1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Quem Faz

JOÃO BOSCO RABELLO está no jornalismo político desde 1977, em Brasília, onde participou da cobertura do período que vai da abertura do regime militar à Assembléia Nacional Constituinte de 88, passando pela redemocratização, com a eleição e morte de Tancredo Neves, o primeiro governo civil, de José Sarney e os que o sucederam.

Iniciou sua carreira em 1974, no extinto Diário de Notícias, no Rio de Janeiro (RJ). Transferiu-se para Brasília (DF), em 1977, onde alternou as funções de repórter político,coordenador, editor e diretor de sucursal, no Correio Braziliense, Empresa Brasileira de Notícias, O Globo, Jornal do Brasil e o Estado de S.Paulo (1990/2013), nessa ordem.

É responsável também pelo conteúdo de análise política do serviço em tempo real Broadcast, da Agência Estado.

quinta-feira 13/03/14

Miro deve ter candidatura ao governo confirmada sábado

A candidatura do deputado Miro Teixeira (Pros) ao governo do Rio será consolidada neste sábado, em encontro previsto entre PPS,Rede e PSB, com as presenças do deputado Roberto Freire, da ex-senadora Marina Silva e do governador de Pernambuco, Eduardo Campos. O anúncio poderá não ter o tom oficial ainda por causa do pleito do deputado

Ler post
terça-feira 14/01/14

Liminar dando Fundo e TV ao Solidariedade repete decisão com PSD

A liminar do presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro  Marco Aurélio de Mello, concedendo ao Partido Solidariedade acesso ao Fundo Partidário proporcional à sua bancada,  pode indicar uma tendência do Judiciário em considerar idêntica decisão favorável ao PSD uma jurisprudência definitiva. Formado a partir de uma dissidência do DEM,  registrado em tempo recorde, o

Ler post
quinta-feira 03/10/13

Defesa de Marina aposta em transição para obter registro

A defesa de Marina Silva vai investir na fórmula transitória para obter do Tribunal Superior Eleitoral o registro para o Rede, partido com o qual a ex-ministra pretende concorrer à presidência da República. Há um sopro de otimismo desde a noite passada, com o aval informal de juristas de renome para um desenho que permitiria

Ler post
sexta-feira 06/09/13

PMDB despacha plebiscito de Dilma

O líder do PMDB, deputado Eduardo Cunha (RJ), vai relatar o projeto de plebiscito sobre a reforma política, apresentado na Câmara pelo PT, com respaldo burocrático do PSB, PDT e PCdoB. Cunha liderou a oposição à consulta popular, e a indiferença do governo à sua relatoria dá a medida do desinteresse pela matéria. Fosse para

Ler post
quarta-feira 03/07/13

Plebiscito em banho-maria

O prazo mínimo de 70 dias necessário para viabilizar um plebiscito, segundo o Tribunal Superior Eleitoral, a rejeição do PMDB e a desconfiança da maioria do Congresso Nacional quanto ao propósito real do governo que o propõe, parecem fatores suficientes para autorizar a sentença de que a ideia não se materializará. Pelo menos, a ponto

Ler post
quinta-feira 09/05/13

Rede depende menos do Judiciário e mais dela própria

Apesar de excessiva, a liminar concedida pelo ministro Gilmar Mendes contra a proposta que nega a um novo partido o tempo de televisão para propaganda gratuita, pode ser um sinal do pensamento do Supremo Tribunal Federal quanto ao seu mérito. O STF já tem decisão anterior favorável ao PSD no mesmo pleito. O que caracteriza

Ler post
domingo 26/02/12

Procuradora diz que veto a prefeito itinerante já vale em 2012

SandraCureau630x310_PabloValadares_AE_2010-06-30_600

A Justiça Eleitoral vetará as candidaturas dos chamados “prefeitos itinerantes” nas próximas eleições, alerta a vice-procuradora-geral Eleitoral, Sandra Cureau. Os “prefeitos profissionais” driblam a Constituição Federal ao transferir o domicílio eleitoral para municípios vizinhos, a fim de se reelegerem sucessivamente, chegando a acumular cinco mandatos consecutivos. É o caso, por exemplo, de Yves Ribeiro (PSB),

Ler post
sábado 24/09/11

PSD: Perda do registro é cassação maior do que o AI-5 produziu

Do ex-deputado, ex-tesoureiro do PFL e do DEM –  e um dos fundadores do PSD -, Saulo Queiroz, recebi o artigo que publico abaixo sobre o pedido de registro do novo partido, com origem em uma dissidência do DEM. Estou pessoalmente convencido da legalidade, legitimidade e importância política do PSD, cuja síntese é a capacidade

Ler post