Música

DUO FERRAGUTTI & KRAMER

Dia 19. Sábado.
15h – Teatro. Livre.

Os compositores e instrumentistas apresentam um panorama da obra escrita para o acordeon de 120 baixos, desde Luperce Miranda e Radamés Gnattali até a vertente contemporânea de Antonio Carlos Borges-Cunha, além de composições próprias.

SIBA E CONVIDADOS

Dia 19. Sábado.
20h – Teatro. Livre.

Participações: Chico César, Otto, Lirinha e Fernando Catatau. Cantor, compositor e instrumentista, Siba surgiu no cenário musical, nos anos 90, com o grupo Mestre Ambrósio. Com o fim do grupo, Siba passou a trabalhar com o grupo A Fuloresta, formado por músicos populares de maracatu rural da cidade de Nazaré da Mata, no sertão pernambucano, onde residiu por um período.

Retirada de ingressos a partir das 18h.

ORQUESTRA DE BERIMBAUS DO MORRO DO QUEROSENE

Dia 20. Domingo.
14h – Convivência. Livre.

A orquestra foi formada no morro do Querosene a partir de encontros informais que ocorriam na pracinha do morro, nas tardes de domingo. Dinho Nascimento organizou o grupo, que conta com berimbaus cuidadosamente afinados. Além dos berimbaus, os integrantes entoam cantos como ladainhas, corridos, chulas e sambas de roda.

QUINTETO VILLA LOBOS

Dia 20. Domingo.
15h – Convivência. Livre.

Quinteto de madeiras carioca, dedicado à divulgação do repertório brasileiro de música de câmara. Formado por Antonio Carrasqueira (flauta), Luis Carlos Justi (oboé), Paulo Sergio Santos (clarineta), Philip Doyle (trompa) e Aloysio Fagerlande (fagote).

PEREIRINHA & PEREIRÃO

Dia 20. Domingo.
16h – Teatro. Livre.

Dupla caipira-pop-folk-rock, formada por Mauricio Pereira, cantor e compositor, e seu filho Tim Bernardes, guitarrista, violonista e cantor. No repertório, há clássicos do folk, rock e country, música sertaneja e canções do repertório do grupo Os Mulheres Negras, do qual Maurício fez parte e do repertório de Tim em sua banda, O Terno. Neste show, a dupla contará com a participação especial de Wander Wildner.

***

Infantil

BARBATUQUES – TUM PÁ

Dia 19. Sábado.
12h – Teatro. Livre.

O primeiro espetáculo infantil do Núcleo Barbatuques, referência internacional em per- cussão corporal, é uma jornada através de sons e movimentos, numa experiência musical que brinca com o corpo da cabeça aos pés. Reflete a espontaneidade da infância e a naturalidade com que a criança brinca com o corpo e suas possibilidades. Tum Pá traz canções inéditas produzidas pelo grupo e outras que fazem parte da cultura popular em versões originais e inusitadas, valorizando a música brasileira.

MIRA – EXTRAORDINÁRIAS DIFERENÇAS, SUTIS IGUALDADES

Dias 19 e 20. Sábado.
15h30 – Domingo, 12h. Convivência. Livre.

Bonecos representando figuras humanas estilizadas mostram suas potencialidades e dificuldades, certos de que suas diferenças os tornam únicos. Com o Grupo de Teatro de Pernas Pro Ar (RS). Dias 19 e 20. Sábado, 15h30.

DOIS NÚMEROS

Dia 20. Domingo.
10h30 – Teatro. Livre.

Espetáculo composto por duas peças curtas, Cama de Gato e De Dentro, que se constroem como delicadas coreografias a partir da música e da movimentação dos atores. Cama de Gato é inspirada na tradicional brincadeira de mesmo nome. Três atores vestindo máscaras animam um fio de algodão, desenhando figuras e formas pelo espaço de maneira lúdica, num mundo em busca da própria forma. De Dentro traz para a cena a figura humana representada por um intrépido boneco que sai de dentro de caixas de papelão para conhecer seus manipuladores e desvendar o ambiente ao seu redor. Com a Cia. Teatro Portátil.

***

Circo

NAU DE ÍCAROS

Dias 19 e 20. Sábado e domingo.
10h às 18h. Diversos espaços da unidade. Livre.

Acrobatas e músicos recepcionam o público na entrada e em outros espaços da unidade, com números circenses de aéreos e pernas de pau, a partir de pesquisas sobre as brincadeiras das festas brasileiras, como o Cavalo Marinho, Mara- catu e Boi Bumbá.

***

Teatro

LAMARTINE BABO

Dia 19. Sábado.
16h30 – Teatro. 12 anos.

Espetáculo musical dramático escrito por Antunes Filho e dirigido por Emerson Danesi homenageia Lamartine Babo, um dos maiores compositores da música popular brasileira. Com CPT/ SESC Centro de Pesquisa Teatral. Direção musical: Fernanda Maia.

A NOITE DOS PALHAÇOS MUDOS

Dia 20. Domingo.
13h30 – Teatro. 12 anos.

Os Palhaços Mudos habitam uma cidade onde são perseguidos por uma seita que os consideram uma ameaça e que tentam extingui-los por fazerem muitas palhaçadas. Roteiro e adaptação: La Mínima e Alvaro Assad. Com Domingos Montagner, Fernando Sampaio e William Amaral. Direção e preparação mímica: Alvaro Assad.

A CASA AMARELA

Dia 20. Domingo.
19h – Teatro. 14 anos.

O espetáculo é uma reflexão sobre o sonho de Vincent Van Gogh de fundar uma comunidade de artistas em Arles, no sul da França. Na chamada Casa Amarela, Van Gogh tece como companheiro de trabalho Paul Gauguin e, juntos, viveram uma das mais intensas e espantosas oportunidades criativas da história. Direção: Márcia Abujamra. Texto e interpretação: Gero Camilo.

Retirada de ingressos a partir das 17h.

***

Dança

ADONIRAN

Dia 19. Sábado.
13h30 – Teatro. Livre.

Espetáculo de dança do Ballet Stagium em homenagem ao centenário de Adoniran Barbosa, um dos ícones da música brasileira que em suas composições retratava o cotidiano da população urbana de São Paulo e as mudanças causadas na cidade pelo progresso.

CRENDICES

Dia 20. Domingo.
12h. Teatro. Livre.

Extraídas de alguns trechos do romance “A Pedra do Reino”, de Ariano Suassuna, foram destacadas passagens em que a crença em fenômenos do cotidiano é elemento determinante do destino de um povo. Crenças populares, advindas do passado de cada um de nós e dos textos do autor servem de inspiração para este trabalho coreográfico, unindo “causos”, tragédias, alegrias e curiosidades. Com a Cia. de Danças de Diadema.

***

Intervenções

REALEJO POÉTICO

Dia 19. Sábado.
10h às 18h – Diversos Espaços. Livre.

Intervenção itinerante na qual um bonequinho, chamado de Poeta, sorteia poesias para o público ao som de música ao vivo. Com a Cia Patética.

CIA. TEATRO DANÇA IVALDO BERTAZZO

Dia 19. Sábado.
13h – Convivência. Livre.

Uma serpente formada por corpos que se movimentam com delicadeza, sem perder a expressividade de movimentos, evolui e ocupa a área de convivência da unidade. .

MARACATU NAÇÃO CAMBINDA

Dia 19 Sábado.
18h – Convivência. Livre.

Espetáculo que representa a coroação dos reis negros que eram escravizados.

PUNTEAR – CIA. DAMAS EM TRÂNSITO E OS BUCANEIROS

Dias 19 e 20 – Sábado e domingo.
10h às 18h – Diversos espaços. Livre.

Performance em que a Cia, por meio do movimento livre e da improvisação, faz uma leitura corporal e sensorial do lugar valendo-se da arquitetura, sons e ambiente. Direção: Alex Ratton Sanchez.

PENEIRA E SONHADOR

Dias 19 e 20. Sábado e domingo.
10h às 18h – Diversos espaços. Livre.

Intervenção musical com a dupla de emboladores nordestinos que integra a Orquestra dos Músicos das Ruas de São Paulo.

CANTO A CANTO

Dias 19 e 20. Sábado e domingo.
10h às 18h – Diversos espaços. Livre.

Em uma caixinha encontram-se poesias e músicas que serão sorteados e oferecidos ao público como um delicado presente. Com Daniela Schitini, Eliana Bolanho, Juliana Gontijo e Vera Abbud, da Cia. As Graças.

TRAVESSIA

Dia 20. Domingo.
10h às 18h – Diversos Espaços. Livre.

Com melodias executadas ao vivo, uma boneca convida um espectador de cada vez para dançar, acariciar sua mão e, antes da despedida, oferece-lhe uma flor. Com o grupo Caixa de Imagens.

BLOCO AFRO ILU OBA DE MIN

Dia 20, Domingo.
17h – Convivência. Livre.

O Bloco Afro Ilú Obá De Min tem como objetivo divulgar as tradições percussivas, musicais e coreográficas africanas e afro-brasileiras a partir de oficinas de rua para mulheres. Ilú Obá De Min – Educação, Cultura e Arte Negra é uma entidade feminina, sem fins lucrativos, que surgiu ao longo de vinte anos de pesquisa-ação desenvolvidas com variados grupos sociais, tendo como base as culturas de matriz africana e afro-brasileira.

***

Literatura

SANTO AMARO DE LEITORES

Dias 19 e 20. Sábado e domingo.
10h30 às 18h30 – Biblioteca. Livre.

Seleção e oferta de livros feita por grupos culturais de Santo Amaro e bairros adjacentes em exposição na biblioteca da Unidade e posteriormente disponíveis para empréstimo.

HISTÓRIAS DAQUI E DE LÁ

Dias 19 e 20. Sábado e domingo.
12h e 15h – Biblioteca. Livre.

Narração de histórias com a utilização de objetos, adereços e figurinos e uma seleção de contos populares brasileiros e africanos. Com o grupo As Meninas do Conto.

HISTÓRIAS QUE SE CANTAM, MÚSICAS QUE SE CONTAM

Dias 19 e 20. Sábado e domingo.
13h30 e 16h30 – Biblioteca. Livre.

Histórias permeadas por parlendas cantadas, onde o público é convidado a participar cantando junto com o grupo Girasonhos.

VEM POETA

Dias 19 e 20. Sábado e domingo.
10h às 18h30. Diversos espaços.

O projeto marca a relevância da poesia para os moradores e frequentadores da região e oferece uma breve amostra da produção literária da zona sul de São Paulo. Curadoria: Sérgio Vaz.

***

Cinema e Vídeo

SESC SANTO AMARO: REDES DE CONVIVÊNCIA

Dias 19 e 20. Sábado e domingo.
13h e 15h30. Internet Livre. Livre.

Exibição de documentário realizado pelo Coletivo Arte Na Periferia Filmes, que mostra o trabalho desenvolvido pelo Sesc na zona sul de São Paulo, fortalecendo e ampliando as conexões estabelecidas entre o Sesc e as instituições socioculturais da região.

***

Esportes

VOLEIBOL DE OURO

Dia 19. Sábado.
11h30 às 14h – Ginásio.

Presença de: Carlão, Marcelo Negrão, Pampa, Paulão, Talmo, Tande, Nalbert, Anderson, André Heller, Henrique, Giovane e Maurício, atletas da geração de ouro dos Jogos Olímpicos de 1992 e 2004.

REVEZAMENTO 4 x 25m

Dia 19. Sábado.
11h30 às 12h. Piscina.

Com a participação dos atletas: Joana Maranhão*, Mariana Brochado, Felipe França* e Bruno Fratus*.

DANÇA INCLUSIVA

Dia 19. Sábado.
11h30 às 14h – Sala de Práticas Corporais.

Com a Cia. Suzie Bianchi.

GINÁSTICA MULTIFUNCIONAL

Dias 19 e 20. Sábado, 11h30 às 17h30. Domingo.
10h às 17h30 – Sala de Ginástica Multifuncional.

Apresentação do programa.

TREINO DE NATAÇÃO

Dia 19. Sábado.
12h às 13h30 – Piscina.

Com a presença de equipes dos Clubes Paulistano e Espéria.

NATAÇÃO OLÍMPICA

Dia 19. Sábado.
13h30 às 15h – Piscina.

Com os atletas Fernando Scherer, Mariana Brochado e Felipe França*.

FESTIVAL DE GINÁSTICA

Dia 19. Sábado.
14h às 15h30 – Ginásio.

Com grupos de ginástica rítmica, artística, acrobática e geral.

PERCUSSÃO COM BOLA SUIÇA

Dias 19 e 20. Sábado.
14h. Domingo, 10h – Sala de Práticas Corporais.

Atividade rítmica e corporal com utilização de bolas grandes.

HIDROGINÁSTICA

Dias 19 e 20. Sábado.
15h e 17h. Domingo, 13h – Piscina..

JOGOS AQUÁTICOS

Dias 19 e 20. Sábado.
15h – Domingo, 17h. Piscina.

Basquete aquático e pólo.

GINÁSTICA GERAL

Dia 19. Sábado.
15h e 16h – Sala de Práticas Corporais.

Exercícios com os principais elementos ginásticos, estimulando a criatividade e a integração dos participantes.

HANDEBOL FEMININO

Dia 19. Sábado.
15h30 às 16h30 – Ginásio.

Com equipe da Seleção Brasileira*.

NADO SINCRONIZADO – OLÍMPICO

Dia 19. Sábado.
16h às 17h – Piscina.

Com as atletas Lara* e Nayara*.

HANDEBOL EM CADEIRAS DE RODAS

Dias 19 Sábado.
16h30 às 17h30. Ginásio.

Com a equipe UFSCar/PMSC.

RECREAÇÃO AQUÁTICA

Dias 19 e 20. Sábado.
17h. Domingo, 11h. Piscina.

Atividades lúdicas, gincanas e intervenções.

RITMOS DANÇANTES

Dia 19. Sábado.
17h. Sala de Práticas Corporais.

Atividade com várias possibilidades de movimento e da expressão do corpo.

MEETING DE ATLETISMO – OLÍMPICO

Dia 20. Domingo.
10h às 13h – Ginásio.

Com os atletas: Fabiana Murer* (Campeã mundial de salto com vara de 2011 – Coréia do Sul), Jadel Gregório (Campeão de salto triplo nos Jogos Pan-americanos de 2007 – Rio de Janeiro), Marilson Gomes* (Bicampeão da Maratona de Nova York e Tricampeão da São Silvestre), Maurren Maggi* (Campeã de salto em distância nos Jogos Olímpicos de 2008 – Pequim) e Vicente Lenilson (2º lugar de revezamento nos Jogos Olímpicos de 2000 em Sydney, Campeão de revezamento 4X100 nos Jogos Pan-americanos de 2007 – Rio de Janeiro).

PRÁTICAS AQUÁTICAS

Dia 20. Domingo.
10h. Piscina.

Para gestantes e crianças de 3 a 6 anos.

BOLHA AQUÁTICA

Dia 20. Domingo.
11h às 13h. Piscina.

Bola gigante na qual os participantes entram e se deslocam sobre a água.

IOGA

Dia 20. Domingo.
11h. Sala de Práticas Corporais.

Técnica que utiliza exercícios posturais e respiratórios, proporcionando a concentração, relaxamento e o autoconhecimento.

PILATES DE SOLO

Dia 20. Domingo.
12h e 13h – Sala de Práticas Corporais.

Método criado por Joseph H. Pilates, que objetiva a reorganização postural.

NATAÇÃO

Dia 20. Domingo.
13h. Piscina.

ESPORTES DE RUA

Dia 20. Domingo.
13h30 às 17h30 – Ginásio.

Performances de: Basquete Street, Hip Hop, Break Dance, Iô-iô, Futebol Freestyle, BMX e Festival de Trios.

TAI CHI CHUAN

Dia 20. Domingo.
14h – Sala de Práticas Corporais.

Arte marcial chinesa.

FESTIVAL DE NATAÇÃO

Dia 20. Domingo.
14h às 15h30. Piscina.

Com a presença da atleta paraolímpica Fabiana H. Sugimore, medalha de Ouro em Atenas (2004), e Poliana Okimoto*, atleta de maratona aquática.

CAPOEIRA

Dia 20. Domingo.
15h – Sala de Práticas Corporais.

SURF

Dia 20. Domingo.
15h30 às 17h. Piscina.

TAEKWONDO

Dia 20. Domingo.
16h30. Sala de Práticas Corporais.

***

Artes Visuais

MANIFESTAÇÕES DA FÉ – ARTE POPULAR NO ACERVO SESC DE ARTE BRASILEIRA

Dias 19 e 20. Sábado.
Domingo, 10h às 18h – Espaço das Artes e Espaço de Múltiplo Uso. Livre.

Conjunto de obras de arte popular do acervo do Sesc SP cujas características estabelecem uma narrativa que evidencia a proximidade com o sagrado. Artistas surgidos do povo evocam e plasmam seus santos e cenas religiosas, reveladas através da singularidade das mais diferentes representações. Curadoria de Ricardo Amadasi.

ACERVO SESC DE ARTE BRASILEIRA

Dias 19 e 20. Sábado.
10h às 19h – Domingo, 10h às 18h. Diversos Espaços. Livre.

Encontra-se distribuído nas unidades da capital, litoral e interior e corresponde a trabalhos artísticos de diferentes dimensões, de artistas diversos. Entre obras já existentes e novas aquisições, estarão expostas na unidade Santo Amaro obras dos artistas Luis Hermano, José Patrício, Efrain Almeida, Amélia Toledo, João Câmara, Alex Cerveny entre outros.

PAISAGENS CONSTRUÍDAS RAÍZES AÉREAS

Dias 19 e 20. Sábado.
10h às 19h – Domingo, 10h às 18h. Fachada da unidade. Livre.

A intervenção de Laura Gorski apresenta o conceito da construção de paisagens aliada à ideia de que todo o ambiente que nos envolve na cidade é fruto de uma ação deliberada, resultante da ação do homem.

CARREGADORES DE CASAS

Dias 19 e 20. Sábado.
10h às 19h. Domingo, 10h às 18h. Muro interno. Livre.

O artista Mauro articula em sua obra os eixos arte, meio ambiente e convivência.

CAMADAS

Dias 19 e 20. Sábado.
Domingo, 10h às 18h. Paredes internas dos elevadores – subsolo. Livre.

Intervenção que se apropria do fosso do elevador para criar um diálogo lúdico com o espaço do subsolo. O grupo Base V trabalha com diversas linguagens como desenho, pintura e apropriação.

MARACATU ATÔMICO

Dias 19 e 20. Sábado.
10h às 19h. Domingo, 10h às 18h. Garagem – subsolo. Livre.

Em sua intervenção o artista Speto propõe uma interpretação visual de imagens que remetem a cultura popular e principalmente o cordel.

GALERIA GRAFITI

Dias 19 e 20. Sábado.
10h às 19h – Domingo, 10h às 18h.

Um muro de 900 m2 ganha cor e vida com intervenção de 40 artistas, 30 deles da região sul de São Paulo, mapeados pelo projeto Santo Amaro em Rede. Coordenação: Rui Amaral e Mauro Néri. Na Avenida Adolfo Pinheiro (entre as ruas Isabel Schmidt e Padre José Anchieta).

ÁRVORE RG

Dias 19 e 20. Sábado.
10h às 19h. Domingo, 10h às 18h. Fachada da unidade. Livre.

A instalação da artista Renata Bueno consiste em convidar as pessoas a se autorretratarem em uma cabine de fotodocumento e criarem, com suas fotos, uma árvore genealógica da região e dos visitantes.

IMAGEM E LETRA IMPRESSA – FUNDAMENTOS DA ESTAMPA GRÁFICA

Dia 19. Sábado.
12h às 18h30 – Sala de Oficinas. Livre.

Apresentação dos fundamentos das artes gráficas nas diversas etapas do processo de produção de imagem e letra impressa, com preparo de um conjunto de matrizes que conjuga a tipografia das palavras Santo Amaro a imagens referenciais do bairro.

BORDANDO A NATUREZA

Dia 20. Domingo.
10h30 às 17h30. Sala de Oficinas. Livre.

Demonstração de delicados bordados desen- volvidos pelas Bordadeiras de Taguatinga, artesãs que buscam na flora e fauna do cerrado a inspiração para suas criações. Coordenação: Renato Imbroisi.

***

Artemídia

INTERNÉTICA

Dias 19 e 20. Sábado e domingo.
10h30 às 12h30, 13h30 às 15h30, 16h30 às 18h30. Internet Livre. Livre.

Instalação performática que utiliza a Internet para conectar as comunidades e centros culturais no entorno da unidade com imagens enviadas no estilo “stopmotion”, das comunidades para o Sesc e vice-versa. Cada ponto conta com uma infra- estrutura de computador, rede, webcam e telão, além de um dispositivo para disparar as capturas de fotos. Com Jean Habib, VJ e artista multimídia.

VRUM ZONA SUL

Dias 19 e 20. Sábado e domingo.
12h30 e 16h. Internet Livre. Livre.

Improvisação multimídia a partir da técnica do grafite digital. A proposta artística do coletivo DMV22 é abordar a saturação e a correria das cidades contemporâneas, com foco na região de Santo Amaro. Com Mario Lopes, Gabriel Spinosa e Achiles Luciano, do coletivo DMV22.

CRIE – PUBLIQUE – #COMPARTILHE

Dias 19 e 20. Sábado.
12h às 18h30. Domingo, 10h às 17h30. Internet Livre. Livre.

O público poderá participar da cobertura de inauguração da nova unidade e compartilhar as experiências no twitter e youtube para que sejam publicadas no site colaborativo Meu Novo SESC: sescsp.org.br/meunovosesc.

***

Turismo Social

OS CAMINHOS DO SESC SANTO AMARO

Dias 19 e 20. Sábado e domingo.
a partir das 13h. Por toda a unidade.

As histórias da região de Santo Amaro e os espaços do Sesc são apresentados ao público por um inusitado e divertido “guia de turismo”. Com o ator Ricardo Napoleão.

***

Natureza e Meio Ambiente

O CARTEIRO

Dias 19 e 20. Sábado e domingo.
a partir das 14h. Por toda a unidade.

Um simpático carteiro convida os visitantes à reflexão sobre como é bom conviver com as diferenças e se envolver na construção de um mundo mais saudável e sustentável. Com a Cia. Mimicalado.

***

Diversidade Cultural

KARAJÁ

Dia 19. Sábado.
14h30. Área de Convivência.

Dia 20. Domingo.
14h30. Praça Descoberta.

O grupo dos Karajá, habitantes seculares das margens do rio Araguaia nos estados de Goiás, Tocantins e Mato Grosso mostrará danças e cantos da Festa de Aruanã e da Casa Grande (Hetohoky).

TAMBOR DE CRIOULA DA FAMÍLIA MENEZES

Dia 19. Sábado.
17h30 – Praça Descoberta..

Dança em círculo, feita somente por mulheres, acompanhada por três tambores chamados em seu conjunto de parelha.

JONGUEIROS DO TAMANDARÉ

Dia 20. Domingo.
11h – Área de Convivência.

Jongo é uma manifestação cultural essencialmente rural diretamente associada à cultura africana no Brasil e que implicou na formação do samba carioca, em especial, e da cultura popular brasileira como um todo..

Tags: , , , ,

1 Comentário | comente

  • A + A -
1 Comentário Comente também

Deixe um comentário:

 

Arquivos

Todos os Blogs