12:18


15 de Abril de 2010

 

Patrocinado por




José Paulo Kupfer
Filtro
Tamanho de texto: A A A A

Cachorro que morde o próprio rabo

10 de junho de 2009 | 21h01

José Paulo Kupfer

Não precisou nem um minuto depois do anúncio do desempenho da economia, no primeiro trimestre, para os juros futuros subirem. Era o mercado passando ao Banco Central a mensagem de que o corte na taxa básica deveria ser, como sempre, mais modesto. O fato de o PIB não ter recuado tanto quanto as projeções do próprio mercado era o argumento de que precisava. Argumento frágil que, felizmente, não comoveu a maioria dos sábios do Comitê de Política Monetária (Copom).

Menos mal o corte de 1 ponto percentual. A inesperada resistência da economia a um desaquecimento mais profundo fez crescerem, a partir de terça-feira, quando saíram os números do IBGE, as apostas numa redução de apenas 0,75 ponto percentual. A lógica dessa moderação tem origem num raciocínio raso, que finge projetar o futuro, mas se prende ao passado.

Junto com a notícia de que a economia não recuara os 1,5% esperados no primeiro trimestre, mas “apenas” 0,8%, veio a informação de que o investimento (formação bruta de capital fixo), naquele trimestre, havia desabado mais de 12%, no maior mergulho da série histórica atual das contas nacionais. Era, este sim, motivo para derrubar os juros sem dó nem piedade. Mas, na “ciência econômica” do mercado, tratava-se, exatamente, do inverso.

Para essa estranha “ciência”, que vive à procura das “taxas naturais” – aquelas que não provocam aceleração da inflação –, a queda livre dos investimentos indicaria uma redução do “produto potencial”, uma quiromancia econômica que pretende estabelecer o nível máximo de crescimento que não produz aceleração inflacionária. Com um PIB potencial reduzido, cortar juros e, em conseqüência, estimular a atividade econômica seria a receita inevitável para a volta, no futuro, da inflação.

É uma teoria que se alimenta dos factóides que ela mesma fabrica. Funciona mais ou menos assim: juros altos dificultam os investimentos e sem investimentos o produto potencial cai, justificando juros altos. Um cachorro que morde o próprio rabo.

As decisões de investimento não são movidas apenas a juros baixos. Em busca da taxa de retorno ótima, o empreendedor avalia o potencial do mercado consumidor e as condições de concorrência. Mas, ao lado desses fatores críticos, o custo do dinheiro, obviamente, exerce também relevante.

Se isso for verdade, era hora de ser ainda mais agressivo no corte dos juros. Afinal, a recuperação que começou a se esboçar no segundo trimestre, avançará até onde a capacidade instalada oferecer espaços ociosos. Os dados mais recentes informam que, depois de cair quase 25% no acumulado de abril e maio, o setor de máquinas e equipamentos continuou patinando em junho. Mau sinal. E um indicativo forte – não inteiramente levado em conta pelos sábios do Copom.

Sem uma vigorosa recuperação dos investimentos, a economia vai bater no teto e não demora muito. 

Tópicos relacionados

51 Comentários Comente também
  1. Enviado por: Luiz Henrique Lusvarghi

    …Tá de bom tamanho….
    Mas também é momento de deixar que a poupança fique “livre” e que seja, ou pelo menos permitam – além de otras cositas más – um “ajudante regulador ” do consumo…
    …uma poupança mais atraente, com certeza freará, pelos menos um pouco, o medo que o governo e o BC têm da inflação….Que ela não seja tarifada sem um propósito consistente…
    E que apenas a “E”conomia dite as regras….
    …pelo menos por uns tempos…

  2. Enviado por: Doug

    Empresario nenhum vai investir com o dolar abaixo de R$ 2,20 a R$ 2,40. Hoje temos capacidade de produção ociosa em quase todos os setores de manufaturados.

    Não existe expectativa a curto prazo de que o mercado interno possa assimilar esse excedente, e não temos competitividade para exporta-lo.

    Invesir para quê? Em alguma linha de produtos novos? Vem tudo da China.

    Hoje assisti ao Mendonça de Barros comentando que tem empresa brasileira que exporta agua de coco para os USA, mas produz essa agua na Asia. Por causa do cambio, exportar a agua de coco produzida no nordeste é inviavel.

    Ai vem nego falar que é um movimento mundial, que o dolar esta desvalorizando en todo lugar… Mas E DAI? Dane-se o resto do mundo, aqui temos é de fazer esse dolar subir, E MUITO, para estimularmos a exportação de manufaturados, ou estaremos condenados a ser um pais agricola.

    E instrumentos tem, para começar enfia um belo IOF nesses dolares de especuladores que estão entrando aqui nos nossos bancos.

    So não é politicamente interessante fazer. Ou alguem acha que o Lula quer peitar os bancos?

  3. Enviado por: Sergio

    Porque será que vcs da imprensa nunca concordam com uma decisão sequer da equipe economica do governo?!?! será que lá só tem tapados? será que a equipe economica nunca tem razão? como então o pais tem melhorado tanto, em especial pra as classes economicas mais carentes? Será que não é hora da imprensa em geral amadurecer um pouco mais e fazer comentarios que ao menos retratem a realidade de agora? Não sou economista ou algo parecido, porme tenho a certeza que se o governo não soubesse o que está fazendo com a economia do pais, estariamos num mar de lama diante desta crise mundial, e não é isso que vejo e nem o que a imprensa internacional vem dizendo do nosso pais !

  4. Enviado por: rogeriomdegodoy@ig.com.br

    Economista é assim, fala que o copom deveria ser mais corajoso e reduzir os juros, mas gostaria que eles estivessem lá e reduzissem a taxa de juros no patamar que eles alegam, haveria um caos na economia. Quanta burrice! Se a equipe acha que deve ser assim estão agindo dorretamente uma redução de juros pode causar mais transtornos do que ajuda. Eu gostaria de saber em quantos pontos o Serra reduziria a taxa de juros? Quanto? Economistas e Psdbistas acham que é fácil reduzir e reduzir por que não reduz o preço das passagens do metrô? Eles aumentaram por quê sendo que ainflaçãos está estável. O problema é a dor de cotovelo. Dói demais no Psdb. Parabéns copom nada de escutar descontentes e incompetentes.

  5. Enviado por: rogeriomdegodoy@ig.com.br

    Discordam pelo simples fato: dor de cotovelo!! Não dá pra concordar. Economistas são assim mesmo, não conseguem concordar senão pra que eles são economistas? Pra que estudar anos e ficar concordando, é dizer que estudou por nada! Então discordando é um jeito de dizer que eu sei mais que eles. Isso se chama corriqueiramente dor de cotovelo! Então eu pergunto denovo quantos pontos o Serra reduziria? Se ele responder 3 pontos ele está completamente louco! Na nossa economia seria como dar um tiro no pé.

  6. Enviado por: rogeriomdegodoy@ig.com.br

    Quero dizer que as empresas brasileiras não vendem pelo uso e abuso do custo Brasil, sonegam e dizem que pagam impostos, mas quem paga mesmo somos nós povão, vejam o exemplo do Carrefour, que deve milhões aos cofres publicos, sonegando, mandando dinheiro pra fora do Brasil, isso sim que os economistas deveriam criticar!

  7. Enviado por: Doug

    Meu deeeuuuusssss… alem de petista o cara é chato. E alem de chato o cara é louco. Ele mesmo responde a uma pergunta que ele mesmo fez, e isso porque ele abre o comentario dizendo que não entende do assunto, mas tem opinião e resposta sobre.

  8. A redução da taxa básica feita pelo Banco Central não chega ao consumidor. Temos, de longe, as maiores taxas de juros do mundo. Como exemplo, basta citar a taxa de juros para crédito rotativo das administradoras de cartão de crédito, sempre acima dos 10% ao mês, sem contar as taxas do cheque especial, acima de 1OO% ao ano. José Paulo Kupfer, será que podemos ter esperança de que algum dia no Brasil teremos juros ao consumidor compatíveis com as taxas do Primeiro Mundo?

  9. Enviado por: DJALMA MATTOS

    Gente, dolar abaixo de R$2,50 é só para chines ver, o que vai acontecer no futuro, é termos todos os nossos manufaturados sendo processados em outra China qualquer, sendo montados em ¨Portos Secos¨, em alguns pontos do Brasil, como o nosso Petróleo e Soja, voltando rotulados em alguns idiomas, e nós aqui continuando com nossas ¨Escolas e Faculdades¨ (há, e nossos Laboratios de Pesquisas), com essa baita desenvoltura esistente até hoje, (exceto, um ou outro que algum(s)maluco(s) se dispoem em aplicar recursos e tempo, para ficar para a posteridade. Olha, o que precisa, é se pensar onde a Nação toda quer chegar ser um Dia. O resto é papo de cem anos atrás. ok
    Grato.

  10. Enviado por: carlos rocha

    caro paulo, não posso deixar de dar uma certa razão ao sergio;
    so da ibope se vcs discordarem do banco central? não seria o caso de fazer analise um pouco mais imparcial? um abraço

  11. Enviado por: marcos neves

    Memorizem o que eu digo agora: MUITA GENTE VAI COMPRAR A PRAZO E NÃO CONSEGUIR PAGAR A CONTA ! A CRISE AINDA NÃO SE MANIFESTOU COM FORÇA NO BRASIL !

  12. Enviado por: fscosta

    Kupfer

    Foi, dentro das limitações conjunturais, um corte ousado, se redimindo de não ter baixado em dezembro.

    Nos, economistas (principalmente os que não estão sentados naquela cadeira) devemos ser mais humildes e saber elogiar qdo algo é feito corretamente.

    Olhem os ultimos artigos do Delfim, abandonando a ideia de voluntarismo do BC pra atacar a parte “instituicional”. Eu toh com ele, temos muita coisa pra mudar, institucionalmente. Não são as pessoas, são as instituições.

    PS.: Prova disso é que, 1) Nao resolvemos definitivamente o problema da poupança, 2) Nem começamos a discutir os problemas do Fundos de Pensão, que tem no seu estatuto o limitador de 6% de rendimento minimo, 3) Os Fundos de investimento não estão preparados, e muita gente vai fechar as portas com essa taxa de juros, pq vai ter que cortar na taxa de administraçao pra sobreviver, 4) Muitas outras situações que NINGUEM ate agora previu.

    É um novo ambiente, Brasil, com taxas reais abaixo de 5% (de verdade) com inflação controlada.

    Entao vamos parar de reclamar e discutir e estudar.

    Abraços,

  13. Enviado por: Romanelli

    FINALMENTE o juros chegou aonde deveria ter estado desde, no MÍNIMO, setembro/08 …mês em que o NHONHÔ do nosso BC, em plena CRISE mundial, ainda o elevava para estratosféricos e INACREDITÁVEIS 13,75% ..UM CRIME sem igual

    http://www.estadao.com.br/especiais/confira-a-evolucao-da-selic-desde-o-inicio-do-governo-lula,3326.htm

    ..mas os desafios não param

    Pra mim a descida NÃO pode ser contida …por outro lado NÃO podemos permitir que haja deformações do tipo que seriam a prática e a ARMADILHA do JUROS REAL NEGATIVO

    Doutro lado, vai ficar difícil, num mundo INTEGRADO, querermos trabalhar só com a ferramenta JUROS para regularmos o fluxo e aprumarmos o cambio …IMPOSSÍVEL

    Mais ainda …depois de termos passado pelas TREVAS, com um mundo ora em euforia e no momento seguinte em profunda, penso que chegou o momento de DEFINITIVAMENTE desmistificarmos a idéia de que políticas cíclicas e contra-cíclicas, anti-inflacionárias etc só se fariam com uma UNICA, falível, imprecisa, e lenta ferramenta, o JUROS básico da economia ..que em muitas casos, convenhamos, fez as vezes dum PLACEBO.

    É necessário que os agentes e o tal “mercado” se conscientizem de que a sociedade, o ESTADO, TEM e deve dispor de ouros instrumentos para regular sua economia , provendo a harmonia e a inter-relação de seus agentes …mesmo que pra isso, APARENTEMENTE, tenhamos que conviver com uma certa dose de “imprevisibilidade e risco” pelas ações “criativas” de seus governos.

    No MAIS, fora de diminuírem a carga tributária para a RENDA FIXA e de afinarem melhor as regras BAGUNÇADAS que vigorarão pra nova poupança, penso que a palavra de ordem pros próximos meses será CALIBRAR a SELIC, afinar melhor os juros básicos, pois o trabalho “mais sujo”, embora demasiadamente CARO e lento, com estes 9,25%, já foi feito.

  14. Enviado por: Romanelli

    FINALMENTE o juros chegou aonde deveria ter estado desde, no MÍNIMO, set/08, mês em que o BC, em plena CRISE mundial, ainda o elevava para estratosféricos e INACREDITÁVEIS 13,75%.

    http://www.estadao.com.br/especiais/confira-a-evolucao-da-selic-desde-o-inicio-do-governo-lula,3326.htm

    Pra mim a descida NÃO pode ser contida. Por outro lado NÃO podemos permitir que haja deformações do tipo que seria a prática e a ARMADILHA do JUROS REAL NEGATIVO visto em outras economias.

    Doutro lado ainda, vai ficar difícil, num mundo INTEGRADO, querermos trabalhar só com a ferramenta JUROS para regularmos o fluxo e aprumarmos o cambio.

    Mais ainda, depois de termos passado pelas TREVAS, com um mundo ora em euforia e no momento seguinte em profunda crise, penso que chegou o momento de DEFINITIVAMENTE desmistificarmos a idéia de que políticas cíclicas e contra-cíclicas, anti-inflacionárias etc só se fariam com uma UNICA, falível, imprecisa e lenta ferramenta, o JUROS básico da economia, juro que em muitos casos, convenhamos, fez as vezes dum verdadeiro PLACEBO.

    É necessário que os agentes e o tal “mercado” se conscientizem de que a sociedade, o ESTADO, TEM e DEVE dispor de outros instrumentos para regular sua economia , provendo a harmonia e a inter-relação de seus agentes, mesmo que pra isso, APARENTEMENTE, tenhamos que conviver com uma certa dose de “imprevisibilidade e risco” pelas ações “criativas” de seus governos.

    No MAIS, fora de diminuírem a carga tributária para a RENDA FIXA e de afinarem melhor as regras BAGUNÇADAS que vigorarão pra nova poupança, penso que a palavra de ordem pros próximos meses será CALIBRAR a SELIC, afinar melhor os juros básicos, pois o trabalho “mais sujo”, embora demasiadamente lento e CARO, com estes 9,25%, já foi feito.

  15. Enviado por: roberto

    JPK,
    Notei uma mudança no teor dos comentarios a respeito da pauta. Acredito que sua critica continua correta, e que se os juros realmente continuarem a cair vai ter muita gente reclamando.
    É natural que qualquer mudança gere insatisfação em um determinado momento. O importante é que o debate ajude o pais a deixar de ser tão concentrador de renda, já ta na hora!
    Aqueles mal acustumados com ganhos fáceis vão reclamare se debater muito, espere!
    Abracos.

  16. Enviado por: Fernando

    Caro Kupfer, “filho da burguesia eletistra deste pais, que já mais iram voltar ao poder” ! vc fala em corte de juros mais agressivo, mas tenho certeza q vc se lembra de quanto eram os juros no gov, do vampirão FHC, passava da casa dos 25% – lembra ?, portanto deixe de ser hipócrita e de achar q com esses comentários TERRORISTA E GOLPISTAS, contra o gov. LULA, conseguira mudar a opinião do povo.
    Um abraço.

  17. Enviado por: Valdemir Moraes

    Caros comentaristas…

    todos nós somos levados a comparar as coisas na vida,olhando como eram no passado e como são hoje. Isso é normal, é dos seres humanos. Contudo, em economia a coisa é mais complicada, pois depende muito mais domomento e do futuro – pouco depende do passado. Assim, temos uma situação muito diferente daquela vivida no governo FHC. Quer queiram ou não, salvo algumas derrrapadas, foi o governo mais ousado e produtivo dos últimos 50 anos – não fosse sua coragem e ousadia, como o Lula poderia estar convivendo com o tsunami financeiro mundial ? Lula tem feito bastante, errado muito também, o que o sustenta é o bolsa- família e o bolsa-pelego, que de um lado alimenta dependência do Estado e do outro “tapa a boca” dos sindicalistas,que estão com o cofre cheio.

    Em economia, vale o momento e a visão futurista,é como olhar para as nuvens,cada hora tá de um jeito e, através doolhar sabemos se vem chuva ou não,se será tempestade ou um ventinho…

    Essa crise é diferente de todas as anteriores, o remédio para ela também é diferente e,o momento e a dose do remédio também. O mundo nunca será o mesmo no pós-crise. O Brasil poderá sair forte ou continuar sendo vendedor de matéria-prima sem valor agregado – depende de nós, das medidas, das taxas de juros, da política industrial, etc. Devemos aprender com a China e Japão e, tornar nossa economia gereadora de empregos, vendedora de produtos dealto valor agregado, se não vamos ser um brasilzinho sempre reclamando e sem atitude.

    O Brasil tem a oportunidade, talvez a única do século, de ter taxas de juros de países civilizados e, incrementar e alavancar sua política industrial, para isso precisa ter vontade política,investir pesado em educação, fator fundamental para que daqui a 10 anos possamos começar a colher os frutos.

  18. Enviado por: NTSB

    Corte mais agressivo do que esse e impossivel e não podemos deixar agora a politica monetária de lado, o mais importante e manter a sequencia de cortes de 1 digito está de bom tamanho para manter as metas de inflação.Acho que o Paulo tem saudades dos 25% de Selic do FHC.

  19. Enviado por: Chirac

    Em um momento eu pensei que a economia fosse realmente verdadeira . Que os pobres estavam comendo melhor. Mas constatei ao ver os impostos que pago nas contas de água, luz, ipva, iptu, imposto de renda , que era uma trapassa economica do governo. O que estava acontecendo era que eu , que era da classe “C” passei para a classe “E” , e assim por diante até chegar a classe “F” de fudi…o . Os “F…os” da clase “F” subiram às minhas custas, às custas dos meus impostos , e eu desci !
    Não vejo isto uma realização economica e muito menos uma demonstração de capacidade do governo que continua jogando dinheiro fora , e emprestando pros risco (vide Brasil empresta ao FMI , 140 bilhões de dólares , ou um pouco mais ) para manter a economia dos EUA e Europa saudáveis . Isto é Brasil !!!!!!

  20. Enviado por: Chirac

    Vou defender um pouquinho os economistas de fora do governo que constumasmente veem criticar o governo . É verdade , o governo faz um pouquinho de coisa certa , não dá pra fazer tudo errado , mas é um feijão com arroz muito mal cozido ! Não dá pra ver a nossa rival no futebol e também na economia crescendo 12% na época das vacas gordas , enquanto o COPON segura o crescimento do Brasil com as mais altas taxas de juros do mundo. Então é isso aí. Agora o governo vem dizer que o Brasil vai ser o primeiro país a sair da crise . A Inglaterra já está saindo, a Alemanha inflação zero também, e muitos outros. e o Brasil perdeu o período de vacas gordas para dizer que agora ele vai sair primeiro da crise . Ora bolas , até, o meu sobrinho de oito anos de idade é contra os economistas do COPON e do governo.
    Tenham paciencia, né.

  21. Enviado por: Chirac

    Quem é bom no Blef, (mentira) são os Ingleses . São experts nisso . Também são bons no jogo chamado Poquer , que também se usa muito do Blef para ganhar ! Mas no Brasil , é mentira discarada ! Mentem tanto que já somos chamados de palhaços , dentre outras coisas que não podemos dizer aqui.
    Ver a Argentina crescer 12% enquanto o Brasil crescia 4% doia . Doia na parte mais sensível do nosso corpo que é o bolso. Com impostos beirando o ridículo patamar de 50% pagamos neste período de vacas gordas e até hoje os impostos e as contas. Vejam, 50% de impostos na conta da água é muita coisa , mesmo pra quem não entende nada de economia. Estamos ficando mais pobres, os ricos mais ricos e o governo mais safado! , pois tem gente que ainda acredita neste milagre economico , o que na verdade é simplesmente tirando o cobertor de quem já tem para cobrir quem não tem ! Este é o criativo plano do governo ! Ridículo ! Isto é Brasil. Na ponta do lápis , o Brasil precisa crescer um Paraguay por ano para manter os empregos . No entanto segura quem quer se aposentar , impedindo novas vagas de emprego se abrirem . Aposto que toda essa parafernalha é cópia , ou são cópias de algum país. Lá no país de origem dá certo , aqui no Brasil não ! E copiam descaradamente ! Pensei uma vez que um político que não vem ao caso dizer o nome, que tinha cursos em Harvard , era o sumo em enconomia. Não , ele havia copiado de Portugal – zona do Euro – onde os países aplicavam o IVA – Imposto de Valaor Agregado. Só que ele não disse pra ninguém que havia copiado de Portugal e acreditavamos que ele era dono deste arranjo economico maravilhoso !!!!!! Então somos tratados como patetas !

  22. Enviado por: marcio de almeida prado

    Caro Paulo,

    Leio frequentemente a sua coluna e creio que chegou o momento de me manisfestar.

    1. CONCORDO PLENAMENTE que a queda de juros deveria ser maior, porem foi de bom tamanho. O ideal será ter a taxa Selic em torno de 8,5% a 8,75.

    2. Suas observações são bastante perpicazes. Continue assim.

    Marcio de Almeida Prado

  23. Enviado por: william

    a verdade verdadeira:
    QUINZE por CENTO dos brasileiros. viver no país das MARAVILHAS. os outros 85% ter q. se virar. p/ o próprio sustento
    e ainda ter q. BANCAR a FARRA do BOI. dos da S/A de POLÍTICOS do país de faz-de-conta.
    crescimento-desenvolvimento. hora o crescimento. mais o desenvolvimento. deixa p/ os EUA.CHINA.CORÉIA.COMUNIDADE da EUROPA. JAPÃO. CANADÁ. AUSTRÁLIA. e etc.

  24. Enviado por: argo

    “Economista é assim,”

    Trecho do livro “Eu, Primata” (Franz de Waal) tratando sobre economistas:

    “Nem sempre agimos como os economistas acham que deveríamos agir, sobretudo porque somos menos egoístas e menos racionais do que eles nos julgam. Os economistas estão sendo doutrinados em uma versão ilusória da natureza humana, e a tal ponto acreditam nela que começam a comportar-se segundo seus pressupostos. Testes psicológicos mostraram que estudantes de economia são mais egoístas que a média dos universitários. Aparentemente, a exposição a aulas e mais aulas sobre o modelo capitalista do auto-interesse aniquila quaisquer tendências pró-sociais que esses estudantes pudessem ter tido ao ingressar na faculdade. Eles desistem de confiar nos outros, que por sua vez desistem de confiar neles. EIS PORQUE SÃO MALVISTOS (grifo meu).”

    E bote malvisto nisso…!

  25. Enviado por: Dr House

    Os juros estão “supervalorizados”. Não no sentido de que eles estão acima da taxa que deveriam estar, o que tem possibilidades de estar correto. está sobrevalorizado no sentido em que dá-se muito mais importância a ele do que deveriam. Ele segura o crescimento? Segura sim mas hj tenhoa certeza que a legislação trabalhista pré histórica segura muito mais, que a má utilização dos impostos, mais ainda que a carga tributária, segura a economia muito mais
    O Brasil não tem uma cultura poupadora. O Governo deveria JÁ ser o grande poupador desse país. O Governo tem a capacidade unica de ser um agente da economia que consegue sozinho intereferir no jogo inteiro. Deveria começar a usar a política fiscal para o bem da nação . . .

    e é melhor nem entrarmos no assunto “educação” pq senão irei falar por horas e horas

  26. Enviado por: Oda Nobunaga

    Kupfer,
    vc está querendo demais…para a inteligência do copom.

  27. Enviado por: coiote

    Acho engraçado que tem comentarista ptista aqui que acha que se o fhc fez algo errado eles podem fazer tambem.nao sei o que uma coisa tem a ver com a outra,esse povo nao se deu conta que sao eles que estao no poder,e nao o fhc,o erro de um nao legaliza o erro de outro.

  28. Enviado por: Swamoro Songhay

    Agora os juros estão a um dígito. Porém, qual a política para o desenvolvimento científico e tecnológico num cenário destes? Qual a política para a recuperação da indústria local de bens de capital, conforme alerta o post? Para isso até agora não há respostas. Caso a indústria de bens de capital torne-se representante de fabricantes estrangeiros, o que fazer? Como impedir que tal fato aconteça? Qual o plano de desenvolvimento num cenário de taxas de juros básicas decrescentes? Se os capitais investidos no curto prazo saírem do mercado financeiro (Bolsa e Fundos), como fazer para canalizá-los para atividades produtivas, de médio e longo prazos? Ainda percebem-se críticas às medidas tomadas no período 1994/2002. Porém, o período de 2003/2010 é que está em foco. O momento agora é de como e o que será feito para resolver os problemas que não podem mais ser atribuídos ao período anterior. Afinal, os discursos sempre foram de que tudo que havia antes havia sido mudado para melhor. Se for assim, a responsabilidade por tudo de bom que houve e de ruim que também houve, é inerente.

  29. Enviado por: Cidadao Ausente

    Eu acho engracado o lula dizer que emprestou 10 bihoes ao FMI. Nossas estradas estao esburacadas, os hospitais horriveis, ganhar salario de 465 e piada , o Brasil nao tem mais aonde esta fudido.

  30. Enviado por: Chirac

    Eu também acho engraçado o Lula emprestar 10 bilhões de dólares ao FMI . Em reais serão quase 30 bilhões de reais .
    Está sobrando dinheiro ! Falta dinheiro é no meu bolso . Dá vontade de chorar . O primo pobre e miserável emprestando dinheiro pro primo rico e safado . Isso é PT . Isso é Brasilllllll.

  31. Enviado por: Cidadao Ausente

    Nos Estados Unidos, um americano que trabalha 40 a 50 horas por semana faz os seus 3 mil dolares por mes. paga uma conta de luz de 80 dolares, 300 por mes de supermercado, 50 por mes de telefone celular com chamadas ilimitadas. compra um carro novo pagando uns 200 dolares por mes. Pode desfrutar de tudo de bom que a vida oferece. tecnologia, lazer, entreterimento, seguranca. e o Brasil como esta??? heim…

  32. Enviado por: Cidadao Ausente

    Sera que um dia o brasileiro vai ter um salario minimo de 3000 reais???

  33. Enviado por: Oda Nobunaga

    Que eu saiba o Brasil não emprestou nenhum centavo ao FMI, ele apenas colocou uma parte nas cotas do fundo e pode sacá-la a qualquer hora, tanto que esse dinheiro ainda faz parte das nossas reservas. Reservas??? Yes, nós temos reservas, ao contrário daqueles saudosos tempos em que nós íamos de pires na mão bater nas portas do FMI.

  34. Enviado por: Marcelo

    Cidadao Ausente,

    Se não me engano a época onde tivemos o maior salário mínimo foi a de JK, chegou a uns R$1800,00 de hoje.
    Alguns acham que o governo de JK foi divino, mas depois de tanta fartura…o resto é história.

  35. Enviado por: ZANELLA

    Quando dizem que vai a 40% é porque está tranquilamente chegado aos 50%. Porque nos 40% está incluído o que o Gov.pagava e agora é o povo que paga,(saúde,ensino, segurança, etc.etc.e etecetera) multas absurdas e indevidas, e tem alguma lei que sem entrar na justiça pode ressarsir o tal valor, O INSS cobrado sobre INDENIZAÇÕES TRABALHISTAS, e o tanto que o GOV.come até da indenização, o empregado entra com o nome e o Gov.fica com o dinheiro….e assim vai. A realçidade é a seguinte: TERIA DITO O CRIADOR (A RESPEITO do BRASIL) (Como não dei asas às cobras, habitará esse previlegiado território uma classe dirigente tão corrupta que condenará seu povo ao extermínio, Os ditos cujos, sob o nome de Governo comerão mais de 40% de tudo o que a nação conseguir produzir, fora o que os corruptos já levaram.) A seguir ele abençoou a terra. Por isso se diz: ABENÇOADO POR DEUS.
    Bem, mas se o Lula, sem ler jornais e mais nada, chegou a onde chegou, imagine o que aprontaram a mais os outros, que fizeram menos que o Ele, inúmeras vezes… SE CONTINUAR ASSIM, O BRASIL SÓ PODE SE TORNAR INGOVERNÁVEL….. QUE PAÍS, QUE POVO É ESSE QUE VAI EM BREVE SOBREVIVER PAGANDO APROXIMADOS 50% DO VALOR DO PIB em impostos, OU SEJA A METADE DO QUE PRODUZ. POR MAIS PESSIMISTA QUE TENHA SIDO O CRIADOR, NÃO ALCANÇOU A META, certamente o mesmo sonhou que os dirigentes conseguiriam faturar uns 30% do que o povo produziria, logicamente não achou que seria possível alguém comer a metade, e colocar os contribuintes ainda a se pagar medicina,escolas,estradas (pedágios), NUNCA… e a fatia do GOV sobe 1,o a 1,5%ao ano, deixou de ser por mandato, é por ano. E : DEFENDA-SE QUEM PUDER. E tem mais: Funcionário publico aposentado recebe 11,5 vezes mais que o da economia privada, em prego de Funcionário publico é 10 (R$10.000,000) da economia privada (R$1.000,00) A PALAVRA JÁ DIZ PRIVDA, “ CLASSE PRIVADA DE TUDO, menos de pagar impostos.(Um recebe R#10.000,00 outro recebe R$1.000,00 PERGUNTO: QUAL DOS DOIS PAGA MAIS IMPOSTO E QUEM REVERTE MENOS BENEFÍCIOS ??? . Aquí tem duas distintas classes sociais : Uma PRIVADA (de todos os direitos e que tem todas as obrigações) e a PREVILEGIADA. (a palavra já diz tudo). Uma não passa de média, a outra não desce nunca para média, só sóbe . . . BANQUEIROS a parte….

  36. Enviado por: ZANELLA

    Quando dizem que vai a 40% é porque está tranquilamente chegado aos 50%. Porque nos 40% está incluído o que o Gov.pagava e agora é o povo que paga,(saúde,ensino, segurança, etc.etc.e etecetera) multas absurdas e indevidas, e tem alguma lei que sem entrar na justiça pode ressarsir o tal valor, O INSS cobrado sobre INDENIZAÇÕES TRABALHISTAS, e o tanto que o GOV.come até da indenização, o empregado entra com o nome e o Gov.fica com o dinheiro….e assim vai. A realidade é a seguinte: TERIA DITO O CRIADOR (A RESPEITO do BRASIL) (Como não dei asas às cobras, habitará esse previlegiado território uma classe dirigente tão corrupta que condenará seu povo ao extermínio, Os ditos cujos, sob o nome de Governo comerão mais de 40% de tudo o que a nação conseguir produzir, fora o que os corruptos já levaram.) A seguir ele abençoou a terra. Por isso se diz: ABENÇOADO POR DEUS.
    Bem, mas se o Lula, sem ler jornais e mais nada, chegou a onde chegou, imagine o que aprontaram a mais os outros, que fizeram menos que o Ele, inúmeras vezes… SE CONTINUAR ASSIM, O BRASIL SÓ PODE SE TORNAR INGOVERNÁVEL….. QUE PAÍS, QUE POVO É ESSE QUE VAI EM BREVE SOBREVIVER PAGANDO APROXIMADOS 50% DO VALOR DO PIB em impostos, OU SEJA A METADE DO QUE PRODUZ. POR MAIS PESSIMISTA QUE TENHA SIDO O CRIADOR, NÃO ALCANÇOU A META, certamente o mesmo sonhou que os dirigentes conseguiriam faturar uns 30% do que o povo produziria, logicamente não achou que seria possível alguém comer a metade, e colocar os contribuintes ainda a se pagar medicina,escolas,estradas (pedágios), NUNCA… e a fatia do GOV sobe 1,o a 1,5%ao ano, deixou de ser por mandato, é por ano. E : DEFENDA-SE QUEM PUDER. E tem mais: Funcionário publico aposentado recebe 11,5 vezes mais que o da economia privada, em prego de Funcionário publico é 10 (R$10.000,000) da economia privada (R$1.000,00) A PALAVRA JÁ DIZ PRIVDA, “ CLASSE PRIVADA DE TUDO, menos de pagar impostos.(Um recebe R#10.000,00 outro recebe R$1.000,00 PERGUNTO: QUAL DOS DOIS PAGA MAIS IMPOSTO E QUEM REVERTE MENOS BENEFÍCIOS ??? . Aquí tem duas distintas classes sociais : Uma PRIVADA (de todos os direitos e que tem todas as obrigações) e a PREVILEGIADA. (a palavra já diz tudo). Uma não passa de média, a outra não desce nunca para média, só sóbe . . . BANQUEIROS a parte….

  37. Enviado por: Chirac

    Palavras do Lula segundo jornais de circulação nacionais e extrageiros : ” Hoje estou feliz , diz LULA, emprestei US$10 bi ao FMI )” . Fudi meu povo de novo . E o cara acima fumou uma maconha estragada . Tem funcionário publico aposentado que recebe 11,5 vezes mais que o da economia priva . Esse cara realmente fumou maconha estragada. O teto do funcionalismo é de R$3.280,28 atualmente . Como pode um aposentado público ganhar mais que o teto . Ele que diga quem éh, pra gente poder enviar ao Ministério Público . Como ele não vai dizer, ou simplesmente vai dizer que é o do judiciário , que é de R$24.000,00 , certamente ele vai parar de fumar maconha estragada . Fique por dentro , estude pra não falar besteira e nem escrever idiotices. Supletivos do Povão, uma prova e nada mais , voce já tem o diploma . Inscreva-se hoje e não seja um ignorante , falando e escrevendo besteiroas. Funcionário público ganha em média R$600,00 e não tem fundo de garantia . Todo mundo sabe disso. Menos o alienado acima .

  38. Enviado por: argo

    [Empresario nenhum vai investir com o dolar abaixo de R$ 2,20 a R$ 2,40.]

    Lembro, também, de um certo sr. Mario Amato dizer que, em caso de vitória do Lula, os empresários se mudariam, em massa, para o exterior…

    Conversa fiada, se alguns não investirem, seus concorrentes investem, suas ganancias não os deixam agir de outro modo.

    Quer dizer que, por exemplo, para os importadores é um mau negócio investir com o dólar a 1,70? Os empresários deixaram de ganhar dinheiro com o dólar a 1,60? Tolice, conversa pra boi dormir (e pra inocentes úteis acreditarem).

  39. Enviado por: Benedito Lemes

    Por que um país exportador tem necessariamente ter uma moeda depreciada? A Alemanha vem sendo o maior exportador mundial (dados anteriores à crise), e nem por isso tem uma moeda depreciada. O que o Brasil necessita fazer é investir em tecnologia e competir com qualidade porque o produto barato(pirata), que não presta, compra-se uma única vez, e os chineses são bom nisso, tanto que muita gente já está pesquisando e evitando o produto chinês que não serve nem para descartável, joga-se fora antes mesmo de usar.
    Querer uma moeda fraca e depreciada é pensar pobre, justamente porque torna o fabuloso potencial do comércio interno num sistema fraco, insignificante e dependente do exterior. E se realmente desejamos ser uma Nação rica não deixa de ser um dos primeiros quesito um forte poder de compra por meio da moeda nacional.
    E o caminho é continuar a redução dos juros para um nível sustentável que possa contribuir para equilibrar contas públicas, e redirecionar recursos para investimentos.
    Inflação? Em princípio, o mais importante é cuidar para que a produção e oferta de produtos e serviços sejam acima das necessidades do mercado. A ferramenta “juros” deve ser usada quando há desequilíbrios crônicos no mercado ou as finanças estão debilitadas e o investimento passa a ser especulativo.

  40. Enviado por: Douglas

    Ao sr. Valdemir Morais ,governoo FHC o mais ousado dos ultimos 50 anos!!!!!!!!????? ,juros batendo na casa dos 25%, a maxi desvalorização do real depois da reeleição, quantas vezes foi ao FMI 3,4 . E a panaceia da privatização (so faltou a Petrobras ,Banco do Brasil e a Caixa) . Não sr. Valdemir Morais, não foi o governo FHC o mais ousado e sim o governo Collor , lembra o sequestro das poupanças . Vossa senhoria deve ser partidario daquele pensamento (já que critica o bolsa familia) em que devemos aumentar o bolo para depois dividilo . Ainda bem que partidarios da sua linha de raciocinio estão virando dinossauros (fossilizados).

  41. Enviado por: Chirac

    Lula disse na ONU : ” Desemprego não é problema de imigrante pobre” . E nós aqui no Brasil estamos cansados de dizer : -”Rombo na Previdencia não é problema de aposentado pobre” !!!!!!

  42. Enviado por: Chirac

    Só uma palhinha . A aproximação do Brasil com o Irã , com a Coreia do Norte , com a Líbia e com outros países com quem os EUA não tem relacionamento economico é , prestem atenção, é a maior conquista que o Brasil já fez em todo o Perío Republicano.
    Vou dizer novamente . A aproximação e o relacionamento comercial do Brasil com a Coreia do Norte, com o Irã, com a Líbia e com outros países com quem os EUA não tem relacionamento é a maior conquista do Brasil em todo o Período Republicano. E isso sem dúvida é Mérito do PT e do Lula. Mostra que o Brasil não é um país feito de bananas apenas . E que o país cresceu , não é mais um nenem , uma criancinha refém dos EUA . E que se dane a mídia e os puxa-sacos americanos , que tinham medo do Bush e agora tem medo do Osama , digo Obama. O Brasil faz bonito em ter e manter e além disso aumentar o comercio economico com estes países. Afinal de contas quem paga a conta Brasil não são os cagões que babam o ovo dos americanos. Parabéns Lula, Parabéns PT . Abaixo os contra.

  43. Enviado por: Marcelo

    Caramba Chirac,

    Como você mudou… :o )

  44. Enviado por: Chirac

    Não mudei meu caro. É que dá raiva de ver a mídia manipulando as cabeças dos desmiolados brasileiros. Vejamos . O Iraque .
    Na época em que Sadan Hussein era cortejado pelos EUA , muito antes a empresa brasileira MENDES JUNIOR já trabalhava neste país . Construiu ferrovias , pontes, viadutos, estradas , e deu muito emprego para os brasileiros. Tive muitos conhecidos que foram trabalhar no Iraque nesta época. E aí o que aconteceu . Os EUA fomentaram a guerra entre Iraque e Irã. E o que aconteceu . Os EUA hoje são donos do petróleo do Iraque. Alguem contesta que os EUA são donos do petróleo do Iraque ?????????????????? Apresente -se quem discorda para que possamos conhece-lo . Ninguém discorda em sã consciencia e ou por conhecimento . E não foi só a Mendes Junior quem perdeu. Perdeu também a PETROBRAS que havia achado um dos maiores poços de petróleo do mundo no Iraque.
    E quem está com os poços da Petrobrás no Iraque ????? Eu dou um doce para quem adivinhar ? Então, neste ponto a diplomacia do Brasil está muito certa . Tem que vender , vender , e não ficar bobão que nem era . Venda até para a Coreia do Norte . Eles estão passando fome . A mídia diz isto . Então o governo tem que pensar assim . Que bom , nós vamos vender soja pra eles, carne pra eles ….etc. Beleza . A mídia diz …. O Irã não presta , o governo brasileiro tem que pensar assim . Que beleza , então menos países para vender pro Irã. Vamos encrementar nosso comercio e vender mais pro Irã. E deixar de ser bobão .

  45. Enviado por: Chirac

    A empresa Mendes Junior quebrou . É só ver as notícias de época . E a Petrobrás quase si….u !!!!! Se eu estivesse no Itamaraty eu pensaria assim . Vamos ver qual o país no mundo está em atrito com os EUA . Líbia ?? Então vamos levar os empresários até a Líbia para incrementar o comércio com os Líbios. Quem mais. País x ???? Então vamos lá incrementar o comércio com o país X . Não somos criancinhas nem nenezinhos para ficar pedindo licença pro papai . Papy , deixa eu fazer isso ????

  46. Enviado por: argo

    “Caramba Chirac,

    Como você mudou… :o )”

    Espantoso mesmo, Marcelo. Eh, eh, ainda bem que mudou pra melhor…!

  47. Enviado por: Chirac

    Não mudeu . O assunto é que mudou . Sempre fui a favor do Brasil comercializar com todos os países, afinal de contas pra que ter relações diplomaticas com todos os países e deixar os EUA comerem o bolo . Agora quanto a política do governo para com os aposentados e para quem vai se aposentar eu continuo pensando do mesmo “jeitim” . O goveno tem verba da Petrobrás para ONGs . O governo tem verba para propaganda . Não sei pra que fazer propaganda de R$1 bi . O governo tem dinheiro pra outras coisas menos importantes que a que tem comigo, com voce Argo, com o Marcelo , que se não são aposentados vao ser um dia. E cá pra nós. No fundo , no fundo , voces estão doidos para dizer mal do governo . Mas eu digo pra voces . Que governo filho da mãe que vai achatar a nossa aposentadoria , dos nossos parentes e amigos. Que governo safado . Já disse pra voces. Voces não precisam passar vergonha . Podem continuar bajulando o governo .

  48. Enviado por: Chirac

    E tem mais. Faço uma aposta . Se o LULA acabar com o fator previdenciário , acabar com o fator 85/95 e continuar com a aposentadoria sem limite de idade , com a aposentadoria proporcional e com 100% da aposentadoria da ativa , não somente EU , como todos os aposentados que somam milhões no Brasil , e também os que estão na “BICA” para se aposentar vão votar na DILMA . Se não for a DILMA vão votar no PT . Caso contrário apenas um candidato do PT vai ter o nosso voto . Se chama Paulo Paim. E vamos votar em FHC , em Sarney , e em todos os outros . Este vai ser o nosso rancor contra o LULA . Traíra .

  49. Enviado por: Douglas

    VALEU CHIRAC , DAQUI A POUCO VOÇE VAI ASSUMIR A TITULARIDADE DO BLOG DO JPK.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Twitter >>

Blogs do Estadão


Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo