Estado.com.br
Terça-feira, 21 de Outubro de 2014
Seu Bolso
Seções
Arquivos
Tamanho do Texto

TRT da 2ª Região inicia movimento pela conciliação

Categoria: Empresas, Trabalho

Em todo o país, a Semana Nacional de Conciliação será realizada entre os dias 28 de novembro e 2 de dezembro. No entanto, no maior tribunal trabalhista do Brasil, o TRT da 2ª Região (SP), o movimento conciliatório foi ampliado. A abertura teve início ontem, dia 16, no Fórum Ruy Barbosa, na Barra Funda. O mutirão segue até 7 de dezembro.

Nos dois primeiros dias, 16 e 17 de novembro, as audiências giram em torno
de uma mesma empresa, o Banco Santander. O reclamado inscreveu mais de dois mil processos somente nesta Regional para a Semana de Conciliação.

O advogado da instituição, Juliano de Souza Pompeo, conta que o banco
implantou ações nesse sentido no Brasil inteiro. “Durante o evento, teremos 33 escritórios de advocacia e mais de 100 funcionários, estes internamente, trabalhando pela conciliação. Sete desses escritórios somente na 2ª Região. O acordo significa economia para o empregador. Manter um processo é perda de dinheiro”, afirma.

No TRT-2, o mutirão irá envolver cerca de 130 magistrados e mais de 200
servidores, somente na área jurídica. Entre esses, está Raquel Fialho, que
atua na coordenação do evento. “O volume de processos é muito grande. Por
isso, foi necessário ampliar o calendário da Semana de Conciliação aqui em
São Paulo. No Fórum Ruy Barbosa, teremos 11 mesas extras e, diariamente,
serão 30 audiências por mesa, com intervalos de 15 minutos. Até o dia 7 de
dezembro, o horário será das 9h às 17h”, informa.

Esse movimento pela pacificação dos litígios será levado ainda ao Ed. Sede
do TRT-2, na Consolação, e ao Memorial da América Latina (nesse, entre os
dias 28 de novembro e 2 de dezembro). Até o final, 7 de dezembro, serão
realizadas aproximadamente 17.700 audiências. Foram inscritos 20.138
processos nesta Regional.