1. Usuário
Assine o Estadão
assine
segunda-feira 12/12/11

Ideias além da academia

anatomia-cortada

Anatomia da cabeça cortada transversalmente, gravura do dinamarquês Thomas Bartholin (1616-1680) datada de 1673. Crédito: BrainBlogger / Creative Commons. Parece que não sou tão louco. Naquele que parecia e pretendia ser meu último post neste blog, perguntei se o melhor para a carreira jornalística era a especialização ou um aprimoramento intelectual mais generalista. A partir daquela

Ler post
quinta-feira 17/11/11

Rumos para a carreira jornalística: especialização ou ‘generalismo’?

placa-dois-sentidos_Kevin-Spencer_Creative-Commons

Foto: Kevin Spencer / Creative Commons Todo ofício tem seus dilemas. O jornalismo vive deles. E agora está na moda questionar a profissão e suas premissas mais ancestrais — eu mesmo já o fiz aqui. Gente que decide virar jornalista por causa da embalagem de Toddynho compõe a cereja no topo. O bolo de falta

Ler post
quinta-feira 03/11/11

3 regras do ‘bom texto’ a serem desprezadas (com parcimônia)

v-vendetta

Lembrem-se, lembrem-se das normas para dezembro* Quem se propõe a ser jornalista deve estar pronto(a) a ouvir. Não apenas as fontes de informação, mas as dicas/regras/normatizações vindas de professores, editores, diretores e, no caso destes focas, de jornalistas veteranos que avaliam todos os textos com atenção especial. Faz parte da nossa condição de eternos estudantes.

Ler post
quinta-feira 20/10/11

Cinquenta

Jheronimus_Bosch_011

A Nau dos Insensatos, de Hieronymus Bosch (1450-1516) SANTA CRUZ DO SUL (RS) — Noite de festa. Em meio a palestras, visitas de campo, deadlines para reportagens e para posts deste Em Foca, eu e meus novos 29 grandes amigos ganhamos um jantar especial ontem. Por isto, este texto não se compromete com a habitual seriedade

Ler post
quinta-feira 06/10/11

Pirâmide invertida, só que ao contrário

piramides_louvre

“A Pirâmide Invertida” (1993), do escritório de arquitetura nova-iorquino Pei Cobb Freed & Partners, no Museu do Louvre, em Paris - Foto: Stefan van Bremen / Creative Commons Se você, internauta, for jornalista, já sabe sobre o que será este post só de ler o título acima. Se você não for jornalista, relaxe. Uma rápida busca por esse termo no Google lhe

Ler post
quinta-feira 22/09/11

Menos amor, por favor

paulo zapella

Foto: Paulo Zapella / Creative Commons Já faz mais ou menos dois anos que frases de espírito libertário (e um tanto inocente demais, talvez) começaram a ser pichadas pelas ruas de São Paulo com apelo bastante direto: “Mais amor por favor” (assim mesmo, sem vírgula) e “O amor é importante. P….”. Tocantes pela dupla marginalidade

Ler post