1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Poluição do ar matou 7 milhões de pessoas em 2012

Herton Escobar

25 março 2014 | 17:33

FOTO: Camada de poluição atmosférica cobre a cidade São Paulo, vista da Serra da Cantareira. Crédito: Clayton de Souza/Estadão (2005)

Herton Escobar / O Estado de S. Paulo

Respire fundo antes de ler essa notícia …

A poluição do ar matou 7 milhões de pessoas no mundo em 2012, segundo um relatório divulgado hoje pela Organização Mundial da Saúde (OMS) — mais do que quatro vezes o número de pessoas mortas por aids no mesmo período (1,6 milhão), segundo dados oficiais também da OMS, só para se ter uma ideia do tamanho do problema.

Desse total, 4,3 milhões de mortes foram relacionadas à poluição interna (doméstica), associada principalmente ao hábito de cozinhar dentro de casa em fogões a lenha, carvão, esterco ou outras fontes de biomassa (prática comum nas regiões mais pobres da África e da Ásia, por exemplo). As outras 3,7 milhões de mortes foram associadas à poluição atmosférica “tradicional”, tanto em áreas rurais quanto urbanas, como a que estamos acostumados a respirar na Grande São Paulo. (cerca de 1 milhão de mortes foi relacionada a ambas as formas de poluição)

Os principais problemas de saúde associados ao “consumo” de ar poluído, segundo o relatório, foram doenças cardiovasculares e respiratórias. No caso das mortes relacionadas à poluição atmosférica, 40% foram causadas por doenças isquêmicas do coração, 40% por derrames (acidente vascular cerebral) e 20% por câncer de pulmão, infecções e outras complicações pulmonares.

Pronto, pode voltar a respirar normalmente agora … (sabendo que seus pulmões e artérias estão sendo lentamente e continuamente envenenados pelo ar a cada segundo da sua vida)

Gostou? Compartilhe! Siga o blog no Twitter: @hertonescobar; e Facebook: http://goo.gl/3wio5m