ir para o conteúdo
 • 

Estadinho

FERNANDA.jpg

Amanhã (dia 1°) tem Circuito Estadinho com  a contadora de histórias Fernanda Ribeiro. Quem aparecer por lá vai ouvir três contos: João Filó, que achou um pássaro encantado, A Bolsa com Dois Tostões, sobre um galo que encontrou algo valioso, e a Festança na Beira do Rio, a respeito de uma festa que a onça deu para a bicharada. Curioso?
Passa lá na Livraria Cultura do Bourbon Shopping, às 15 horas.

Circuito Estadinho: Contação de histórias com Fernanda Ribeiro, na Livraria Cultura do Bourbon Shopping (Rua Turiassú, 2.100, Pompeia). Sábado (dia 1), às 15 horas. Grátis.

 

sem comentários | comente

  • A + A -
27.setembro.2011 19:33:54

Amigo Lobato

alariquinho0001.jpg

(Por Aryane Cararo)

Este menino no desenho é o Alariquinho, ou melhor, Alarico Silveira Junior. Um garoto que, de tanto trocar cartas com o escritor Monteiro Lobato, acabou parando nos seus livros. Agora, virou personagem do filme Amigo Lobato, que conta exatamente essa história de correspondência entre o autor e as crianças nas décadas de 1920 a 1940.

“As crianças discutiam o universo do sítio, pediam para entrar nas histórias, queriam pó de pirlimpimpim, davam opinião para os ilustradores”, conta Ana Lúcia Reboledo Sanches que, junto com Celia Maria Escanfella, ambas pesquisadoras do Centro Universitário Senac Santo Amaro, elaborou o projeto. “Tinha crianças que convidavam para ir ao aniversário, muitas agradeciam pela ida de Lobato à escola e pela doação de livros, outros sugeriam conteúdos escolares”, complementa Celia. “Tinha outras que queriam ajudar a furar o poço para encontrar petróleo”, acrescenta Ana (Lobato era um dos maiores defensores da exploração do petróleo no Brasil).

O curta animado foi uma forma de mostrar às crianças como tinha sido esse contato com Lobato no começo do século passado, e que acabou ficando conhecido quase só por adultos. Quer saber mais sobre esta história? Assista a esse interessante trabalho organizado pelas pesquisadoras.

 

 

Lobato gostava tanto desse contato que, além de guardar as cartinhas das crianças, respondia, mandava retratos, presentes. Às vezes, de tanto conversar com os leitores por cartas, atendia às solicitações de alguns e criava histórias em que eles ou suas sugestões apareciam. Muitos pediam para o autor se descrever, pois tinham curiosidade para saber como ele era (veja na ilustração abaixo). Ao todo, Lobato guardou mais de 250 cartas de crianças de 7 a 14 anos, acredita?! Elas ficaram sob os cuidados do Instituto de Estudos Brasileiros (IEB).

lobatinho0001.jpg

Alarico era o que mais escrevia. Após tanta correspondência, acabou aparecendo no livro O Circo do Escavalinho, no qual chega de avião. Vários trechos de cartinhas suas estão no vídeo, como o abaixo.

 Amigo Monteiro Lobato

Você fez bem em escrever este livro porque eu estou estudando gramática que é coisa mais cacete do mundo. A professora me mandou decorar uns verbos e quando eu li o seu livro aprendi tudo. O pedaço que eu gostei mais foi na hora que eles foram visitar os vícios da pronuncia. (Trecho de carta de Alariquinho, 1934, Rio de Janeiro, sem idade)

 emilia0001.jpg

Muitas crianças confundiam a ficção com a realidade e acabavam até convidando os personagens do Sítio do Picapau Amarelo para as visitarem. Olha só esta cartinha:

Minha cara Emília
Bonsares!
(…)
Já estou preparando a sua chegada aqui em Belo Horizonte.
O posto do Quindim tem uma porteira como a do Picapau Amarelo, para lembrar-se do sítio.
Narizinho, você e Pedrinho dormirão comigo.
Quando a Tia Nastácia e D. Benta que se arrumem…
(Trecho da carta de Pituchinha, 1945, Belo Horizonte, sem idade)

E muitos pediam para saltar da realidade para a ficção, como é o caso a seguir:

“Eis o caso: tanto tenho vivido entre seus personagens que desejaria “viver” num próximo livro onde a turma de D. Benta aparecesse (…)  Sei que minha pretensão terá bom acolhimento pelo prezado amigo, a quem desde já agradeço esta fineza.” (Trechos da carta de Marila Gravenstein Borges,1932, São Paulo, 10 anos) saci0001.jpg

Essa troca toda não foi apenas gentileza. As pesquisadoras pensam que Lobato também queria conhecer melhor seu leitor, afinal, a literatura nacional para crianças praticamente não existia naquela época (é por isso que muitos chamam o escritor de “o pai da literatura infantil brasileira”). “Ele dá essa voz à criança, ouvindo-a, entendendo-a como um ator social”, diz Celia. “E elas tinham a consciência do tanto que ele gostava de receber e escrever as cartas”, completa.

Gostou? Se quiser saber mais, clique aqui e entre no blog Projeto Amigo Lobato.

E se fosse hoje, o que você escreveria para Monteiro Lobato? Deixe aqui sua opinião!

comentários (6) | comente

  • A + A -
25.setembro.2011 23:33:29

Novos pássaros

(Por Fernanda Araujo)

É primavera! Já estamos na estação mais florida e colorida do ano, mesmo com esse friozinho. E foi inspirado na beleza dessa estação que o artista plástico José Carlos Lollo comandou o Circuito Estadinho, no último sábado (dia 24), no Shopping Villa-Lobos. Lollo chegou com a escritora Blandina, sua esposa, carregando um montão de sacolas.

Enquanto Blandina distribuía as sacolas, deixando a garotada curiosa, Lollo lembrou que o Circuito Estadinho é uma iniciativa do Estadão em parceria com a Livraria Cultura. Disse também que ele e a esposa faziam livros, como o infantil Quem Soltou Pum?, mas adoravam fazer pássaros nas horas vagas. Então, em homenagem ao colorido da primavera e ao gosto pelas aves, eles resolveram ensinar a fazer pássaros, com três modelos básicos e todos os outros que a imaginação pudesse bolar.  

Fotos: Fernanda Araujo/AE
      1.jpg
Dentro das sacolas, as crianças encontraram adesivos, penas,
placas  de isopor e papéis coloridos com moldes de asas e bicos.
Julia Maciel, de 3 anos, foi uma das primeiras a recortar as asas do pássaro.

 

  3.jpg
 Laura Paulino, de 2 anos, ficou encantada.
Brincar com tesoura no colo do papai Luciano foi o máximo. 

  

 2.jpg
Lollo explicou a função das pecinhas e como transformá-las em um lindo pássaro.

 

 6.jpg
 Matheus Robles dos Santos, de 9 anos,
chegou com a irmã Helena Robles dos Santos, de 7. 
Ele aproveitou para ler um livro, enquanto ela fez o pássaro. Aliás, um lindo pássaro.  

 

 

11.jpg
E teve gente como o André Lage Salgado, de 3 anos, que resolveu criar uma
nova espécie de ave. 
“Tem bolinhas e voa bastante”, explicou ele. Alguém duvida?

 

10.jpg
 E gente como a Veridiana Rabello da Silva Prado, de 4 anos,
que foi com um penteado bem lindo. E levou a mamãe e a boneca.

 

5.jpg
 O Cainã Concette, de 2 anos, também foi com a mamãe e fez um pássaro cheio de detalhes.

 

7.jpg
 Helena Martuscelli, de 4 anos, levou seu trabalho para que
o Lollo e a Blandina dessem uma olhadinha. Nota 10!

 

12.jpg
Nicholas Mac-Knight Gimenes, de 4 anos, também passou por lá.

 

9.jpg
Nicholas Menegatti Anastácio Hatanaka, de 3 anos, ficou entre os primos
Daniel Kikawa, de 8 anos, e Ana Carolina Kikawa, de 6 anos

  

 13.jpg
 Ave rara? Teve também! Olha só o Benny Casiuch, de 3 anos.

  

Gostou? Então, anote na agenda, pois semana que vem tem mais. O próximo Circuito Estadinho vai ser no dia 1/10, às 15 h, na Livraria Cultura do Bourbon Shopping, com a contadora de histórias Nanda Ribeiro. Esperamos você!

 

 

sem comentários | comente

  • A + A -
24.setembro.2011 07:00:15

Vida dura

est24_01.jpg

(Por Natália Mazzoni)

Quanta injustiça comete quem diz que criança não tem preocupações. O colégio, principalmente, costuma render a maior parte dos problemas. Tem as provas, a vida social, o dever de casa…

Nós, do Estadinho, conversamos com meninos e meninas para esclarecer de uma vez por todas: criança tem problemas sim! Não é mesmo?

O bate-papo com a turminha do Colégio Rio Branco foi bem bacana, clique aqui para conferir:

Página 1

Página 2

Página 3

Página 4

Além do que você viu na matéria do Estadinho impresso, colocamos aqui mais um pouquinho da conversa, que foi inspirada nos livros da série Diário de um Banana, de Jeff Kinney. Acompanhe:

 

Qual a situação mais engraçada que vocês leram nos livros Diário de um Banana?

Vitor Prearo – Com certeza a parte em que o Greg senta no chocolate e tem que entrar na igreja depois. Essa cena aparece no filme também, é bem legal.

Fernanda Szarf – Adoro o final de um dos livros, que acaba porque as folhas do caderno acabaram. É bem engraçado.

Rafael Tersitano – Eu gostei do toque do queijo. Essa brincadeira que eles fazem é mesmo muito engraçada.

 

O Greg diz que os meninos mais altos se dão melhor no colégio. Vocês concordam?

Victor Modesto Tavares – Eu concordo. Mas acho mesmo é que os atletas se dão melhor em tudo.

Rafael Tersitano – Falando nisso, a Laura é a única menina que já conheci que sabe jogar futebol. Ela já quebrou o braço de dois meninos sem querer num jogo.

 

O Greg reclama muito de seu melhor amigo, o Rowle. É verdade que prejudica a imagem andar com o “nerd” na escola?

Rafael Tesitano – Isso atrapalha tudo mesmo.

Victor Modesto Tavares – É mesmo. E se você começar a tirar só nota alta, fica com fama de nerd rapidinho.

Como contamos no Estadinho de papel, o filme Diário de um Banana 2 – Rodrick é o Cara acabou de estrear nos cinemas. Colocamos o trailer aqui para você baixar e assistir.

Além do Diário de um Banana, outra série de livros-diário bem bacana é a Querido Diário Otário, de Jim Benton. A história é narrada por uma menina, a Jamie Kelly. São 12 livros da série que contam os problemas e as aventuras de Jamie na escola. Para quem gostou do Diário de um Banana, vale a pena dar uma olhadinha nessa série. O último da coleção é oQuerido Diário Otário – Eu (Igualzinha a Você, Só Que Melhor).

capinha1.JPG 

1 Comentário | comente

  • A + A -
23.setembro.2011 15:58:07

Revoada na livraria

passarinho.jpg

A primavera começa hoje (dia 23) e, para celebrar a chegada dessa estação florida, o Circuito Estadinho de amanhã (24) será sobre pássaros. Cada criança vai poder fazer quatro ou cinco passarinhos para levar para casa.

Quem ensina a atividade é o ilustrador José Carlos Lollo, que fez o livro Quem Soltou o Pum? Você vai poder usar isopor, palitos de dente e de churrasco, pena, papéis coloridos , clipes e adesivos. Depois, é só imaginar um canto bem bonito para cada pássaro. Será na Livraria Cultura do Shopping Villa-Lobos, às 15 horas.

 

Circuito Estadinho: Oficina artística com José Carlos Lollo. Livraria Cultura do Shopping Villa-Lobos (Av. das Nações Unidas, 4.777, Alto de Pinheiros). Sábado (dia 24), às 15 horas. Grátis.

 

sem comentários | comente

  • A + A -
21.setembro.2011 07:00:37

Força de gigante

guardia.jpg

(Por Aryane Cararo)

Nenenzinha é uma menina magrinha, miúda. Mas quando quer alguma coisa, ela cresce, cresce muito e não há quem impeça. Tem apenas 13 anos, mas já é tia, uma tia menina. Seu sobrinho mais velho, Niquinho, tem só dois anos a menos do que ela. Ele é irmão de Quinzinho, Chiquito e Célia. Acontece que eles ficaram órfãos e acabaram sendo cuidados por uma tia malvada, uma mulher bonita, mas com alma de bruxa. E Nenenzinha, com pena daquele quarteto, resolve sair da casa de seus pais para morar com o irmão, Tião, e cuidar dos sobrinhos.

Além de ajudar nas inúmeras tarefas de casa, a garota dava um jeito de os sobrinhos se divertirem, como toda criança merece. Até o dia em que descobre o segredo da malvada da Delminda, a tia bruxa. E desse dia em diante, toda vez que a situação se agravar, ela vai ameaçar contar o segredo para o irmão. Mas o que será que Nenenzinha sabe? Ela de fato sabe de alguma coisa?

Isso tudo você descobre no livro A Guardiã dos Segredos de Família, da escritora mineira Stella Maris Rezende. Lançado este ano pela editora SM, o livro é resultado do prêmio Barco a Vapor de 2010. Todo ano, a Fundação SM faz um concurso aberto para escritores do Brasil inteiro enviarem suas histórias. A que eles consideram a melhor é publicada no ano seguinte, e a de Stella Maris foi a premiada. Nesse ano, o ganhador foi um rapaz de 23 anos chamado Irley Thiago de Oliveira, que inventou uma história meio pirada sobre o Coelho Azul. Parece ser bem legal, tem até aventura de ratos pelo esgoto, mas temos de esperar o livro ficar pronto para conhecer (só no ano que vem).

A Guardiã dos Segredos de Família
Autor: Stella Maris Rezende.
Edições SM, R$ 28.

sem comentários | comente

  • A + A -
19.setembro.2011 15:17:55

Rainha da sucata

circuito_laura03.JPG

(Por Dado Carvalho)

Sábado (17) foi dia de Circuito Estadinho lá na Livraria Cultura do Shopping Bourbon. Desta vez, a pessoa convidada para brincar com a gente foi a ilustradora Laura Teixeira.

A brincadeira consistia em fazer um desenho diferente, sem caneta nem lápis. O desenho deveria ser feito no ar. Para isso, a criança poderia usar qualquer material. Lá no Circuito havia papel colorido, fitas de várias cores, adesivos de bolinhas e coisas bem incomuns para desenhar: aquelas luvas de borracha, que os médicos usam muito, e um pano bem fininho, que parecia uma meia, mas com aberturas dos dois lados.

circuito_laura02.JPG

Laura deu alguns exemplos do que poderia ser feito. É só usar a imaginação que aqueles materiais podem virar qualquer coisa. Depois, ela passou a vez para o pessoal brincar à vontade. E saiu cada coisa…

circuito_laura04.JPG
Laura foi para a Livraria Cultura junto com a “boadrasta”

Sofia Lima, de 9 anos, usou a fita prateada para fazer dois bonecos. Era um casal: o menino se chamava Eder e a menina, Mariana. Sofia contou que esses são os nomes do seu pai e da sua madrasta (e como ela gosta muito da madrasta, ela prefere dizer “boadrastra”). A “boadrasta” da Sofia estava lá, ajudando.

Sofia também disse que os bonequinhos gostam de brincar de queimada. No colégio onde estuda, ela também brinca de queimada e handebol. Vai ter até um jogo daqui a algumas semanas entre a classe da Sofia, a 3ª A, e a outra classe, a 3ª B. Vamos torcer por ela?

circuito_laura05.JPG
Ana Luiza (à esquerda) e Mariana adoram fazer compras

A Ana Luiza Cruz, de 6 anos, foi ao Circuito e encontrou uma coleguinha da escola, a Mariana Salvalagio, de 7 anos. Elas se divertiram muito: cada uma fez uma bolsa bem chique. Ana contou que ela gosta muito de fazer compras. Mas o que gosta de comprar? “Coisas, ué”, resume. “Sapato, roupa, brinquedos…” Já Mariana preza pela elegância acima de tudo. Sabe de que marca é a bolsa dela? “É da Zara”, ela conta.

circuito_laura06.JPG
André gosta de jogar videogame

O irmão da Ana Luiza também estava lá. Ele se chama André Cruz, tem 8 anos e fez uma onça bem brava. André disse que nunca viu uma onça de verdade pessoalmente. No dia a dia, o que ele gosta de fazer é jogar videogame. Ele tem até o jogo do Megamente.

circuito_laura07.JPG
Laura faz oficina de artes plásticas na escola…

Uma pessoa que tirou de letra a atividade foi Laura Mahfuz, de 8 anos. No colégio em que ela estuda, tem oficinas de artes plásticas. Ela lembra que já fez coisas com argila e agora está aprendendo a fazer uma caixinha de decupagem. O que Laura fez no Circuito foi um vaso cheio de ursinhos.

circuito_laura08.JPG
…junto com a irmã, a Raquel

E a gente ficou confuso: a Laura trocou de roupa no meio da atividade? Não. Ela foi junto com a irmã gêmea, a Raquel. Ela também faz a oficina no colégio e fez um ursinho bem bonito.

circuito_laura09.JPG
Olha quanta coisa que a Ana fez!

Já a Ana Vieira, de 9 anos, fez várias coisas muito doidas. Ela criou uma casa viva. Dentro dessa casa, vive um astronauta prateado, uma minhoca espacial cor de rosa e o Bob, que ela disse que é uma “caixa esquisita”.

Todo mundo fez alguma coisa legal. Se você também quer se divertir com a gente, não perca o próximo Circuito Estadinho. Vai ser na Livraria Cultura do Shopping Villa-Lobos, no sábado, dia 24, às 15 h. Quem estará lá é o Lollo, um artista que a gente já conhece de outros Circuitos…

Um grande abraço e até lá!

comentários (3) | comente

  • A + A -
19.setembro.2011 07:00:29

Cão e gato

sassa3.jpg

Cão e gato não costumam ser muito amigos. Mas aqui você faz deles o que quiser: companheiros, aventureiros, amigões e até brigões e encrenqueiros. Basta ter dois copos de iogurte, dois palitos de sorvete, entre outros materiais, e seguir os passos que o Professor Sassá ensina. Você cria cada um e depois inventa as histórias que quiser. Clique aqui e veja como é fácil.

1 Comentário | comente

  • A + A -
17.setembro.2011 07:00:40

Esportes muito loucos

1.JPG

(Por Natália Mazzoni)

Nesta semana, o Estadinho fala sobre esportes. Mas nem precisa ser fã de atividades físicas para se interessar pela nossa matéria de capa. Nós achamos que seria legal contar para vocês sobre algumas modalidades superdiferentes que existem não só no Brasil, mas também no mundo.

Tem muitas coisas legais e algumas delas dá até para fazer em casa, como o campeonato de bomba e barrigada que você pode praticar com os amigos na piscina, quando o verão chegar. Além disso, a gente pensou numa maneira de jogar xadrez e dama gigantes em casa. É só fazer um tabuleiro bem grande no chão usando giz. Essas e outras brincadeiras que viraram esportes estão nesta edição da Virada Esportiva, que acontece neste fim de semana em São Paulo. Clique no link abaixo para ler tudo. Depois, volte aqui para saber o que mais existe de bizarro no mundo dos esportes.

Página 1

Página 2

Página 3

O Bossa ball é um dos esportes mais malucos que apareceu na nossa edição. É aquela mistura de futebol e futevôlei na cama elástica. Colocamos vídeo aqui para você entender um pouco mais sobre esse esporte maluco:

 

Outro esporte bem engraçado é o Curling. Essa competição ficou famosa depois da última Olimpíada. O jogo é um pouco complicado de entender: em uma pista de gelo, um jogador lança uma pedra de granito o mais próximo possível de um alvo. Depois de lançada a pedra, outros integrantes da equipe varrem o gelo da pista para alterar a velocidade e a rota do objeto. Não entendeu nada? Assista ao vídeo que você vai sacar como é.

 

Em Portugal existe campeonato nacional de Hóquei Subaquático. O jogo começa com uma equipe de cada lado e um disco no centro do campo (nesse caso, o chão da piscina). Ao sinal do juiz, os jogadores mergulham com o objetivo de empurrar o disco até o gol do adversário. Quer ver? Clique no link.

 

Que experimentar algum esporte maluco da Virada Esportiva? Aqui vai a programação:

Campeonato de bomba, campeonato de barrigada, tapete mágico e slackline:
Acqua Point, Estádio do Pacaembu (Praça Charles Miller, s/n), das 10 h às 17 h.

Surfe mecânico, Giromaster e Pebolim humano:
Arena Juventude Radical, Vale do Anhangabaú, das 8 h às 16 h.

Bossa ball:
Arena Juventude Radical, Vale do Anhangabaú, das 10 h às 22 h.

Dama e Xadrez gigantes: 
Parques do Carmo, do Povo, Ecológico do Tietê e Bicicletas, das 9 h às 17 h

Escalada aquática: 
Parque Esportivo dos Trabalhadores (Rua Canuto de Abreu, s/n, Tatuapé), das 9 h às 16 h.

Para quem quer participar da Virada Esportiva, mas prefere uma modalidade mais convencional, vai ter skate, patins e corrida. Nesse link você fica sabendo toda a programação. Clique aqui e bom final de semana!

1 Comentário | comente

  • A + A -
16.setembro.2011 18:43:20

Desenho no ar

laura.jpg

O Circuito Estadinho de amanhã (dia 17) tem uma proposta que até parece maluca: desenho no ar. Mas ninguém vai usar caneta invisível para fazer isso, não!

A ilustradora Laura Teixeira, autora do livro Número de Circo, explica como isso funciona: “Em vez de usar lápis de cor e sulfite, faremos desenhos no ar com caixinhas de presente, jornal reciclado, fita colorida, luvas de borracha e outros materiais. Cada um inventa o que quiser, desde que seja tridimensional.”

Gostou? Então apareça na Livraria Cultura do Bourbon Shopping, às 15 horas.

 

Circuito Estadinho: oficina de artes com Laura Teixeira na Livraria Cultura do Bourbon Shopping (Rua Turiaçu, 2.100, Pompeia). Sábado (dia 17), às 15 horas. Grátis.

 

sem comentários | comente

  • A + A -
  • Galeria Estadinho

Comentários recentes

  • olivio jekupe: hoje em dia os autores indígenas estão cada vez mais publicando seus trabalhos, aqui na nossa aldeia...
  • kellynha: adorei só algumas que é meio sem sentido !!!
  • loana de campos: Adorei a sua ideia, vou tentar fazer
  • Liane: Olha, isso da própria criança gerenciar sua leitura é bem interessante, assim como vários outros aspectos...
  • giovanna: nãão , gosteei muito ;[[

Enquete

Desculpe, não há enquetes disponíveis no momento.

Arquivo

Blogs do Estadão