1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Quem Faz

JOÃO BOSCO RABELLO está no jornalismo político desde 1977, em Brasília, onde participou da cobertura do período que vai da abertura do regime militar à Assembléia Nacional Constituinte de 88, passando pela redemocratização, com a eleição e morte de Tancredo Neves, o primeiro governo civil, de José Sarney e os que o sucederam.

Iniciou sua carreira em 1974, no extinto Diário de Notícias, no Rio de Janeiro (RJ). Transferiu-se para Brasília (DF), em 1977, onde alternou as funções de repórter político,coordenador, editor e diretor de sucursal, no Correio Braziliense, Empresa Brasileira de Notícias, O Globo, Jornal do Brasil e o Estado de S.Paulo (1990/2013), nessa ordem.

É responsável também pelo conteúdo de análise política do serviço em tempo real Broadcast, da Agência Estado.

quinta-feira 12/06/14

Copa e campanha fazem de CPI página virada em 2014

O depoimento do ex-diretor de Abastecimento da Petrobrás, Paulo Roberto Costa, à CPI do Senado que teoricamente apura operações suspeitas da empresa, pode ser considerado o coroamento de uma estratégia bem sucedida do governo para evitar a investigação. Em circunstâncias normais, Costa seria o depoimento mais concorrido da CPI, por ser o pivô do escândalo

Ler post
quinta-feira 22/05/14

CPIs não devem produzir fatos novos até a eleição

A menos de um mês do início da Copa é improvável que a CPI da Petrobrás produza fatos que possam influenciar no cenário eleitoral, sobretudo pelo êxito do governo na estratégia protelatória da investigação. A CPI já em funcionamento no Senado comprovou o tom amistoso que a caracteriza como uma “ação entre amigos”, como a

Ler post
segunda-feira 12/05/14

Estratégia e tom crítico dão dianteira a Aécio

A dianteira do senador Aécio Neves (PSDB-MG) em relação ao ex-governador Eduardo Campos (PSB-PE), registrada na pesquisa mais recente, do instituto Datafolha, não tem causa apenas na maior exposição televisiva do mineiro, mas também na linha crítica mais contundente adotada. É um dado importante, porque não reduz apenas a uma maior visibilidade o desafio de

Ler post
quarta-feira 07/05/14

Banho-maria em CPI não poupa governo

A articulação do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), com o Planalto para adiar ao máximo o funcionamento da CPI da Petrobras é apenas parte de uma estratégia que guarda para as próximas semanas seu momento mais intenso. Por enquanto, Renan consegue esticar ao máximo a discussão regimental que precede a instalação da comissão –

Ler post
segunda-feira 28/04/14

Semana reabre com governo acuado

A semana começa com a pauta da CPI da Petrobrás dividindo a cena com as investigações da Polícia Federal,e o desdobramento do caso do deputado André Vargas (PR), que desligou-se do PT para enfrentar o processo de cassação e o ex-ministro da Saúde, Alexandre Padilha, agora na berlinda. É mais uma rodada que se desenvolvida

Ler post
quinta-feira 24/04/14

Decisão de Rosa Weber acua o governo

A decisão da ministra Rosa Weber, pela CPI exclusiva da Petrobrás, pode não representar, por si só, garantia de sua instalação automática, já que o governo é ostensivo na estratégia protelatória. Mas é um duro revés para o Palácio do Planalto com efeito político imediato. A decisão de Rosa Weber ocorre em meio a uma

Ler post
quarta-feira 02/04/14

Oposição capitaliza exposição negativa do governo

A iniciativa do senador Aécio Neves (PSDB-MG) de eleger como adversário o modelo de governo do PT e não seus representantes na disputa presidencial, cria uma saída hábil para a eventual volta do ex-presidente Lula como quer o movimento queremista no partido. A possibilidade da candidatura de Lula o mantém na cena da disputa em

Ler post
domingo 26/05/13

Alves retoma agenda com missão de evitar CPI da Petrobrás

O presidente da Câmara, Henrique Alves (PMDB-RN), que retorna neste domingo de missão oficial nos Estados Unidos, tem como primeiro item de sua agenda a partir de amanhã, o início da operação para enterrar a CPI da Petrobras. Com outros 15 pedidos de abertura de comissões parlamentares de inquérito na fila, esperando despacho do presidente,

Ler post