ir para o conteúdo
 • 

Guilherme Werneck

19.março.2007 17:28:38

Ronnie Von recauchutado

Ronnie Von é lembrado por muitas coisas – entre elas programas de TV de qualidade duvidosa -, mas a sua música, principalmente a produzida entre o fim dos anos 60 e começo dos anos 70, é largamente ignorada. Boa parte é culpa do próprio Ronnie Von, talvez uma das primeiras vítimas da superexposição pop por estas praias.

Só que quem não conhece os dez primeiros discos dele está perdendo um capítulo fundamental do rock brasileiro. Para remediar isso e fazer uma justa homenagem a um dos pais da psicodelia pátria, a jornalista Flavia Durante organizou um projeto bem bacana, que recupera o melhor lado do Ronnie Von. É o site Tudo de Novo, um tributo ao artista no qual são disponibilizados dois discos (talvez disco não seja a palavra certa nessas épocas de download)em que bandas independentes de hoje tocam músicas desse período mais criativo do cantor. Para conferir o projeto e baixar as músicas, clique aqui. Abaixo, a lista das bandas e dos sons:

Volume 1

01. OVNI – Meu Novo Cantar
02. Os Vilsos – Chega de Tudo
03. Rádio de Outono – Espelhos Quebrados
Vinheta. Bar Íris
04. Naiti – Sílvia 20 horas, domingo
05. Os Almeida – Menina de Traças
06. Fantastic 5 – Nada de Novo / Lábios que beijei
07. Les Sucettes – Esperança de Cantar
08. Detetives – Anarquia
09. Cactus Cream – Mil Novecentos e Além
10. Clube da Luta – Tristeza num Dia Alegre
11. Leux Perdis – Contudo, Todavia
12. Os Skywalkers – Canto da Despedida

Volume 2
01. Os Insertos – Meu Bem
02. Royale – Igual a Peter Pan
03. Plato Divorak & Clepsidra – A Menina Azul
04. Astronauta Pinguim – Pra Chatear
05. Superlego – O Último Homem da Terra
06. A Banda de Um Amigo Meu – De como meu herói Flash Gordon irá levar-me de volta a Alfa do Centauro, meu verdadeiro lar
07. Videodrome – Onde Foi
08. Continental Combo – Pare de Sonhar com Estrelas Distantes
09. Vini F. – Máquina Voadora
10. William Laxtons – Você de Azul
11. Batucada Valvulada – Águas de Sempre
12. Ecos Falsos – Viva o Chopp Escuro
13. Profiterolis – Seu Olhar no Meu
14. Hype Quino – Continentes e Civilizações
15. Telerama – O Verão nos Chama
16. Malachai – Regina
17. Mário Broz – Aquela Mesma Canção
18. Quartzo – Eu era humano e não sabia

PS: a foto é a capa do disco de 1970 de RV.

comentários (11) | comente

  • A + A -
11 Comentários Comente também
  • 20/03/2007 - 09:20
    Enviado por: Neli Aparecida de Faria

    Sempre fui fã de Ronnie Von!
    Tenho seus discos,e de vez em quando os ouço.
    Ele foi bárbaro! Maravilhoso!
    Em seus discos têm músicas maravilhosas,compostas,por exemplo,pelo Caetano Veloso.
    Ah,como era bom! Ia a seus programas na Record,na Excelsior,cujo auditório era no Teatro Cultura Artística. Hoje,quando vou ao Cultura Artística,apreciar os lindos concertos,lembro-me da época do Ronnie.
    Que saudades,não só de minha adolescência/juventude passadas,como de meu Rei…Porque à época o meu Rei era o Ronnie e não o Roberto Carlos que não o conhecia,e só o conheci agora em 2004 nos dez anos de Caras no Theatro Municipal.
    E,de vez em quando,hoje,vejo seu programa na Gazeta.Não é um programa ruim não:ele é igual a todos os programas da TV aberta…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/03/2007 - 09:36
    Enviado por: Roberta

    Como cantor nunca foi grande coisa, mas era bonito de tirar o folego! Ninguém ficava indiferente à beleza dele.
    Com a honrosa excessão dos Mutantes, o rock brasileiro na época era bem inexpressivo. Ronnie Von poderia ter sido muito melhor em termos musicais, mas não foi. Que pena!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/03/2007 - 14:50
    Enviado por: André

    Ronnie Von cantava mal pra danar. Infelizmente pra ele naquela época não tinha a “magia” do Pro Tools.
    Mesmo assim seus discos tem algumas “pérolas” como Máquina Voadora e Sílvia-20horas-domingo.
    Quando cantor seguia a moda; como apresentador é clássico, gente boa e muito mais competente.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/03/2007 - 15:18
    Enviado por: Neli

    Roberta: os Mutantes não eram a exceção.Aliás,ali no Mutantes a exceção era a Rita Lee;a Rita Lee saiu e os Mutantes acabaram.Na década de 1960 os Mutantes não eram a exceção.
    Quanto as músicas do Ronnie,também discordo:aprendi a gostar dos Beatles por causa do Ronnie.(antes eu gostava do Rolling Stones…aliás,hoje odeio!)
    Então, a exceção da década de 1960 não era exceção ou melhor só era exceção por causa da excepcional Rita Lee…ela sim era a exceção do finalzinho da década de 1960 e início da década de 1970.
    Rita Lee: era a exceção das exceções.
    Viva o Ronnie Von,para sempre!
    E,sem exceção!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/03/2007 - 11:00
    Enviado por: Eduardo

    Vi este projeto na incubadora. Esperei, como a maioria dos que fecundaram o tributo, com apreensão. Tive uma pequena participação em indicar uma música ao projeto, na verdade, fiz uma pequena ponte entre o músico e a Flávia. Gravei um cd, em mp3, com os principais discos do Ronnie (1966 -1973) para uma banda. E, como fã deste obscuro período do cantor, me emocionei ao ver o site no ar, e poder ouvir as versões. Muitas faixas superaram minha expectativa. Valeu o tempo de espera, e as cobranças à Flávia.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/03/2007 - 01:25
    Enviado por: flávia d.

    valeu, gui, pela divulga!!

    e valeu, edu, pela força!! ;-)

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/03/2007 - 15:47
    Enviado por: ricardo moraes

    guilherme, não tem nada a ver com o ronnie von,mas com o início dos anos 70. Saiu um disco acústico solo do Neil Young, live at massey hall que é uma maravilha tão grande, que tem que ter maior divulgação. Conto com o seu bom gosto e seu alto-falante . Abração, meu velho amigo.Ah, sim, tô esperando um comentário luxuoso seu no meu humilde blog. A gente vai levando, como diz o samba.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/03/2007 - 08:52
    Enviado por: Renato Silva

    Flávia, você foi nota 10.

    Agora pra Universal… Eu dou nota 7, porque faltaram os discos de 1967 e 1969 para serem remasterizados…
    O disco de 67, tem participação do Caetano em uma música, e dos Mutantes em 8 (!) faixas do disco, será que isso não foi motivo suficiente para a gravadora investir mais ainda nesse projeto?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/04/2007 - 14:48
    Enviado por: saulo Jacques

    hahaha, quanta besteira que dizem sobre o rock nacional!

    “rita lee saiu e os mutantes acabara”. como assim?
    Eles possuem dois discos, posteriores à saída de rita lee, maravilhosos (pérolas perdidas), o “A e o Z” e “tudo foi feito pelo sol” que foram corajosos ao escolherem musicas nada comerciais para esses dois discos.
    Os mutantes sim tiveram uma carreira coesa enquanto duraram…
    muito pelo contrário, a genialidade estava (e está) em arnaldo batista e sérgio dias!

    “Ronnie Von poderia ser muito melhor em termos musicais, mas não foi”, essa frase deixa claro que poucos conhecem sobre a obra do ronnie von e o preconceito que ainda existe de “mais um rostinho bonito”.
    Infelizmente no Brasil pra se dar valor à algo é preciso que gringos “descubram”, como aconteceu com tom zé, mutantes e até a popular caipirinha! uma pena…

    agora sobre o texto (que é o que interessa), essa homenagem está maravilhosa, a flávia está de parabéns pelo trabalho e as bandas pela competência na releitura das músicas!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/11/2007 - 00:00
    Enviado por: gérson

    Oi pessoal,
    parabéns pelo blog, pelas músicas, por tudo.
    Alguém saberia me dizer os nomes dos músicos que participam do máquina voadora. No relançamento da Universal não se deram o trabalho decolocar os nomes completos nem o que eles tocam.

    Um abração.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/06/2008 - 01:06
    Enviado por: Velani

    Adorava o Ronnie Von na minha época de garota, suas músicas eram apaixonadas, leves e embalava meus sonhos românticos.
    Tenho uma dúvida: ninguém comenta e nunca soube o motivo da sua separação a Aretusa.Alguém sabe???? Me conta!

    responder este comentário denunciar abuso

Deixe um comentário:

Comentários recentes

  • Gildo Araújo: Diante dos “Silvas” não há escapatória, ou o sujeito ama ou odeia. Alain Delon aparece na capa...
  • Gildo Araújo: O vídeo de Go Outside é inspirado em Brigite Bardot e no filme Desprezo de Godard, como no Youtube...
  • Nilton: Muito bacana a entrevista. A voz da Mia é tão bonita e única. Gosto muito de “My room is...
  • Renata: Banda meia boca?Será que quem fez esse comentário já escutou as obras The Moon and Antarctica e the...
  • leonardo: vou baixar o 1°. Se for ruim nem leio o resto…

Arquivo

Twitter

Posting tweet...

Powered by Twitter Tools

Blogs do Estadão