jornalista, trabalhou nas redações de Veja, Folha de S. Paulo e Estadão, em Brasília e em São Paulo.
sábado 31/05/14

‘Trajetória controvertida’

O ex-ministro da Justiça Marcio Thomaz Bastos diz considerar a passagem de Joaquim Barbosa pelo Supremo Tribunal Federal (STF) “controvertida”. “Foi uma trajetória controvertida”, declarou o ex-ministro. “Houve coisas com as quais concordei e outras das quais discordei”, completou. O presidente do STF anunciou na quinta-feira que irá se aposentar. Joaquim Barbosa entrou em embates

Ler post
quinta-feira 23/05/13

Barroso elogiou Lula e STF em processo de Battisti

Em 2010, quando o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva negou a extradição para a Itália do ex-integrante de organizações de extrema esquerda Cesare Battisti, o seu defensor Luís Roberto Barroso divulgou uma nota na qual elogiou a Corte e disse que, com o petista, o Brasil “manteve sua tradição humanista”. Barroso foi indicado

Ler post
segunda-feira 29/04/13

Projeto de tucano sobre ‘cura gay’ avança em comissão de Feliciano

De um integrante da cúpula nacional do PSDB sobre o deputado tucano João Campos (GO), que foi relator da Proposta de Emenda à Constituição que pretende revisar atos do Supremo Tribunal Federal (STF), elaborada pelo petista Nazareno Fonteles (PI). “Esse deputado é mais da bancada evangélica do que da bancada tucana”, afirmou o líder do

Ler post
terça-feira 16/04/13

Ex-ministros defendem descriminalização do uso de drogas e respeito à ‘intimidade’

Daqui a pouco o ex-ministro da Justiça José Gregori entregará a Gilmar Mendes, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), o Manifesto Pela Inconstitucionalidade da Repressão Penal ao Porte de Drogas para Uso Próprio. O texto, assinado por outros seis ex-ministros da Justiça, defende a descriminalização do consumo de drogas ao afirmar que “não é legitima

Ler post
segunda-feira 11/06/12

Votação no TSE

kassab_helvioromero

A votação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) do pedido do PSD para obter maior participação no Fundo Partidário entrou na pauta da Corte para ser julgada amanhã. Segundo avaliações de políticos e conhecedores dos bastidores do tribunal, a tendência é que haja vitória para o partido do prefeito Gilberto Kassab. As apostas são de uma votação

Ler post