ir para o conteúdo
 • 

Estadinho

31.janeiro.2012 23:08:23

Aventuras de Moranguinho

 

 Moranguinho_Com_Muito_Brilho.jpg´

A Moranguinho é uma das personagens mais queridas das meninas. No DVD Moranguinho com Muito Brilho (Logon, R$ 19,90), você descobre algumas histórias dela com sua turma. São 5 episódios: Abrindo o Jogo, O Sumiço de Amora Linda, Corrida Tutti-Frutti, O Perfume Especial e Concurso de Dança. E todos com algumas coisinhas em comum: esmaltes incríveis, cabelos produzidos e, de vez em quando, uma briguinha. Mas amiga que é amiga sempre acaba se entendendo não é?

sem comentários | comente

  • A + A -
30.janeiro.2012 19:40:06

Bob Esponja abaixo de zero

bob_2.jpg

Bob Esponja está em uma aventura “radical” no DVD A Grande Corrida de Trenós (Paramount, R$ 24,90). No episódio Confronto Congelado, ele, Patrick, Lula Molusco, Sr. Siriguejo e outros moradores da Fenda do Bikini vão disputar uma corrida de trenós para o Polo Sul. O ganhador leva 1 milhão de dólares. Mas vários acidentes acontecem, tirando os personagens da competição. Só que Bob Esponja não vai deixar ninguém no frio e dá carona para todos eles (quem não gosta nada disso é Gary, que está puxando o trenó). Quando tudo parece correr bem, aparece o Abominável Molusco das Neves e ameaça todos os competidores. Enquanto isso, Plâncton tenta roubar a fórmula do hambúrguer de siri. Qual será o final dessa história?

Você descobre neste DVD: são sete episódios e um extra exclusivo. Você sabia que Plâncton tem medo de baleias? Isso está no episódio Refeição Grosseira. E tem mais: Gary se apaixona por uma caracol chamada Mary (e quase apanha por isso!), Sandy vai participar de um rodeio no Texas, Plâncton se disfarça de vovó em mais um de seus planos mirabolante…

 

sem comentários | comente

  • A + A -
28.janeiro.2012 07:00:55

O que está acontecendo?

01capa.jpg

(Por Aryane Cararo e Natália Mazzoni)

Se você tem prestado atenção nas notícias dos jornais, deve estar se perguntando: o mundo está ficando maluco ou coisa parecida? É chuva demais, enchente, alagamento, deslizamento de terra, tornado, erupção de vulcão, terremoto, seca e até tsunami. Parece até que o planeta Terra está dando sinais de revolta! Será que alguém pode explicar porque tudo isso acontece? Será que esses fenômenos estão ficando mais comuns ou só estamos prestando mais atenção neles?

O Estadinho de hoje (dia 28) vem com boa parte dessas respostas. Sabe o que a gente descobriu? Que esses eventos todos acontecem desde que o mundo é mundo, mas a ação do homem, interferindo na natureza, tem ajudado a aumentar a intensidade e a frequência de alguns deles. Quer saber mais? Leia o Estadinho de hoje, clicando nas páginas abaixo, e depois continue por aqui, que há muito mais explicações.

Página 1

Página 2

Página 3

Página 4

 

SAIBA MAIS SOBRE:

Enchente

1) A enchente não é uma coisa necessariamente ruim, sabia? Em alguns casos, ela até beneficia a agricultura, como acontece nas cheias do Rio Nilo, no Egito. Quando o rio extravasa, seus sedimentos acabam sendo depositados em grande área do solo, aumentando sua fertilidade.
2) Calçadas, ruas de asfalto, prédios, casas: todos eles impermeabilizam o solo e funcionam como uma barreira, impedindo ou dificultando a água de penetrá-lo. Sem infiltrar, ela desliza pelo concreto e pelo asfalto em dias de muita chuva até achar um lugar para escoar e, muitas vezes, se deposita em um ponto mais baixo da cidade, provocando um alagamento.

3) A enchente traz prejuízos como a perda de plantações que ficam embaixo da água por vários dias, perda de bens (móveis, eletrodomésticos, roupas…) e até de vidas.

 

Estiagem

1) Ter muitas plantas em casa ajuda a reduzir o ar seco à sua volta em períodos de estiagem. É que as plantas transpiram e eliminam nesse processo a maior parte da água que absorveram, só que em forma de vapor.

2) Você já ouviu falar em salinização? Como explicamos pouco no Estadinho de papel, vamos contar melhor aqui o que é. Este é um processo que pode levar à formação de desertos em lugares em que antes havia plantação. Ele acontece geralmente em regiões onde não chove muito e os produtores precisam irrigar artificialmente. Acontece que essa irrigação que, às vezes, é mal feita, pode lavar o solo, varrendo com a água seus nutrientes. Além disso, tanto a terra como a água contêm vários tipos de sais. Esses sais vão se depositando e acabando com a fertilidade do solo. Há o risco de se tornarem improdutivos e, sem plantas, acabam se transformando em desertos, como você vê na foto abaixo.

deserto.jpg

Sabe onde fica isso? No Rio Grande do Sul! Isso mesmo,
dentro do território brasileiro (foto: Atlas da Arenização)

Ilhas de calor

1) No verão, pioram as ilhas de calor. Você sabe o que é isso? São áreas da cidade em que se forma uma espécie de “estufa”, ou seja, que ficam mais quentes que outras regiões da mesma cidade. Geralmente, as ilhas de calor se formam no centro, por causa do excesso de asfalto e de prédios, e pela falta de vegetação. Com mais calor, há também mais chuvas!

2) No Rio de Janeiro, já se registrou uma temperatura até 7 graus maior nas ilhas do que nas bordas da cidade. Mas é São Paulo a campeã: teve uma diferença de até 15 graus entre os bairros com mais construções daqueles que são mais afastados do centro!

3) Você já reparou como as noites andam quentes, dificultando até nosso sono? E que as manhãs também já não são tão fresquinhas? Pois os culpados podem ser o asfalto e o concreto. É assim: ao longo do dia, os raios solares esquentam tudo, inclusive materiais usados para as ruas e construções. Quando o sol vai embora, ou esfria, esses materiais vão perdendo o calor que absorveram. Mas alguns demoram demais para perder esse calor, como é o caso do asfalto mais escuro. Por isso, chega a manhã e eles ainda estão soltando calor nas ruas.

 

Raios

1) Quer aprender outra forma de contar a que distância um raio caiu de você? Faça o seguinte: assim que avistar o raio, conte os segundos até ouvir o trovão. Então, ivida o número contado por 3 e você terá a distância em quilômetros. Por exemplo: 3 segundos / 3 = 1 km

2) Sabia que os raios também sobem? Isso mesmo! Uma descarga elétrica não precisa vir do céu para a terra, ele pode fazer o caminho contrário ou então ficar só entre as nuvens.

3) O princípio da formação do raio é muito parecida com o das fagulhas azuis que, às vezes, aparecem na tomada quando você retira um objeto dela. Só que numa escala muuuuito maior.

 

Vulcão

vulcao.jpg

(Infográfico/AE)

Sabe como são formados os vulcões? Essa resposta está na seção Quero Saber de hoje, na página 3 do Estadinho impresso. Vamos reproduzi-la aqui:

O geólogo Ideval Souza Costa, do Museu de Geociências da USP, explica assim: “O calor dentro da Terra é muito forte. Tanto que chega a derreter a rocha, formando uma substância conhecida como magma (ou lava). Junto com o magma, formam-se também gases e partículas quentes, que escapam através de uma abertura na crosta terrestre. Esta abertura tem formato montanhoso e se forma, geralmente, a partir do encontro de placas tectônicas (que compõem a crosta terrestre). Quando um vulcão entra em erupção, pode provocar terremotos e lançar na atmosfera grande quantidade de magma, o que é uma ameaça para quem mora próximo”.

 

 

Tsunami

1) O tsunami nada mais é que um maremoto. Ele acontece quando há um terremoto no mar, em que uma das placas tectônicas se levanta. Esse movimento provoca deslocamento de água e, logo, as ondas gigantes. Não entendeu nadinha? Então vamos explicar melhor:

- Tudo o que vemos do planeta Terra pertence à crosta terrestre: as cidades, os oceanos… Abaixo dela, há o que chamamos de manto. E mais para dentro, o núcleo.
- A crosta terrestre não é uma coisa lisa e uniforme. Ela é formada por vários pedaços, chamados de placas tectônicas.
- Essas placas nunca param quietas. É verdade que elas se movimentam muuuuuuito lentamente, mas estão sempre se mexendo.
- Quando uma placa está indo para uma direção e encontra outra placa indo na direção oposta, o que acontece? Elas começam a “disputar forças”, cada uma tentando empurrar a outra para trás. Pode não ser briga, mas isso às vezes representa perigo!
- É que nesse empurra-empurra, pode acontecer um terremoto.
- Se isso acontece no mar, e uma placa foi empurrada para cima e a outra para baixo, de forma meio violenta, pode se formar um tsunami. É que esse movimento pode ser brusco e, quando a terra empurra a água para cima, gera as tais ondas gigantes.

Veja só:

tsunami1.jpg

 

tsunami2.jpg

(Infográficos/AE)

 

O que cada um pode fazer?
Além de plantar árvores e plantas, não jogar lixo e usar a água de forma consciente, há uma atividade bem interessante que o Otto Rotunno Filho, um dos especialistas consultados para essa matéria, sugeriu.

Proponha a seu pai uma aventura: percorrer um rio da nascente até onde ele morre. Observe o que acontece com o rio e relacione à sua volta: muitas casas? Empresas? Esgoto? É um bom exercício para entender que o rio não é restrito a seu leito. Tudo o que fazemos na sua bacia hidrográfica, ou seja, na área ao seu redor, o afeta.

comentários (3) | comente

  • A + A -
27.janeiro.2012 19:47:41

Seu próprio diário

banana2.jpg

Clique aqui para ampliar.

 

Greg e sua turminha ajudam você a prever seu futuro nessa divertida brincadeira. Faça a previsão de todos os seus amigos. Esse e outros passatempos estão no livro Diário de um Banana – Faça Você Mesmo, da V&R Editoras (R$ 29,90), com dicas engraçadas para montar um diário diferente e irado.

banana1_1.jpg

1 Comentário | comente

  • A + A -

Vamos fazer a brincadeira de hoje? Tem desenho para você fazer, jogo de erros e de contar. Tudo tirado do livro 100 jogos Divertidos (2 e 3), da Editora Girassol.
Para ver as imagens grandes e imprimir é só clicar aqui e aqui.

w88.JPG

22.JPG 

 

 

sem comentários | comente

  • A + A -
25.janeiro.2012 16:29:50

Hora de procurar!

São 9 piratas, 4 múmias, 9 fantasmas de pirata, 5 piratas tremendo e 6 urubus. Tudo isso escondido nesse grande navio  do livro 1001 Supresas Para Procurar com os Piratas.
Depois que você achar isso tudo que está na imagem, pode se interessar pelo livro, que ainda tem caça ao tesouro, aventuras no mar e na escola de pirataria. São muitas coisas para procurar, mais de mil! Aceita o desafio?

7907063.jpg

Clique aqui para ver a imagem grande.

Depois de dar conta de achar as 1001 coisas com os piratas você pode se aventurar procurando coisas no 1001 Coisas Para Procurar na Cidade e no 1001 Coisas Para Descobrir no País das Fadas.

1001 Surpresas para Procurar Com Os Piratas
Autor: Lloyd Jones
Ilustrações: Teri Gower
Editora: Usborne
Preço: R$ 29,90

sem comentários | comente

  • A + A -
24.janeiro.2012 07:00:22

Caça às galinhas

As galinhas fugiram do galinheiro e se esconderam neste labirinto. Você consegue encontrar todas as fujonas nesse passatempo? Pinte cada uma delas para que não consigam mais se esconder. Ah, e depois ajude a procurar o ovo que uma delas botou!

colorir1.jpg

 Clique aqui para ampliar o desenho e poder imprimir

Gostou dessa brincadeira? Há muitas outras semelhantes no livro Um Montão de Coisas para Achar e Colorir, da editora Usborne. A gente já falou dele antes (clique aqui para ler) e o recomenda até para os adultos (afinal, pintar é uma atividade que nos faz esquecer dos problemas da vida).

 

livro1.jpg

 

Um Montão de Coisas Para Achar e Colorir.
Projeto gráfico e ilustrações: Stella Baggott.
Texto: Fiona Watt
Edições Usborne, R$ 28,90.

 

sem comentários | comente

  • A + A -
23.janeiro.2012 11:04:37

Semana da brincadeira

Nesta semana, o Estadinho decretou que vai ser cheia de brincadeiras aqui no blog. A cada dia, você terá um ou mais passatempos diferentes para imprimir ou brincar no próprio computador. E para começar essa maratona, chamamos a turma do Capitão Cueca para nos ajudar com uma atividade. Olha só o que eles mandaram:

cueca1.jpg

Clique aqui para ampliar

Esse caça-palavras está no livro Capitão Cueca e o Livro Supercrocante da Diversão, que acaba de ser lançado pela editora Cosac Naify. Ele é um livro para as férias, cheio de brincadeiras e passatempos do personagem, como labirinto, cruzadinha, piadas e explicações de como fazer uma história em quadrinhos e como desenhar o Capitão (sem falar nas aventuras em quadrinhos dessa turminha).

cueca3.jpg

Editora Cosac Naify, R$ 17,90

Você sabia que as aventuras do Capitão Cueca vão virar filme? Mas ainda não há data para estrear nos cinemas. Se você não conhece direito quem é o Capitão Cueca, saiba que ele é um super-herói de histórias em quadrinhos criado por dois garotos, o Jorge e o Haroldo. Esse herói é o alter ego do diretor da escola dos meninos, o mal-humorado Diretor Krupp. Sua arma secreta é um suco superpoderoso e sua fraqueza é uma goma em spray. Ele luta contra as malvadezas do Dr. Fraldinha e de outros vilões.

Na verdade, todos eles são criação do americano Dav Pilkey que, quando estava na segunda série, teve a ideia de fazer um herói de cuecas, porque achava engraçado. Até agora, são oito livros da série publicados no Brasil.

Enquanto o filme não estreia, você pode ir treinando como se desenha o Capitão Cueca e fazer suas próprias aventuras em quadrinhos tomando o personagem emprestado. Veja abaixo a atividade que também está no livro recém-lançado:

cueca2.jpg

Clique aqui para ampliar a imagem

 

Se quiser brincar mais com o Capitão Cueca, clique aqui para entrar na página oficial do personagem.

sem comentários | comente

  • A + A -
21.janeiro.2012 07:00:34

Já para casa!

capa blog_1.jpg

(Por Natália Mazzoni)

Casinhas feitas só para criança brincar. De madeira, improvisada, não importa. A imaginação faz tudo ficar divertido e as possibilidades de  brincadeiras são infinitas. O Estadinho visitou uma casa de madeira que fica no quintal de três irmãos, a Irene, a Margarida e o Theodoro. Teve até chá de bonecas e saltos na tirolesa. Não viu ainda? Pode entrar!

Página 1

Página 2

Página 3

A casinha dos irmãos é bem parecida com uma de árvore, pois fica no alto e é integrada a vários brinquedos. Mas há muitas casinhas de bonecas lindas, feitas no chão, que permitem outras brincadeiras. Algumas até se parecem com uma casa de verdade!

 (Foto: divulgação)

casa_claudia.JPG

Essa casinha de bonecas foi construída num sítio no interior de São Paulo. Tem móveis feito sob medida para a criança brincar!

(Foto: Kevin Scanlon, The New York Times)

7356362.jpg

Essa é a  Penny, que mora em Connecticut, nos Estados Unidos. Ela gosta de brincar e receber os amigos em sua pequena casinha rosa.

 7355922.jpg

Construída em três grandes árvores, essa casa na Califórnia, nos Estados Unidos, tem ponte, forte, parede de pedras e escorregador.

Ficou com vontade de ter a sua? Temos mais ideias de como você pode improvisar a sua casinha. Você pode montar cada dia uma, ou então transformar seu quintal num grande condomínio de mentirinha e convidar os amigos!

(Por Lao Napolitano, engenheiro)

Com mesa e cadeiras

Você vai precisar de:
2 cadeiras, 1 mesa e 2 lençóis.

Como fazer?
Junte as cadeiras lado a lado, formando uma bancada. Posicione a mesa a 1 metro de distância das cadeiras. Cubra tudo com um lençol. Se não conseguir cobrir tudo, use o outro.

Vassouras podem ajudar

Você vai precisar de:
1 mesa, 4 cadeiras, 2 vassouras, almofadas, travesseiros e 2 lençóis.

Como fazer?
Parede 1 (com bancada): Posicione a mesa e alinhe 2 cadeiras de cada lado, com os assentos voltados para o lado de fora.
Parede 2 (com janela): Pegue as outras 2 cadeiras e coloque uma de frente para a outra. Apoie as duas vassouras sobre o encosto das cadeiras.
Agora feche a parte de baixo das cadeiras e da mesa com as almofadas e travesseiros.
Cubra tudo com os lençóis.

 

(Por Maithiá Guedes, arquiteta)

Cobertor vira telhado

Você vai precisar de:
4 cadeiras e 1 cobertor

Como fazer?
Coloque as cadeiras de costas, formando um quadrado. Depois, cubra com um cobertor.

Montou a sua? Conte para o Estadinho!

 

sem comentários | comente

  • A + A -

capa_blog.jpg

(Por Natália Mazzoni)

Essa semana o Estadinho resolveu te levar para os bastidores de um parque de diversões. Afinal, todo mundo (adultos e também crianças), gosta de brincar nesse mundo mágico. Mas, você já parou para pensar em como tudo funciona? Desde a montanha-russa até as comidinhas do lanche no final da tarde? O Estadinho visitou o Hopi Hari, um parque bem bacana, e mostra para você. Se ainda não leu, é só clicar. Depois, volte aqui e veja mais curiosidades.

 Página 1

Página 2

Página 3

Quando a gente pensa em parque de diversões, logo vem a imagem de uma roda-gigante na nossa cabeça, não é? Existem duas rodas-gigantes e gigantes mesmo no mundo. Uma delas é a London Eye, de 135 metros de altura, que fica em Londres, na Inglaterra. Inaugurada em 1999, ela serve como um centro de observação da cidade e é um dos pontos turisticos mais frequentados de Londres.

london-eye-picture_1.jpg 

A Singapore Flyer, de 165 metros fica em  Cingapura. Inaugurada em 2008, ela tirou o posto de roda-gigante mais alta do mundo da London Eye.

800px_Sg_flyer_4oct07.jpg

 

Você classificou o medo que sentiria nas montanhas-russas mais radicais do mundo que mostramos no Estadinho? Ou ficou na dúvida? Colocamos vídeos feitos por corajosos que se aventuraram nelas para dar uma ajudinha. Antes de clicar, se prepare! Mesmo sentadinho na sua cadeira, vai dar um friozinho na barriga.

Takabisha, do parque Fuji-Q High Land em Fujioshida, Japão. 

Steel Dragon 2000, do parqeu Nagashima Spa Land, em Nagashima, no Japão.

 Formula Rossa, do parque Ferrari World, em Abu Dabi, nos Emirados Árabes.

 

 

 Quem tem coragem? Comente!

comentários (5) | comente

  • A + A -
  • Galeria Estadinho

Comentários recentes

  • olivio jekupe: hoje em dia os autores indígenas estão cada vez mais publicando seus trabalhos, aqui na nossa aldeia...
  • kellynha: adorei só algumas que é meio sem sentido !!!
  • loana de campos: Adorei a sua ideia, vou tentar fazer
  • Liane: Olha, isso da própria criança gerenciar sua leitura é bem interessante, assim como vários outros aspectos...
  • giovanna: nãão , gosteei muito ;[[

Enquete

Desculpe, não há enquetes disponíveis no momento.

Arquivo

Blogs do Estadão