Estado.com.br
Quinta-feira, 23 de Outubro de 2014
Seu Bolso
Seções
Arquivos
Tamanho do Texto

Shoppings disputam vendas do Dia das Mães com prêmios

Categoria: Agenda, Análise, comércio

GISELE TAMAMAR

Ingresso para musical, shows, pacotes de beleza, viagens, mudança no visual e carros fazem parte das promoções dos shoppings da Grande São Paulo para atrair mais compradores em busca de presentes para o Dia das Mães. A expectativa da Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop) é de um crescimento de 8% nas vendas este ano em comparação com a mesma época do ano passado. O Dia das Mães é considerado a segunda melhor data para o varejo, atrás somente do Natal.

“Essas ações promocionais ajudam a trazer o consumidor para os shoppings”, explica o diretor de relações institucionais da Alshop, Luís Augusto Ildefonso da Silva.

Entre os itens mais procurados para a data nas lojas estão, segundo a associação, artigos para o lar, objetos de decoração, bijuterias, roupas, sapatos, perfumes e cosméticos. Os produtos ligados à tecnologia, como televisores, celulares e tablets reforçam a lista.

Quem for ao Shopping Vila Olímpia pode trocar os comprovantes de compra no total de R$ 300 por um cupom e conferir se está premiado. São 700 kits compostos por um par de convites para o musical “A Família Addams” e um CD com a trilha sonora. A sessão exclusiva para os ganhadores será no dia 17 de maio.

O lazer também está presente na ação do Shopping ABC, de Santo André. A atração será um show de Leonardo e Toquinho, no Via Funchal, dia 29 de maio. Compras acima de R$ 1,2 mil garantem um par de ingressos para a pista. As compras acima de R$ 1,8 mil rendem um par de ingressos para o camarote.

Ir para Xangai, na China, ou Doha, no Qatar, além de R$ 30 mil em compras são os prêmios do Shopping Iguatemi. Para concorrer é preciso comprar R$ 600 e trocar por um cupom.

Já o Continental Shopping apostou na promoção compre e ganhe. A cada R$ 400 em compras o consumidor pode escolher um pacote de beleza. Pode ser cabelo e maquiagem ou mão e hidratação facial.

Mudar de visual é o prêmio dos shoppings Taboão e Santana Parque. No primeiro caso, serão sorteadas dez transformações no visual sob o comando do consultor de moda Gustavo Sarti. É preciso gastar R$ 300 para ter direito a um cupom para o sorteio. Já no Santana Parque, é necessário desembolsar R$ 400 para participar do sorteio de uma transformação para a mãe e para quem fez a compra.

Kits diferentes
No caso do Complexo Comercial Tatuapé, formado pelos shoppings Metrô Tatuapé e Metrô Boulevard Tatuapé, a promoção inclui sorteios de oito kits, sendo compostos por R$ 10 mil em compras e mais um presente especial para cada estilo de mãe. É preciso gastar R$ 300 em compras para concorrer aos kits.

A mãe aventureira poderá escolher entre duas opções de experiência: voo de helicóptero mais jantar argentino para três pessoas ou atividades para duas pessoas com corrida de kart, almoço, batismo de mergulho em piscina e rodizio de pizza para duas pessoas.

A mãe clássica ganha um conjunto em ouro composto de colar e um pingente com diamantes. Um iPad será o presente da mãe moderna. Já a mãe zen fica com um day spa de cinco horas com banho de ofurô, relaxante, limpeza de pele, hidratação mãos e pés, almoço e lanche.

O sorteio de carros é a aposta dos shoppings Boavista, Campo Limpo, Penha, Plaza Sul e Metrópole, de São Bernardo do Campo, na região do ABC. O cliente que comprovar gastos de R$ 250 recebe um cupom para concorrer a um Hyundai i30CW e um Hyundai i30 em cada empreendimento. No Shopping Bonsucesso, em Guarulhos, o cliente leva um organizador de bolsas a cada R$ 300 em compras.

OUTRAS PROMOÇÕES
SHOPPING FREI CANECA
Cliente que gastar R$ 200 em compras deve registrar as notas fiscais no balcão de atendimento para trocar por um guarda-chuva. Produto disponível em oito cores

SHOPPING LIGHT
A cada R$ 150 em compras o cliente pode trocar por um cupom para concorrer a sete bolsas, seis delas com um iPad 2 e uma com R$ 10 mil em certificados de barras de ouro

SHOPPING PÁTIO PAULISTA
Cada R$ 650 em compras dão direito a um cupom para concorrer ao sorteio a escolher: uma BMW modelo 118i Urban ou o valor do carro, de R$ 120 mil. Os [PONTO]cupons podem ser trocados a partir de 4 de maio e o sorteio será no dia 16

SHOPPING WEST PLAZA
a cada R$ 250 em compras, o cliente ganha uma moringa de vidro. São três modelos. A partir do dia 2

SHOPPING BUTANTÃ
A cada R$ 250 em compras vale a troca por uma bolsa em tecido pet

BOURBON SHOPPING
Ao acumular R$ 500 em notas fiscais, cliente ganha kit do Empório Body Store e um cupom para concorrer a um Honda Fit. São duas opções de kits: Leite de Cabra Especial (loção hidratante, um shower hidratante, um shower esfoliante e um sabonete) e Sakura No Ki Especial (loção hidratante, um shower hidratante, um óleo corporal e um sabonete)

SHOPPING SANTA CRUZ
A soma de R$ 200 em compras garante um sabonete cremoso da Mahogany. São quatro opções de fragrâncias: pera, manga, amora e maçã. A partir do dia 2

SHOPPING IBIRAPUERA
A cada R$ 200 em compras consumidor ganha cupom para concorrer a dois carros modelo Freemont da Fiat

MAIS SHOPPING LARGO 13
Cada R$ 50 em compras no período de 16 de abril a 13 de maio vale um cupom para concorrer a uma “Semana de Rainha” com cabeleireiro, day spa, R$ 1 mil em vale-compras, teatro, jantar e viagem para Buenos Aires

SHOPPING JARDIM SUL
A cada R$ 600 em compras, cliente pode trocar por um kit composto por um Home Spray, vela perfumada e dois sachês de envelope perfumado

MORUMBI SHOPPING
A cada R$ 400 em compras no shopping cliente recebe um cupom para concorrer a 30 kits gourmet (liquidificador, mixer, torradeira e batedeira da marca Kitchenaid) e um iPad com receitas do site Panelinha

SHOPPING ANÁLIA FRANCO
A cada R$ 300 em compras, o cliente ganha cupom para concorrer a R$ 10 mil para gastar em compras e o carro Evoque, da Land Rover

METRÔ ITAQUERA
Campanha Dia das Mães e Dia dos Namorados – a cada R$ 250 em compras cliente ganha cupom para concorrer a 12 sorteios de <QA0>
R$ 5 mil cada em vale-compras

MOOCA PLAZA SHOPPING
Cada R$ 300 em compras dão direito a concorrer a uma Pajero TR4 e três vales-compra no valor de R$ 10 mil cada

CENTRAL PLAZA SHOPPING
Seis sorteios diários de 1º a 13 de maio. Cada R$ 250 em compras dão direito ao cupom para concorrer a diversos prêmios, como TV de LCD, máquina de lavar e secar, geladeira, Blu-Ray player, home theater, iPad 2, iPhone, notebook, entre outros

PARK SHOPPING SÃO CAETANO
A cada R$ 300 em compras, o cliente recebe um cupom para concorrer a dois kits com 1 BMW 118i e um minicarro elétrico infantil semelhante à BMW

SHOPPING TAMBORÉ – BARUERI
A cada R$ 200 em compras, os clientes podem escolher um dos seis pingentes da “Minha Família Feliz” (pai, mãe, filho, filha, cachorro e gato)

SHOPPING GRANJA VIANNA – COTIA
Shows dos artistas João Bosco e Marina Lima nos dias 4 e 11 de maio. Os eventos são gratuitos. A cada R$ 450 em compras, o cliente ganhará um cartão VIP para o estacionamento do centro de compras pelo período de 30 dias

INTERNACIONAL SHOPPING GUARULHOS
Sorteio de 100 ingressos com um acompanhante cada para assistir a um show exclusivo do cantor Daniel e ganhar um CD do artista. Um cupom a cada R$ 250 em compras. De 3 de maio a 20 de junho

PARQUE SHOPPING BARUERI
A cada R$ 150 em compras o cliente ganha um kit composto por um difusor de aroma e um voucher para acessar o spa montado no local. Massagem relaxante nas mãos e antebraços, massagem relaxante nos pés e pernas e uma atividade de cromoterapia com troca de esmaltes serão realizadas por profissionais capacitados

SHOPPING CENTER NORTE
Sorteio de um Honda Civic EXS AT e 10 “Kits Beleza”, da loja Jacques & Janine, entre os clientes que fizerem compras no valor mínimo de R$ 250

Britannica esgota edição final

Categoria: Empresas, Internet, Serviços, Tecnologia

Quando a Encyclopaedia Britannica anunciou, no mês passado, que abandonaria as edições de papel depois de 244 anos, os executivos da companhia notaram que havia 4 mil conjuntos da edição final de 2010, de 32 volumes, ainda em estoque, os restos de uma antiga tradição. Mas, menos de três semanas depois, a maioria deles já se foi.

Compradores ansiosos correram para arrematar os últimos exemplares da enciclopédia, com somente mil conjuntos a serem vendidos, disse Jorge Cauz, presidente da Encyclopaedia Britannica, uma empresa sediada em Chicago.

Antes de anunciar o fim da edição impressa em 13 de março, a Britannica vendia enciclopédias ao passo lento de cerca de 60 por semana, com preço de US$ 1.395. Desde então, tem vendido cerca de 1.050 por semana, ou 150 por dia, ao mesmo preço.

Edição completa da Encyclopaedia Britannica tem 32 volumes e pesa 58,5 quilos (Foto: REUTERS – 13/3/2012)

Esse volume equivale à média semanal de vendas de alguns dos períodos em que a empresa tinha uma equipe completa de vendas. A empresa espera que os mil conjuntos restantes desapareçam entre o meio e o fim deste mês. As vendas da Encyclopedia Britannica impressa atingiram seu pico em 1990, quando 120 mil conjuntos foram vendidos no mercado americano.

Os vendedores estão tão sobrecarregados de ligações que o diretor de marketing da Britannica começou a atender telefonemas para ajudar.

As enciclopédias, cujo conjunto pesa 58,5 quilos, estão sendo compradas principalmente por consumidores individuais, pessoas que ligam para a Britannica e pagam diretamente com seus cartões de crédito.

Escassez
“Quando eles pensavam que ela estaria aí para sempre, não havia pressa para comprar uma”, disse Cauz. “Mas agora, de repente, se tornou um item escasso.”

As enciclopédias impressas foram sendo gradualmente substituídas por fontes online, mais recentemente pela Wikipédia, a enciclopédia gratuita escrita pelos usuários, que existe há 11 anos. A Encyclopaedia Britannica é a mais antiga enciclopédia publicada sem interrupção na língua inglesa.

Julie Bosman — The New York Times

Construtoras fazem queima de estoque de imóveis

Categoria: Agenda, Análise, comércio, Imóveis

GISELE TAMAMAR

A queda no ritmo das vendas de imóveis e a necessidade de reduzir o estoque levaram as construtoras a anunciarem descontos de até R$ 10 mil para atrair compradores. MRV, Tenda e Even divulgaram campanhas promocionais que podem ser uma opção para quem está em busca da casa própria. Há ofertas de imóveis residenciais já prontos ou ainda em construção, além de unidades comerciais.

O coordenador do curso de Gestão de Negócios Imobiliários da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), Sérgio Santos, explica que a promoção é motivada, principalmente, por duas situações. A primeira é vencer a concorrência. A segunda está relacionada à queda na demanda e a necessidade de reduzir o estoque.

A expectativa é que o mercado retome o crescimento em 2012, já que o ano passado não foi tão bom quanto períodos anteriores. As vendas de imóveis na cidade de São Paulo caíram 21,1% em 2011 ante 2010, uma queda de 35,9 mil para 28,3 mil unidades, o mesmo patamar de 2006. “Acredito que o cenário atual demonstra as duas situações, o que pode ser uma boa oportunidade para o consumidor fazer um melhor negócio e conseguir benefícios”, afirma Santos.

“É uma estratégia de cada empresa. A dica para o consumidor é pesquisar sempre e caso ele encontre alguma vantagem pode ser uma boa compra”, diz o presidente do Sindicato da Habitação (Secovi-SP), Claudio Bernardes.
As empresas, porém, não divulgaram o preço do imóvel anterior ao desconto, o que permitiria a comparação pelo comprador.

Para o sócio da Consult Imóveis, Eduardo Coelho, a maioria das unidades em oferta está no estoque e não foi vendida na época do lançamento. “Não são mais lançamentos, mas isso não diminui a qualidade do imóvel. Três, quatro unidades que sobraram não justificam grandes gastos com publicidade. É mais vantajoso rebaixar um pouco o preço e fazer uma ação comum”, afirma Coelho.

O Feirão Corta Tudo MRV vai até o dia 31. O cliente que assinar o contrato particular de promessa de compra e venda terá um desconto de até R$ 3 mil no valor do imóvel. Outra opção é ter parte do valor pago na entrada, no limite de R$ 2 mil, revertido em desconto no valor da venda.
Em nota, a MRV informa que os cortes de preços escolhidos para a campanha focam o público da construtora, composto em sua maioria por jovens de até 35 anos, com renda mensal de até R$ 5 mil e que estão em busca do primeiro imóvel. Um dos empreendimentos da campanha é o Parque Saint Arthur, no Campo Limpo, zona sul da capital. O prédio tem unidades com um ou dois dormitórios.

A campanha Super Chance Tenda anuncia descontos de até R$ 10 mil. Já a Even programa uma ação no domingo chamada Even Day. A empresa vai ofertar mais de mil imóveis residenciais e comerciais com descontos de até 36%. A ação será na Rua Hungria, 1.400, 2º andar, em Pinheiros, das 7h às 23h.

Financiamentos
Apesar de os juros básicos da economia (Selic) estarem em trajetória de queda- atualmente são de 9,75% ao ano -, as taxas dos financiamentos imobiliários permanecem estáveis. Na média, o juro para transações pelo Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) é de 9%. Há uma tendência de redução devido ao recuo da Selic. “A queda da Selic reflete em todos os setores, mas isso não é do dia para a noite. Por isso, quem pesquisou bastante e encontrou o imóvel adequado, a recomendação é comprar agora”, aconselha Coelho.

Emergentes ‘salvam’ os relógios de luxo

Categoria: comércio, Consumo

Jamil Chade

Mesmo entre os precisos relógios suíços, ajustes são frequentes e praticamente uma obrigação num dos segmentos que admite não poder errar para sobreviver. Mas nunca esse exercício foi tão necessário como agora.

Diante da crise em mercados tradicionais, o setor dos relógios de luxo está sendo obrigado a se adaptar e buscar novos clientes justamente onde o consumo desses tipos de bens é um passaporte a um novo status social: os novos ricos dos países emergentes.

Ontem, em Genebra, a maior feira de relógios de luxo do mundo abriu suas portas. Mas, se a indústria ainda se reúne na Suíça, são os mercados emergentes que têm evitado um colapso do setor e, pelos corredores, investidores e clientes asiáticos disputam espaço com os tradicionais compradores.

Dados das maiores empresas do segmento de luxo mostram que a expansão de vendas na China, Índia, Rússia e Brasil está compensando a estagnação nos mercados europeus, do Japão e dos Estados Unidos. Hoje, as marcas sofrem para encontrar compradores nesses países.

O resultado da Richemont, uma das maiores empresas de produtos de luxo do mundo, escancara essa nova realidade. A empresa, que reúne marcas como Cartier, Van Cleef & Arpels e IWC, registrou vendas de A 2,6 bilhões no terceiro trimestre de 2011, 24% acima do período anterior. Desse total, quase metade veio das vendas na China, onde o regime comunista parece não ter problemas com a expansão de 36% nas vendas de um bem de luxo e que por décadas foi o símbolo da ostentação capitalista.

Nas Américas, o crescimento foi de 23%, liderado pela expansão nos países sul-americanos. No ano, a Richemont teve uma expansão de vendas de 31%. Mas, na Ásia, a alta foi de 50%.

Para o grupo LVMH, a situação não é diferente. Francesco Trapani, responsável pela área de relógios do grupo, admitiu ao jornal suíço Le Temps que a China é “a prioridade número 1” para a empresa. Por ano, a empresa promete abrir entre cinco e seis lojas no país asiático. Hoje, o mercado chinês já responde por 18% das vendas de relógios do grupo. “As perspectivas para a Europa não são as melhores, com a crise do endividamento e a austeridade”, justificou.

Mas a China não é a única que chama a atenção. Diante da constatação de que brasileiros gastaram US$ 6 bilhões no exterior em 2011 apenas em compras, uma série de marcas se apressam para abrir suas lojas no País.

Estreia
Uma das marcas que está chegando ao Brasil é a sofisticada IWC, de Schaffhausen, na Suíça. A partir de abril, a empresa terá sua primeira loja no País, no Shopping JK, em São Paulo. Além disso, a empresa promete reforçar sua rede de distribuição no restante do Brasil para relógios sofisticados, além de uma ofensiva para tornar a marca conhecida. Para promover a empresa, a IWC levará nesta semana para Genebra a modelo brasileira Adriana Lima como convidada especial.

A mesma ofensiva nos emergentes fará a Cartier, que deve abrir cerca de 30 novas lojas na Ásia e América do Sul até o final de 2012, uma expansão de 10% em sua rede. A fabricante de relógios tem uma ligação histórica com o Brasil. Em 1904, foi a primeira companhia a fabricar um relógio de pulso, justamente para o brasileiro Alberto Santos Dumont.

Agora, a empresa está de olho numa nova geração de brasileiros.

Crédito para veículos cresce 7,3% no ano

Categoria: comércio, Consumo, Crédito, Indicadores

O saldo total da carteira de crédito para o financiamento de automóveis em outubro somou R$ 199,4 bilhões, o que representa um crescimento de 7,3% no ano, segundo dados da Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras (Anef). Já o total de crédito do Sistema Financeiro Nacional aumentou 14,1% no período.

O presidente da entidade, Décio Carbonari de Almeida, destaca que as novas medidas promovidas pelo Banco Central, para impulsionar as vendas no fim de ano, levam a Anef a acreditar em um crescimento de 10% neste ano.

Segundo a análise trimestral da entidade, sobre o escoamento de vendas em setembro, as vendas à vista representaram 39% do total de veículos e comerciais leves comercializados.

Outras modalidades
A opção pelo crédito direto ao consumidor (CDC) foi de 48% dos compradores e o consórcio ficou com 7%. A modalidade leasing, teve 6% de adesões.

A entidade informou ainda que o saldo de inadimplência no CDC de veículos para pessoa física, acima de 90 dias, ficou em 4,7% no mês de outubro, alta de 0,3 ponto porcentual em relação ao período anterior.

“Esta situação no financiamento de veículos ainda fica abaixo do índice de atraso total de empréstimos para pessoas físicas que é de 7,1%. A expectativa é que essa trajetória comece a mudar nos meses iniciais de 2012″, disse o presidente, em comunicado.

Já a taxa de juros ficou estável em relação a setembro, com 1,53% ao mês. Nos novos contratos, os planos de financiamento para automóveis fecharam com a média de 41 meses, sendo que o prazo máximo oferecido permaneceu em 60 meses neste semestre.