1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Quem Faz

JOÃO BOSCO RABELLO está no jornalismo político desde 1977, em Brasília, onde participou da cobertura do período que vai da abertura do regime militar à Assembléia Nacional Constituinte de 88, passando pela redemocratização, com a eleição e morte de Tancredo Neves, o primeiro governo civil, de José Sarney e os que o sucederam.

Iniciou sua carreira em 1974, no extinto Diário de Notícias, no Rio de Janeiro (RJ). Transferiu-se para Brasília (DF), em 1977, onde alternou as funções de repórter político,coordenador, editor e diretor de sucursal, no Correio Braziliense, Empresa Brasileira de Notícias, O Globo, Jornal do Brasil e o Estado de S.Paulo (1990/2013), nessa ordem.

É responsável também pelo conteúdo de análise política do serviço em tempo real Broadcast, da Agência Estado.

segunda-feira 28/10/13

Indefinição do PSDB favorece avanço de Campos

Deve ser preocupante para o PSDB a informação de que o PPS está a um passo de uma aliança com o PSB, pela antecipação que o fato, se confirmado, representará na previsível disputa entre o governador de Pernambuco, Eduardo Campos e o senador tucano, Aécio Neves (MG), pelal liderança eleitoral no campo da oposição. A

Ler post
quinta-feira 03/10/13

O “Fico” de Serra reabre disputa no PSDB

A decisão do ex-governador José Serra de permanecer no PSDB, nos termos acordados e vocalizados por ele e pelo presidente da legenda, senador Aécio Neves, devolve o partido a uma disputa que parecia resolvida com relação à candidatura presidencial. Há ainda dois potenciais candidatos, leitura que as declarações de ambos permite, um deles a ser

Ler post
quinta-feira 08/08/13

Orçamento impositivo, uma disputa política

O levantamento do DEM comprovando a seletividade eleitoral na liberação de emendas parlamentares, privilegiando a base aliada, agrava a desconfiança quanto à garantia da presidente Dilma Rousseff de pagamento de R$ 6,8 bilhões este ano, e reduz as chances do governo no esforço para evitar o avanço do orçamento impositivo no Congresso. O favorecimento dos

Ler post
terça-feira 16/04/13

Articulação de Campos por novo partido revela determinação pela candidatura

No dia em que o plenário da Câmara dos Deputados prepara-se para votar o projeto de lei que barra a transferência do tempo de televisão e do fundo partidário aos novos partidos, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos – presidenciável do PSB – desembarcou em Brasília para comandar as articulações contra a proposta.  PMDB e

Ler post
segunda-feira 15/04/13

A difícil costura de Aécio na formação das alianças regionais

Ao que tudo indica, um fato consumado, a presidência do PSDB é estratégica para o senador Aécio Neves (MG), menos pelo que representa como fator de consolidação de sua candidatura no partido, e mais pela autoridade que lhe transfere para a condução dos acordos regionais essenciais à aliança para 2014. Tivesse o PSDB hoje unidade

Ler post
quarta-feira 10/10/12

Delinqüência financiou projeto hegemônico do PT, a síntese de Mello

Novamente é o voto do decano Celso de Mello que oferece uma das melhores sínteses entre tantas positivas produzidas no curso do julgamento do mensalão até agora. Possivelmente o que define com mais propriedade o esquema reconhecido e condenado pela Corte. Que chamou de “macrodelinquência governamental”. Segundo Mello, trata-se do uso abusivo do Estado ,

Ler post
quarta-feira 19/09/12

Exceções põem Dilma dentro da campanha

De exceção em exceção, a presidente Dilma Rousseff , que prometera restringir sua participação na campanha eleitoral a São Paulo e Belo Horizonte, já marcou presença no Rio, Manaus e, mais recentemente, chegou a … Mossoró, no Rio Grande do Norte. Ela gravou para o programa eleitoral de Larissa Rosado (PSB), líder nas pesquisas na

Ler post
quinta-feira 02/08/12

DEM tem candidatos a prefeito competitivos em oito capitais

Alvo de rumores de que aceitaria uma fusão com o PMDB após as eleições, o Democratas aposta todas as fichas no resultado das urnas em outubro. O partido tem candidatos competitivos em regiões estratégicas e as principais apostas são as candidaturas a prefeito do líder na Câmara, deputado Antonio Carlos Magalhães (ACM) Neto, em Salvador

Ler post