ir para o conteúdo
 • 

Felipe Machado

25.setembro.2008 17:13:10

Quando o amor acaba

De repente, a mulher tão familiar que está na frente dele do outro lado da mesa do restaurante se transforma numa desconhecida. Em um estalo de dedos, anos de convivência se apagam completamente, como se um gigante tivesse passado uma borracha no álbum de fotos criado pela memória dos dois. O rosto dela lembra vagamente alguém que ele conheceu há muito, muito tempo, mas aquela pessoa já não está mais ali. Se clones humanos existissem, a pessoa do outro lado da mesa do restaurante certamente seria um deles.

O mal-estar é recíproco, mas de natureza diferente. Ao contrário dele, ela sabe muito bem quem está na sua frente – bem até demais. Ela sabe que o que está sendo prometido nunca será cumprido; sabe também que a voz dele diz uma coisa, mas a realidade do cotidiano diz outra. Se houvesse uma máquina capaz de traduzir a alma desse homem, aí talvez ela pudesse acreditar no que ele está dizendo. Nessa noite, porém, as palavras soam mais uma vez como sons sem sentido, frios como os copos intactos sobre a mesa do restaurante.

Dizem que as mulheres se casam imaginando que vão mudar os homens; os homens se casam acreditando que as mulheres não vão mudar. Mas a verdade é que as coisas mudam, mas as pessoas, não. Por que, então, esses dois insistiram tanto tempo e esforço no amor? Porque é da natureza humana. Porque é da inevitável e desumana natureza humana.

Ao contrário do que dizem os poetas, amor acaba, sim. Não há nada de
romântico nisso, apenas uma verdade pragmática e palpável. Se você tem apenas um copo d’água para beber, é bom saciar a sede antes do copo ficar vazio. Às vezes apenas esse copo é suficiente, mas há ocasiões em que nem todos os mares do mundo podem acalmar seu coração.

Então é isso. Fim.

Quando o amor acaba, o monstro que estava escondido debaixo do tapete da
sala acorda e domina rapidamente o apartamento. Frases que nunca deveriam
ter sido sequer pensadas são pronunciadas com a determinação dos carrascos. Não se pode atravessar uma ponte que foi queimada; com as palavras acontece a mesma coisa.

Agora os dois se olham e sabem que não têm mais o que fazer. Dentro deles há uma dor contínua, uma tristeza que sai pelos olhos. Os dois corações estão vazios, porque no lugar daquele amor todo agora não existe nada. E a vida segue assim, imperfeita.

comentários (209) | comente

  • A + A -
209 Comentários Comente também
  • 25/09/2008 - 17:33
    Enviado por: Sassá

    Por que esse texto é tão familiar? Pra todos nós,aposto.
    E,de certa forma,ainda bem,pq é sinal de que sempre podemos recomeçar e amar mtas vezes!
    Bjos,Sá.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 11/04/2011 - 13:58
      Enviado por: milene

      para mim o poema divia ser assim :eu te amei do jeito mas estranho q alguem pode ti ama pena que o nosso amor se acabo so peso um favor nao se esquesa do nosso amor que hoje se acabo

      responder este comentário denunciar abuso
  • 25/09/2008 - 17:43
    Enviado por: Drika Ferreira

    Sabe Felipe, como jornalista que sou, vou te dizer uma coisa que eu adoraria ouvir: eu gostaria de escrever sobre as coisas que você escreve, da maneira que você escreve.

    Como sempre, um blog imperdível.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/09/2008 - 18:29
    Enviado por: Marion

    Felipe,

    A verdade é que as pessoas mudam. Ninguém é o mesmo depois de anos de casamento. E o amor só sobrevive se for alimentado. A rotina é implacável, ela pode sufocar o amor, o clima de sedução, enfim fazer desmoronar o sonho de um casamento feliz e eterno. Depende do casal. Se os dois estiveram empenhados o amor pode sim sobreviver ao casamento! :)

    Gostei do post!

    Beijos

    responder este comentário denunciar abuso

    • 30/03/2011 - 20:25
      Enviado por: Rosemary

      Acredito que vc esta certo em dizer que os dois tem que se empenhar para não deixar a rotina, brigas e outras situações acabar aos poucos com o amor, é lindo o amor de um casal hipocrisia não nunca, temos que lutar para sermos felizes!!!!

      responder este comentário denunciar abuso
    • 06/04/2011 - 14:18
      Enviado por: Liliafro

      Você falou bem, Marion: Depende o casal, não adianta um sozinho tentando fazer com que a relação não desmorone.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 15/05/2011 - 16:29
      Enviado por: Cinthya Bretas

      Marion disse tudo.Ao contrario da sua colocação as pessoas não são coisas e mudam.Mudam constantemente pro necessidade ou por desejo.Eu iria dizer que somente os que já morreram não mudarão mas a verdade é que mesmo estes mudarão, em muitos aspectos.Mas a alma de quem não muda esta no mínimo doente.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 25/09/2008 - 20:13
    Enviado por: Malba Tahan

    Felipe, lembre-se:

    Era uma vez um rei que disse aos sábios da corte:
    _ Estou fabricando um precioso anel. Adquiri um dos melhores diamantes possíveis. Quero esconder dentro do anel uma mensagem que possa me ajudar em momentos de desespero total e que ajude meus herdeiros e os herdeiros de meus herdeiros para sempre. Tem que ser uma mensagem pequena, que caiba debaixo do diamante do anel.
    Todos que escutaram eram sábios, eruditos, que poderiam escrever grandes tratados, mas, uma mensagem com não mais de duas ou três palavras que pudessem ajudar em momentos difíceis…
    Eles pensaram, procuraram em livros, mas não puderam achar nada.
    O rei tinha um velho criado que também tinha sido criado de seu pai. A mãe do rei morreu cedo e este criado havia cuidado dele, então era tratado como se fosse da família. O rei sentia um imenso respeito pelo velho homem, de forma que também o consultou. E este lhe falou:
    _ Não sou sábio, nem erudito, nem um acadêmico, mas conheço uma mensagem. Durante minha vida no palácio, conheci todos os tipos de pessoas e, em uma ocasião, conheci um místico. Era convidado de seu pai e estava a seu serviço. Quando, com gesto de agradecimento deu-me esta mensagem, o velho homem escreveu em um pequeno papel, dobrou e entregou ao rei. _ “Mas não leia.” – disse ele – “Mantenha-o escondido no anel, somente abra quando não tiver outra saída”.
    Esse momento não tardou a chegar. O seu Reino foi invadido e o rei perdeu a batalha. Estava escapando em seu cavalo e seus inimigos o perseguiam. Estava só, e seus perseguidores eram muitos. Chegou em um lugar onde o caminho havia acabado, totalmente sem saída. Na frente havia um precipício com um vale profundo, cair seria o fim. Não podia voltar, porque o inimigo havia fechado o caminho. Já se podia ouvir o barulho dos cavalos. Não podia continuar e não havia outro caminho.
    De repente lembrou-se do anel. Abriu-o, tirou o papel e lá encontrou a mensagem pequena, tremendamente valiosa, que, simplesmente, dizia:
    “Isto também passará”.
    Enquanto lia a mensagem, sentia que caía sobre ele um silêncio. Os inimigos que o perseguiam deveriam ter se perdido na floresta ou se enganado de caminho. O certo é que pouco a pouco deixou de escutar os cavalos.
    O rei sentia-se profundamente grato ao criado e ao místico desconhecido. Aquelas palavras eram milagrosas. Dobrou o papel, pôs novamente no anel, juntou seus exércitos e reconquistou o Reino.
    No dia em que entrou novamente vitorioso no palácio, tinha uma grande celebração, com músicas, danças… e ele sentia muito orgulho de si mesmo.
    O velho criado estava ao seu lado na carruagem e falou:
    _ Este momento também é adequado, olhe novamente para a mensagem.
    _ Por quê? Agora eu sou vitorioso, as pessoas celebram minha volta, eu não estou desesperado, não estou em uma situação sem saída.
    _ Escute-me – disse o velho criado – “Esta mensagem não é só para situações desesperadoras, mas também prazerosas. Não é só para quando estiver derrotado, mas para quando estiver vitorioso. Não só para quando for o último, mas para quando for o primeiro”.
    O rei abriu o anel e leu a mensagem:
    “Isto também passará”.
    Novamente sentia a mesma coisa, o mesmo silêncio em meio a multidão que celebrava e dançava, mas o orgulho e o ego haviam desaparecido. O rei pôde compreender a mensagem. Tinha sido iluminado.
    Então o velho homem falou:
    _ Recorda-se de tudo o que você passou? Nenhuma coisa ou emoção é permanente. Como o dia e a noite, há momentos de felicidades e momentos de tristezas. Aceite-os como parte natural das coisas, porque eles fazem parte da natureza de sua vida.

    Malba Tahan

    responder este comentário denunciar abuso

    • 13/08/2010 - 09:52
      Enviado por: marcia

      A PALAVRA TAMBAM QUE E PEQUENA E QUE NÃO PRECISARIA DE MISTICO ALGUM E QUE IGUALMENTE CABERIA NO ANEL E”FÉ”POIS O MUNDO PRECISA DE MAIS FÉ EM JESUS CRISTO ,MAIS FICO TRISTE EM PENSAR QUE MUITAS VEZES SÓ LEMBRAMOS DE JESUS CRISTO QUE MORREU NA CRUZ PRA NOS SALVAR QUANDO ESTAMOS EM APUROS .MAS MESMO ASSIM ELE NOS ATENDE POIS COMO JESUS DISSE A MULHER DE FLUXO DE SANGUE VÁ A TUA ”FÉ” TI SALVOU.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 10/09/2010 - 18:54
      Enviado por: José

      Estou passando por um momento muito difícil na minha vida, minha esposa quer se separar e nossa filha está sofrendo… minha tristesa é inenarrável…. após as lagrimas estas palavras me confortaram…obrigado

      responder este comentário denunciar abuso
  • 25/09/2008 - 22:41
    Enviado por: tina

    O amor vai ficando para trás quando se pensa que o casamento dá o direito
    de fazer cobranças ao outro e se passa a viver exigindo que ele cumpra o
    que seriam suas obrigações. Ele poderá até cumpri-las, mas o fará sem
    prazer, com a mesma vontade que caracteriza alguém que faz algo somente
    por obrigação. Para se viver a dois, tem-se de manter acesa a capacidade
    de seduzir e de conquistar.

    Triste, mas a pura verdade!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 25/05/2011 - 12:40
      Enviado por: alguém

      Isso foi exatamente o que aconteceu comigo. Tentei segurar alguém com uma gravidez e nem mesmo assim ele ficou comigo, Voltando para sua ex, que na verdade nunca foi ex.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 25/09/2008 - 23:43
    Enviado por: Oswaldo

    Felipe,
    Excelente texto. Sempre leio seus textos (atraves de feeds) e esse me impressionou como voce pode colocar o que realmente acontece com os seres humanos. Isso caiu como uma luva, pois meu relacionamento as vezes sinto isso, mas nesse caso eu me vejo na situacao de um simples coadjuvante.
    Infelizmente, por mais que possamos fazer, as vezes parece ser nada diante da outra pessoa.
    Mas, como disse, a vida continua…
    Abraços.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 00:02
    Enviado por: Juliana

    nunca aceitei a ideia de duas pessoas q dormiram juntos no outro dia não se olharem mais, pq tudo acabou…

    otimo texto..parabens!

    bjus

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 00:02
    Enviado por: GUILHERME CIMINO

    Nossa, Drika! O texto mudou sua vida, né?!

    É por essas e outras que algumas culturas orientais fazem casamentos “sem amor”, em que os noivos se conhecem poucos dias antes da cerimônia.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 01:07
    Enviado por: SOLDIER BOY

    O amor acaba e/ou as vezes sobrevive…
    …mas a grama do vizinho continua sendo mais verde.

    Um grande abraco,

    SOLDIER BOY.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 07:40
    Enviado por: Dante Mantuan

    Gostei do texto, concordo com o autor, o amor acaba, acaba e continuamos a nos enganar por anos e anos, as vezes até pela vida inteira.
    Mas tem outra coisa que me chamou atenção, porque até esse momento só a comentários sobre o texto de mulheres? Somente elas se preocupam com isso? Os homens nao estao nem aí? Nao sei, mas as vezes fico me perguntando se nao sou o único homem a pensar no relacionamento.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 08:06
    Enviado por: Marcus

    Quando isso acontece a tristeza é imensa, sem fim e toma conta de você.
    Você se sente descendo uma escada sem ver o final, porém tendo o tempo todo a percepção de que o degrau de hoje é mais para baixo que o de ontem, que por sua vez …
    Até quando ?
    Até você não aguentar mais e simplesmente desabar de exaustão…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 08:19
    Enviado por: Aristóteles

    Acredito que as pessoas mudam, sim. Principalmente se souberem aproveitar o que o outro tem a ensinar. E é só através do aprendizado e mudança que é possível manter um relacionamento funcionando, com o passar do tempo. O foco é diferente: não mudamos porque o outro quer – ou não – que mudemos, mas mudamos por nossa própria vontade, porque queremos ser pessoas melhores, independente se vamos continuar com o mesmo parceiro.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 08:22
    Enviado por: Aldo

    O mais triste do fim de um amor é que ele não acaba assim tão de repente. Seus avisos de que o “the end” se aproxima são sutis, porém constantes e a cada um deles, no fundo (e no raso), a gente sente quando mais um pedacinho dele se foi. Triste, mas verdadeiro. Grande texto.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 08:26
    Enviado por: josé valter

    A questão é que as pessoas se casam pensando em “ser feliz” e não em “fazer o outro feliz”…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 08:36
    Enviado por: vera lucia borghi

    É uma realidade que poucos admitem.
    Quando enxergam já é tarde, e o amor se foi……..
    e para onde …. no dia-a-dia, nas frustações não divididas, nas poucas palavras pronunciadas, na solidão implacável do ser humano. Fica uma tristeza grande, a dor da saudade dos momentos felizes que não voltam mais.
    Parabéns pelo texto.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 08:36
    Enviado por: Cauby

    Felipe,
    O amor não acaba.
    Se aquele sentimento sentido acabou, era porque não era amor.
    Simpatia? Equase amor. mas acaba.
    Paixão? É mais que simpatia, mas um dia acaba.
    Tesão? É menos que Paixão… e também esgota.
    Amizade, também acaba por um nada.
    Só esse sentimento mágico que não explica como, nem porque, muito menos por quem, este permanece. E trespassa o tempo de uma forma irresistível e sai do outro lado incólume.
    O amor acaba?
    Não Felipe. O tempo acaba.
    Cauby

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 08:50
    Enviado por: Cristhiana Oliveira

    Certa vez li em algum lugar uma frase que dizia:

    É preciso sempre mudar para se continuar na mesma…

    Encaixando-a no contexto do seu texto, que adorei, essa frase passa a fazer ainda mais sentido!

    Beijos… bom dia!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 08:51
    Enviado por: Josi

    Isso é verdade… se for depender só de um amor apaixonado, as relações se desfacelam, e acontece um mar de frustração na vida das pessoas, por isso é que deve- se haver mais do que isso, algo que se chama respeito, consideração, cumplicidade… É o que está faltando hoje em dia…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 08:53
    Enviado por: Priscila Vales

    Obviamente as pessoas mudam, mas se vc está casado com uma pessoa, necessariamente vc deve dedicar um certo tempo do seu dia para acompanhar as mudanças de perto. Assim como ela deve fazer com vc.

    Um casamento não é um peso, não é algo que vc faz pensando que um dia vai acabar pq “ela vai mudar”.

    Ao contrário do que os amantes dizem, não se ama uma por semana. O problema não está no fato de que o amor acaba, mas em quem diz que ama. Ama mesmo?

    Abraços!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 08:59
    Enviado por: Priscila Vales

    Obviamente as pessoas mudam. EStando elas perto ou longe. Elas mudam. O casamento exige um pouco de dedicação, reserve um pouco do seu tempo para acompanhar a mudança dela, certamente ela deveria fazer o mesmo.
    O grande problema da ” desumana natureza humana” é a superficialidade, troca-se de esposa como se fosse algo fácil de substituir.
    Quanto ao amor, até que ponto o amor é verdadeiro hoje?
    Ama-se uma por semana… e ao final vêem dizer que o amor acaba.
    leve morte da poesia.

    reflita.

    ^^

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 09:06
    Enviado por: Luiza

    Felipe, concordo plenamente com voce, há uma mudança radical com o tempo, e as vezes voce gosta da pessoa, vai entender…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 09:07
    Enviado por: Henrique Marques

    Felipe,
    Ler seus textos sempre foi um grande prazer, mas este em especial mexeu comigo. Terminei a dois meses um relacionamento de quatro anos, e realmente o mais assustador de tudo é perceber que a pessoa com quem você “perdeu” tanto tempo não é mais ou nunca foi o que você imaginava, e olha que nem terminamos brigados. Agora, me surpreende você escrever sobre isso, o que te levou a escrever? Terminou o casamento?
    Abraços

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 09:14
    Enviado por: Carolina

    Sem este amor que tanto insistimos, com toda certeza, a vida seria insuportável. Passaríamos os dias presos a rotina sem graça, metódica e pesada.
    O amor alivia a tensão e faz bem para o corpo. Mas, como uma substância que tomamos, ele é absorvido e acaba.
    Tomar dele todos os dias, seja do mesmo frasco ou de um novo que vier, é, sem dúvida, necessário para viver melhor.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 09:24
    Enviado por: genteboa

    a pesar de tudo,eu te amarei ate que ELE me permitir.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 09:25
    Enviado por: Pedro Belfort

    Você escreveu exatamente a minha estória…
    E possivelmente a história do relacionamento dos homens e mulheres.
    Parabéns, seus textos são muito bons mesmo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 09:36
    Enviado por: elisabeth melo

    Felipe,

    E a segunda vez que lei seu blog.

    Esse me chamou muita a atencao.Acho que isso se repete diariamente em milhoes e milhoes de casas.Se todos tomassem coragem e parar exatamente onde entao , acho que a porcentagem de casamentos terminados seria elevadissima e, com certeza todos estariam muito muito mais felizes.Acredito que haveria uma transformacao visivel no mundo.

    O amor, a paz de espirito e’ tudo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 09:41
    Enviado por: ludmila

    Recentemente li o livro “O Encontro” Anne Enright, a avó da narradora tinha uma máxima que adorava citar: “As pessoas não mudam, elas meramente se revelam.” Talvez ela esteja mais certa, na convivência, as pessoas não mudam, se revelam.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 10:05
    Enviado por: Maria Paula

    Pra você (ou para o texto?) meia lagrima e um sorriso.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 10:27
    Enviado por: Fátima

    “Eu vos trago a peste!” Foram as palavras de Freud à comunidade científica de sua época quando apresentou suas idéias. O pai da psicanálise anunciou que a insatisfação é inerente à condição humana e que isto é a única garatia que temos em continuar vivos. Seja nos relacionamentos interpessoais ou interobjetais, é certo que a felicidade é como aquela cenoura que está amarrada na frente do cavalo que o faz caminhar achando que um dia irá comê-la.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 10:27
    Enviado por: Raquel

    Felipe, apenas obrigada pelos seus posts!
    Bjobjo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 10:55
    Enviado por: Carzinha

    Felipe , Este Blog Vicia…!
    hahahah
    Um dia eu estava lendo seu blog…
    no outro…vim outra vez…e agora não consigo parar !

    Parabens!

    Adorei o Texto…é triste mais é verdade…
    quando se ama…não existe garantia de que irá dar certo …
    Quem dera se existisse … garantias eternas

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 11:19
    Enviado por: Graci

    E o pior é que isso tudo que você escreveu é verdade, uma verdade que resiste aos sonhos de amor eterno e poemas, olhares, flores e planos construídos juntos. Ri bastante. Acreditar em amor, desses bem mulherzinha, é algo que não faz sentido nenhum, mas, confesso, algumas vezes eu acredito. Mas, sou pessimista, dura pouco tempo e muitas hipóteses… Nem falo mais nada, ou disserto horas sobre isso.

    Adorei o texto!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 11:50
    Enviado por: Teresa

    Quando comecei a ler o texto, tive a sensação que estava lendo um livro…

    Muitos amores acabam, aquele brilho que vimos naquela pessoa em algum ponto do passado, e que a fez se tornar única entre todas, tb se apaga e às vezes sem aviso. Seja por desilusões, desgaste, vontade de novidades, ou porque simplesmente se fechou um ciclo. Nem todos os amores verdadeiros existem para serem eternos, e não deixam de ser verdadeiros pq não foram eternos. Ficamos presos demais à ideia que o verdadeiro amor é o que dura para sempre, o ” viveram felizes para sempre” é muito romântico mas não muito realista no meu entender. No entanto,que bom que isso acontece em alguns casos!. Em tudo na vida, nos renovamos e renovamos experiências, pq não no amor?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 11:51
    Enviado por: Stefano

    Descobri o blog agora.
    Bah, muito bom o texo, a clareza com relação a esse assunto.
    Continuarei burlando alguns momentos no trabalho para vir aqui.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 11:51
    Enviado por: Thiago Leal

    Nunca entendi como é que o amor pode se transformar em algo que fere no sentido de “queimar a ponte”, como você disse. O que entendo é que as pessoas não aceitam que o amor acaba, e se agarram a algo vazio, que as torna agressivas e más em relação àquilo que um dia elas tanto amaram.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 11:53
    Enviado por: Ricardo

    Felipe,seu texto foi perfeito !parabéns!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 12:06
    Enviado por: Ivone Alice

    Olá,

    “Vadiando” pela net encontrei seu comentário.
    Ontem 25/09, meus pais fizeram 48 anos de namoro e saíram pra comemorar!!!!
    São 42 anos de casados e 48 anos de namoro!!!!! E ELES COMEMORAM!!!!!
    São um exemplo raro e ainda vivo de que existe amor pra sempre!!!!!
    Somos 4 filhos, eu ja casei e descasei 2x, minha irmã nunca casou e meus irmãos estão casados pela segunda vez…. Bem, essa felicidade não é geneticamente transmissível!!!!…rs…

    Há uns anos, meu pai fez uma cirurgia cardíaca, e durante o período em que esteve no hospital, minha mãe não desgrudou dele, chegando a dormir várias noites num sofazinho na porta da UTI. Não conseguimos q ela fosse dormir em casa, que ficava a 2 quadras do hospital. Ela nunca o deixou só…
    Depois de recuperado, eles foram juntos comemorar a vida, fazendo uma viagem de carro pelo litoral, saindo de Fortaleza, onde moramos, até o Rio de Janeiro. Convidaram um casal de amigos e fizeram essa empreitada em 20 dias…

    Isso é só um exemplo de como eles nunca esqueceram de “regar a plantinha”. São pessoas extremamente diferentes, têm até religiões diferentes, mas que se comprometeram de verdade em serem felizes juntos. Em 41 anos de existência, já presenciei algumas discursões, mas nunca os vi faltarem com respeito um com o outro. Eles se cuidam… se querem… se namoram…

    Minha mãe é perfeccionista, meu pai já é bem largadão… segundo ele o q vale é “a pureza da alma e a salvação do espírito, o resto é só o resto”… JURO QUE NÃO ENTENDO COMO ELES CONSEGUIRAM SE MANTER JUNTOS E FELIZES ATÉ HOJE!!!!!!…rs….

    É… por mais q se duvide, ainda existe amor “para sempre”!!!!!
    E qdo vier a Fortaleza, está convidado pra um café, assim vc conhece pessoalmente essas 2 figuras!!!!!
    Ahhhh… a foto “de capa” do cel dele, é uma foto dela e o dela…claro, uma foto dele!!!!!

    Bjs
    Ivone Alice

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 12:12
    Enviado por: Nathyzinha

    É, Felipe. É exatamente isso o que acontece. Mas não acho que acabou o amor. Acho que, na verdade, nunca houve amor. Eu ainda sou da turma das que acreditam que amor verdadeiro não acaba. Pode ser que eu esteja enganada, que eu esteja me iludindo, mas estou bem pensando assim. Hoje estou com uma pessoa que não deixa o relacionamento enveredar pelos caminhos da rotina, e eu também acabo não deixando. Admito que a rotina é bem difícil. Não são todos que aguentam. A menos que seja amor….

    Boa tarde a todos!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 12:19
    Enviado por: Luciana Canton

    Ai ai ai, vc já leu O Desprezo do Moravia, que livro angustiante! É exatamente sobre isso.
    O filme, baseado no livro, também é lindo, feito pelo Godard.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 12:21
    Enviado por: Heitor SiqueiraSayeg

    Perfeito texto, maravilhosamente escrito, sintetiza de forma exata o que são esses momentos, como eles acontecem à nossa revelia.
    Meu testemunho pessoal é de que o autor retratou com precisão insuperável o que é o choque desse instante.
    Voce daria uma vida pra não estar ali naquela hora.

    Parabéns

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 12:35
    Enviado por: CRISS

    “…Então é isso. Fim….” ??????

    Mas e o combate ?! as emoções ???!! a luta, a vontade de mudar as coisas ???!!! de fazer acontecer ???!!!
    O amor não vem fácil ( paixão sim! ) e não deveria terminar fácil… é uma conquista, um dia-a-dia uma intimidade conquistada, são tantas emoções que não deveriam ser comparadas a sentimentos frugais e fúteis que se esvaem simplesmente.

    O amor não pode acabar assim debaixo do tapete!
    Não quero acreditar. Não vou acreditar…

    Noutro texto você mesmo escreveu “…. se um relacionamento chega ao fim, não é porque ele não deu certo: é porque deu certo durante o tempo que tinha que dar”

    ENTÃO O AMOR ACABOU simplesmente……

    triste

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 12:49
    Enviado por: Julia Sebber

    Discordo. O amor pra viver, precisa ser alimentado todos os dias, de formas variadas. Sempre lembrando que coisas e pessoas estão em constante movimento, o que exige certa paciência e adaptação.

    É difícil, mas não impossível.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 13:03
    Enviado por: Márcia

    Caro Felipe que passa o dia tentando entender o que se passa na cabeça das mulheres…

    Nessa você acertou. Em cheio. Parece até que estava lá quando percebeu que a mulher, ao contrário do cara, sabia muito bem quem estava a sua frente. “Bem até demais…”

    Sabe por que isso? Porque ela ainda amava aquele cara. A coisa estava acabando ou acabada já porque ele não tinha mais nada pra ela, deixou de tê-la em mente como o seu amor. Sim, em mente, porque com a convivência não adianta só o coração. E sem isso virou um chato, que a levou a cobrar incessantemente aquele ele de antes e tornar-se, por sua vez, também ela uma chata.

    Se olharmos bem no fundo, tá tudo ligado à reciprocidade do que se investe ali. Como mulher, sei que nos empenhamos bem mais pra evitar esse fim, nas pequenas coisas, que são as mais importantes, zilhões de vezes repetidas, e os homens sequer percebem.

    Mas de nada adianta uma luta solitária no amor e foi isso que ela finalmente sacou naquela hora do outro lado da mesa do restaurante, e por isso se rendeu.

    Agora, que mal pergunte, “pra onde vai o meu amor, quando o amor acaba???” Alguém já conseguiu responder com honestidade essa do Chico??

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 13:07
    Enviado por: Marcos Mendonça

    Felipe…

    Brilhante o texto!
    Estou sentindo na pele o que é perder um amor… Ainda mais por saber que a culpa foi minha.
    E, no meu caso, não se trata de uma mulher, mas sim de outro homem… Creio que seja ainda mais difícil…
    E o pior é saber que em nós dois, ainda existe AMOR, mas o orgulho, o individualismo e o ciúme excessivo estão colocando um fim na relação… Não no amor!
    A impressão que tenho é que vou amá-lo pelo resto de meus dias… E essa dor é cruel!

    Um abraço!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 13:07
    Enviado por: Parmerense

    Que bichisse é essa, Felipão??

    Muitos casamentos não tem dado certo ultimamente devido ao “modernismo” excessivo das mulheres…a maioria delas não quer um casamento nos moldes tradicionais, casam para dizer às amigas que desencalhou, casam mas querem ser “independentes”…e é aí que a coisa desanda.
    Note, qto mais Amélia é a mulher, mais dura o casamento.
    E mais, impressiona-me a cara-de-pau de muitas mulheres que “rodam a banca” qdo solteiras e ainda insistem em se casar de branco na igreja!!
    Chega de hipocrisia!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 13:13
    Enviado por: Carzinha

    tenho que concordar com a CRISS

    sempre tem 2 lados né …

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 13:29
    Enviado por: Luiz

    É verdade. Os tempos são outros mesmo. Falavam que antes um “amor” resistia mais, era mais provado. Me pergunto será que era assim mesmo ou as pessoas estão agindo com mais coragem. Mas uma coisa é pura verdade, amor e ódio, são facetas do mesmo sentimento. Que na maioria da vezes administramos de forma inadequada.

    abraços,

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 13:43
    Enviado por: Carol

    Felipe,

    Dependendo do humor do texto, a expressão facial da sua foto aí no topo do blog muda, sabia?

    Na maioria das vezes é um “safado quieto”, mas hoje tá só… azul.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 14:19
    Enviado por: xico

    Boa Felipe.
    Coloco mais filosofia no assunto: O amor é eterno, o homem não. Toda noite morremos e renascemos a cada dia. Cada dia mudamos a casca, para melhor ou pior.
    Como sustentar um casamento nessa eterna mutação ?
    Acho que (pretensão minha): muita paciência, desapego, compreensão e muita ilusão…
    Por favor, completem a lista …

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 14:29
    Enviado por: alice

    É possivel sim acabar, mas acredito que quando
    a pessoa já nao suporta mais a convivencia, por excessos de brigas, rotina,aí o amor pula fora muito antes de ambas as partes perceberem.
    Mas eu, particularmente acredito um pouco da dose do perdão, para recomeçar e tentar evitar o
    maximo do que ja aconteceu anteriormente.
    Pois as pessoas lembram se somente do momento, e se esquecem do que pode estar por vir.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 14:40
    Enviado por: Cristina feliz

    O amor não é como uma fita adesiva que fixa e – deixa a vida me levar. Não é assim. O que há é um relacionamento entre duas pessoas que pretendem dividir suas emoções com boa vontade, dedicação e compreensão. Se uma das partes se cansar da outra, que pegue seu chapéu e tchau. Não fique triste, sempre se aprende alguma coisa com a experiência. E bola pra frente.
    Adorei o texto. Li-o logo após ter deixado de me enganar, e de apagar todas as possibilidades de vê-lo novamente.
    Ruim com ele, melhor sem ele.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 14:49
    Enviado por: GUILHERME CIMINO

    Isso tá parecendo Rádio AM!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 15:07
    Enviado por: Luciano

    O amor com certeza acaba. Tive um relacionamento de 10 anos que acabou de repente. Achei que era injusto e sofri muito. Corri feito um louco atrás da mulher que achava amar. Culpei-a pelo que ocorreu. Com o tempo percebi que a culpa era mais minha do que dela. O homem pela sua natureza, se acha forte e indestrutível. Acomoda-se na situação, achando que a mulher estará sempre ali quando ele quiser. Sai com outras mulheres e acha isso normal. Finge escutar o problema das amantes para parecer atencioso e ir para cama com elas. Deixa sua mulher de lado, achando que é dono dela. Quando acorda para vida é tarde demais. Esta sozinho. Aprendi muito com a minha separação. Hoje sei que mais do que o amor, importante é a amizade e companheirismo. Conversar sobre tudo e principalmente sobre o que incomoda. Amar sem pudor. E não adianta sair noite após noite com uma pessoa diferente da outra. Sentir-se-á ainda mais vazio. É preciso ter paciência. Amar primeiro a si mesmo. Cuidar do jardim para atrair as borboletas. A vida é muito curta para se sentir infeliz. Se não esta feliz, converse e ouça. E então decida o que quer para vida. Terminar seus dias sozinho num asilo ou estar ao lado de alguém que antes de marido ou mulher é seu amigo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 15:07
    Enviado por: Corte

    Felipe, a pergunta que não quer calar:
    Esse texto é pessoal? Aconteceu algo contigo?
    Ou é apenas mais um texto para abordar uma das realidades da vida?

    forte abraço!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 15:10
    Enviado por: WADSON

    é realmente fica dificil não encontrar alguem que por um algum momento não tenha passando por situaçao parecida. Já dizia Ocar Wilde
    ” A gente sempre destroi aquilo que mais ama, seja em campo aberto ou emboscada, alguns com a leveza do carinho outros com a dureza das palavras, os covardes destroem com um beijo os valentes destroem com a espada”

    Penso que nada é para sempre e por outro lado me senti aliviado por encotrar pessoas que compartilham da mesma opinião

    um forte abraço e parabens ja que o texto esta maravilhoso

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 15:29
    Enviado por: Renata

    Olá Felipe!
    Como sempre, adorei o texto.
    Este é mais um dos assuntos que todos nós passamos ou iremos passar, e que ninguém pára pra pensar sobre.
    Muito bom!

    Abraços

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 15:30
    Enviado por: Raffaele

    Na realidade tanto o homem quanto a mulher estão perdendo os valores naturais de suas vidas.
    Aquele valor que tinhamos desde a época das cavernas quando cada um tinha sua função na sociedade.
    A partir do momento em que os dois entraram em competição , perderam-se os valores reais.
    Não é um pensamento machista, pois se olharmos a natureza veremos que tanto o macho quanto a femea tem suas funções, que são importantissimas para a evolução da espécie.
    Infelizmente com o homem isso acontece ao contrário.
    Agora é rezar e …..

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 15:46
    Enviado por: Teresa

    Me lembrei dum livro ótimo, em que o personagem prinicipal, Jay, nos conta as última vinte e quatro horas de um casamento vazio. O livre se chama ” Intimidade” e é do Hanif Kureishi.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 15:59
    Enviado por: Luciana Angelica

    Engraçado…a questao da mudança sinto na pele…eu mudei depois de 5 anos de casamento…mas ainda estou empenhada para que estas mudanças agreguem de forma positiva no meu casamento. Love still in the air for me…

    Bom fds!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 16:03
    Enviado por: bernardo

    De repente ela não é mais aquela, já não vibra comigo,já não me aguarda ansiosa, e eu não entendo a mudança, foi tudo ilusorio?
    mulheres ,me ajudem a entenderlas!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 16:03
    Enviado por: MP

    Assistiu Sleepness in Seatle (Sintonia de Amor) com o Tom Hanks, ?
    Pois é, prepare-se para uma avalanche de respostas, ninguem aguenta um coração partido…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 16:04
    Enviado por: GC

    Texto de verdade, escritor de verdade. Isso é palavra de homem, Felipe Machado. Muito bom.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 16:10
    Enviado por: MP

    Amor não tem medida, não acaba nem diminui.
    Amor transcede.
    O que você descreveu, é controle.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 16:28
    Enviado por: Ana Maria

    Vou discordar. As pessoas mudam, sim. E muito.
    Eu não sou a mesma mulher de dez anos atrás. Meu marido não é o mesmo homem de dez anos atrás. O que determina que o amor continue através dos anos é que, mesmo sofrendo a ação do tempo, nós continuamos nos olhando e nos admirando um ao outro. Mesmo com essa mudança, nossos caminhos continuam convergentes. Nossos objetivos, mesmo mudando ao longo dos anos, ainda assim são objetivos conjuntos.
    Nós acreditamos que juntos, construímos coisas boas. Eu o admiro como homem, e ele me admira como mulher.
    Esse amor também sofreu mudanças no decorrer dos anos. Não é o mesmo amor adolescente, sem compromisso, cheio de irresponsabilidades do início. É o amor maduro, consciente, responsável.
    É olhar para o companheiro e não conseguir imaginar como teria sido atravessar esses anos todos sem essa pessoa ao lado ou, se conseguir imaginar, ter a certeza que tudo foi melhor porque ele estava ao seu lado.
    É muito bom olhar para o lado e descobrir que meu companheiro mudou, mas ainda assim eu o admiro. Ainda assim o elogio. Ainda assim o desejo. É como estar em um novo lugar, mas com algo tranquilizadoramente familiar.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 16:29
    Enviado por: GUILHERME CIMINO

    Sem babar na fronha, hein, galera!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 16:32
    Enviado por: Ana Maria

    Bernardo
    devolvo a pergunta a você.
    E você, ainda é aquele?
    Ou foi tudo ilusório?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 16:33
    Enviado por: GUILHERME CIMINO

    É, GC!
    Você viu o último parágrafo, que arrasador?!
    “…no lugar daquele amor todo agora não existe nada.”
    Uau! Que profundo!

    rsrsrs…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 16:38
    Enviado por: Ana Maria

    “Os dois corações estão vazios, porque no lugar daquele amor todo agora não existe nada.”

    Se não restou nada, é porque nunca houve nada, nunca foi amor.

    Porque o amor, se um dia existiu, com certeza deixou boas lembranças.

    Você está falando de qualquer sentimento, menos de amor.

    Alguém aqui amou alguma vez na vida? De verdade? Se amou guardou boas lembranças. Os que realmente amaram sabem do que estou falando.

    Quando amamos, mesmo depois de tudo terminado, anos afastados, quando vemos a pessoa que foi objeto de nosso amor, ainda assim sentimos as pernas bambas, as lembranças inundam nossa mente, sorrimos à toa…o amor não acaba nunca.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 17:01
    Enviado por: Carla

    Os poetas e escritores também dizem que o amor acaba, sim. Vide a crônica “O Amor Acaba”, de Paulo Mendes Campos. Mas o amor acaba para renascer em cada esquina…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 17:09
    Enviado por: Fábio Betti

    É incrível, mas essa história do amor que, de repente, acaba, é tema recorrente no meu blog, o http://www.discutindoarelacao.com.br. Por que será que as pessoas têm tanta dificuldade em aceitar que o amor pode simplesmente acabar, já que, muitas vezes, é assim que um amor começa, sem muita explicação, de uma hora para outra?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 17:09
    Enviado por: Ale

    Discordo.

    Isso nada tem a ver com Amor.
    O Amor pode existir independente de tudo isso. Entre 2 pessoas, entre um casal, juntos ou separados.

    Relações baseadas em ilusões, projeções, e egoismos acabam dessa maneira: “num estalo de dedos”, caindo máscaras de algo que na verdade nunca existiu.. ou se existiu, foi mantido congelado como uma falsa foto da realidade… que sim, muda sempre.

    É possivel viver o amor constante e ainda respeitar as mudanças da vida. É possível se separar com a consciência de que os caminhos não levam mais para a mesma direção, e ainda assim o amor (o desejo profundo de felicidade alheia) permanecer.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 17:11
    Enviado por: Fábio Betti

    O curioso é que este assunto é pauta recorrente no blog que escrevo com uma amiga  www.discutindoarelacao.com.br). Por que será que as pessoas estranham tanto que um amor, simplesmente, acabe de repente, se é exatamente assim, de repente, que ele costuma começar?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 17:53
    Enviado por: Beija-flor

    Medíocre.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 18:00
    Enviado por: Marilu Teixeira

    Meus amores, infelizmente tudo tem prazo de validade inclusive relacionamentos.
    A felicidade é uma conquista individual , devemos batalhar por isso e se tivermos alguém para partilhar ótimo , se não tivermos….. seguiremos em frente mantendo nosso bom humor e fé na vida!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 18:22
    Enviado por: tetê

    lindo texto, delicado e verdadeiro.
    mas como sobreviver? como erguer a cabeça? como repensar a vida sem o outro? como se redescobrir?
    as perguntas acima eu me fiz durante muito tempo a cada desilusão. até que um belo dia decidi apenas viver um instante de cada vez e me divertir em todos. padecer de amor já sei como é e não gosto. se tiver alguém comigo, ótimo. se não tiver, paciência.
    por isso, decidi: sofrer, nunca mais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 18:47
    Enviado por: Claudia

    Isso é uma verdade difícil de aceitar. Joga-se um amor fora como se fosse coisa fácil de conseguir. Sinto o fim do amor como uma morte.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 19:07
    Enviado por: GUILHERME CIMINO

    Cês tão falando sério, mesmo?!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 19:28
    Enviado por: k

    O FELIPE TA SE SEPARANDO?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 19:35
    Enviado por: djalma rodrigues

    parabens, pelo ótimo e antológico texto. Parece que estou vivenciando alguns momentos do passado, que não quero repetir com minha atual companheira

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 19:40
    Enviado por: Claudia

    Guilherme, só uma coisa traduz o seu deboche: acho que você nunca amou.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 19:50
    Enviado por: Liza

    O luto pelo amor perdido é necessário, como outro luto qualquer. O tempo se encarrega de esclarecer, iluminar, guardar apenas os momentos bons, aprender com os maus. O difícil é quando o amor morre para um só. Mas como dizia o poeta “para isso somos feitos”… amar, desamar, cair e levantar, tentar novamente. Eu só gostaria de ter um pouquinho do seu dom para expressar tão bem um momento. Parabéns.
    Um abraço.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 19:50
    Enviado por: Teresa

    Fábio Betti, é exatamente isso que eu penso, sintetizou como eu não consegui!

    Guilherme, love is in the air sempre, quer nos faça felizes ou infelizes, ou só estejamos procurando.Por isso o alto índice de respostas. Acho que só um outro tópico poderia bater este em número de respostas: futebol! (vide o post do Daniel Piza). Só que aí difícilmente se teria a participação de ambos os sexos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 20:23
    Enviado por: Cristina feliz

    Para se perceber o amor é necessário haver romance, este nunca acaba. O “amor” sem ser romântico não é amor, torna-se apenas um sentimento passageiro, e este acaba.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 20:39
    Enviado por: marcy

    :-(
    bjs

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 21:28
    Enviado por: giovana canova

    por incrivel que possa parecer, hoje tive uma conversa com meu marido. perdi o encanto pelo casamento que dura 22 anos. a mudança de trabalho dele gerou mudanças em nossa vida pessoal tbm. meu amor por ele continua tão grande como sempre foi. mas ele está diferente. algo fugiu, escapou. há tempos não temos intimidades como antes. me parece qie ele está sempre se esforçando em agradar me. ele é muito gentil. mas não é mais o homem pelo qual sempre fui apaixonada. não sei se vc já vivenciou essa situaçao, mas que captou a essencia dese drama, isso captou. parabens pela sua sensibilidade. grande reportagem.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2008 - 23:49
    Enviado por: Marina

    Nunca li um texto tão claro em minha vida. Ele expressa a mais pura realidade, a mais implacavel verdade que a rotina, o dia a dia, o despreparo para a convivência de um casal faz. Vc. pode namorar anos a fio, mas, quando dividir tudo o tempo todo vai mostrar o que vc. é realmente capaz de ser. Uma triste verdade que destroi toda uma vida!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/09/2008 - 00:02
    Enviado por: René

    Isso q vc descreveu não é amor! Um erro de concepção brutal, caro blogueiro. Até entendo suas colocações mas só a luz (????) da Sociedade de Consumo pode-se aguentar as suas “constatações”. Melhor mesmo é ler o comentário da Ivone de Fortaleza sobre os pais (há 48 anos namorando). A vida desse casal e a minha também (sou bem casada há dezoito anos) prova q vc está ERRADO! Ter respeito ao outro e se determinar a enfrentar a aventura de viver juntos em novidade de vida é o diferencial de qualquer relação saudável. As pessoas, e vc tambem, confundem novidade de vida com novidade de parceiros, resultado: insatisfação! O amor é eterno na presença do Eterno sentimentos fugazes e passageiros q se acham em cada esquina não é amor. É prática do descartável própria do deus mercado! Por isso blogueiro quando vc se sentir vazio e desesperado (e deve ser muitas vezes) lembre-se q esse desepero só pode ser preeenchido por Deus – assim vc desiste de procurar entender as mulheres (o plural é seu) e vai buscar entender a si mesmo!!!!!

    Tchau, vou jantar com o meu marido na varanda da minha casa, enquanto nossos filhos dormem…..
    Fui

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/09/2008 - 00:36
    Enviado por: Rita Gonçalves de Almeida

    A situação que você descreve é triste. Talvez tenha tocado tanta gente porque é muito familiar… E o que é mais triste ainda, para mim, é constatar que vários amigos e amigas, por acomodação ou medo de dilapidar o patrimônio, seguem juntos como estranhos por anos…
    Belo texto, emocionante.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/09/2008 - 11:53
    Enviado por: GUILHERME CIMINO

    “Quem ama
    não sabe o que ama,
    por que ama
    e nem o que é amar.”
    (Pessoa)

    Ah, e obviamente o Amor não se resume apenas à relação homem-mulher (ou homem-homem, mulher-mulher), uma mãe ama seus filhos, a própria amizade é uma forma de amar, enfim,
    a discussão está simplória e previsível, bem como a tradicional bajulação ao Felipe.

    Agora, essa frase é muito importante, hein:
    “Amar é a melhor forma de ter
    e ter é a pior de amar.”
    (Proust)

    Amar já basta!

    Aliás, parece que todos estão ignorando a importância do Sexo!

    “Isso explica porque o sexo
    é assunto popular.”
    (Zé Ramalho)

    “Quem inventou o Amor,
    teve certamente inspirações musicais.”
    (Geraldo Azevedo)

    Teresa,
    então o Amor é como o Futebol,
    uma “caixinha de surpresas?!

    “Que pena que a Primavera não é só de flores!”
    (Grupo Fundo de Quintal)

    “Amar jurando
    nunca foi jurar amando,
    é por isso que eu juro
    que o Amor não dá seguro.”
    (Noel Rosa)

    “Amem!”
    (JC)

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/09/2008 - 12:49
    Enviado por: Teresa

    Por falar em amor, morreu o meu amor platônico de adolescência e até hoje, homem que sempre admirei muito, Paul Newman :-( (((

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/09/2008 - 15:25
    Enviado por: GUILHERME CIMINO

    O texto do Felipe parece ter causado um impacto só antes visto na estréia da Ópera “Tristão e Isolda”, de Wagner!
    A Giovana já pensa em largar tudo!
    A Marina nunca leu um texto tão claro na vida dela!
    Juro, não posso acreditar!

    Será que só eu estou sendo irônico?!

    “Quanto mais conheço o homem,
    mais eu gosto do meu cão.”
    (Ataulfo Alves)

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/09/2008 - 15:34
    Enviado por: Juliana

    Felipe,
    fico feliz que as pessoas se comovam quando o assunto é o amor.
    E mais ainda quando leio aqui tantos comentários sérios e maduros.
    No entanto, apesar de maravilhosamente bem escrito, fico muito triste que você esteja assinando este texto.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/09/2008 - 18:40
    Enviado por: Teresa

    Guilherme, não sou tão cética em relação ao amor.Ele existe e perdura, ele existe e termina lentamente ou rápidamente, ele vem devagar ou ele vem de repente.
    Coincidentemente ou não (peguei o filme ontem e não sei se subconscientemente foi de propósito), assisti agora um filme sobre um amor lindo, o amor que sobrevive ao Alzheimer: ” Away from her” da Sarah Polley com a excelente Julie Christie. Quem não gostaria de viver um amor desses? Eu quero!

    P.S. Desejo de coração que este texto não seja autobiográfico :-)

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/09/2008 - 22:49
    Enviado por: xoxoxoxoxo

    não consigo tirar essa história da cabeça. o encontro foi em agosto, né? mas isso não importa.
    o que importa é o que se sente.
    deixe o orgulho de lado e peça desculpas.
    pela manipulação, pelo egoísmo.
    por seus erros.
    ninguem tem razão. não é um jogo.
    quando, e se, os olhos se encherem de novo, reconhecendo aquele amor todo que esta ali, dai é uma questão de pegada.
    é o calor da pele, o arrepio, o cheiro que não se esquece nunca, o beijo.
    se é a paixão que nos une, é o amor que nos mantém unidos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/09/2008 - 23:52
    Enviado por: GUILHERME CIMINO

    Coincidentemente, também, estou há meses tentando assistir ao filme “Um Homem, Uma Mulher”, do bom Claude Lelouch.
    Ocorre que, lá pela meia hora de filme, tem uma cena de um carro de corrida dando voltas numa pista … e ele dá uma volta … e dá outra volta …
    Moral da história: acabamos sempre dormindo,
    EU e MEU AMOR!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/09/2008 - 14:16
    Enviado por: Paulinha

    Adorei o post, pra variar vc consegue descrever com tanta sensibilidade e delicadeza que é impossível não se identificar. Mas, realmente, o fim é natural. É melhor ver como ciclo e deixar ir com naturalidade, ainda sim dói, mas dói menos. A vida é uma viagem de trem, em algum momento o seu vizinho de assento ou vc desce na próxima estação. Ou não, não há como saber. Mas até isso, esse sofrer, faz a vida mais dinâmica. A dor passa e fortalece.

    Um grande beijo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/09/2008 - 11:12
    Enviado por: ed

    Felipe,

    Olhe o que Drummond diz num poema:

    O pimeiro amor psssou.
    O segundo amor passou.
    O terceiro amor pssou.
    Mas o coração continua.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/09/2008 - 14:36
    Enviado por: roberto

    Sabe Felipe , achei absolutamente correta a descrição do texto até este ponto. Acontece que depois , pelo menos para mim encontrei outros monstros muito maiores , o monstro da saudade , o da solidão e o maior deles o da intolerancia. Quem sabe este texto não terá uma continuação….

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/09/2008 - 17:32
    Enviado por: Curintiana mazomeno

    Parmerense! Concordo com você! Não vejo a hora de juntar os trapos para virar Amélia, mãe! Não tô de gozação. É sério! Não quero deixar de trabalhar, mas acho fundamental ser mãe e esposa nos moldes de antigamente. Vai ser bom levar menina na escola, fazer comidinha pro marido, deixar a casa limpa e perfumada. Trabalhar além lar também, que não sou de ferro, gosto de fazer outras coisas.

    Felipe, deixe-se ter esperança. O amor, se houver, não tem fim. As pessoas mudam! Graças a Deus! Já se imaginou um adulto maduro sendo marido de uma adolescente birrenta??? Eu, hein!?
    Adoro seus textos. Sempre leio, nunca comento.
    Celebre o crescimento, a maturidade. A única coisa que não pode faltar é respeito. Discussão é saudável, mas não pode partir para a baixaria.
    Permita-se amar-se. Permita que o outro se ame também. Se não houver amor próprio não haverá amor a doar ao próximo.

    Celebre a vida, querido! Desejo a você e aos humanos que, como eu, sofrem em algum momento da vida: discernimento, paciência e COLO!

    Beijo grande!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/09/2008 - 10:32
    Enviado por: Maria Pizzi

    Acho um tanto amargo o texto…está certo que as pessoas que temos hoje não são exatamente aquelas que conhecemos 20, 30 anos atrás, assim como também não somos as mesmas, crescemos, ou não, mas modificamos nossos valores, nossos pensamentos, inclusive nossas aparências, apesar de meu marido continuar dizendo que sou “lindissima”, sei ver bem uma foto com 22 anos menos, mas acho que o legal é isso, poder chegar lá na frente juntos, apesas das controvérsias que todo casal tem, porque isso de ser igualzinho me soa como anulação de um dos dois, acho que com o tempo vamos nos assemelhando, buscando coisas em comum, e é isso.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/09/2008 - 12:07
    Enviado por: paula

    Fe, apesar de estar um tanto atrasada pois não havia lido seu post antes….

    Depois de um tempo a gente percebe que este vazio é essencial! É início de um processo que pode ser bem bacana, cabe a nós ter sabedoria para encarar esta nova fase, refletindo sobre os nossos pontos fracos e dando “ouvidos” ao nosso coração.

    Sei que está super brega este papo mas os nossos sentimentos são bem assim, fazer o que??!!

    bjs, P.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/09/2008 - 12:34
    Enviado por: wander correa

    Nossa, é incrível ler este texto agora, é o resumo de toda uma vida.
    Bom saber q não sou o único.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/09/2008 - 14:53
    Enviado por: GUILHERME CIMINO

    “Quem ama,
    não tem que procurar saber a razão por que ama,
    a chama
    só deve arder e nada mais.
    A ave no espaço infinito
    não pergunta o que é voar,
    nem o azul mais bonito
    se pergunta: O que é a paz?
    As flores
    jamais vão procurar saber de onde vêm seus olores
    e as cores só querem mesmo é deslumbrar.”

    (Grupo Fundo de Quintal)

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/10/2008 - 00:28
    Enviado por: Márcio Santos

    Por que o amor acaba? Porque nós deixamos. Amor não é sentimento, é fazer, é tempo investido, é atenção dispensada.
    Os homens querem ser seduzidos a todo estate, as mulheres querem o romance eterno. O problema é que eles só existem continuamente no imaginário das pessoas.
    Amor é fazer, o fazer muda os sentimentos o não fazer também.
    Se as pessoas mudam ou não, o amor é sempre constante. Porém, ele é uma linha de ação que , as vezes deixamos de seguir, a perdemos e achamos que chegou ao fim.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/10/2008 - 20:16
    Enviado por: GUILHERME CIMINO

    Tá bom, chegou a hora de falar a verdade:
    O AMOR ACABA PORQUE ERRAR É HUMANO,
    ambos fazem um monte de besteiras durante a relação e…

    “…qualquer desatenção
    pode ser a GOTA D’ÁGUA.”
    (Chico Buarque)

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/10/2008 - 09:57
    Enviado por: marcus bastos

    amor romantico é invenção moderna.
    uma união boa é como uma empresa: ambos olham para o mesmo objetivo. se os interesses mudam, então a sociedade acaba, não há mais lucro. cada sócio vai para um lado e leva a experincia.
    do contrario, a empresa vira ‘serviço voluntário’, se mantem por caridade.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/10/2008 - 14:57
    Enviado por: GUILHERME CIMINO

    Marcus, repito,
    por essas e outras que em várias sociedades os nubentes (que termo ridículo!) apenas se conhecem dias antes da cerimônia. As famílias acertam o casamento e o Amor vem depois, surge durante a relação.
    Interessante!

    Mas o ocidental é muito metódico, qualquer costume diferente do dele é exótico, absurdo, primitivo.

    Quem, afinal, tem a cabeça fechada, atrasada?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/10/2008 - 11:22
    Enviado por: Solange Farias

    “Amor ,meu grande amor, só dure o tempo que mereça….”

    Sábias palavras, dura realidade!

    Essa música é bem antiga, mas sempre vai expressar, em resumo, o significado do amor… No começo, “meu bem”……… no fim, “meus bens”.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/10/2008 - 12:25
    Enviado por: Julia Robert

    Afff…e isso é coisa que você venha me falar….foi bem cruel com a sua “dura realidade”… Nesse momento eu to no meio da sala na maior guerra com aquele monstro que escapou de debaixo do tapete da sala…(porque não era um porão com cadeado?…hunf…)….to querendo acabar com ele e convence-lo (além de mim) de que o amor é pra sempre….que não pode acabar assim….que doi ficar longe de alguem com quem dividimos momentos mágicos, pedaços de uma história linda…cumplicidade….carinho….amizade…. bla bla bla…
    que mudando de companheiro, a gente só muda de problema; só muda de problema/de nome…qua a magia do amor está justamente em saber conviver com todas as diferenças…..e mesmo assim ser feliz…
    Mas o monstro veio armado….faz lutas marciais…tá dificl….o monstro está vencendo…só está dificil entregar os pontos…e que se dane….
    Vou me render ao seu texto…perfeito!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/10/2008 - 15:36
    Enviado por: Ju

    Muito triste… Prefiro acreditar que o amor existe e que um dia vou encontra-lo. E que se já o encontrei, ele vai durar pra sempre. Pelo menos prefiro acreditar assim HOJE. E se isso não for verdade eu vou perceber UM DIA…(e, meu Deus por favor, que esse dia nunca chegue)… :(

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/10/2008 - 15:57
    Enviado por: Vicky

    Triste… Mas não poderia ser assim…
    Não sou nenhuma fanatica por biblia ou religião, mas esta escrito em Apocalipse que no final dos tempos, o amor se esfriaria… Portanto, pode até ser que esse texto seja verdade. Será q o amor esfriou e estamos no fim dos nossos dias (aquecimento global, asteroides se aproximando da terra, guerras, ódio), ou será que o amor nunca existiu realmente? Poxa… É mto triste pensar assim…
    Prefiro achar que ele existe e ainda o tenho dentro de mim… E que se depender de mim ele não se esfriará nunca!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/11/2008 - 10:28
    Enviado por: Victoria Reuter 11 anos

    Não entendi nada.

    TCHAU

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/12/2008 - 22:36
    Enviado por: rosangela dasilva dos reis

    ola,

    estou escrevendo este bilhete para pedir uma simpatia para se separar do meu marido. Nós dois nao damos mais certo(Edson e Rosangela).

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/01/2009 - 17:55
    Enviado por: Felipe L.B.

    Um dia li ‘Metafísica do Amor’, de Arthur Schopenhauer, e comecei a entender porque essas coisas acontecem. Descobri o inevitável egoísmo humano sendo sobrepujado pela vontade da espécie.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/01/2009 - 00:36
    Enviado por: Roberto

    Meus amigos,
    Hoje é meu primeiro dia!
    Ontem minha ex-esposa disse-me, melhor que a gente se separe, não dá mais.
    Passamos 21 anos juntos e foram excelentes, até ontem…não, é bem verdade, já havia meses a relação se deteriorava. Eu não queria enxergar, mas ela, como sábia, como mulher sensível percebeu e me fez rapidamente ver que o fim do nosso relacionamento havia chegado.
    Tristeza, dor no peito, o que fazer daqui por diante…tudo isso tá martelando na minha cabeça. Hoje mesmo estamos em quartos diferentes, aproveitando que nossas filhas estão viajando…
    é uma real prova que já não dá mais pra sentir sequer o ronco noturno nosso de cada dia. Não dá mais pra admitir acordar com a cara amassada e dizer BOM DIA.
    Eu não sabia que era ssim, também pudera, é minha primeira vez.
    Eu a tenho com carinho, respeito e admiração.
    Ela também.
    Isso é que importa.
    Será uma reconstrução e seremos felizes ou continuaremos felizes.
    isso é o que importa.
    Ter a capacidade de se reinventar, de suportar a dor por um momento e sentir o prazer de poder ver o mundo de uma outra forma.
    Nada é eterno.
    Obrigado pela leitura do belo texto inicial e dos comentários.
    Me ajudaram muito.
    Grande abraços a vocês todos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/01/2009 - 15:09
    Enviado por: Rosemeri

    Estou casada a 20 anos e sinto um vazio imenso dentro do meu peito, me sinto subtraida de alguma coisa que nao sabia bem o que era, ou nao queria ver.
    Felipe, parabéns pelo texto
    Abs

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/02/2009 - 12:09
    Enviado por: lucy

    adorei o seu texto eu n tenho mt experiencia mas eu amei uma pessoa por 5anos pensei q poderia muda-lo na nossa convivencia mas niguem pode mudar niguem…Parabens pelo texto

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/03/2009 - 20:04
    Enviado por: Lucia

    Gostei muito do texto,fez minha vida passar diante dos meus olhos. ( Agora……ha tanta vida la fora, aqui dentro sempre como uma onda no mar.)

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/03/2009 - 12:17
    Enviado por: Fabiana

    Gostei muito do texto, infelizmente foi assim comigo…acabou como começou do nada…é um luto para os dois lados…acredito que ninguém casa para separar e não existe receita para acertar ! Agora depois de 06 meses acho que o conselho é adaptação ,a nova vida , novos encontros e desencontros a vida continua …
    Já consigo sorrir novamente …

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/03/2009 - 08:49
    Enviado por: Débora

    Depois de 11 naos de casamento resolvi terminar,eu gostava dele hoje não sinto nada….ele não aceita,mais quero ser feliz,será que temos que ficar num casamento só porque ooutro gosto?!!!bjs adorei o texto

    responder este comentário denunciar abuso

    • 20/02/2010 - 18:48
      Enviado por: f.h.machado

      nao é incrivel? como as pessoas se identificam com o texto? pessoas que depois de tanto tempo, após ler o texto do felipe, é como se uma luz iluminasse a propria mente, momentos de reflexao. ainda bem que nao estamos falando de uma ciencia exata. cada situação é uma situação. acredite, tudo pode acontecer. erros e acertos se completam.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 27/03/2009 - 16:19
    Enviado por: silvia leticia

    O amor acaba quando uma das partes não permite que seu companheiro tenha o direito de pensar, agir e falar por conta própria, isso é… que não tenha “vida”, que seja sempre a sua sombra, que esteja sempre pronto para satisfazer suas vontades, e que de preferência seja surdo, cego, e mudo também…O amor acaba quando uma das partes sai de casa às 6:30 da tarde numa sexta-feira e retorna às 4:00 da madrugada e diz que estava pescando, mas não trouxe peixes pque eram muito pequenos e que seu companheiro(a) esteja acordado(a) esperando com muito carinho e muito amor…
    Felipe!! acho que nunca li uma texto tão verdadeiro Parabéns! Cheguei a pensar que eu era a única pessoa que sabia disso!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/04/2009 - 23:54
    Enviado por: alvino frutuoso

    eu estou passando por isto e sei como e realmente triste

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/04/2009 - 22:57
    Enviado por: pris

    gostei do da seu ponto de vista, no momento só tenho em mim um vazio imenso, pela falta de AMOR e por meu casamento está chegando ao fim.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/04/2009 - 18:42
    Enviado por: borges

    Infelismente nau exiten palavras para descrever o sentimento que nos domina quando vc percebe que a pessoa q vc amou casou fez planos, descobriu seus mais profundos segredos… derrepente c transforma em uma estranha, alguen q vc jamais pensou q ejistia ali tao perto d vc, o q resta é o silencio o olhar ao longe o dia acabando anoite chegando fiiiimmmm…….

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/05/2009 - 08:48
    Enviado por: katia

    sao duras, mas objetivas as palavras…..casei tao apaixonada…..achei que viveria um conta de fadas…doce ilusao……hoje vivo com o monstro dentro da minha sala……e por mais que queira…..nao consigo terminar essa relaçao…sao 10 anos de convivencia no mesmo teto….no fundo acredito que vamos conseguir ser o que eramos a 14 anos atras…..rezo e persisto acreditando que meu amor nao acabou…mesmo sofrendo, ainda tenho fe, e e essa fe que me faz acreditar que um dia tudo vai melhorar……..

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/07/2009 - 22:46
    Enviado por: Monyke

    “A qualquer momento o amor acaba, e em qualquer lugar, o amor acaba”. De tanto amar profundamente, passam desapercebidos aqueles olhos distantes, ausentes, mudos…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/07/2009 - 00:40
    Enviado por: veronica ramos

    oi felipe tambem concordo com vc,acho sim que o amor acaba.O amor é como uma flor que precisa de cuidados,se vc descudar ela morre,mais muitas vezes somos criticados por nao amar mais e somos obrigados a viver de aparencias.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/07/2009 - 08:45
    Enviado por: NIBANIA

    O AMOR NÃO ACABA ASSIM DE UMA HORA PARA OUTRA. AS PESSOAS SÃO RESPONSÄVEIS PELA DESTRUIÇAO DESSE SENTIMENTO TÃO FORTE.
    NÃO SOMOS DE PEDRA , POR ISSO CHEGA UM MOMENTO QUE CANSAMOS. PARA MIM A TRAIÇAO É UM DOS FATORES QUE FAZ COM QUE ESSE SENTIMENTO MORRA.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/08/2009 - 15:08
    Enviado por: hsal

    o amor somente é eterno enquanto dura

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/09/2009 - 11:25
    Enviado por: Greg

    Só sei dizer uma coisa, AMAR É FACIL, O DIFICIL É ESQUECER. As lembraças sempre ficam, tanto pra um quanto para o outro, simplesmente as coisas não são como todos pensão que são.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/09/2009 - 10:08
    Enviado por: RITA DE CASSIA

    profundo esse texto,quem ainda não se sentiu assim???
    o pior é saber que ainda se amam, mas o fim é inevitável.
    É lamentável.

    parabéns,felipe vc é uma pessoa extremamente sensível…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/10/2009 - 02:51
    Enviado por: Juliana

    E, o amor…Sabe aquele dia que você acorda e percebe que a sua vida sem aquela pessoa seria simplesmte normal? Acho que é aí que a gente pode dizer com segurança: acabou.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/11/2009 - 17:27
    Enviado por: Monica

    O amor verdadeiro não acaba! O problema é que nós não fomos criados para amar!
    Pode alguém dar o que nunca recebeu?
    O que existe hoje são pessoas desestabilizadas emocionalementes, por conta de uma infância ruim, um relacionamento fracassado. Enfim pessoas que não foram preparadas para amar. Elas se apaixonam buscando algo que nunca tiveram e quando se decepcionam “esse amor” acaba? . O verdadeiro amor une duas pessoas como se fossem uma. é paciente, é sofredor, é benigno e nunca se esgota, se renova com as dificuldades. As pessoas não estão preparadas para isso!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/11/2009 - 15:29
    Enviado por: Ana Paula

    Ola Felipe, realmente, casamento tem que ser regado, o pior de tudo e que um deslize sequer deixa sequelas, e mágoa, comigo foi assim, descobri que ele conversava por celular com uma mulher, me disse que fazia apenas um mes, coloquei os dois frente a frente, quase nos separamos, ela pediu que nao contasse ao marido dela, oras, se nao tinha nada, porque não contar? contei, ele me agradeceu pela postura que tive de nao fazer escandalos, que eu o estava ajudando a tomar a decisão que era pra ter sido tomada a 8 anos, quando ela aprontou a mesma coisa com outro homem, conclusão, ele se mudou, ela foi junto, ficou eu, meu esposo e a mágoa comigo, nosso casamento tinha dialogos, tinhamos conversas boas, uma intimidade otima, nada que justificasse esse comportamento, alguma coisa deveria rolar nessas conversas, porque ele me disse que ela dizia que largaria tudo pra ficar com ele, o que duvido muito, largar um marido rido, fazendeiro, dono de nao sei quantas lojas, pra viver com assalariado de fim de mes.
    Isso me magoou muito… conversávamos sobre tudo, fantasias e tudo mais, não tinha precisão disso, se ele quizesse realizar o desejo dele, era so falar…
    Abraços

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/12/2009 - 22:52
    Enviado por: FRANCIELE

    ESTE TESTO É BEM FAMILIAR, MAIS NÃO É SÓ EM UM CASAMENTO DE ANOS Q ISSO ACONTECE, MUITAS VESES NOS APAIXONAMOS, PLANEJAMOS O FUTURO E QUANDO NOS DAMOS POR CONTA TUDO ACABA, É MUITO DIFICIL SUPERAR ISSU, PRINCIPALMENTE QUANDO AINDA EXISTE ALGUM SENTIMENTO, PELOMENOS DE UMA DAS PARTES.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/12/2009 - 20:01
    Enviado por: Bruna

    O texto é muito bom…
    infelizmente retrata a realidade de muitas histórias de amor… É aquilo, não é mesmo?? Que seja eterno enquanto dure, posto que é chama…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/01/2010 - 12:42
    Enviado por: Fátima

    O amor acaba…
    E é bom que termine antes que dê lugar à mágoa.
    Mas, normalmente deixa rancor.
    Tanta dor…
    Parabéns pelo escrito.
    Gostei… Muito!
    Parabéns!
    Fátima

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/01/2010 - 02:19
    Enviado por: liz

    Olá!
    Muito bom o texto!
    Há 15 anos atrás eu era apaixonada pelo meu marido e ele pela vida. Hj sou apaixonda pela vida e ele por mim!!!
    Um grande contraste da natureza!!!
    Bjs!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/02/2010 - 08:39
    Enviado por: flávia

    tô passando por isso pensei que era casada com um anjo sempre falava isso a 4 meses decobri que to casada com um mortal e pior desconfio de traição não peguei nada não fiquei sabendo de nada mas ele mudou muito e só me cobra não me retribui se perguntassem a 5 meses se o amor é eterno eu diria com um sorrisão simmmmmmm!agora to casada com um estranho,infeliz,esperando só o fim to aqui pela minha filha pq sofrimento pra ela não quero trazer nunca!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/03/2010 - 15:18
    Enviado por: Renato Santana

    Maravilhoso,
    Concordo que acaba sim, e que da um vazio no coração.
    Mas tb eh cruel e impiedoso.
    Falamos ou escrevemos coisas sem pensar.
    Como se fosse um tapa na cara.
    E tudo de um dia pro outro a vida toma um outro rumo
    Um rumo sem fim.
    Pq axo que naum reencontramos a esperança de amar ainda.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/03/2010 - 09:26
    Enviado por: aline

    bom para mim o amor so acaba com a indifernça q o outro ti trata com o passar do tempo vc ja nao s conhece e sa vezes chega s perguntar pq ainda ta vivendo esta cituaçao as x pelos filhos ou medo d algo q nao sabe

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/03/2010 - 09:26
    Enviado por: virginia bartolone miranda

    Ualll,gostei do monstro debaixo do tapete!!!É bem por aí mesmo,infelizmente!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/03/2010 - 03:51
    Enviado por: Rosana Alves Poleto

    Sabe Felipe, tenho 30 anos de casada, nunca imaginei que meu amor poderia acabar pelo meu marido, mas acabou sim! estou sofrendo horrores por ter descobrido isso! E me falta corajem de dizer isso a ele! o quanto vou magoá-lo! preciso tomar coragem e resolver isso! estou muito infeliz no meu casamento!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/03/2010 - 05:56
    Enviado por: Maiara Neves

    Postado 25/09/2008 e no entanto nunca este tão atual, me atrevo a dizer que se tivesse sido escrito a 30 anos atras ou 30 anos no futuro o texto se manteria jovem, pois os sentimentos se repetem e todos erram sabendo a resposta certa,
    Amei o texto bjus Maia

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/03/2010 - 01:26
    Enviado por: Márcia

    O segredo da felicidade, se resume em duas palavras…
    DEUS e FÉ !
    Qual amor é maior do que o de DEUS por nós?
    E FÉ sentimento não nos deixa desistir !!!
    Tenha FÉ em DEUS que o amor nunca acabará…
    Se tem duvidas, deixe nas mãos de quem pode realmente te ajudar!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/03/2010 - 14:57
    Enviado por: maria edla

    o bom do fundo do poço quando o amor acaba e que a tendencia e subi nao tem mais para aonde decer

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/04/2010 - 17:56
    Enviado por: lorenna

    nossa,o pior que tudu isso é verdade!
    pq tem ki ser assim?
    pq nao existe o “felizes para sempre “!?!?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/04/2010 - 14:00
    Enviado por: Adri- abby

    o .por mais que seja sofrido, o amor fica guardadinho ali. como uma caixinha de recordacoes que, de tempos em tempos, vc mexe e sente o coracao bater mais forte. depois que vc fecha a caixinha e guarda novamente, vc sabe que o tempo daquele amor acabou, mas ele continua la…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/07/2010 - 21:44
    Enviado por: carolina

    Nossa…Nunca imaginei que um homem poderia pensar assim, exatamente como eu…. Impressionante!! Apesar de ser um sentimento triste, fico um pouco consolada de nao ser a unica me sentindo assim…Como se vc estivesse triste, mas já nao porque ainda ama a pessoa,mas pq ela náo é mais quem vc amou, e aí, o que fica, é uma saudade incômoda daquela que foi embora…
    Parabéns pelo texto!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/07/2010 - 12:08
    Enviado por: Haroldo

    Um texto escrito em 2008, mas que é eterno, pois as pessoas são assim. Não sei, mas se eu tivesse lido coisas assim naquela época, talvez eu não tivesse deixado morrer o amor que minha mulher sentia por mim. Mas me serve bem agora, hora de partir para outra, recomeçar

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/07/2010 - 18:53
    Enviado por: elizabete maria da mota

    tudo isso e verdade estou passando por esta situacao eu sabia que estava acabando mas, nao queria acreditar. parece agora que vou morrer, mas, a vida continua. so otempo cura.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/08/2010 - 10:04
    Enviado por: Macheme duarte

    o amor na minha opinião não termina de um dia para outro. No lara a mulher é a mais paciente e o término de uma relação é o cúmulo da paciência. Só para citar um exemplo existem mulheres que chegam a contrair tromboze na tentativa de resgatar o amor perdido. O que eu vejo é que um homem quando consegue uma amante fora já não respeita a sua esposa o que é mau.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/08/2010 - 09:45
    Enviado por: lariany

    o amor na minha opinião não termina de um dia para outro. No lara a mulher é a mais paciente e o término de uma relação é o cúmulo da paciência. Só para citar um exemplo existem mulheres que chegam a contrair tromboze na tentativa de resgatar o amor perdido. O que eu vejo é que um homem quando consegue uma amante fora já não respeita a sua esposa o que é mau. beiijos tichal

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/08/2010 - 09:23
    Enviado por: josé

    oi! na verdade nao vou fazer um comentario gostaria de fazer uma pergunta.
    estou passando por uma crise no meu casamento, sabe como é hoje poderia dizer que sou um homem separado da maneira que estao as coisas, mas isso tudo aconteceu porque eu e minha esposa temos caracteres diferentes, pensamos diferente, e por 5 anos teimei em tentar fazela mudar, mas naum deu brigavamos mto, até que nos separamos, depois de tudo isso vi que ela é ainda mais importante pra mim do que eu pensava e por isso estou disposto a mudar, mas, ai quando tenho atitudes diferentes ela diz que estou sendo superficial, e nao consigo convencela que eu posso ser natural sendo assim (mudado) atè porque tambem vi que estava errado sendo como era antes, e nao estou incomodado de ser assim como estou sendo (mudado) estou até melhor porque assim nao brigo com a pessoa que amo. entao depois de tudo isso alguem pode me dizer se estou no caminho certo se isso pode dar certo e se posso reconquistala, por enquanto ainda moramos na mesma casa mas assim que der ela vai sair e eu nao queria isso, oque posso fazer????’ obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/10/2010 - 18:22
    Enviado por: Jucimara

    A mais dura verdade é que um dia…o amor acaba sim.O coração fica em ruínas,mas toda ruína sugere um transformação.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/10/2010 - 23:19
    Enviado por: Viviane

    Você esta de parabéns seu texto realmente descreve realmente oq ue acontece com a maioria dos casais, pra falar a verdade nem precisa de tanto tempo de casamento, p que essas coisas aconteçam, eu mesma estou passando por isso, eu amo meu marido, faço de tudo para agrada-lo e pra não deixar q as coisas caim na rotina, mas ele é totalmente indiferente, e isso dói muito, ele não me ama mais ja percebi, to sofrendo muito.
    Seu texto é otimo, boa noite

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/10/2010 - 16:59
    Enviado por: barbara

    eu tinha uma namoro de 6 meses , era a primeira namorada dele era tudo lindo no inicio, tudo mesmo .. a gente namorava pela distância quase todo fds ele vinha me ver mais eu nunca is ve-lo so quando meus pais liberavam mesmo , so que pra isso acontecer era muito dificil mesmo e isso por algum tempo imcomodava a ele , de eu nao poder ir ve-lo mais por algum tempo a gente foi levando essa situaçao , ele tbm aprontava bastante descobrir muitas coisas que nao me agradava sobre ele , perdoei ele por todas as vezes por que eu gosto muito dele , nisso a gente resolveu se encontrar pra conversa sobre a relaçao , que dums tempos tava ficando fria sem gosto nenhum isso da parte dele ;s , e a gente converso e ele me disse que tava enjoado da rotina dele vim me ver e eu nao poder todas as vezes ir pra lá , chorei mto sofri bastante .. até que conversei com meus pais e eles aceitaram pelo meu sofrimento , e eu ir ve-lo quando nao pudesse vim .. liguei pra ele e falei mais como mesmo dizem ” os bonzinhos sempre se ferram” , ele falo que estava confuso , pelos seus estudos e por varios problemas e que precisava de tempo para pensar sobre a relaçao , aceitei de coraçao apertado .. os dias foi passando , entrava no msn me dava agonia pois a gente nem se falava , parecia que a gente terminou mesmo pra valer .. não aguentei e liguei pra ele falei pra ele decidir o que quer e ele disse que não tava com cabeça mais pra namorar e que era melhor terminar , chorei muito e desliguei o telefone .. passando dias eu sempre falava no msn com ele pra gente voltar que a gente era feitos um pro outro e varias coisas e ele sempre dizia que nao tava com cabeça mais e que nao adiantava ele ficar comigo sem querer .. to levando isso da maior maneira possivel .. ele nem se quer conversa comigo mais , falei pra gente ser amigos pelo menos mais nada adiantou falar , ontem fui conversar com ele novamente no msn falando monte de coisas lindas pra ele e ele realemnte não sei o que aconteceu com ele falou que não sentia a mesma coisa por mim e não ia adiantar ele ficar comigo sem ter a mesma paixao que euar de mim mas sentia por ele e que eu fui a primeira namorada dele e que ia ser dificil dele arranjar outra igual e que ainda pode ate gostar de mim ainda mais que nao como era antes e que tbm um dia ele pode se arrepender e ser tarde demais e o risco que ele ira correr .. ele disse isso .. aceitei tive que aceitar e ingulir isso aliás mesmo levando esses sofrimentos todos eu insisto nesse amor , não sei o por que gosto muito dele .. eu tenho esperanças , quero muito voltar pra ele .. não sei o que eu faço gente ALGUEM ME AJUDA POR FAVOR EU PEÇO !

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/11/2010 - 00:43
    Enviado por: Aninha

    E minha história acho que é pior de todas, porque meu amor não acabou mas não posso estar com a pessoa que eu amo e tenho quase certeza que ele ´pode não me amar, mas gosta muito de mim;
    ambos querem ficar juntos e não podemos.
    Fiquei com ele durante 6 meses sempre quiz algo serio e ele nunca pediu, quando derrepente todos em minha cidade descobriu que tinha uma meina grávida dele, passou e ele pediu para namorar comigoo; Eu ia enfrentar meus pais e tudo pq ele é o homem que eu amo,mas descobrimos que tinha mais outra menina grávida dele;
    isso foi o fim da picada… eu também não sou besta a certos pontos;
    dei um basta na história, mas hoje sofro de amor por ele e ele por mim
    Mas ele já tem ate outra namorada…
    Pena que tudo passou e ele não soube me dar valor
    Tá vendoo ? as vezes não estamos com alguém que amamos,não pq o amor acabou e sim pq algo está atrapalhando seu caminho;
    Só desejo tudo de bom pra ele e muitoo dinheiro para sustentar seus dois filhoe e sua outra familia que ele à de construir… Que por sua vez quem sabe que não seja eu…
    Beijoos para todos

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/12/2010 - 08:37
    Enviado por: sueli sandoval

    Bom dia Felipe
    Acredito que fazemos muitas alusões sobre o amor, so sabe o que é o amor aquele
    que na vida pratica-o. Não há alguém no mundo capaz de preencher esse vazio humano, o qual antecede a busca pelo autoconhecimento.
    Beijos, Sueli

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/12/2010 - 19:35
    Enviado por: Rosana

    Olha li o texto tb
    sou casada a 31 anos e estou com 44 anos de idade
    meu marido sempre foi ausente
    criei meus filhos sem a presença dele
    depois de muitos anos de casada neste ano descobri que ele é um viciado em drogas
    tentei ajudar mas ele recai…recai…e assim vai esta me levando na converça
    as brigas são constantes ja mandei embora de casa so que ele não vai.
    não tem para onde ir e eu fico na duvida se eu ainda amo ele? ou se sinto é pena?
    ja disse a ele que quero virar meu ano de 2011 feliz e se ele não quer ser feliz ele que suma de vez é a pura realidade um dia o amor acaba sim por isto temos de viver nunca na mentira e sempre ser sinceros mesmo que sabe que vai doer não gosto de mentiras e acho que isto me levou a por fim no relacionamento de 31 anos

    responder este comentário denunciar abuso

    • 27/12/2010 - 18:42
      Enviado por: Fabiane

      Sou casada ha 6 anos,nem se compara…mais o meu marido é muito ausente,tenho 31anos,2filhos,ele tem 36anos,ele é alcólatra,qdo ñ está trabalhando está nas barracas,qdo chega em casa,começa as brigas,as ofenças,me humilha em palavras,palavras obcenas,me humilha na frente de quem for,sem a menor consideração,na frente do meu pai,da minha sogra,….tenho q tomar uma providência,pois ñ estou aguentando mais,meu alto estima está lá em baixo,tenho q tomar uma iniciativa…..

      responder este comentário denunciar abuso
  • 19/12/2010 - 00:20
    Enviado por: christina

    como disse o poeta “a vida é a arte do encontro, embora hajam tantos desencontros pela vida”. Começo, meio e fim. será que a vida é assim?… podemos amar deixar de amar e amar novamente a mesma pessoa? será???

    responder este comentário denunciar abuso

    • 19/12/2010 - 12:10
      Enviado por: Felipe Machado

      “Nāo se ama duas vezes a mesma mulher.” (Machado de Assis)

      responder este comentário denunciar abuso
    • 15/02/2011 - 15:12
      Enviado por: leo ramires

      o que tem que ser valorizado é o Amor e não os erros que todos nós cometemos, nosso instinto animal não tem nada a ver com o Amor, agora voltar, penso que os dois tem que ter noção disto, pode ser ruim a volta, como pode-se viver uma coisa que nunca viveram antes, compensa arriscar…

      responder este comentário denunciar abuso
  • 13/01/2011 - 04:21
    Enviado por: Raiane Dias

    Nossa Parabéns pelo lindo texto.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/01/2011 - 13:03
    Enviado por: Jackson

    Estou passando por isso…

    Muito real mesmo!

    Parabéns pelo texto!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/01/2011 - 13:59
    Enviado por: Anne

    Kraca!Ser humano dói,né?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/01/2011 - 01:04
    Enviado por: jakeline ferreira

    O amor akbou pra mim tbm..ficou só a paixaoq vem d vez em qdo mas emsmo assim é triste pq eu qro largar dele,sei q posso viver sem ele mas nao consigo,nao tem mais graça pra mim,estou sufocada ha mais d 2 anos ja oq eu posso fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/01/2011 - 03:38
    Enviado por: Claudia

    Felipe Machado

    “Nāo se ama duas vezes a mesma mulher.” (Machado de Assis)

    A verdade é que nunca deixou de amá-la.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/02/2011 - 12:10
    Enviado por: Gisele

    Oi Felipe Machado.
    Quero deixar aqui um pedaço da minha hitória,talvez não seja a mais bonita mas é a historia da minha vida!
    Esta semana estou completando 4 anos de casamento,e atravez deste casamento tenho um filho de três anos,que na verdade é a maior recompensa que eu tenho.
    Não sei infelizmente se o que tenho passado nos ultimos meses possa ser chamado de crise.Talvez seja apenas o amor que acabou,sinto tanto em dizer isso as vezes paro e fico pensando se isto que tenho sentido em meu coração seja o vazio que este amor ocupou todo este tempo!
    Ultimamente temos brigado constantemente,isso me deixa muito magoada,porque nos casamos e sinseramente eu planejava ser a mulher mais feliz e tenho certeza de que ele também teve em seus planos isso!
    Mas é isso estou perdida em sentimentos que se dividem entre amor,lembranças,medo de perder,e mágoas!
    Te peço Felipe conselhos ou se vc não poder me aconselhar me diga apenas oq vc pensa!
    Bjs

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/02/2011 - 22:44
    Enviado por: jean

    Gostei do tema, mas acrescentarei algumas pitadas disso e daquilo:

    Dizem que as mulheres se casam imaginando que vão mudar os homens; os homens se casam acreditando que as mulheres não vão mudar…
    EU DIRIA QUE: as mulheres se casam acreditando que vao mudar os homens, os homens por sua vez querem mudar de mulheres… mas isto nem é tao atual assim!!!
    A noçao de que o AMOR ACABA é para mim uma consequencia de algo mais concreto: O SERES HUMANOS SAO MUTANTES, ESTAO EM CONSTANTE MOVIMENTO, POR ISSO NAO RECONHECEMOS MAIS NOSSOS SENTIMENTOS NEM AQUELE(A) QUE EST A NOSSA FRENTE…..
    O AMOR ACABA?? sim, é uma consequencia disso….
    APROVEITE A D.L.C = DATA LIMITE DE CONSUMO… NAO DURA PRA SEMPRE,,, e É NATURAL, simplesmente natural…

    abraços a todos, SEUS MUTANTES……………..

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/02/2011 - 15:04
    Enviado por: leo ramires

    O Amor só acaba quando os erros se tornam maiores que o próprio Amor, errar machuca e muito, detonar com o Amor destrói, na natureza não existe nem pecado e nem perdão, acabar com o Amor é vontade de continuar errando, e achar que o melhor para vida é isto. Se o mundo está deste jeito, está na hora de cada um fazer sua parte. Viva o Amor!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/03/2011 - 17:35
    Enviado por: Gil

    É verdade, e o que sobra é um vazio intenso, nunca pensei que pudesse deixar de amar, pois amava mais do que tudo, não sei se serei capaz de sentir um amor tão intenso assim, só sei que o amor é como uma semente que precisamos plantar, adubar e cuidar pra que cresça e fique forte pra que suporte todas as tempestades, se não, tudo acaba, hoje sinto esse vazio, essa dor que não me matar mais também não me deixa viver e eu sei que procura em meus olhos esse amor misto de real com imaginário que não existe mais, sendo que só você destruiu, matou devagar pra que eu sentisse toda dor da perda.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/03/2011 - 21:10
    Enviado por: Keurí

    Gostei muito do seu texto, o difícil e quando você confia cegamente em uma pessoa e este sentimento não é recíproco…. O chão simplesmente abre debaixo dos seus pés.

    Um grande abraço !

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/03/2011 - 21:08
    Enviado por: Luciane

    O Amor não acaba… O que acaba é a paixão, o desejo, o prazer… O Amor é infinito, imortal…! O Amor se revela em divessas faces: amizade, companheirismo… Mas, para um relacionamento nos fazer felizes precisamos de diversos componentes e nem sempre o Amor é suficiente.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/03/2011 - 00:41
    Enviado por: Michele

    O mais interessante é que todos nós sabemos disso. O mais difícil é tomar a decisão antes que o sofrimento cause danos irreversíveis. Sei que meu casamento acabou já faz algum tempo. Não tomei a decisão antes por que meu filho ainda era muito pequeno. Não consigo decidir hoje por que meu filho está crescido e sofrendo…
    Falavras como estas me acordam e mesmo assim não consigo…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/03/2011 - 21:35
    Enviado por: Julianna

    Enfim…. O que mata o amor é simplesmente a tomada de consciência de que o outro não é o ser sonhado. É como acordar depois de um longo sono e lindos sonhos. O outro está ali, é a mesma pessoa, mas aquela neblina que dava a impressão de irrealidade já não mais existe. E isso não acontece da noite para o dia, como se costuma pensar.É algo que vem com os dias, os hábitos, as monotonias. Um percebe, o outro não. Um começa a se sentir angustiado e o outro continua acreditando ou finge que acredita. E quando a gota que faz transbordar o vaso chega é o mundo todo que desmorona. (Arnaldo Jabour)

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/03/2011 - 17:37
    Enviado por: fabiula

    diz:
    LEIA SOZINHO ? Diga para você mesmo o nome do único rapaz ou moça com quem você gostaria de estar (três vezes)? Pense em algo que queira realizar na próxima semana e repita para você mesmo (seis vezes). Se você tem um desejo, repita-o para você mesmo (Venha cá ANJO DE LUZ eu te INVOCO para que Desenterre RKRS de onde estiver ou com quem estiver e faça ele ME telefonar ainda hoje, Apaixonado e Arrependido, desenterre tudo que esta impedindo que RKRS venha para MIM , afaste todas aquelas que tem contribuído para o nosso afastamento e que ele RKRS não pense mais nas outras? mas somente em MIM. Que ele ME telefone e ME AME. Agradeço por este seu misterioso poder que sempre dá certo. Amém?). Publique esta simpatia por três vezes , basta copiar e colar por três vezes em in forum diferente esta simpatia abaixo e logo em 48hs você terá uma linda surpresa, beijos Ainda esta noite de madrugada o TEU amor dará conta de que TE ama, algo assim acontecerá entre 1 e 4 horas da manhã esteja preparada para o maior choque de sua vida! Se romper esta corrente terá má sorte no amor. Deus vai lhe abençoárá e sua vida não será mais a mesma LEIA SOZINHO porque no passado eu também não acreditava que ia dar certo, mas? funciona mesmo!!! Entrei neste site e fiz esta prece. Fiz para ver se ia dar certo e deu, assim que acabei meu amor ligou. A pessoa que eu copiei também não acreditava mas para ela também funcionou! AGORA VEREMOS

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/03/2011 - 01:21
    Enviado por: edmila aragão

    Isso tudo parece muito com o que vivo hoje.Sendo que, além da dor do vazio, tem uma dor gerada pela frustração de anos didicados a algo que nunca imaginamos ter um fim. Mas o fim existe! E agora só nos resta esquecer o passado pra poder viver o presente e esperar um novo futuro.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/04/2011 - 11:09
    Enviado por: ed

    Caro Felipe, nestew seu comentário, vc foi muito sábio de uma sencibilidade sem tamanho, estou exatamente neste momento, tudo veio ao chão derrepente, 18 anos se foram de minha linda vida, me vejo sem rumo, sem saber por onde começar novamente… è f….

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/04/2011 - 22:29
    Enviado por: marye

    triste isso, mas real, alguém disse que é culpa do modernismo das mulheres,que as Amélias não se separam…as Amélias são um resquício do passado onde casamento era uma obrigação escravatória e não amor.
    estou passando por isso, confesso que fiz de tudo para meu marido acordar antes que fosse tarde, tentei inúmeras vezes alertá-lo que amor precisa ser cuidado, mas não resolveu, e eu fui perdendo o interesse…16 anos juntos.
    amor nada mais é que admiração pelo outro: temos que fazer por onde merecer…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/04/2011 - 10:59
    Enviado por: Fernanda

    Realmente o amor acaba, acabou pra mim sou casada ha 6 anos e não sinto nada mas por ele quero ser livre e lapidar minha estrutura e recomeçar minha vida .

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/05/2011 - 16:51
    Enviado por: jane

    É o que acontece comigo no momento.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/05/2011 - 23:05
    Enviado por: venicia

    neste momento estou realmente sofrendo por uma pessoa
    q nunca diz eu gosto de vc nada
    hoje eli foi embora nao deu aminima pro meu amor
    eu amo muito mais nei sei oq fazer agora
    mais eu entrego na mao do senhor jesus cristo amem

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/05/2011 - 16:27
    Enviado por: victor loiveira

    eu estou neste momemto sofrendo por um pessoa que dizia me amar muito,hoje me disse que o amor acabou se enjoou de mim, argumentou que andavamos muitos colados, e achou melhor terminar tudo comigo: mas ainda faço de tudo pra voltar com ela:::::::

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/05/2011 - 16:31
    Enviado por: victor oliveira

    ainda amo muito ela sera que alguem poderia responder o meu comentario e me ajudar a acha uma solução, para te-lá de volta nos meus braços!!!
    se alguem poder me ajudar, desde ja obrigado:fui!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/05/2011 - 23:38
    Enviado por: samuel

    Concordo com o autor em genero, número e grau, amor acaba sim, mas faço uma pergunta, será que ele existe, pois algo tão bom como de se sentir não deveria acabar nunca. Tenho duvidade até da existencia do mesmo, seria uma capacidade que apenas alguns afortunados possuem ou seria mais uma dessas coisas inventadas, um mero boato. Questiono pois atualmente vivi duas situações semelhantes, após tempo juntos escutamos delas as famosas frases, “estou confusa,” “você nao me da segurança”, e tudo acaba, tudo que fora prometido deixa de ser, tudo que fora vivenciado deixa de existir, até o passado fica mais distante e a dor impera, o vazio enche e não entendemos mais nada…será que haveria algo a se entender, pois como vamos entender algo que não sabemos se realmente existe…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/05/2011 - 08:00
    Enviado por: bruna

    Nao cei do que estou sentindo nao posso falar que esqueci e que nao a mais amor to confusa mas e´pero sair dessa confusao queria saber o que realmente estou centindo mas algumas perguntas vivem cem resposta.o amor acaba mais acho que pra mulher e dificil esquecer oque marcou e que com um tempo vai ci apagando mais ate la vivemos sofrendo ate poder acreditar que nao existe so uma pessoa no mundo que possa nos faser feliz…O AMOR E ASSIM*;

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/05/2011 - 20:30
    Enviado por: KELLY

    ESTOU IMPRESSIONADA, QUE PRECISÃO DE PALAVRAS..É EXATAMENTE ASSIM QUE ESTOU VIVENDO AGORA…E QUE DESUMANA NATUREZA É ESSA QUE ME FAZ ACREDITAR EM SOLUÇÕES, EM RESGATE DE EMOÇÕES OU QUALQUER COISA ASSIM. MAS REALMENTE ACABOU, TÁ MAIS QUE NA HORA DE ENCARAR O MONSTRO QUE ESTÁ DEBAIXO DO TAPETE DA SALA…OBRIGADO! BJS

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/06/2011 - 19:56
    Enviado por: regina

    Olá, à todos que comentaram.
    Quero também deixar minha reflexão, sob o amor. O amor não acaba apenas com o casamento, pois muitas vezes eles nem chegam a acompanhar este momento que deveria ser mágico na vida destas duas pessoas, que aceitaraã se tornar únicas. Mais devemos pensar quais os motivos que levam a este sentimento tão puro acabar em nossos corações, será a monotonia, a rotina de trabalho e compromissos sem fim, a necessidade de liberdade e individualismo…se fossemos listar ao pé da letra teriamos que escrever um livro. Mas quando se tem interesse em amar e ser amado, nós mudamos o que ás vezes não é de acordo com o nosso amor, mas isto fica adormecido e reaparece cada vez esta pessoa te machuca, porque apesar do amor, as pessoas, sem querer se machucam e cabe a outra decidir se quer regar novamente este amor novamente ou deixar morrer.
    e acho que é neste momento que o amor seca e acho que até encontarmos outro alguém, mais o amor nunca será mais o mesmo em seu coração.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/06/2011 - 13:18
    Enviado por: Viviane

    Isso é muito, muito triste, não é justo.. mais é assim que acontece..
    Acabei de terminar um namoro de 4 anos, muito ruim, pois meu ex é um ótima pessoa, maravilhosa, mais brigávamos muito pois ele sempre arruma dívidas, não paga as contas direito, me deixa muito triste, sempre sem dinheiro, não é só por isso, mais isso ajudou o amor a acabar, ele foi se descuidando, engordando, ficando grudendo..
    É muito ruim isso, sinto muita saudades dele, mais se voltarmos não será a mesma coisa de antes, acabou aquele fogo, nem sexo estavámos mais fazendo, dormiamos juntos todos os dias, talvez seja por isso também, faltou medo de perder ele.
    Penso no começo do namoro, a gente morria de amor um pelo outro, era tão bom, eu era muito tolinha, ai ele me traía, começou a me fazer de idiota, foram quase 3 anos assim, terminamos, quando ele viu que eu não ia voltar atráz, ele mudou, dei uma chance pra ele no ano passado, ele mudou totalmente, arrumou trabalho, mais acabou o encanto por ele. Infelizmente, ele me ligou agora pouco chorando, muito ruim essa sensação. Gostaria de encontrar com ele futuramente, ficar com ele ter filhos, mais hoje não, ele precisa crescer e eu também.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/06/2011 - 15:32
    Enviado por: Cristina

    ESSE TEXTO DIZ TUDO O QUE ESTOU SENTINDO.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/06/2011 - 23:25
    Enviado por: marisete

    Felipe numa relacao ha duas pessoas uma delas amara de verdade a outra nao .mas o que e o amor apenas um sentimento? ou um conjunto de normas que nos fazem ser melhores para o outro demonstrar esse conjunto de coisas em pro do outro tem o nome de amor e so as pessoas altruistas entao amam. A biblia descreve o amor disendo: o amor e longaneme o amor nao pensa nos seus proprios iteresses o amor nao se gaba nao se enfuna nao se comporta indecentemente.Entao nos nossos dias estamos aptos para amar?quando alguem nao esta disposto a seguir tais normas o amor nada sera para ele ou nnguem sera algo na vida dele.Entao ele permanecera sempre o ser egoista que quer ser e nao mudara .A sua frase mais interresante para mim no seu texto diz que as mulheres semore acham que vao mudar os homens mas os homens acham que as mulheres nunca vao mudar .se nao estao dispostos a mudar e poque nao amam suas mulheres pois o amor nao pensa em seus proprios interreses entao nunca conheceram o amor e se as mulheres acabam mudando e poque aprenderam a se amar e a entender que o amor nao se comporta indecentementee quando isso acontece elas ja foram longanomes ou seja ja deram o tempo que se deveria ao amor. sempre podemos comecar novas relacoes com novas emocoes atracoes mas se nao pormos em pratica as normas do amor elas serao futeis e apenas mais uma ilusao do que e amor acredito que existem pessoas que nascem com a capacidade de amar e outras nao jesus amou demais e foi um exemplo para os maridos quando pediu que eles a amassem como ele amou a congregacao entregando-se por ela .mas hoje com o adulterio em alta isso fica mito dificil de acontecer .sinto que voce e muito sincero e isso e raro hoje parabens continue a refletir sobre a vida .

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/06/2011 - 18:46
    Enviado por: ena figueiredo

    o amor existe e nasceu completo,ja carregando o comeco e fim..um dia amamos e os outros dias enxergaremos as maiores idiotices que fizemos e ficamos com as duvidas..meu deus,por q fiz isso ou aquilo..amar e’ muito danger..melhor nao amar ou amar,ou sei la,fiquei tao doida com o pos-amor,que nem mais sei nada..

    responder este comentário denunciar abuso

Deixe um comentário:

Arquivos

Blogs do Estadão