ir para o conteúdo
 • 

Estadinho

(Aryane Cararo)

Passar as férias no shopping pode ser bem divertido. Em São Paulo, a maioria tem atividades até o fim de janeiro. Alguns, estendem as brincadeiras para o mês de fevereiro. Boa parte é ambientada em personagens, como a Barbie e os carrinhos Hot Wheels no São Bernardo Plaza Shopping, a Turma da Mônica no Butantã e no Bourbon, o Tarzan no Villa-Lobos, a Galinha Pintadinha no Granja Viana e a tartaruga Sammy no Tamboré. Em outros, há atividades de costura e pintura, como no Frei Caneca, e montagem de brinquedos, no JK Iguatemi.

O Estadinho foi conferir se as atrações eram realmente divertidas e visitou dois shoppings para conversar com quem estava lá. No São Bernardo Plaza, as atividades da Barbie deixavam as meninas maluquinhas. Por fora, já é muito legal: uma exposição com 65 bonecas Barbie Collectors.

 

 

Mas, por dentro, é demais: as garotas podem ser a própria Barbie! Elas escolhem as roupas da Barbie que estão nas araras e se vestem para uma foto no closet, que tem até perfume da boneca. Depois, seguem para uma mesa em que escolhem que roupas e acessórios vão vestir na Barbie. No fim, as bonecas desfilam e as meninas ganham até certificado de “estilistas”. É tudo muito legal. Mas tem duas coisas ruins: a espera (por senha) pode levar até 3 horas no fim de semana e tudo passa muito rápido, já que cada turma de garotas fica no espaço por apenas 15 minutos. Perguntei para as meninas se realmente vale a pena. E elas me disseram: “Sim!!!”

Já os meninos podiam se divertir ao lado, nos games e nas pistas de Hot Wheels. Tinha até competição: quem lançasse o carrinho com mais força e habilidade ganhava a corrida e tirava foto no pódio, como campeão. Se vocês ficaram animados com a ideia, é bom se apressar: a atividade fica no shopping só até o dia 25 de janeiro.

Também fomos ao Frei Caneca para ver as crianças costurando e personalizando suas próprias bolsas. Para quem acha que o Ateliê de Bolsas é atividade só de menina, está enganado. Muitos meninos passaram por lá para fazer bolsas e presentear as mães e as tias. A atividade acontece a cada 50 minutos e as monitoras ajudam com a costura. Mas, na hora de enfeitar a bolsa, todo mundo fica livre para colar o que quiser. Fica muito legal sair desfilando sua própria criação. Quem não quer, pode ficar na oficina de pintura ao lado. O ponto ruim é que só tem duas máquinas de costura e, por isso, é preciso esperar um tempinho para chegar sua vez. As atividades no Frei Caneca vão só até o dia 27 de janeiro.

Veja nas fotos abaixo o que conversamos com as crianças que estavam lá. E se você quiser saber o que acontece nos outros shoppings, continue a leitura mais abaixo.

 

Barbie Tudo Pode Acontecer! e Team Hot Wheels
São Bernardo Plaza Shopping (Av. Rotary, 624, São Bernardo do Campo). Diariamente, das 10h30 às 22h30. Até 25 de janeiro. Para crianças de 4 a 12 anos.

Ateliê de Bolsas e Oficina de Arte em Madeira
Shopping Frei Caneca (Rua Frei Caneca, 569, Cerqueira César). Diariamente, das 14 h às 20 h. Até 27 de janeiro. Para crianças de 4 a 12 anos.

Sammy – A Grande Fuga
Tem campeonato de badminton (jogo parecido com o tênis, em que se usam petecas e raquetes), tem preparação e decoração de cup cakes (monitores é que cuidam do forno elétrico), oficina para fazer marcador de livro com palito de sorvete e outra brincadeira para separar o lixo do mar numa piscina de bolinhas. Tem também games com tema aquático no Wii e uma gincana num navio cheio de passagens secretas.
Shopping Tamboré (Av. Piracema, 669, Tamboré, Barueri). De segunda a sábado, das 12 h às 20 h, e domingos e feriados das 14h às 20 h. Até 3 de fevereiro. Para crianças de 4 a 12 anos.

O Pequeno Tarzan

Ambientado na selva, as crianças poderão fazer arvorismo indoor, com escalada e tirolesa, pintura com a Jane e reproduzir o som de um elefante usando instrumentos musicais. Tem ainda cineminha, jogos de Wii e brinquedoteca.
Shopping Villa-Lobos (Av. das Nações Unidas, 4.777, Alto de Pinheiros). De segunda a sábado, das 10 h às 22 h; e aos domingos e feriados, das 14 h às 20 h. Até 17 de fevereiro. Para crianças de 3 a 12 anos.

Fábulas com a Turma da Mônica
Tem seis áreas temáticas relacionadas a histórias clássicas como João e Maria. Mas tudo com a Turma da Mônica! Tem a Doce Casinha da bruxa da história de João e Maria, o Labirinto-Floresta que leva até a casa da Vovó da Chapeuzinho Vermelho, teatrinho de fantoche da turma e as crianças ainda podem se vestir como personagens dos contos de fadas.
Shopping Butantã (Av. Francisco Morato, 2.718). Das 14 h às 20 h. Até 17 de fevereiro. Para crianças de 4 a 12 anos.

Click Oficinas
Daniel Warren, do Click do canal Gloob, estará no Shopping Vila Olímpia com atividades semelhantes àquelas que ele apresenta na tevê. As crianças poderão montar Chapéu Feliz, Girocóptero, Cartão Boca e Peteca (as oficinas duram de 30 a 60 minutos)
Shopping Vila Olímpia (Rua Olimpíadas, 360, Vila Olímpia). Das 14 h às 19h30 (Daniel participará das oficinas nos dias 26 e 27 de janeiro e 2 e 3 de fevereiro). Até 3 de fevereiro. Para crianças de 2 a 12 anos

Eco-Alegria com a Turma da Mônica
São seis atrações apresentadas pela turma com temática de conscientização ambiental. Tem luta para salvar o planeta e combater o Capitão Feio no Jogando contra a sujeira, tem o Despoluidor, uma invenção do Franjinha para despoluir os rios usando braços mecânicos, o Animais em perigo, o Bola ao cesto reciclável e uma atividade muito legal: o Força no pedal, em que a criança pedala para acender uma lâmpada ou ligar um notebook.
Bourbon Shopping (Rua Turiaçu, 2.100, Pompeia). De domingo a sexta, das 14 h às 20 h e, aos sábados, das 10 h às 20 h. Até 27 de janeiro. Para crianças de 4 a 12 anos.

Arte com CFK – Creativity for Kids
Em três espaços da Faber-Castell no JK Iguatemi, as crianças vão poder decorar e levar para casa peças dos brinquedos Minijogo de chá e Panelinhas gourmet, pintar seu próprio toy art inflável ou simplesmente pintar e desenhar à vontade.
JK Iguatemi (Av. Presidente Juscelino Kubitschek, 2.041 – 3º piso). Sábado e domingo, das 14 às 20 horas. Até 27 de janeiro. Para crianças a partir de 2 anos.

 

 

 

 

sem comentários | comente

  • A + A -

mobile.JPG

Vamos encher o Circuito Estadinho e a sua casa de cor? Então vá amanhã (dia 23) na Livraria Cultura do Shopping Villa-Lobos para uma oficina de móbiles com as meninas do ateliê Sucatinha de Luxo. Cada criança ganhará um pingente de papel machê e deverá fazer o fio do móbile com miçangas. Depois, é só levar para casa e arranjar um bom lugar para pendurar.

Circuito Estadinho: sábado (23/6), às 15 horas, na Livraria Cultura do Shopping Villa-Lobos (Av. Nações Unidas, 4.777, Alto de Pinheiros).

sem comentários | comente

  • A + A -
20.abril.2012 17:20:48

Circuito maluco

mad4_pronta.jpg

Vapor, água e gelo. Você sabia que eles são a mesma coisa? É que tudo é água, só varia sua forma física. Em temperatura ambiente, a água é líquida. Se a esquentarmos, evapora (fica em estado gasoso). E se a resfriarmos muito, ela fica sólida.

Os cientistas malucos da Mad Science vão explicar isso, mas de forma muito divertida! Vocês acreditam que eles vão congelar a água só com um sopro de gelo seco? E soltar bolhas de sabão recheadas de fumaça? Se não acredita, vá conferir no Circuito Estadinho deste sábado (dia 21). Será na Livraria Cultura do Bourbon Shopping, às 15 horas.

Circuito Estadinho: Oficina de sólido, líquido e gasoso com Mad Science, na Cultura do Bourbon Shopping (Rua Turiaçu, 2.100, Perdizes), às 15 h. Grátis!

sem comentários | comente

  • A + A -
03.fevereiro.2012 18:24:04

Folia de gigantes

bonec__es.jpg

Bonecões de São Luiz do Paraitinga que vão estar no MIS

 

A folia de Carnaval começa só no dia 18. Mas para as crianças a diversão começa muito antes. Neste domingo (dia 5), os bonecões de São Luiz do Paraitinga vão ocupar o Museu da Imagem e do Som (MIS) e fazer a festa! A tradicional Maratona Infantil do MIS, será toda voltada para pular carnaval ao som de marchinhas dos blocos Juca Teles e Espanta Vaca.

Ninguém vai ficar parado. Mesmo quem prefere ficar quietinho vai gostar do resto da programação, que tem até explicação sobre como são confeccionados os cabeções dos bonecos. Quem explica é o artista Benito Campos, às 14 h.

Gigantes.jpg

Elefante inflável do espetáculo Gigantes de Ar, da Pia Fraus

 

E não é só. Outros gigantes vão passar por lá: são os personagens do espetáculo Gigantes de Ar, da Pia Fraus. São animais de circo infláveis (girafas, elefante, leões e cangurus) que vão se apresentar com palhaços e trapezistas, às 16 h. E tem ainda contação de histórias com a Cia. Truks. Está imperdível!

A festa começa às 10 h e só acaba às 17 h. Reserve  bastante pique, para não ficar parado! Veja a programação:

 

10 h às 16 h – Bonecões de São Luiz do Paraitinga, com Maria Angú, João Paulino e Vaca Beuda da Pelna Abéuta (área externa).
10 h às 17 h – Intervenções circenses, com o Palhaço Lelé.
10 h às 11 h, 13 h às 14 h e 15 h às 16 h – Oficina “Cartazes para o Mundo”, com a equipe do MIS (Sala Educativo)
11 h às 12 h e 14 h às 15 h – Contação de histórias “Divertistórias”, com a Cia Truks (Espaço Web)
12 h às 13h45 e das 14 h às 15h45 - Oficina “Pequenos brincantes da cultura popular – dança, percussão e adereços” (Sala de Interfaces)
14 h às 16 h – Demonstração do processo de confecção dos cabeções dos bonecos de São Luiz do Paraitinga, com o bonequeiro Benito Campos (no Foyer Auditório LABMIS)
16 h às 17 h – Espetáculo Gigantes de Ar, com Pia Fraus (área externa)

Museu da Imagem e do Som – MIS: Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo, (11) 2117 4777. Grátis.

sem comentários | comente

  • A + A -
11.setembro.2011 09:00:16

Fantoche de palito

 

Sass___EStadinho_005.jpg

 Sábado (dia 10) foi dia de colocar a mão na massa no Circuito Estadinho, na Livraria Cultura do Shopping Market Place.

Sabe aquele pote de iogurte vazio? O palito de sorvete? E as canetinhas que você usa para colorir? O Professor Sassá foi lá ensinar a juntar isso tudo e fazer um fantoche de cachorro super bacana. Foi bem fácil de fazer e a criançada não pensou duas vezes antes de sentar no chão e soltar a criatividade. Teve quem fez o focinho cheio de pintinhas, quem fez as orelhinhas bem dobradas e quem desenhou um sorrisão. Resumindo: todo mundo se divertiu!

Sass___2___materiais___pronta.JPG

Os materiais para fazer o fantoche eram bem simples: pote de iogurte, palito de sorvete, durex, cartolina, canetinhas e tesoura. Como o Circuito Estadinho dessa vez estava cheio de meninas, as tesouras rosas fizeram o maior sucesso!  

Sass___1___juntos___pronta.jpg

E olha lá a criançada começando a atividade. Era hora de pegar os materiais.

Sassá 3 - família - pronta_1.JPG

A Maria Luiza Monteiro tem só 3 anos e já foi curtir a oficina. Levou o papai Fábio e a mamãe Eliane. Um pouco tímida no começo, preferiu ficar só observando o movimento enquanto o pai fazia o fantoche e ainda carregava a mochilinha rosa que ela levou…

Sass___5___irm__os___pronta.JPG

Esse é o Matheus Luige Osherode 6 anos, mostrando seu fantoche quase pronto. Ele foi com a sua irmã mais nova, a Rebeca, que tem só 1 ano. Matheus contou que adora construir coisas e garantiu que o avião que ele fez em casa usando pecinhas coloridas ficou o máximo! 

Sass___4___japinhas___pronta.JPG

E o prêmio de criança mais animada da oficina vai paraaaaaa….a Giovana Emi Deguchi Capeletti! A Gi, de 7 anos, chegou cedinho lá na Livraria Cultura e não via a hora de brincar. Foi só anunciar que a atividade iria começar que ela saiu correndo e fez questão de pegar o melhor lugar para sentar. Esse com ela na foto é o Rafael Emi Deguchi Capeletti, seu irmão de 3 anos que também entrou na festa.

Sass___6___Maria_Luiza_sozinha___pronta.JPG

E olha lá quem se animou. A Maria Luiza foi até pedir ajuda para o Professor Sassá.

Sass___7___Stella___pronta.JPG

Não falei que tinha focinho cheio de pintinhas? Olha o fantoche da Stella Silveira Joaquim. Ela tem só 4 anos e fez toda a atividade sozinha. A mãe dela contou que a Stella “parece que já nasceu com papel e tesoura na mão”, de tanto que ela gosta de fazer atividades manuais.

 E foi assim a oficina do Professor Sassá, cheia de diversão e criatividade. E você? Quer fazer o seu fantoche de cachorro? É só colar o pote de iogurte vazio no palito de sorvete e daí… Hm, pensando bem, acompanhe o próximo Estadinho impresso. Nós vamos explicar lá.

Gostou? Sábado que vem (dia 17) tem mais Circuito Estadinho. A  ilustradora Laura Teixeira, autora do livro Número de Circo, vai estar na Livraria Cultura do Bourbon Shopping às 15h. O que será que ela está preparando de bom?

sem comentários | comente

  • A + A -
19.agosto.2011 08:00:33

Cole o rosto

 

mariana.jpg

Usar as linhas para fazer desenhos como os que estão nesta página é até fácil. Difícil é criar nariz, boca, olhos sem usar lápis, caneta ou canetinha. Difícil? Que nada! É uma delícia. Quer experimentar?

 

Vá amanhã (dia 20) para o Circuito Estadinho tentar fazer um personagem usando só colagem. A ilustradora Mariana Zanetti vai dar a cada participante um rosto vazio e vários materiais para colar: etiqueta, papel rasgado… A ideia é que cada um crie uma cara para seu personagem. A oficina “Nariz, boca, olhos…” vai ser na Livraria Cultura do Shopping Villa-Lobos, às 15 horas.

Circuito Estadinho: Oficina de artes na Livraria Cultura do Shopping Villa-Lobos (Av. das Nações Unidas, 4.777, Alto de Pinheiros). Sábado (dia 20), às 15 horas. Grátis.

sem comentários | comente

  • A + A -
18.agosto.2011 19:11:02

Todo mundo pode ser um desenho

laura1.jpg 

A gente adora desenhos e imagina que você também goste muito. Mas já imaginou ser o próprio desenho? A ideia não é muito divertida? ”Eu Posso Ser um Desenho” é o tema de um curso muito legal que a ilustradora e designer Laura Teixeira dá no Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo, a partir de segunda-feira (dia 22).

Primeiro, as crianças vão construir objetos tridimensionais com vários tipos de materiais e técnicas. Durante as oficinas, vão aprender sobre a linha, a luz, as cores, as escalas… Então, cada uma começa a usar o próprio corpo para desenhar. Não entendeu direito? Então leia a entrevista da Laura aí embaixo. Ah, o curso é para crianças de 8 a 12 anos e dura quatro meses, com aulas sempre às segundas-feiras das 14 h às 17 h (custa R$ 200 por mês). 

laura2.jpg

 

Laura, que ideia é essa de “Eu posso ser um desenho”?
É assim: através da construção de máscaras, chapéus, luvas, etc, cada um poderá desenhar livremente, com diversos materiais, usando o próprio corpo como suporte (e não o papel). A proposta é que cada um mergulhe no mundo da fantasia de seus desenhos, como se pudesse se transformar neles e, assim, brincar usando esse outro ponto de vista. 

Como começa essa “brincadeira”?
Eu começo fazendo algumas perguntas para o grupo, como por exemplo: Como seria o meu rosto se tivesse um nariz verde brilhante? E se minhas mãos fossem gigantes? E se tivesse pés em vez de mãos? Já pensaram em ter olhos atrás da cabeça? E se minha cabeça tivesse a forma de um cubo? Se meus braços fossem mais compridos que as minhas pernas, como será que eu faria para andar por aí sem arrastá-las no chão? E assim por diante…  

Se você realmente fosse um desenho, como seria?
É mais fácil responder essa pergunta desenhando… mas vou tentar! Se eu pudesse me transformar num desenho, eu queria que meu rosto fosse prateado, com brilhos dourados em algumas partes e bochechas vermelhinhas em degradê. Queria um cabelo bem comprido que parecesse um líquido (talvez feito com papel celofane)… Hmmm, que mais? Queria ter uma roupa escura, mas cheia de escamas transparentes e brilhantes. Pés e mãos feitos de nuvens branquinhas…Será que eles me fariam flutuar? Também usaria um par de chinelos de dedos. Acho que estou sentindo falta de mais cores… Talvez desenhasse umas formas vermelhas pelos braços. Será? Teria que testar isso. E colocaria um dragão lilás e dourado na cabeça, como se fosse um chapéu em forma de bicho. 

Instituto Tomie Ohtake: Av. Faria Lima, 201, Pinheiros, São Paulo, (11) 2245-1937. 

sem comentários | comente

  • A + A -

 lollo.jpg

Os números são, antes de mais nada, formas. E com formas você já sabe bem o que dá para fazer: desenhos! Pois foi exatamente isso que o ilustrador José Carlos Lollo fez aí em cima. E é o que ele vai ensinar a fazer neste sábado (dia 18) no Circuito Estadinho: desenhar com números.

Para quem já aprendeu um pouco de matemática, vai ser divertido procurar um desenho escondido em cada símbolo numérico. Sempre há um bicho ou objeto a ser achado!

“O número 4, por exemplo, pode ser uma pessoa cruzando as pernas ou pedalando. Já o 2 parece um peixe”, diz Lollo. “Esse é um jeito de achar a matemática mais gostosa. Quando eu era pequeno, olhava para os números e só via desenhos”, conta. Quer tentar também? Então, apareça na Cultura do Bourbon Shopping.

Circuito Estadinho: Sábado, dia 18/6, às 15 horas. Livraria Cultura do Bourbon Shopping. Rua Turiaçu, 2.100, Pompeia. Grátis.

1 Comentário | comente

  • A + A -
17.abril.2011 20:06:35

Sou fã assim

canon_1162.jpg

Foi assim, descontraídas, que as crianças do último Circuito Estadinho (que aconteceu no sábado, dia 16), criaram um personagem para chamar de ídolo. Primeiro, a artista plástrica Guga Szabzon reuniu os participantes em roda para discutir como seria esse personagem. Todo mundo teve de pensar em um nome, um roupa, um jeito de se comunicar. Depois, os participantes ainda imaginaram onde essa pessoa viveria e se poderia ter algum poder especial.

canon_1166.jpg

Feito isso, foi um tal de escolher papel colorido, canetinhas e fitas adesivas para montar um grande cartaz, como os pôsteres que vemos por aí em shows e peças de teatro.

canon_1182.jpg

Fada Chaib, de 7 anos, não sabia se desenhava ou escrevia. Até que falou: “Posso fazer os dois”. Assim, começou seu cartaz. O próximo passo foi decidir que nome o pôster teria. Mas ela ficou indecisa e acabou levando essa tarefa para casa.

canon_1200.jpg

canon_1193.jpg

canon_1215.jpg

Amanda, logo de cara, disse que iria fazer o Justin Bieber. Mas quando a atividade começou, ela mudou de ideia. “Vou fazer a Dami Lovato porque adoro o estilo dela”.

canon_1202.jpg

Vito Novelli começou desenhando monstros e chamou seu personagem principal de Homem Derretidor Superador de Vida. Ele não quis contar que poderes teria, mas parece que o resultado foi bom!

canon_1220.jpg

Letícia Hayashi Cardoso, de 8 anos, fez um cartaz lindo. E ainda inventou a maior história para sua obra de arte. Além de criar um ídolo, ela ganhou uma fã: eu! Mas também, olha só a história que ela me contou… “Desenhei duas bailarinas, a Alice e a Clara. Elas foram parar num reino muito longe onde a grama era colorida. Quando pisavam no gramado, dançavam muito bem. Mas elas nem sabiam que, na verdade, não eram seus pés, mas a grama mágica que fazia com que isso acontecesse. O rei e a rainha daquele mundo disseram que elas só voltariam para a vida normal se dançassem assim em cima da pedra vermelha, antes do sol ir embora. Quando isso aconteceu, uma borboleta dourada apareceu. E elas ficaram famosas naquele reino”.

canon_1210.jpg

Júlia Ikeda Moutinho, de 4 anos, quase desistiu do Circuito, pois falou ali, bem no meio, que tinha ido à livraria para comprar um DVD. Sorte nossa que não tinha o DVD e ela voltou correndo para a oficina. Assim, acabou participando e criando este lindo cartaz da foto. “É a Super Júlia, que voou, encontrou o céu e uma joaninha”.

canon_1223.jpg

Outra contadora de histórias é a Helena Revoredo Rodrigues Teixeira, de 8 anos. Ela estava um pouco tímida no dia, mas fez um cartaz maravilhoso. E que poderes aquela fada-princesa-sereia tem? “Ela voa e nada! Você conhece alguém que faz as duas coisas?” Bem, como eu não conheço, resolvi continuar aprendendo com as crianças sobre os poderes especiais que um ídolo pode ter.

canon_1218.jpg

E conheci a Super Inteligente! Uma figura feita por Evelyn Rodrigues, de 9 anos. “Ela é gigante e mora numa cidade muito pequena para ela, onde as outras pessas são minúsculas”. Será que Evelyn se inspirou na história As Viagens de Gulliver, que tinha uma pequena cidade chamada Lilliput? “Sim, pensei na história do homem gigante”, ela dissse.

canon_1233.jpg

Olha só como ficou a Demi Lovato da Amanda. “Sou fã dela e dos Jonas Brothers também. O estilo da Demi é lindo! Ela usa saia com meia e bota”, disse a fã da cantora.

 

comentários (3) | comente

  • A + A -

super_reto_man.jpg

Como um ídolo é criado? Como seria se você pudesse inventar uma pessoa de muito sucesso? Vai ser com essas perguntas que a artista plástica Guga Szabzon quer iniciar o Circuito Estadinho de hoje (dia 16), que acontece às

15 horas na Livraria Cultura do Shopping Villa-Lobos. “Vou dar exemplos de personagens que foram inventados por alguém e que hoje são estampados em camisetas, bonés e canecas.”

Em roda, Guga vai propor que os participantes pensem em um personagem que poderia ser um ídolo. Todos terão de imaginar sua roupa, o nome, a idade, o que teria em volta dele para chamar a atenção e um superpoder. Tudo será desenhado em forma de cartaz. “É a sua vez de mostrar para o mundo como você criaria a imagem de um novo astro”.

Circuito Estadinho. Livraria Cultura do Shopping Villa-Lobos (Av. das Nações Unidas, 4.777, Alto de Pinheiros). Grátis, às 15 horas.

1 Comentário | comente

  • A + A -
  • Galeria Estadinho

Comentários recentes

  • olivio jekupe: hoje em dia os autores indígenas estão cada vez mais publicando seus trabalhos, aqui na nossa aldeia...
  • kellynha: adorei só algumas que é meio sem sentido !!!
  • loana de campos: Adorei a sua ideia, vou tentar fazer
  • Liane: Olha, isso da própria criança gerenciar sua leitura é bem interessante, assim como vários outros aspectos...
  • giovanna: nãão , gosteei muito ;[[

Enquete

Desculpe, não há enquetes disponíveis no momento.

Arquivo

Blogs do Estadão