1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Quem Faz

GERALDO NUNES acompanha a metrópole e as madrugadas há décadas, como jornalista e apresenta na Rádio Estadão os programas Estadão Notícias e Estadão Acervo. Repórter aéreo sobrevoou São Paulo durante 20 anos e para acompanhar o intenso processo de mudança pelo qual a cidade vive, passou a pesquisar a memória paulistana. Na Rádio Eldorado criou um programa premiado, São Paulo de Todos os Tempos, onde ouvia personagens representativos da cidade e das histórias trazidas pelos entrevistados escreveu dois livros, um deles agraciado com o prêmio Clio - 2001. Recebeu da Câmara Municipal a medalha Anchieta e o diploma de Gratidão da Cidade de São Paulo, além do prêmio APCA – 2004 da Associação Paulista dos Críticos de Arte e menção honrosa do prêmio Vladimir Herzog – 2006. É membro honorário da Força Aérea Brasileira e da Academia de Ciências e Letras da Associação dos Delegados de Polícia. Ocupa a cadeira 26 da Academia Paulista de História - APH.
segunda-feira 04/08/14

O Templo de Salomão e as “mazelas” de agosto

O Templo de Salomão, mais novo prédio da Igreja Universal do Reino de Deus está dando o que falar, não só pela suntuosidade, mas pelas opiniões em favor e contra. A inauguração aconteceu em 31 de julho último com a presença, inclusive, da presidente da República. Como sabem apresento um programa na Rádio Estadão que

Ler post
sexta-feira 25/07/14

Uma ode a Chico Buarque

Olhar de menino, jeito comportado, mas no fundo traquinas. Humor afiado e as notas musicais na polpa dos dedos. O verbo vadio na ponta da língua, tudo à flor da pele, do coração e em carne viva. Isto é Chico Buarque de Hollanda. Sem ele, o Brasil estaria mais pobre, mais vazio, desbotado, sem tijolo,

Ler post
sexta-feira 11/07/14

O dia em que São Paulo perdeu e depois ganhou

Termina a Copa do Mundo e o assunto futebol volta a ser papo dos boleiros. Hoje vou escrever sobre um assunto que na escola eu detestava porque não entendia o sentido daquilo mas que agora tentarei explicar. Qual é o significado da Revolução Constitucionalista nos dias de hoje? O conflito de 1932 envolveu 200 mil homens utilizando fuzis,

Ler post
sexta-feira 04/07/14

Diário de uma vitoriosa

  Costumeiramente quando assistimos às imagens da eletrizante final da Copa do Mundo de 1958 vemos nas arquibancadas elegantes senhoras assistindo à partida. Entre elas está uma brasileira Naydina Aranha de Freitas que em 1958 escreveu um diário daquela viagem inesquecível onde é colocado o olhar feminino de 50 anos atrás a respeito daquela que

Ler post