1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Festival Internacional de Curtas de SP anuncia premiados

Flavia Guerra

29 agosto 2014 | 23:32

Sem caráter competitivo oficial, o evento distribui  prêmios e troféus  concedidos por apoiadores e patrocinadores, além da premiação segundo o júri popularA programação vai até o dia 31 na capital paulista, seguindo em setembro para as cidades de Jundiaí (05 a 07), Ribeirão Preto (13 a 14) e São José dos Campos (18 a 21), além de Fortaleza (3 a 10)

lua.jpg

 Cena de ‘Se Essa Lua Fosse Minha’, que levou o Prêmio Itamaraty

Em cerimônia realizada na Cinemateca Brasileira na noite de sexta-feira, o Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo anunciou os premiados de sua 25ª edição, que segue até o dia 31, domingo, na capital paulista.

Sem cárater competitivo, o Festival de Curtas distribui vários prêmios concedidos por apoiadores, mas é a votação popular que faz do evento um dos mais interessantes do circuito nacional. Neste ano, a lista de favoritos do público contou com uma seleção variada, que vai do premiado em Cannes ‘Sem Coração’ à coprodução Brasil-Vietnã ‘O Caminhão do Meu Pai’, passando pelo vencedor do Oscar de melhor -curta neste ano, o dinamarquês ‘Helium’.

Já quem levou o maior prêmio da noite, o Prêmio Itamaraty, foi o curta ‘Se Essa Lua Fosse Minha’, de Larissa Lewandoski. 

 

Confira abaixo todos os premiados:

 caminh__o.JPG

Cena de ‘O Caminhão do Meu Pai’, um dos favoritos do público

OS FAVORITOS DO PÚBLICO:

Os mais votados serão exibidos em sessões especiais no MIS – Museu da Imagem e do Som nos dias 30 (nacionais) e 31 de agosto (internacionais e latinos), às 17h.

 

 Mostra Brasil

“Ameaçados”, de Julia Mariano (PA)

“Até o Céu Leva Mais ou Menos 15 Minutos”, de Camila Battistetti (CE)

“Contos da Maré”, de Douglas Soares (RJ)

“Edifício Tatuapé Mahal”, de Carolina Markowicz e Fernanda Salloum (SP)

“Efeito Casimiro”, de Clarice Saliby (RJ)

“Geru”, de Fábio Baldo e Tico Dias (SE)

“La Llamada”, de Gustavo Vinagre (SP)

“O Caminhão do Meu Pai”, de Mauricio Osaki (SP)

“Se Essa Lua Fosse Minha”, de Larissa Lewandoski (RS)

“Sem Coração”, de Nara Normande e Tião (PE)

 

Mostra Internacional e Latino-americana

“Balada para Satã”, de Antonio Balseiro e Carlos Balseiro (Argentina)

“Célestine”, de Annie Gisler (Suiça)

“Completo”, de Iván D. Gaona (Colômbia)

“Deserto”, de Yoav Hornung (Israel)

“Forever Over”, de Erik Schmitt (Alemanha)

“Helium”, de Anders Walter (Dinamarca)

“Minerita”, de Raúl De la Fuente (Bolívia/Espanha)

“Noah”, de Walter Woodman e Patrick Cederberg (Canadá)

“Pai”, de Santiago ‘Bou’ Grasso (Argentina/França)

“Sinfonia Nº 42”, de Reka Bucsi (Hungria)

 

PREMIADOS DO 25º FESTIVAL DE CURTAS:

 

Prêmio Itamaraty

“Se Essa Lua Fosse Minha”, de Larissa Lewandoski

 

Prêmio Revelação

“Se”, de Ian Capillé

 

Prêmio Canal Brasil de Incentivo ao Curta-Metragem

“La Llamada”, de Gustavo Vinagre

 

Prêmios SescTV para Novos Talentos (realizado por diretor estreante)

Melhor filme brasileiro – “Kyoto”, de Deborah Viegas

Melhor filme internacional – “O Último”, de Sergey Pikalov (Azerbaijão/Rússia)

 

Prêmio TV Cultura

Melhor filme do Panorama Paulista – “Guida”, de Rosana Urbes

 

Prêmio Canal Curta! e Porta Curtas

“Efeito Casimiro”, de Clarice Saliby

“O Bom Comportamento”, de Eva Randolph

“O Táxi de Escher”, de Flavio Botelho e Aleksei Abib

 

Prêmio CTAv

“Sem Coração”, de Nara Normande e Tião

 

Troféu ABD-SP

Destaque da Mostra Brasil – “A Cor do Fogo e a Cor da Cinza”, de André Felix

Destaque da Mostra Latina – “O Sonâmbulo”, de Lenz Claude (México)

 

Troféu Cachaça Cinema Clube

Melhor Filme Lunático – “Se Essa Lua Fosse Minha”, de Larissa Lewandoski

Melhor Filme Mundano – “Vailamideus”, de Ticiana Augusto Lima

Melhor Filme Arcaico – “Casa Forte”, de Rodrigo Almeida