1
Homem Objeto

A aposentadoria do Kinect está a caminho

  • sensor
  • 27 de fevereiro de 2013 17h56

Depois do relógio da Apple e dos óculos do Google, vem aí mais um “vestível” que deve dar o que falar.

Fabricado pela empresa canadense Thalmic Labs, a braçadeira MYO une duas fortes tendências atuais: o controle por gestos e os aparelhos que vamos usar diretamente no corpo.

A julgar pelo vídeo, a MYO é absolutamente incrível. O acessório interpreta movimentos e pode ser usado para uma porção de coisas, como jogar games, pausar vídeos, mudar de tela e até controlar drones.

É só o começo. Como diz o próprio site do projeto: “desenvolvedores, vocês podem pensar em maneiras de usar o MYO que nem sonhamos ainda”.  A experiência do Kinect, acessório de games que ganhou uma porção de novos usos não previstos pela Microsoft, está aí para provar.

De acordo com o fabricante, o MYO mede a “atividade elétrica” dos músculos do braço do usuário, traduzindo seus movimentos para um computador. É um sensor de movimentos que não precisa de câmera, como é o caso do Kinect. Estaríamos diante do futuro do controle por gestos? Tem todo jeito.

Chega ao público no fim de 2013, ao preço de US$ 149. Promete compatibilidade com Mac, Windows, iOS e Android.

Veja abaixo o vídeo promocional do MYO: