1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Quem Faz

JOÃO BOSCO RABELLO está no jornalismo político desde 1977, em Brasília, onde participou da cobertura do período que vai da abertura do regime militar à Assembléia Nacional Constituinte de 88, passando pela redemocratização, com a eleição e morte de Tancredo Neves, o primeiro governo civil, de José Sarney e os que o sucederam.

Iniciou sua carreira em 1974, no extinto Diário de Notícias, no Rio de Janeiro (RJ). Transferiu-se para Brasília (DF), em 1977, onde alternou as funções de repórter político,coordenador, editor e diretor de sucursal, no Correio Braziliense, Empresa Brasileira de Notícias, O Globo, Jornal do Brasil e o Estado de S.Paulo (1990/2013), nessa ordem.

É responsável também pelo conteúdo de análise política do serviço em tempo real Broadcast, da Agência Estado.

sábado 08/12/12

GDF despeja unidade da Embrapa

O governo do Distrito Federal ordenou o despejo de uma das unidades da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), estatal de excelência e reconhecimento internacional. A Secretaria de Habitação do GDF reivindica área de 2.130 hectares, na região de Planaltina, a 40 quilômetros de Brasília, onde a Embrapa Cerrados funciona há 37 anos. Por meio

Ler post
sábado 29/09/12

A demissão do presidente da Embrapa

O Diário Oficial deverá trazer na segunda-feira portaria com a demissão do presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Pedro Arraes, decidida na sexta-feira. A publicação é o desfecho de uma longa e silenciosa crise, cujo enredo interno vai além das críticas e diagnósticos divulgadas em artigos – a maioria deles no jornal O

Ler post
quinta-feira 20/09/12

Nada de novo no Haddad do velho PT

O desempenho do candidato Fernando Haddad no recente debate promovido pelo Estadão/Google/ TV Cultura, foi uma síntese infeliz das declarações emitidas ao longo da campanha pelo ex-ministro da Educação de Lula, e provável fator de sua estagnação nas pesquisas. Haddad não consegue responder de forma minimamente eficiente as principais questões que envolvem a sua candidatura

Ler post
quinta-feira 28/10/10

Engajamento debochado de Lula compromete relações entre oposição e futuro governo

Num só dia, Lula conseguiu produzir impropérios de toda ordem. Foto: Celso Junior/AE O presidente Lula não desconhece, mas parece determinado a desconsiderar, que uma eleição não termina com a vitória ou a derrota – de um ou de outro candidato. Ela gera efeitos para quem vem depois. Entregue ao mais completo deboche e inebriado

Ler post
segunda-feira 04/10/10

Donos de institutos arriscaram a credibilidade

“Pesquisa não é urna”. A frase, de Ulysses Guimarães, é daquelas que confirmam que o óbvio, às vezes, precisa ser dito. E se aplica à presente eleição, na qual os institutos de pesquisa foram alçados à condição de vilões por errarem previsões defendidas com uma convicção, por vezes, até intimidatória. O que se espera de

Ler post
terça-feira 28/09/10

PT já não descarta segundo turno

Foto: Celso Junior/AE – 28.09.2010 O segundo turno já não é mais tratado como algo remoto na seara do PT, embora o partido discorde dos números do Datafolha que indicam essa possibilidade. A direção do partido só diz ter certeza de que, nesta hipótese, a disputa não será entre Marina e Dilma, mas entre esta

Ler post
sábado 28/08/10

Se vitorioso em Minas, Aécio encerra hegemonia paulista no PSDB

Geraldo Alckmin - Valter Campanato-ABr

A se confirmarem a reversão do quadro sucessório em Minas e a solidez de Geraldo Alckmin em São Paulo, os dois Estados dão o oxigênio necessário à recomposição do PSDB após as eleições, numa eventual vitória de Dilma Rousseff. Aécio Neves pode encerrar hegemonia paulista no PSDB O raciocínio é comum aos aliados do governo

Ler post
sexta-feira 02/07/10

Nova pesquisa indica divisão do eleitorado e solidez de Serra

tres

Os especialistas sempre terão explicações para a flutuação das pesquisas como a que agora ocorre na disputa presidencial. Mas o fato é que o resultado do Datafolha, na sequência de duas pesquisas imediatamente anteriores, que registraram queda de Serra, comprova que o País está dividido eleitoralmente, clima que deverá prevalecer na campanha. Ascensão de Dilma

Ler post