ir para o conteúdo
 • 

Patrocinado por

15.dezembro.2009 16:35:19

Festa sexy no convento

Com os patrocínios minguando desde o recente escândalo envolvendo suas contas, a Fundação José Sarney parece ter partido para o tudo ou nada: no último dia 7, alugou o Convento das Mercês, onde está abrigada, para a realização de uma festa nada ortodoxa, que, por uma noite, mudou o nome do local para “Castelo da Fantasia” no qual o público era convidado a “libertar suas fantasias”, ao som das garotas da Female Angels, cuja especialidade é o “Sexy House”.

Festa teve ampla divulgação e houve até distribuição de camisinhas para os 1,5 mil presentes. Foto: Reprodução

Festa no Convento das Mercês teve ampla divulgação e houve até distribuição de camisinhas para os 1,5 mil presentes. Foto: Reprodução

Uma festa para maiores de 18 anos, conforme adverte o convite, e, certamente, de ruborizar as freiras outrora residentes ali. Mas como em São Luís nada soa anormal, a festa teve ampla divulgação, inclusive pela internet e houve até distribuição de camisinhas para os 1,5 mil presentes, segundo o organizador, Alexandre Maluf, contou ao repórter do Estadão, Rodrigo Rangel.  Ele só não admitiu dizer quanto pagou à Fundação José Sarney. “Isso eu não vou dizer, mas garanto que foi tudo legal, levei ofício lá, e o contrato estava fechado há bastante tempo”.

E Alexandre Maluf tem medo. “Cuidado com o que você vai escrever porque aqui as coisas são complicadas, estamos na terra do homem que manda no Brasil até hoje”.

Construído em 1654, o imponente Convento das Mercês pertencia ao governo do Maranhão até 1990, quando em uma canetada o então governador João Alberto, aliado político da família Sarney, concordou em doá-lo para a Fundação da Memória Republicana, mais tarde rebatizada como Fundação José Sarney.

Até hoje, funciona ali o museu que Sarney erigiu para guardar a memória de sua vida política. O local conserva documentos e fotografias do período em que foi presidente da República, presentes que recebeu de outros mandatários em viagens ao exterior e até desenhos feitos na infância pelos seus filhos. No térreo do prédio, um mausoléu onde pretendia ser sepultado.

Para manter sua fundação, Sarney conta com a ajuda de empresários amigos e, claro, dos cofres públicos. Um dos patrocínios mais polêmicos veio da Petrobrás: R$ 1,3 milhão para que a fundação digitalizasse seu acervo. Como Rodrigo Rangel apurou à época para o Estadão, o serviço não foi feito. Mas a petroverba foi gasta. Pelo menos R$ 500 mil foram parar em contas de firmas fantasmas e empresas da própria família Sarney.

Paralelamente às benesses estatais, a Fundação arrecada dinheiro com o aluguel do local para eventos privados, como a festa sexy do último dia 7.

No início do ano, a Justiça Federal determinou que Sarney devolva o convento ao poder público, por se tratar de um patrimônio histórico tombado. A decisão ainda não foi cumprida, mas o senador já anunciou que fechará as portas do museu. Não necessariamente por causa da sentença, mas porque, segundo ele, a fundação já não consegue mais doações devido à “exposição negativa a que a instituição passou a ser submetida por alguns órgãos da mídia”.

Tags: , , , ,

Comentários (28) | comente

  • A + A -
28 Comentários Comente também
  • 15/12/2009 - 17:19
    Enviado por: MARSILVA

    mentira…nunca vi estas informações aqui em são luís

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/12/2009 - 17:25
      Enviado por: Sergio

      Querida Marsilva, acredito que é hora de trocar sua bengala branca por uma nova…

      responder este comentário denunciar abuso
    • 15/12/2009 - 20:40
      Enviado por: Joseph Pulitzer

      Caros,
      Quero parabenizar o jornalista Rodrigo Rangel pelo excelente trabalho que tem sido feito na cobertura dos fatos.

      Mantenha o pique por favor. Os leitores agradecem as informações, por mais chocantes que sejam. Os parabéns são extensivos ao editor e blogueiro João Bosco Rabello que está desenvolvendo um trabalho novo com muito sucesso.

      Muito obrigado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/12/2009 - 17:21
    Enviado por: mmart

    concordo….se teve este anúncio foi para um grupo bem restrito na cidade

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/12/2009 - 17:23
    Enviado por: Tadeu

    Que me perdoem as freiras do outrora Convento das Mercês, mas nada mais adeuqado do que um local que abriga hoje o Museu Sarney, para realizar uma festa de p…taria!
    Tá muito certo: the right people, in the right place!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/12/2009 - 17:26
    Enviado por: Sergio

    É isso ai, sugiro trocar novamente o nome da pocilga por “Fundação da Sacanagem”. Parece bem mais adequado…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/12/2009 - 17:27
    Enviado por: Nestor

    Êita P*****a!!!!!!!!!!
    (Cara de espanto)

    Imagina como deve ser o paraíso……rsrsrsrrsrsr

    Absurdo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/12/2009 - 17:28
    Enviado por: Aluisio Guimarães

    Quando nós cidadões, com um pouco de cultura e grau de instrução que temos, vamos acordar deste pesadelo que ja perdura por 7 anos, promovido pelos facínoras Lula, Sarney, Calheiros, Dilmas e todas as suas quadrilhas que transformaram o País em um verdadeiro bordel. Tenho a plena convicção de que esta orgia esta com os meses contados, mas apropriadamente em outubro quando teremos eleições e vamos estirpar todos estes canceres que dominam a politica brasileira e afrontam a moral deste País.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/12/2009 - 17:41
      Enviado por: Zizi

      Você está esquecendo um detalhe importante: para “estirpar todos estes canceres” através do voto, é preciso saber votar, coisa que a maioria dos brasileiros ainda não sabe. Vai ser muito difícil um candidato preparado e idôneo não ser taxado de “representante da elite”, por mais humilde que seja a sua origem. A maioria dos brasileiros preferem votar nos seus iguais, ou seja, acham que um legítimo “representante do povo” é aquele que espelha a sua própria realidade. E a realidade da maioria dos brasileiros é a falta de oportunidade, desigualdade social, estudo deficitário, etc, etc, etc. Mas vamos lá, a esperança é a última que morre…

      responder este comentário denunciar abuso
    • 15/12/2009 - 18:14
      Enviado por: Zeca

      cidadões??? por favor, me inclua fora disso… na minha terra, pessoas com ou sem cultura e grau de instrução são chamadas de cidadãos.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 15/12/2009 - 19:44
      Enviado por: Tito Locoselli

      Concordo plenamente com voce, mas quanto a “cidadoes” com um pouco de cultura, voce deveria ter escrito :CIDADAOS”, que e o portugues correto para nos com um pouco de cultura

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/12/2009 - 17:30
    Enviado por: Halley

    Olha…se houve grande divulgação não vem ao caso. A questão é: Houve o “evento”? Se houve, então a coisa descambou mesmo e está emitido o alvará da zona FUDAÇÃO SARNEY. Se não houve, então cabe um pedido de desculpas do blogueiro/jornal.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/12/2009 - 17:34
    Enviado por: Jordão

    Este Sarney é um picareta sem-vergonha!!!
    E o ministério público do Maranhão?Devem estar na mão deste salafário.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/12/2009 - 17:41
    Enviado por: Fabio

    É claro que não houve a festa! Isso só pode ter sido mentira inventada, por exemplo, pelo do caseiro do Convento das Mercês. Mas, como já tem jurisprudência pelo STF, esse subalterno será devidamente punido. No Brasil, felizmente, a criadagem fica no seu devido lugar.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/12/2009 - 17:43
    Enviado por: Cláudio

    Pois é ! O cara continua MANDANDO “”"MERMO”"” ancorado pelo MANDA CHUVA de Brasilia.

    O Pior é que há MARANHENSES que pensam que estão na ILHA DA FANTASIA – é o pior estado brasileiro -pobre,muitos analfabetos e “CORDIAIS”

    E UM VIVA PARA O MARANHÃO, O SARNEY E……O LULA!!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/12/2009 - 17:53
    Enviado por: Straight Arrow

    Esse bacanal que deve ter durado apenas uma noite, não é nada.
    Esse senhor vem fu….do o povo brasileiro desde os tempos do governo militar!
    Portanto perto do estrago que o clã vem nos causando, isso que aconteceu no últimi dia 7 é apenas uma f… rapidinha!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/12/2009 - 18:01
    Enviado por: augusto aranha

    Fabinho…Dona Marsilva!
    Entra no link aí e vejam os comentários sobre a festa!
    Existe o google viu? É só clicar e ele te dá o que acontece, aconteceu e vai acontecer…

    http://kamaleao.com/saoluis/1905/festa-castelo-da-fantasia-no-convento-das-merces

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/12/2009 - 18:56
    Enviado por: Francisco Tomé

    A Fundação do Honorável Bandido, Sr. José Sarney, está às mínguas e por isso precisa alugar o belíssimo espaço do Convento das Mercês para eventos. Não vou entrar no mérito moral da natureza do evento pois isso é provinciano e até hipocrisia! O grande absurdo é o Convento das Mercês ainda não ter sido devolvido ao estado e ao povo de Maranhão, a quem pertence de direito e historicamente. Fora grupo Sarney, fora a máfia regente do Brasil!!!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/12/2009 - 20:46
      Enviado por: Perry Mason

      É ISSO AÍ !!! Queremos o nosso edifício histórico de volta. As pessoas da senzala merecem respeito da mesma forma que as demais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/12/2009 - 20:20
    Enviado por: Armando Kapileh

    É por essas e outras que o Estadão, a cada dia, mais se afunda em dívidas. Pelo trotar da mulla quatrocentona, o Estadão vai fechar as portas antes da Fundação do Sarney.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/12/2009 - 20:52
    Enviado por: I. Go

    O “dono” do Convento das Mercês é pai do homem que censurou o Estadão, sob as bênçãos de um membro do STF! Que mais falta acontecer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/12/2009 - 22:32
    Enviado por: Alvaro

    A notícia, como foi escrita, descreve a festa com atos de obcenidades, vulgaridade e libertinagem.
    Pelo vídeo, no site da própria festa, percebe-se que não foi nada disso, apenas uma festa de jovens universitários que sabem se divertir.
    Pelas demonstrações externas de qualidade dos organizadores, presume-se que a festa foi regular, com aluguel do espaço, Alvará de Prefeitura e Bombeiro e etc.
    As supostas “camisinhas” entregues, como se vê, foram bexigas tipo espaguete (nº 206), ou seja, mais um prova de que o puritanismo apunhalou a informação.
    Nada a favor do Sarney, pelo contrário, tomara que ele seja apagado da política/história, mas que antes seja punido, ao final do processo aberto em virtude da “Operação Boi Barrica”.
    Tomara que essa operação não seja mais uma prova da incompetência da Polícia Federal, que espetaculiza o inquérito porque sabe que no processo não terá nada para provar o que acusa (quando na verdade deveria só investigar).
    Ponto a menos para o jornalista.
    Cabe danos morais contra o jornal de todos os que aparecem no site da festa.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/12/2009 - 08:30
    Enviado por: luciene

    Todos vêem o que parece, poucos percebem o que é.
    Devemos ter fé. Não existem esforços inúteis se empregados em prol do bem comum.
    se o povo se manifestasse, não precisa ser a ferro e fogo…mas se mobilizassem, poderiamos tirar O DONO DO BRASIL, desse TRONO, que se auto denominou….A Constituição Federal deixa claro que o poder emana do povo, mas esse POVO, precisa se unir e requerer seus direitos…
    ( Getúlio Vargas )

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/12/2009 - 09:15
    Enviado por: Waldemar Schisbelgs Netto

    Teria que pegar todas as coisas deste sarney junto com seus presentes e colocar fogo. Deveria devolver este patrímonio ao Poder Público e fazer alguma coisa útil ao invés de guardar tranqueira desta família que não merece o respeito de toda a população. Este cidadão deveria pedir para fazer alguma coisa útil de dar o fora do cenário político.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/12/2009 - 17:27
    Enviado por: George Castro

    Estive na festa e nao teve nada p..taria como vcs dizem,nem foram distribuidos camisinhas,e foi p maiores de 18 anos pq era open bar de bebidas.
    Procurem se ocupar com outras coisas mais importantes com o caso do Arruda.Nem voto no grupo Sarney,mas essa festa nao teve nada haver com eles, simplesmente alugaram o convento que é do povo e esta disponivel pra qualquer evento.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/12/2009 - 10:24
    Enviado por: Fabio

    Pô, conforme nos contam os participantes, foi uma festa muito chata e careta. Tinha gente pensando em freirinhas de mini-saia, claustros violados, pecados da carne, luxúria … E, contudo, parece não ter sido nada disso! Quem sabe se os convivas tivessem liberado suas fantasias (como recomendava o convite), sobraria menos espaço para os desvios públicos …

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/12/2009 - 12:52
    Enviado por: ovidio nogueira

    Vocês da imprensa, se julgam donos da verdade. Quando alguém discorda e tenta impugnar a besteira que escrevem, o resultado é perseguição. Usam a força do jornal pra infernizar a vida das pessoas.
    Veja o exemplo acima. E estive presente numa festa à fantasia, e não numa festa sexy como afirma essa reportagem. Vocês estão difamando um evento e uma empresa séria e todos os patrocinadores da festa, como o Bob,s e Nova Skin, só pra citar dois conhecidos nacionalmente. A ânsia pela perseguição ao Senador Sarney cega vocês, do Estadão. Tomara que alguém tome providências e façam o Estadão pagar pelos enormes prejuizos causados à imagem dos organizadores da festa…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/12/2009 - 13:00
    Enviado por: barbara

    O evento foi patrocinado por uma empresa de publicidade.
    Não sei que merda é essa de tudo no maranhão é coisa de sarney.
    PELA MADRUGADA
    que matéria tendenciosa com apenas uma visão:
    achei pobre.

    responder este comentário denunciar abuso

Deixe um comentário:

Arquivo

Seções

Blogs do Estadão

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo