1. Usuário
Assine o Estadão
assine
terça-feira 30/11/10 21:53

Um bom par de sapatos

Foca8_Erica_editada

Para nós, jornalistas formados no início do século XXI, é difícil imaginar uma redação sem telefone e internet. A exigência de que o tempo entre um acontecimento e sua publicação se torne cada vez mais curto fez dessas ferramentas elementos indispensáveis nas apurações de hard news. Ligações e e-mails, entretanto, devem ser apoios na busca por informações e não o único recurso para obtê-las. Há três semanas, quando começamos a apuração do caderno especial que será publicado em dezembro, eu e ...

Ler post
terça-feira 30/11/10 20:47

Pirangueiro

Foca6_Carol_editada

Outro dia, entre uma palestra e outra do curso, falei a palavra “pirangueiro” enquanto contava uma história, mas não fui entendida. “E agora, que palavra é essa, Carol?”, me perguntaram. Expliquei e achei engraçado como as pessoas não conheciam um termo tão presente no meu dia a dia. Sou nordestina e, nesta edição, a única no curso. Já sabia disso antes de vir para São Paulo, o que me deixou ainda mais apreensiva para essa temporada. Cheguei cheia de receios: além ...

Ler post
terça-feira 30/11/10 20:38

O fechamento

Foca5_Bruna_editada

* Texto escrito na sexta-feira, 26 São 22h e estou na sala dos focas. Não sei quando vou sair. A densidade populacional por aqui é atípica a essa hora da noite. Vários colegas estão focados em suas reportagens. O cansaço é visível no rosto de todos. As meninas ostentam aquela maquiagem de fim de dia. Os cabelos estão um pouco desgrenhados. Um pedaço de pão e queijo minas ajudam a matar a fome. O chocolate serve para dar ânimo. Sexta-feira de noite ...

Ler post
sexta-feira 26/11/10 23:37

Para não deixar a tela em branco

Foca4_Bernardo_editada

Poucas coisas me dão mais agonia do que, diante da missão de fazer um texto ou matéria, ver a tela do computador sem uma só palavra. Pior ainda é quando isso ocorre não por falta de assunto, mas justamente pelo contrário: há tanta coisa na cabeça que fica difícil saber por onde começar e o que falar.

Foi nessa agonia que comecei esse texto. Afinal, depois de quase 90 dias de curso e cerca de 90 posts no Em Foca, mais difícil do que não repetir um colega é buscar, em meio a tanta coisa que já aconteceu (e ainda vai acontecer até o próximo dia 10, quando o curso chega ao fim), um evento que seja mais digno de nota do que outro.

Por isso, me arrisco a dizer: ninguém se esquece das viagens, matérias, entrevistas e palestras, mas marcante mesmo é a nossa rotina. Nesses 101 dias que ainda não terminaram, tem sido um desafio conciliar as atividades do curso com as passagens pelas redações, e agora mais ainda, com a produção das matérias para o suplemento que será publicado em dezembro.

Não é só a intensidade do trabalho que nos fará lembrar do nosso cotidiano. Não vamos esquecer também da convivência e do aprendizado diários, por vezes tão ou mais impactantes do que as obrigações. É por isso que, depois de quase três meses, tenho nesse tripé – trabalho, convivência e aprendizado – um bom motivo para não deixar a tela em branco.

Bernardo Barbosa, de 22 anos, é formado em Jornalismo pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj)

Ler post
sexta-feira 26/11/10 21:31

Os lados do balcão

Foca2_Amon_editada

Para fazer uma reportagem, o jornalista precisa de dados, visitar lugares, entrevistar autoridades, artistas, políticos, entre outros personagens. E, muitas vezes, para conseguir tais informações e conversas, é necessário passar antes pela assessoria de imprensa. Nesse momento, pode surgir a solução de seus problemas... ou o início deles. Certamente, você, jovem jornalista, já teve alguma experiência negativa em relação a esse agente intermediador. Uma das principais funções de uma assessoria de imprensa é fornecer ao jornalista informações corretas ou acesso a ...

Ler post
quinta-feira 25/11/10 21:22

Reflexões sobre a mulher e o jornalismo

Foca23_Marina_editada

Até meados dos anos 80, as redações eram predominantemente masculinas. Hoje, no mercado paulista, as mulheres já são maioria na profissão. No entanto, ao longo do curso, alguns palestrantes contaram sobre determinadas apurações que não permitiriam uma presença feminina. Então veio a dúvida: ainda existe algum tipo de barreira à mulher jornalista? A maioria das pessoas na redação acredita que não. Pelo menos não dentro do jornal. Mas pode ser que haja situações, apesar de raras, em que uma mulher encontre, ...

Ler post
quinta-feira 25/11/10 13:23

Amor de estrada

Foca12_Flavia_editada

O jornalismo é feito de gente. E é incrível como essa gente está disposta a ajudar: desde uma simples indicação de endereço até a confiança de contar sua história de vida para um estranho – o repórter. Desde semana passada, eu e a foca Érica estamos percorrendo regiões de São Paulo à procura de casas que tenham porão (aliás quem conhecer alguma, nos conte!). Com algumas indicações de arquitetos, de amigos e do Google, percorremos vários bairros, observando as ...

Ler post
quarta-feira 24/11/10 18:17

Matéria a várias mãos

Foca27_Ricardo_editada

Se em um dia dois repórteres conseguem produzir uma matéria de 3 mil caracteres cada um, dificilmente se pode esperar que em dupla consigam fazer uma de 6 mil. Não é a simples soma dos esforços; há mais coisa envolvida. Para o suplemento dos focas, muitas matérias estão sendo feitas em dupla ou trios. Em parte, porque há 30 repórteres para menos de oito páginas, e não há como fazer 30 pautas diferentes. Por outro lado, a matéria em ...

Ler post
quarta-feira 24/11/10 13:32

Mais que papel com tinta, pessoas

Foca25_Paula_editada

A primeira vez que entrei na redação do Estadão fiquei impressionada. Um andar inteiro de jornalistas, lado a lado, escrevendo. Pode parecer deslumbramento, mas tem algo de mágico em um jornal pronto, impresso na frente da gente. Ele ganha uma aura de verdade e vira muito mais que papel com tinta. Com o passar do curso, frequentar o andar em que fica a redação deixou de ser um acontecimento para se tornar algo cotidiano. Ajudava um dia em uma editoria, outro ...

Ler post