Estado.com.br
Sexta-feira, 01 de Agosto de 2014
Segurança
Seções
Arquivos
Tamanho do Texto

Bandidos assaltam mercado e casa em SP

Categoria: Polícia

Um mercado e uma residência foram alvo de assaltantes na noite de quinta-feira, 16, nos municípios de Guarulhos e Mauá, respectivamente. Na segunda ação, os criminosos levaram a pior com a chegada da Polícia Militar. Um deles morreu.

Eram 21h30 quando cinco bandidos rendiam seguranças do supermercado Lopes, na altura do nº 900 da avenida Marinópolis, no Jardim Presidente Dutra, em Guarulhos. Após limparem o cofre do estabelecimento, os criminosos fugiram a pé, mas se separaram e escaparam após alguns deles invadirem uma casa na rua Irará. Nenhum dos assaltantes foi preso, mas a polícia recuperou um total de R$ 44 mil e apreendeu duas armas, tudo abandonado no imóvel. O caso foi registrado no 7º Distrito Policial da cidade.

Uma hora antes, outros três criminosos já haviam invadido uma das casas da rua Pasteur, na Vila Guarani, em Mauá, no Grande ABC. A família rendida foi amarrada e agredida pelos bandidos, que recolhiam objetos e colocavam no carro das vítimas quando a polícia se aproximava do imóvel. Na fuga com o veículo, dois assaltantes trocaram tiros com a PM e foram baleados. Um deles morreu no pronto-socorro do hospital Doutor Radamés Nardini. O terceiro bandido invadiu uma casa vizinha, mas foi detido. O caso stá registrado no 1º Distrito Policial de Mauá. Duas armas foram apreendias pela polícia.(Ricardo Valota)

Estudante é libertado de sequestro em SP

Categoria: Polícia

Bruno Lupion

Um estudante universitário de 21 anos, filho de um empresário de São Bernardo do Campo, na Grande SP, foi libertado pela polícia após 17 dias de sequestro. O jovem foi encontrado na noite de terça-feira, 19, graças a uma denúncia anônima  que levou os policiais até  um cativeiro na Favela Alba, no Jabaquara, zona sul da capital, onde ele era mantido refém. A vítima estava no segundo andar de um barraco, com um dos sequestradores, que foi preso.

O rapaz trabalha na empresa do pai, que fornece mão-de-obra para indústrias de autopeças na região do ABC, e dirigia seu Honda Civic quando foi fechado por dois veículos às 20 horas do dia 2 de outubro, um sábado, em São Bernardo do Campo. Ele pensou que  se tratava de um assalto e entregou as chaves do veículo, mas os criminosos disseram que iriam levá-lo e o colocaram no banco de trás de um dos carros.

No dia seguinte, um dos sequestradores ligou para a família, exigiu o valor do resgate e avisou que ligaria novamente em quinze dias, período no qual o dinheiro deveria ser arranjado. “Disseram que iriam retalhar o menino se não conseguíssemos o  dinheiro”, contou um familiar da vítima, que não informou o valor exigido e preferiu não se identificar.

Nove policiais foram à Favela Alba, na Rua Freire Farto, para vasculhar as residências e desconfiaram de dois homens
sentados em uma cama no segundo andar de um barraco. Sob coação do criminoso, a vítima inicialmente disse que os dois eram primos, mas  depois pediu ajuda aos militares.

No período de cativeiro o rapaz foi constantemente ameaçado, mas não chegou a sofrer violência física e não apresentava ferimentos, segundo seu parente. “Ele está bem de saúde, apesar de muito traumatizado com a situação. Foram 17 dias de sofrimento”,  disse o familiar.

O criminoso, que se identificou como Igor Renê Pereira da Rocha, 25 anos, estava foragido do presídio de Franco da Rocha desde agosto último, após receber o benefício de saída temporária do Dia dos Pais e não voltar à prisão, onde cumpria pena por roubo.  Com ele, a polícia apreendeu uma pistola calibre 380.

O sequestro estava sendo investigado pela Delegacia Seccional de São Bernardo do Campo e Igor foi encaminhado ao 35º Distrito Policial de São Paulo, no Jabaquara.

Polícia vai investigar morte de estudante

Categoria: Polícia

A Polícia Civil vai instaurar um inquérito para apurar a morte do estudante Murilo Duvilho Quartarollo, de 18 anos, que foi eletrocutado na noite de quinta-feira, 23, ao encostar em um semáforo da Vila Luzita, em Santo André, região  metropolitana de São Paulo.

Segundo a Polícia Militar, o jovem e um amigo andavam pela Avenida São Bernardo do Campo com a Capitão Mário Toledo, quando pararam em um cruzamento, por volta das 21h15. Murilo teria recebido uma forte descarga elétrica após encostar no poste. O jovem  caiu desacordado e foi socorrido por um motorista até o Hospital da Vila Luzita, mas morreu enquanto recebia atendimento.

Chovia no momento do incidente e o poste estava molhado. Segundo informou a Secretaria de Segurança Pública (SSP), a polícia constatou a existência de um fio solto no poste.

O corpo do jovem passará por exame necroscópico. O caso foi registrado no 1° Distrito Policial de Santo André como homicídio culposo. (Priscila Trindade e Bruno Lupion)

Adolescente tenta roubar bar e acaba morto

Categoria: Polícia

Bruno Lupion e JB Neto

Um adolescente de 17 anos morreu durante tentativa de assalto a um bar em Santo André, na Grande SP, na noite de segunda-feira, 20. Um policial civil estava no local e baleou Ailton Pereira Lima no peito. O policial também foi atingido na  barriga e na orelha, mas está fora de risco.

Sansara Sing, 36 anos, carcereiro do 5º Distrito Policial da cidade, encerrou o expediente e foi ao bar, localizado a cem metros da delegacia, na Rua Evangelista de Souza, 90. Por volta das 21 horas, se dirigiu ao banheiro e, quando voltou, quatro bandidos já tinham anunciado o assalto. Ele sacou sua arma e atingiu Ailton Pereira Lima, de 17 anos, no peito, mas também foi baleado na barriga pelos criminosos.

Enquanto saía do bar para buscar refúgio atrás de um veículo, Sansara passou ao lado de Ailton, que estava caído no chão, e o adolescente atirou. A bala atingiu o policial de raspão na orelha.

Sansara foi levado ao Hospital Bartira, está fora de risco e deve ser operado na manhã desta terça-feira. Ailton foi encaminhado ao Hospital Municipal de Santo André, mas morreu enquanto recebia atendimento.

Os demais ladrões fugiram pela Rua do Oratório e a polícia localizou nos arredores do bar uma Parati prata abandonada, com documentos e celulares que pertenceriam a um dos criminosos – no aparelho constavam nomes revelados pela namorada de Ailton, que  prestou depoimento no plantão do 2º Distrito Policial da cidade, onde o crime foi registrado.

Segundo a mãe da garota, Ailton já tinha passagem por roubo e morava no Jardim Vera Cruz, zona leste de São Paulo. Na hora do assalto, seis clientes estavam no bar e nada foi roubado.

Fábrica é invadida por bandidos em Diadema

Categoria: Polícia

Bruno Lupion

A fábrica de cadeados e fechaduras Papaiz, em Diadema, na Grande SP, foi invadida por cinco bandidos na madrugada desta segunda-feira, 20. A quadrilha rendeu quatro seguranças e tentou roubar o caixa eletrônico instalado na empresa, mas  não conseguiu. Na fuga, levou quatro revólveres calibre 38 dos vigilantes.

Os ladrões chegaram por volta das 3h30 à indústria, na Avenida Luigi Papaiz, nº 239, bairro do Campanário, renderam os vigias e foram direto ao equipamento do Banco Itaú. Segundo a polícia, o alarme do caixa possivelmente disparou, afugentando os criminosos, mas as circunstâncias ainda estão sendo investigadas.

O caso foi registrado no 1º Distrito Policial de Diadema e, até a manhã desta segunda-feira, ninguém havia sido preso.