1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Quem Faz

JOÃO BOSCO RABELLO está no jornalismo político desde 1977, em Brasília, onde participou da cobertura do período que vai da abertura do regime militar à Assembléia Nacional Constituinte de 88, passando pela redemocratização, com a eleição e morte de Tancredo Neves, o primeiro governo civil, de José Sarney e os que o sucederam.

Iniciou sua carreira em 1974, no extinto Diário de Notícias, no Rio de Janeiro (RJ). Transferiu-se para Brasília (DF), em 1977, onde alternou as funções de repórter político,coordenador, editor e diretor de sucursal, no Correio Braziliense, Empresa Brasileira de Notícias, O Globo, Jornal do Brasil e o Estado de S.Paulo (1990/2013), nessa ordem.

É responsável também pelo conteúdo de análise política do serviço em tempo real Broadcast, da Agência Estado.

quinta-feira 10/10/13

Afirmação de liderança de Marina fragiliza aliança

O governador Eduardo Campos cumpre o papel de vender a unidade de propósitos entre seu partido, o PSB, real e registrado, e a Rede, de Marina Silva, que permanece um projeto ao qual ela não renunciará. Faz parte dessa defesa a veemência empregada para garantir o aval de ambos à aliança recém firmada, onde se

Ler post
terça-feira 20/08/13

Campanha da JBS e troca na agricultura irritam ruralistas

Dois episódios voltam a acirrar os ânimos da bancada ruralista no Congresso contra o governo: a nomeação do advogado Rodrigo Figueiredo para a Secretaria de Defesa Agropecuária (DAS), do Ministério da Agricultura, e o uso do financiamento do BNDES ao grupo JBS-Friboi, no valor de R$ 7 bilhões, para uma estratégia, segundo a Confederação Nacional

Ler post
segunda-feira 03/06/13

Crise pode reduzir poder da Funai sobre demarcação

Sob pressão dos produtores – e mesmo de correligionários, como o senador Delcídio Amaral (PT-MS) -, o governo tenta conter a crise deflagrada com as sucessivas invasões de fazendas produtivas por indígenas, em diversos pontos do país, formando um colegiado que poderá retirar a exclusividade da Fundação Nacional do Índio (Funai),   subordinada ao Ministério

Ler post
terça-feira 07/05/13

Congresso reabre discussão sobre licitação

Dois anos depois da iniciativa do Executivo de instituir o Regime Diferenciado de Contratações (RDC), o Congresso acordou para a necessidade de reformar a Lei de Licitações. Na última semana, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), anunciou a criação de uma comissão especial para tratar do tema. Paralelamente, a Comissão de Constituição e Justiça

Ler post
domingo 06/01/13

Eleições e reforma movimentam Congresso

Mudança de ministros não resulta necessariamente em gestão mais eficiente, embora no caso de alguns a inércia seja menos nociva que a ação. Por isso, talvez seja um erro especular sobre a reforma ministerial esperada após as eleições das Mesas Diretoras da Câmara e Senado, exclusivamente por esse viés. Melhorar a gestão do governo, ou

Ler post
domingo 04/12/11

Passionalismo conspira contra o Código Florestal

O ambiente que cerca a votação, no Senado, do novo Código Florestal não é o mais propício para aprimorá-lo. O tema adquiriu tal grau de passionalidade, que bem poucos discutem o texto preferindo abominar previamente seus autores. Já havia sido assim na Câmara; está sendo assim no Senado. Estudantes invadiram mais de uma vez o recinto

Ler post
segunda-feira 29/08/11

PSD costura sua parceria com o Planalto

A ida do PSD ao Planalto teve de mais importante um encontro de repercussão inferior à solenidade que a caracterizou, premeditada pela direção do partido para “fazer barulho”. O PSD  “subiu a rampa” com pompa intencional para  exibir-se como fato político consolidado, a despeito do processo de judicialização a que tenta submeter seu registro o

Ler post
quinta-feira 16/09/10

Ex-governador do Tocantins, Marcelo Miranda concorre sob risco de inelegibilidade

marcelo miranda ed ferreira ae 24042009

Miranda foi cassado por compra de votos nas eleições de 2006. Foto: Ed Ferreira/AE – 24.04.2009 Ainda não entrou na pauta do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o julgamento do recurso do ex-governador do Tocantins Marcelo Miranda (PMDB), que teve o mandato cassado ano passado. Miranda se lançou candidato a uma das duas vagas de senador pelo

Ler post
quinta-feira 05/08/10

Corregedoria abre sindicância para apurar campanha do Ministério Público sobre consumo de carne

kabreu

Disposição dos produtores, através da CNA, é a de investigar por quem campanha foi estimulada. Foto: Pablo Valadares/AE A Corregedoria do Ministério Público abriu sindicância para apurar o envolvimento da instituição na produção de vídeos de uma campanha pela conscientização do consumo da carne brasileira. Intitulada “Carne Legal” e composta de três vídeos, de trinta

Ler post