ir para o conteúdo
 • 

Estadinho

30.abril.2010 14:54:10

Brincando de chef

casa movimento1

Ficar em casa no fim de semana pode ser muito legal. Quer fazer algo diferente com seus pais? Convide-os para brincar de mestre-cuca. Vocês podem fazer juntos um pão de cenoura bem gostoso para o lanche. É fácil, fácil.

Quem dá a receita é a Flávia Bulgarelli Vicentini, nutricionista da Casa Movimento, um espaço novinho em São Paulo, com várias atividades (mas isso contamos mais abaixo). Ela ensina a fazer o lanche lá, mas você pode prepará-lo em casa mesmo. Atenção: é preciso estar junto com seus pais para fazer a receita. Vocês podem começar a brincadeira procurando os ingredientes no armário. Bom preparo!

PÃO DE CENOURA

Ingredientes:
250 gramas de farinha de trigo integral fina
250 gramas de farinha de trigo
45 gramas de fermento biológico
3 cenouras médias raladas
1 colher (de sobremesa) de sal
2 ovos
5 colheres (de sopa) de margarina ou manteiga
4 colheres (de sopa) de açúcar mascavo (cerca de 50 gramas)
1 copo de leite de soja ou o suficiente até dar o ponto.

Modo de fazer:
1) Misture bem o fermento com o açúcar mascavo. Então, coloque a metade da farinha de trigo, mas aos pouquinhos. Acrescente meio copo de leite. Mexa bem e deixe a massa descansar por 15 minutos.

2) Esta parte é só para os pais (você fica vendo de longe): peça a eles para ralar as cenouras e deixá-las na peneira para escorrer bem o líquido.

3) Junte a cenoura à massa e acrescente os ovos, o restante das farinhas, o sal e a margarina. Amasse tudo (com as mãos mesmo!)

4) Mexa até que a massa fique macia (mas não pode ficar grudando na mão). Pergunte aos seus pais se é preciso colocar mais leite (o que restou no copo) ou farinha, para a massa não grudar mais nos dedos. Então, deixe descansar por 1 hora.

5) Mexa mais um pouco a massa (dando uns murrinhos) e depois faça bolinhas (do tamanho de uma bola de pingue-pongue).

6) Deixe de lado por mais 30 minutos. As bolinhas vão crescer. Então, pincele com a gema de ovo e peça para seus pais colocarem as bolinhas no forno. Cuidado: você não deve fazer isso, pois pode se queimar. Fique longe do fogão! A massa deve cozinhar em temperatura média (180º). A diversão rende cerca de 30 pãezinhos.

 

Por que comer cenoura?

cenoura

A cenoura é fonte de vitamina A, que é muito importante para a visão, a beleza dos cabelos, da pele, além de previnir doenças do coração. E o pão integral tem mais fibras e vitaminas do que o francês. As fibras ajudam no funcionamento do intestino.

O que mais tem na Casa Movimento?

casa

Aulas de esporte, ioga, música, artes e reforço escolar. Também tem aulas de culinária, em que a professora ensina a fazer pão de cenoura e trufas de aveia. A Casa, que abriu nesta semana, fica na R. José Maria Lisboa, 1.342, Jd. Paulista, São Paulo. O telefone é (11) 3081-6413. A partir de R$ 110.

 

sem comentários | comente

  • A + A -
30.abril.2010 08:00:28

Desenho do dia

des2

Francesco Beira, 8 anos
Amparo, SP

1 Comentário | comente

  • A + A -
29.abril.2010 12:00:49

Em clima de circo

Vocês lembram que a edição do Estadinho do dia 3 de abril foi sobre o circo? Pois dois leitores resolveram fazer parte da “nossa trupe” e mandaram desenhos inspirados na reportagem. Olha só que legal!

A Marina Marino Picon, de 7 anos, que mora em Catanduva (SP), fez esse desenho bacana de uma tenda de circo armada.

circo1

 

Já o Anastácio Menezes Teixeira, de 8 anos, que mora em São Paulo, reproduziu o apresentador que o ilustrador Carlinhos Müller tinha feito em papel. 

circo2

Parabéns aos dois!

sem comentários | comente

  • A + A -
29.abril.2010 09:00:21

O mundo de Estela encolheu

“Quando Estela era muito, muito pequena, ela achava que era uma tartaruga.”

estela1 

Também achava que ser cachorro era bom. Para ela, sua casa era enorme, um palácio tão grande e tão alto que era impossível alcançar as fechaduras das portas. O bom é que a banheira parecia uma piscina e que o quintal podia ser uma floresta inteira. Mas Estela cresceu.

 

“Ela anda muito mais depressa do que uma tartaruga, e carrega o cachorro como se fosse um saco de batatas.”

estela2

Agora que Estela ficou maior, o tigre virou gato e a floresta não passa de um quintal que ela consegue percorrer inteirinho. E como ela está grande, pode ensinar um montão de coisas para seu irmãozinho Marcos.

Quer ver como o mundo de Estela encolheu à medida em que ela cresceu? Então, procure Quando Estela Era Muito, Muito Pequena, o sétimo livro que Marie-Louise Gay fez com a personagem Estela. 

estela3

 

Quando Estela Era Muito, Muito Pequena, com texto e ilustrações de Marie-Louise Gay e tradução de Gilda de Aquino. Ed. Brinque-Book, R$ 28,70.

Observação: Na seção E Se Chover? você sempre encontra a historinha de um livro diferente, que pode ser um lançamento ou uma obra muito boa que já está nas livrarias faz tempo.

sem comentários | comente

  • A + A -
29.abril.2010 08:00:34

Desenho do dia

desenho1

Beatriz Ariadne Terenciani
Marília, SP

sem comentários | comente

  • A + A -

Pergunta feita por Cesar Pinho de Saboia, 7 anos, Rio de Janeiro, RJ

papagaio

As estruturas do bico e da língua dessas aves permitem a reprodução do som que elas ouvem. E isso vale tanto para as palavras, como para qualquer outro som. Tem papagaio que convive com cachorro e, por isso, também late. Outros miam, como o gato, e assim por diante. O mais curioso é que justamente por isso o papagaio pode falar várias línguas.

No entanto, não é porque a ave repete o que ouve que ela entende o que fala. “Ela não sabe o significado do que está dizendo. O que ela faz é uma simples imitação do som”, diz Fernanda Junqueira Vaz Guida, bióloga do setor de aves do Zoológico de São Paulo.

comentários (32) | comente

  • A + A -
28.abril.2010 08:00:50

Desenho do dia

simpson

Carollini de Almeida Cornede, 9 anos
São Paulo, SP

sem comentários | comente

  • A + A -

Pergunta feita por Mariana Hissnauer Sanctos, 10 anos, São Paulo, SP

semaforo

 

“É uma padronização internacional que tem a ver com a percepção visual das cores, sendo o vermelho ligado ao perigo e o verde à tranquilidade”, conta Julyver de Araujo, presidente da Associação Brasileira de Profissionais do Trânsito.

O mundo todo adota essas cores. Quando o primeiro semáforo foi criado, em 1868, na Inglaterra, funcionava só com verde e vermelho (o vermelho já era usado há muito tempo pelos faróis, que alertavam os navios sobre o perigo).

A luz amarela, que é uma intermediária entre o vermelho e o verde, foi adotada só depois, em 1920, nos Estados Unidos.

1 Comentário | comente

  • A + A -
27.abril.2010 08:00:53

Desenho do dia

d6

João Paulo Butara Modelli, 6 anos
São Paulo, SP

sem comentários | comente

  • A + A -

O Professor Sassá ensina a fazer um carrinho super legal usando caixas de ovos e de leite. Quer ver como? 

 sapronto

Materiais necessários:

Caixas de ovos e leite
Tinta acrílica decorativa nas cores vermelho, amarelo, azul e verde
Tinta relevo de tubinho nas cores preta e branca
Pincel na referência 424 número 10
Retalhos de E.V.A.
Tampinhas de garrafa pet
Tesoura de ponta redonda
Bailarinas (arames) e prego
Martelo
Fita adesiva
Cola quente
Régua
Lápis

Agora, siga os passos:

1) Corte a caixa de leite em várias tiras pequenas. Faça duas maiores para compor a escada. Cole as tiras menores nas maiores, deixando-as paralelas (a parte laminada tem de ficar de um lado só). Dobre as pontas que ficarem nas tiras maiores.

sa1

2) Vire a caixa de ovos para baixo, conte quatro cavidades e tire fora o resto.

sa2

3) Ela tem de ficar com o formato abaixo.

sa2b

4) Pinte toda a caixa com a tinta vermelha.

sa3

5) Peça ajuda a um adulto e fure o centro das tampinhas com o prego. Então, passe a base das bailarinas pelo furo da tampinha.

sa4

6) Agora, atravesse a bailarina pela caixa de ovo, na parte inferior, para fixar as rodinhas.

sa5

7) Assim que a bailarina atravessar a caixa, é só dobrar suas abas, como está na foto abaixo.

sa5b

8 ) Cole com fita adesiva um lado da escada (as pontas das tiras maiores), na parte de trás do caminhão.

sa6

9) As outras duas pontas da escada, você cola na cabine, para ela ficar inclinada.

sa7

10) Pegue as cavidades que você tirou da caixa de ovo para fazer os corpos dos bonecos. É só recortá-las da base e deixá-las como estão, em formato de cone. Então pinte.

sa8

11) Para fazer o rosto, pegue uma tampa pet e pinte com a tinta relevo.

sa9a

12) Para o capacete, corte um círculo de E.V.A. e, em cima dele, cole uma tampinha de pet com a cola quente.

sa10

13) Então, cole o rosto na base do capacete.

sa9

14) Por fim, cole o corpo do boneco (que você fez de caixa de ovo).

sa10c

15) Se você quiser fazer mais personagens, o cabelo das meninas pode ser feito com E.V.A.

sa9c

16) Enquanto os bonecos secam, faça a parte de cima do carrinho. Pinte os faróis e escreva “bombeiro” com a tinta relevo branca. Se quiser, personalize com o seu nome.

sa11

17) Então, cole os bombeiros no caminhão. Você também pode criar um cenário. O que está lá em cima, na primeira foto, foi feito com caixa de leite, papéis e tintas coloridas.

sa11b

comentários (5) | comente

  • A + A -
  • Galeria Estadinho

Comentários recentes

  • olivio jekupe: hoje em dia os autores indígenas estão cada vez mais publicando seus trabalhos, aqui na nossa aldeia...
  • kellynha: adorei só algumas que é meio sem sentido !!!
  • loana de campos: Adorei a sua ideia, vou tentar fazer
  • Liane: Olha, isso da própria criança gerenciar sua leitura é bem interessante, assim como vários outros aspectos...
  • giovanna: nãão , gosteei muito ;[[

Enquete

Desculpe, não há enquetes disponíveis no momento.

Arquivo

Blogs do Estadão