1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Quem Faz

JOÃO BOSCO RABELLO está no jornalismo político desde 1977, em Brasília, onde participou da cobertura do período que vai da abertura do regime militar à Assembléia Nacional Constituinte de 88, passando pela redemocratização, com a eleição e morte de Tancredo Neves, o primeiro governo civil, de José Sarney e os que o sucederam.

Iniciou sua carreira em 1974, no extinto Diário de Notícias, no Rio de Janeiro (RJ). Transferiu-se para Brasília (DF), em 1977, onde alternou as funções de repórter político,coordenador, editor e diretor de sucursal, no Correio Braziliense, Empresa Brasileira de Notícias, O Globo, Jornal do Brasil e o Estado de S.Paulo (1990/2013), nessa ordem.

É responsável também pelo conteúdo de análise política do serviço em tempo real Broadcast, da Agência Estado.

sexta-feira 13/06/14

Decreto dos conselhos populares é grande risco de derrota para o governo

Editado pela presidente Dilma Rousseff com a justificativa de ampliar os canais de discussão com a sociedade, o decreto que cria os conselhos de consulta popular nos órgãos da administração federal direta e indireta dividiu o Congresso e até o próprio Palácio do Planalto. Na Câmara, onde foram apresentados dois projetos para sustar os efeitos

Ler post
quarta-feira 30/10/13

Lula recomenda o zelo que não tem pela memória política

A máxima do ex-ministro Nelson Jobim, de que em política até a raiva é combinada, não poderia encontrar melhor ambiente para ser proferida do que o escolhido pelo autor – a cerimônia de celebração dos 25 anos da Constituição de 88, no plenário do Senado. Não pelo ambiente físico, mas político. Lá estavam os presidentes

Ler post
quinta-feira 05/09/13

Populismo encurralou Congresso

Parecem inúteis os esforços do PMDB para negar o mal estar entre suas bancadas do Senado e o da Câmara, após a decisão unilateral do presidente Henrique Eduardo Alves (RN) de pôr em votação o projeto que extingue o voto secreto em qualquer circunstância. A votação não só surpreendeu o presidente do Senado, Renan Calheiros

Ler post
quarta-feira 12/06/13

Depois de Dilma, Temer vai conversar com Lula

O vice-presidente Michel Temer vai se reunir com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nos próximos dias. É um desdobramento da conversa do PMDB com a presidente Dilma Rousseff na última segunda-feira (3), que contou com o próprio Temer, além dos presidentes da Câmara, Henrique Alves (PMDB-RN), do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Lula lidera

Ler post
segunda-feira 25/03/13

Feliciano vira desafio para Alves

Determinado a permanecer na presidência da Comissão de Direitos Humanos, apesar da onda de protestos para que deixe o cargo, o deputado Marco Feliciano (PSC-SP) anunciou hoje em seu site oficial que prepara uma viagem oficial à Bolívia, a fim de tentar libertar o grupo de corintianos preso naquele país. O recado foi claro: ele

Ler post
segunda-feira 25/03/13

Acordo com PSC pode trocar pastor Feliciano por deputada

Pode ser hoje ou amanhã, mas não deve passar desta semana a solução para a Comissão de Direitos Humanos da Câmara. O mais provável é que o pastor Marco Feliciano (PSC-AC) renuncie em favor da vice-presidente da Comissão, a também evangélica e correligionária, Antônia Luciléia Ramos Câmara (AC). O acordo vem sendo costurado desde que

Ler post