ir para o conteúdo
 • 

Curiocidade

13.setembro.2012 21:52:56

O musical “A Família Addams” na mira do Procon

Fui ver no sábado passado o musical A Família Addams. Foi um programa familiar planejado com muita antecedência. Escolhi a sessão das 17 horas. Comprei quatro ingressos – duas inteiras e duas meias – com uma certa antecedência (fui até as bilheterias do Teatro Abril para evitar a roubalheira das taxas de conveniência). Chegamos bem cedo ao teatro. Nada poderia dar errado. Ou poderia? Para decepção geral, quando a cortina se abriu, Marisa Orth não estava em cena. Em geral, quando há uma substituição, o público é informado antes. Não houve qualquer tipo de comunicação, muito provavelmente para evitar uma vaia generalizada. O papel de Mortícia Addams foi interpretado por Dani Calicchio, que aparece no programa como assistente de direção e coreógrafa. Nada contra Dani Calicchio, que fez bem o seu trabalho. Mas eu paguei para ver Marisa Orth.  Era como se eu tivesse ido ver o show de Chitãozinho e Xororó e só o Xororó tivesse aparecido.

Na saída, o que eu ouvi é que a produção pode  trocar os atores sem aviso prévio. E só. Mas Marisa Orth e Daniel Boaventura não são usados como chamariz do espetáculo? É só ver a propaganda. Se a atriz estivesse doente eu até aceitaria. Não estava. Marisa fez a sessão das 21h. Como houve sessão extra também na sexta-feira, imagino que devam ter dado um descanso para a atriz. E eu com isso? A ganância da produção frustrou os espectadores.

O Blog do Curiocidade entrou em contato com a assessoria de imprensa da Time for Fun, produtora da peça. As perguntas foram enviadas por e-mail. Abaixo as respostas:

Por que Marisa Orth não fez o espetáculo das 17h do sábado passado? (Ela não estava doente, pois fez o espetáculo das 21h normalmente).
A atriz Marisa Orth participa/participou até hoje (desde a estreia do espetáculo em 07 de março de 2012) de 94% dos shows apresentados.
Meu comentário – Não foi essa a pergunta. Portanto, ficamos sem saber o que Marisa Orth estava fazendo no sábado à tarde.  Fazendo uma conta rápida, baseado nessa estatística, calculei que Marisa deva ter faltado a uns 8 espetáculos em seis meses, que dá um total – com a casa cheia – de 12 mil espectadores frustados. Não sei quantas vezes Daniel Boaventura faltou. Portanto, o prêmio de consolação foi saber que mais uma pequena multidão teve o mesmo problema.

Por que o público não foi informado antes do espetáculo que ela seria substituída, como é tradição no teatro? Medo de vaia do público?
Meu comentário – Não foi respondido.

Se Marisa Orth e Daniel Boaventura são o chamariz de público, a substituição dos dois sem aviso prévio não configura uma enganação?
“O espetáculo “A Familia Addams” tem Marisa Orth e Daniel Boaventura no elenco, porém ambos têm compromissos assumidos anteriormente ao contrato com o espetáculo e devem ser respeitados e cumpridos. Por conta disto, em nossos anúncios, em todos os canais de venda de ingressos para o espetáculo e no próprio ingresso impresso, a T4F informa aos seus consumidores que o elenco pode sofrer alteração (Classificação etária: livre. Menores de 12 anos acompanhados dos responsáveis. O elenco deste espetáculo poderá sofrer alterações sem prévio aviso.).  Além disto, as informações sobre o elenco da peça são atualizadas diariamente, nas placas da bilheteria e na entrada do Teatro.
Meu comentário – Como a maior parte dos ingressos é comprada com antecedência, a informação atualizada no próprio dia não resolve o problema do público. Se os compromissos dos atores foram assumidos antes de assinarem seus contratos, a produção sabe com muita antecedência os dias em que eles não estarão em cena. Daria para comunicar ao público também com antecedência. Não foi o caso. Um caso de má-fé?
Sobre o aviso de substituição dos atores, a Time for Fun só não diz que os nomes dos protagonistas aparece em letras garrafais no alto dos anúncios. E  a “possibilidade de substituição sem aviso prévio”  aparece em letras microscópicas no rodapé dos anúncios. Só consegui ler essa informação com o uso de uma lupa. E não é força de expressão.

Por que a produção não dá direito (ou não avisa) ao público de pegar seu dinheiro de volta ou trocar o ingresso se não concordar em ver o espetáculo com outro protagonista?
O espectador pode solicitar a troca de data do ingresso. Para isso, ele deve se dirigir a um dos recepcionistas da casa, ao perceber que o ator que ele gostaria de ver em cena não está atuando naquela sessão.”
Meu comentário – Por que essa informação é anunciada? Não seria mais honesto com o público? Nos Estados Unidos, os produtores informam, antes do início do espetáculo, os atores que serão substituídos. No caso de protagonistas, os espectadores são avisados que poderão trocar os ingressos.  Mas isso é lá, não aqui.

Quem não gostou de saber desse comportamento da produção de A Família Addams foi Marcio Marcucci, diretor de fiscalização do Procon-SP. Ele diz que, se a peça foi anunciada com uma atriz de prestígio no papel principal,  é preciso avisar o consumidor caso haja trocas.

O aviso precisa ser feito de forma antecipada, permitindo ao cliente procurar seus direitos. Os direitos são pedir o dinheiro de volta ou trocar o ingresso pelo de outra sessão – desta vez, com a artista indicada na propaganda: “É preciso colocar à disposição do cliente meios para trocar o ingresso”, avisa. “Pelo menos um número de telefone”. Marucci diz que atitudes desrespeitosas como essa da produção de A Família Addams não estão de acordo com o Procon. “A empresa tem o dever de agir com transparência, principalmente no caso da troca de um protagonista que aparece nos anúncios”, decreta.

Se o aviso não for feito a tempo e o cliente se sentir lesado, deve procurar primeiro a produtora. Caso não seja atendido, é recomendável procurar o Procon para reaver seu dinheiro.

Você já passou por situação semelhante com A Família Addams ou outro musical? Deixe a sua experiência aqui nos comentários.

(Com imagem de João Caldas/Divulgação)

comentários (68) | comente

  • A + A -
68 Comentários Comente também
  • 13/09/2012 - 22:32
    Enviado por: Renata Freitas

    Oi Marcelo. Eu fui assistir ao espetáculo no dia 7/07, às 17h e tmb a Marisa Orth não fez. Quando estavamos subindo para os nossos lugares, na pirta estava quem eram os atores e ela não estava. Não me surpreendeu, pois eu tinha lido que ela não faz todos os espetáculos, nas não sabia que era na minha vez! Mas me decepcionou, afinal a atriz q faz no lugar é uma cópia da Marisa…parece um prêmio de consolacão para quem foi assistir e não tinha a Marisa, mas sim uma cópia. Muito ruim

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/09/2012 - 00:05
    Enviado por: Betty Nishi

    Olá, Marcelo!
    Fico feliz que o Blog Curiocidades tenha feito este levantamento e o tenha publicado para alertar contra esses truqueiros de plantão! É uma propaganda enganosa divulgar o nome de artista tão conhecido eventualmente utilizado como chamariz, e depois em letrinhas pequenininhas dizer que o elenco pode sofrer alteração. Se assim é, que o aviso seja feito com antecedência o suficiente para o público poder escolher se quer ir (ou não) num dia que ela atuará (ou não). Isso é o mínimo!
    Além do PROCON, há também o recurso do CONAR (http://www.conar.org.br/ ) o Conselho de Autorregulamentação Publicitária, que certamente acolherá o caso com rapidez. Já precisei recorrer a eles contra uma propaganda enganosa, e eles são superrápidos. Conheço inclusive um de seus conselheiros que diz que a denúncia é apurada e verificada imediatamente. No site há pareceres dos tipos de reclamações e suas apurações.
    Isso mesmo, se houver má-fé, precisamos coibir essa prática. Não podemos dar lugar a esses truques. (Como se já não bastasse o assalto que é a “taxa de (IN)conveniëncia” que essas empresas e produtoras mandam cobrar.)

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/09/2012 - 00:28
    Enviado por: Regisclei

    PROPAGANDA ENGANOSA – Essa é a parte prevista no código penal.
    DESRESPEITO AO SEU PÚBLICO – Essa, meus caros, espero que vocês (responsáveis por essa palhaçada) sintam na baixa de suas contas bancárias e de sua popularidade.
    Break a leg!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/09/2012 - 01:14
    Enviado por: Sergio

    Fui ver o espetáculo com minha esposa e minha filha no dia 26/8, e só descobrimos que ela não participava quando abriram as cortinas… Comprei os ingressos um dia antes (paguei a absurda taxa de ‘conveniência’), e deveria ter sido avisado pois descobri depois que nesse dia ela fez um show (Vexame2) em Florianópolis. Ou seja, quando me venderam o ingresso já sabiam que ela não participaria! Ironicamente o vexame foi aqui… Falta de respeito e malandragem!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/09/2012 - 01:22
    Enviado por: BOB

    Fui ao Teatro Abril assisitir “Mamma Mia”, e o papel da mãe foi feito por uma atriz no primeiro ato, e por outra completamente diferente no segundo ato. Não houve qualquer aviso de substituição durante o intervalo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/09/2012 - 06:02
    Enviado por: Glen

    Essa gente de teatro e tv são os primeiros a nos incentivarem a procurar tal orgão, PROCON NELES !!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/09/2012 - 06:46
    Enviado por: Rodrigo

    Eu fui comprar ingressos do show infantil no hsbc brasil dia 9/9/12 “hi 5 surpresa.”
    Podem pesquisar na internet , o proximo show sera no rio de janeiro , e esta anunciado “elenco oficial latino americano” ( que nao existe)
    Esta anunciado no site do ingresso rapido , show com o elenco ” lauren,casey , fely,steve,tim”.
    Fui ate a bilheteria do hsbc brasil,escolhi os lugares , na hora de pagar,perguntei se o elenco era o australiano,que e o famoso ! ( quem tem crianca pequena sabe que somos obrigados a entender muito bem destes assuntos)
    Pra minha surpresa ela disse que nao !
    Respondi ” um minuto , voce esta anunciando Lauren , Steve , Tim , Casey e Feley , tem que ser o Australiano”
    Ela me respondeu que rles interpretam os ” personagens”.
    Expliquei a ela que o grupo HI 5 tem personagens sim , mas sao os bonecos , agora o ” elenco ” muda sim , existe o Hi 5 Australiano , Americano e Britanico , e os protagonistas usam seus proprios nomes , como pode ser visto no fim de cada episodio .
    Bem , ela nao soube mais me responder , e me disse que o show era dublado .
    O show entao , era um cover do HI5 , porem , com ingressos vendidos a preco de show do original , pois o camarote era 200 reais por pessoa .
    Eu nao fui enganado , mas com certeza varias pessoas foram e varias criancas sairam frustradissimas , pois foram induzidas que iri ver seus idolos , e encontraram imitacoes .
    Ma-fe dos organizadores e da casa de show .
    Procon neles.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/09/2012 - 07:24
    Enviado por: André Francisco

    O problema, Marcelo, é que no Brasil a palavra respeito e a palavra honestidade não são importantes. Por parte das empresas, mesmo, nunca somos levados em consideração. O tratamento ao consumidor, assim como o tratamento que você recebe dos orgãos públicos, são infelizes e muitas vezes grosseiros. E isso se reflete no nosso trato com o próximo. Assim, estamos educando nossos jovens, com a estupidez do desrespeito, da falta de educação e da arrogância da impunidade (o que na minha opinião é o que há de pior!) Desta forma, somos uma população que se rouba, se mata, é agressiva no trânsito, etc… Mas, queremos vender para os gringos que somos um povo alegre, feliz e acolhedor, pode? Precisamos nos respeitar para viver em país melhor! Precisamos fazer valer a honestidade para reinventar nossa condição! E, acima de tudo, precisamos deixar de não fazer a auto-crítica necessária para poder avaliar corretamente como precisamos mudar urgentemente.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 14/09/2012 - 23:15
      Enviado por: Mari

      André, perfeito o seu comentário. Precisamos atentar para esses fenômenos sociais tão recorrentes. Hoje há muito desrespeito, falta de educação, falta de cultura de excelência, falta de convivência aprimorada e falta de honestidade. E nossos jovens estão cada vez mais perdidos nessa onda de desrespeito. De um lugar que propaga a cultura se espera um melhor exemplo.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 15/09/2012 - 07:48
      Enviado por: Fabio Nogueira

      Comentário perfeito. Assino embaixo

      responder este comentário denunciar abuso
  • 14/09/2012 - 08:18
    Enviado por: Analúcia Batista

    O meu caso foi igual ao da Renata Freitas, mas o dia do espetáculo foi o dia 26/08 também no horário das 17h. Acredito que já é de praxe a atriz Marisa Orth não fazer o espetáculo das 17h.
    Muito apropriado o seu post, pois eu acreditava que o ocorrido comigo tinha sido somente um exceção o que parece não ser verdade.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/09/2012 - 08:19
    Enviado por: Flavio

    bom, substituições no elenco ocorrem no Teatro há décadas, em qualquer espécie de peça, sem aviso prévio, no caso de algum dos atores principais não estar disponível por algum motivo….mesmo porque imprevistos ocorrem e as apresentações não podem ser canceladas de última hora….

    e realmente no caso da Família Adams, a time4fun avisa que pode haver alterações no elenco, como de falo li até mesmo no ingresso, bem visível, logo abaixo da classificação etária….

    acredito que o caso aqui em parte é desatenção do próprio consumidor….

    responder este comentário denunciar abuso

    • 14/09/2012 - 10:52
      Enviado por: marceloduarte

      Caro Flávio,
      Imprevistos são totalmente justificados, sim. Mas a Time for Fun age de má-fé. Veja os casos relatados por outros consumidores. A atriz não fez a apresentação porque tinha outro show agendado em Florianópolis. Nada contra. Mas por que o consumidor não foi avisado? Desatenção?
      Abraços e obrigado pela leitura.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 14/09/2012 - 08:39
    Enviado por: Marcos Lara

    Isso já aconteceu em shows também: no segundo Rock’n'Rio no Brasil, em 1991 havia o anúncio de duas apresentações do Robert Plant, mas como ele seguiria do Brasil para Argentina em outros shows e os ingleses estavam preocupados com a situação da Argentina ele cancelou a vinda para a América do Sul alegando doença e as apresentações foram substituidas pelo Santana e Billy Idol que se apresentaram mais vezes que o combinado, cobrindo a falha o Plant. E isso só foi avisado às vésperas do show… como sempre, aliás!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/09/2012 - 08:41
    Enviado por: Leonardo

    Mas antes mesmo de acionar o Procon, o público potencial desse espetáculo deveria dar o troco nesses picaretas boicotando o espetáculo. Eu chego a conclusão que todos os desrespeitos de empresas prestadores de serviços e demais picaretas devem sofrer no bolso, que é o que realmente interessa. Postem nas redes sociais, divulguem entre seus amigos e boicotem. Basta uma sessão sem quorum e esses picaretas se tocam. Enquanto a picaretagem continuar dando lucro, seremos reféns desse tipo de prática. Devemos boicotar todo tipo de comércio e/ou prestação de serviço que tem como estratégia enganar, persuadir e lesar seus consumidores.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/09/2012 - 07:53
      Enviado por: Fabio Nogueira

      Exatamente. E no dia em que o brasileiro entender isso, as coisas mudam. Neste país, quando acontece algo errado, espera-se que o “governo” faça algo. Geralmente aparece algum político oportunista e inventa uma “lei” qualquer pra corrigir o problema. Com o tempo cria-se apenas um cipoal de leis e regulamentações que ninguém segue. E o consumidor continua pedindo pela intervenção do “governo” ao invés de se organizar e se mexer. Só existe uma lei que todo mundo respeita: a lei do dinheiro. No dia em que a população ler um blog como este e sumir do teatro levando a peça à falência, pode ter certeza que todos os demais produtores passarão a dar muito mais atenção aos seus consumidores.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 14/09/2012 - 09:00
    Enviado por: João Aloise

    Tivemos a mesma frustração logo quando a peça entrou em cartaz. Seria como você agendar uma consulta com um médico e no momento que você adentra a sala percebe que o médico é outro.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/09/2012 - 10:50
    Enviado por: karen sanchez

    Realmente é um absurdo! Queima ainda mais o filme do teatro no br.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/09/2012 - 11:08
    Enviado por: fernando candia

    Marcelo, acho que se eu fosse vc eu não reclamaria tanto. Assisti o musical com a Marisa Orth e estava péssimo. Nenhum compromisso e um excesso de confiança que leva a Atriz a exagerar na informalidade, tornou-a vulgar e sem graça. Achei , como seria de se esperar em um espetáculo sobre uma família de horrores, um Horror. Talvez tenha sido melhor a sua experiência sem a Marisa. Abraço.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 14/09/2012 - 11:25
      Enviado por: marceloduarte

      Olá, Fernando! Não tinha parado para pensar por esse ângulo… rs! Obrigado pela mensagem e por enriquecer o debate. Abraços.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 14/09/2012 - 11:56
    Enviado por: Amanda

    Passei pela mesma situacao ontem! Paguei 230,00 para ver a Marisa Orth e Daniel Boaventura, infelizmente quando se abriram as cortinas percei que nao era a Marisa Orth… Torna-se bem frustrante e inconveniente pro espectador, sem tirar os meritos da Dani Calicchio que foi otima, mas realmente o marketing da peca acontece muito encima dos dois atores principais e chegar la e nao os ver realmente causa frustracao.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/09/2012 - 13:46
    Enviado por: ted

    Concordo com o comentario acima. Quem deveria entrar no Procon é quem viu a peça com a MArisa, pois ela está péssima!!!! Totalmente sem graça, timing zero nas piadas e cantando mal

    responder este comentário denunciar abuso

    • 22/09/2012 - 12:46
      Enviado por: Edson

      mas eu acho que alem da má fé do Time 4 Fun, essa má performance da Marisa é má vontade ou ganancia de querer fazer varias espetaculos ao mesmo tempo e dar nisso que dá !!!

      responder este comentário denunciar abuso
  • 14/09/2012 - 13:49
    Enviado por: Mariana

    Passei pela mesma coisa fiquei frustrada , triste e com raiva, mas tive um consolo de meu irmão comprar novamente um novo ingresso e pude ver a Marisa, desculpe mas é brutal a diferença entre a Marisa e a cover, Marisa tem muito mais presença de palco,carisma,atual melhor, e canta melhor, fico triste que nenhuma providencia foi feita, eles poderiam avisar antecipadamente a ausencia dos atores,as pessoas reclamaram muito no dia mas e não tiveram resposta de nada,lamentavel isso ocorrer!! somos palhaços!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/09/2012 - 14:03
    Enviado por: Claudio

    Até que enfim alguém falando ,é uma pena que só agora alguem tenha falado em algum meio de comunicação já que o espetaculo já tem mais de 6 meses e já esta chegando no fim a temporada,e isso ocorre faz um tempo,(vi com a Marisa graças a Deus) mais tive amigos que passaram por essa situação, sairam de lá com má impressão do musical por se sentirem enganados, quem irá reparar isso agora depois de meses?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/09/2012 - 14:41
    Enviado por: Helena Martins

    É uma pena que só agora alguém resolveu falar, primeiro vi o espetaculo com a Marisa Orth achei incrivel, lindo, ela é maravilhosa e atua muito bem,no humor ela sabe o ponto certo adorei tanto que fui novamente em um lugar mais caro,e para meu desgosto não era ela, achei fraco, e fiquei com raiva por ninguém avisar, nada contra a alternante, não gostei, a Marisa faz toda a diferença,e achei mais ainda falta de respeito com o publico que paga tão caro para ver um espetaculo. obrigada pelo espaço.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/09/2012 - 16:23
    Enviado por: Sergio

    Com tantos casos relatados será que ela fez mesmo 94% dos espetáculos? O caso agora é matemático!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/09/2012 - 18:13
    Enviado por: Maria Emilia Nieto

    Pra nós aconteceu o mesmo! Ganhamos de nosso filho dois ingressos para irmos assistir ao musical “Família Adams” no domingo, dia 2 de setembro. Grande expectativa e enorme frustração: Marisa Orth não apareceu. Acostumada que estou a ir a musicais fora do Brasil, esperava encontrar no folder do show, tanto a informação de sua ausência, quanto os detalhes de sua substituta. Nem uma coisa, nem outra …. que pena! O desrespeito ao pública chega também às casas de show.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/09/2012 - 19:04
    Enviado por: marcia ferreira schleier

    No dia 26/08/2012 aconteceu com minha família e eu (8 pessoas).
    Comprei no dia 16/08/12 no próprio Teatro Abril e não fui informada de que Marisa Orth não estaria no musical na data escolhida.
    Quando chegamos ao Teatro e o musical começou fiquei decepcionada. Perdemos muito com a interpetração da atriz substituta.
    Perguntei a uma funcionária do teatro e ela me disse que Marisa Orth pouco aparece, já que tem muitos compromissos.
    Não sou palhaça. Vou processa-los.
    Márcia F. Schleier

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/09/2012 - 21:43
    Enviado por: Sérgio Dias

    uma pena que seja assim; e as respostas da assessoria mostram que, provavelmente, vai continuar assim. vamos ver se com o Procon resolve…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/09/2012 - 21:49
    Enviado por: Denise Godinho

    Marcelo, também assisti a peça no dia 15 de julho, domingo, e tive a mesma surpresa. Nada contra a atriz que interpretou a Mortiça, achei o espetáculo ótimo, mas impossível conter a frustração. Um casal de senhores que estava sentado ao nosso lado se levantou e foi embora, mas só depois de nos contar que eles estavam sendo enganados pela segunda vez e que o que eles queriam era apenas ver a Marisa. Disseram que iam fazer uma reclamação e procurar os meios cabíveis, mas depois não sei o que aconteceu.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/09/2012 - 21:55
    Enviado por: Maria Tereza Gomes

    Marcelo, também fomos ver Família Addans há uns dois meses, sessão das 21h de um sábado. Marisa Orth também não compareceu. E, assim como ocorreu com você, não ouvimos nenhuma palavra sobre a substituição.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/09/2012 - 22:09
    Enviado por: Claudio Motta

    Há um ano atrás tinha comprado dois ingressos para ver a peça “Mulheres Alteradas” no Teatro Procópio Ferreira; um dia antes da exibição recebi um telefonema avisando que a atriz Adriane Galisteu não poderia estar naquela apresentação e sugeriram a troca dos ingressos para outro dia ou a devolução do dinheiro; fiquei bastante surpreendido com o profissionalismo da administração mas, mesmo assim, decidimos ir na data programada. Fomos surpreendidos: a atriz substituta deu um verdadeiro show.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/09/2012 - 22:25
    Enviado por: Eliana

    Com minha familia aconteceu o mesmo, no dia do espetãculo, Marisa Orth não se apresentou. Quando fui comprar o ingresso falei sobre essa questão e me informaram que não podem dizer se ela vai estar ou não e que isso só se sabe no dia. Devolver o dinheiro, nem pensar.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/09/2012 - 22:33
    Enviado por: Marcelo

    Ola Marcelo

    Sorte sua. A Marisa é horrivel, nao canta nada, e conduz o musical como se fosse um programa de comedia da TV. Pobre do publico que nao entende como funcionam os musicais. Pobre do publico que nao consegue distinguir uma nota so.
    QUem quer ver ator ou atriz especifica nao vai a Musical, fica vendo TV em casa. Vai ver novela.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 14/09/2012 - 23:28
      Enviado por: marceloduarte

      Olá, xará! Obrigado pelo comentário! Você tem razão sobre seu comentário sobre musicais. Mas você vai concordar que há uma curiosidade do público para saber como é a Marisa Orth em cena num musical. A produção se aproveita disso como chamariz e não entrega o que prometeu. Mas, no fundo, o que menos interessa é a presença da Marisa Orth. O que mais me irrita nesse caso é a maneira como age a empresa produtora. Má-fé total! Eles não respeitam o público! Pelas respostas que eles deram, você enxerga ganância e propaganda enganosa! Abraços e obrigado por participar desse rico debate!

      responder este comentário denunciar abuso
  • 14/09/2012 - 23:43
    Enviado por: Maurício

    Nossa olha só, uma pessoa que conhece os bastidores e o teatro tinha me falado também que muitas vezes não tinha a Marisa Orth, que era justamente o maior motivo para eu ir. Depois me falou que não, que era sempre ela… SÓ AGORA fiquei sabendo que era verdade!

    Então é indício de que a empresa/teatro anda escondendo coisa do público. Para ganharem mais espectadores escondem que ela não estará lá em tal dia. E a maior sacanagem é com esta 2a. atriz, simplesmente transformada em “prêmio consolação”. Não seria muito melhor dizer “tal dia a atriz Dani Tralala fará a Mortícia” e em seguida colocar o motivo, a experiência e competência da atriz para o papel? Eu iria com muito mais segurança, e claro deixo aqui todo meu respeito e admiração pelas duas atrizes, sem discriminações.

    Isso fora as taxas de “conveniência” pra quem quer comprar pela internet. Eu só vou pessoalmente, como foi colocado no texto.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/09/2012 - 00:38
    Enviado por: Nicolas

    Eu assisti duas vezes no mesmo dia em Junho e o Daniel Boaventura não compareceu em nenhuma das sessões, nem de tarde e nem de noite. Marisa estava nas duas. No entando o substituto dele era fantástico, não ficou devendo em nada. Algumas pessoas comentaram; “esse não é o Boaventura”, mas não vi ninguém reclamando. Porém também concordo que deveriam informar a troca de atores no início, pois os dois são globais e muita gente vai pra ver eles, infelizmente. Quando fui ver “Mamma Mia!” (vi 5x) eles avisavam até quando o ator que fazia o papel do padre (o menor personagem) era substituido. Enfim… A FAMÍLIA ADDAMS é um musical incrível, tão bom quanto seus antecessores no Teatro Abril; MAMMA MIA!, CATS, A BELA E A FERA… e não perde o brilho nem com substitutos, muito pelo contrário.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/09/2012 - 02:10
    Enviado por: marcelo b

    comeu rato por gato…rsrs
    taxas d (in)coveniencia são realmente um assalto…reclamam muito dos impostos e tal, q a meia entrada p/ estudantes, ajudam os organizadores acrescentarem + $$ no ingresso, mas a verdade está nuam palavrinha q vc escreveu ae: GANANCIA!
    se abaixarem os impostos, ou exterminassem c/ a meia entrada, ñ acabaria c/a incoveniente ganancia!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/09/2012 - 05:55
    Enviado por: Rynaldo Papoy

    Comigo, matriculei-me num curso de DJ do Iraí Campos, que não apareceu em nenhum dia, deixando só os assistentes, que, por sinal, eram muito bons.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/09/2012 - 08:11
    Enviado por: Adriana

    E eu que pensava que quem vai ao teatro no Brasil vai pela cultura e não pelos atores…
    Desse jeito, realmente, o teatro no Brasil nunca será valorizado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/09/2012 - 09:19
    Enviado por: Felipe

    Não assisti à peça, mas com todas estas reclamações, sugiro um pequeno desafio, que pode ajudar a esclarecer algumas coisas:
    Quem foi ver a peça, mas a assistiu com a atriz substituta, coloque a data e horário da apresentação.
    Vamos ver se os 94% batem com a realidade?
    Abraços

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/09/2012 - 09:26
    Enviado por: Camila Morais Neto

    É uma pena as pessoas não terem visto o espetaculo com a Marisa, ela esta muito bem, ela canta sim muito bem, e tem uma postura magnifica, a cena do tango é maravilhosa,tanto que foi considerada a melhor Morticia deixando para trás a da Broadway, o espetaculo perde muito sem ela, a t4f poderia rever tudo isso e avisar antecipadamente as pessoas, mas o Daniel Boaventura tb falta muito, uma das vezes que fui ele não apareceu, mas é engraçado que as pessoas reclamam mais se a Marisa falta, e na verdade acho que o procon não irá fazer nada a t4f tem respaldo sobre isso!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/09/2012 - 21:33
    Enviado por: Joaquim

    Marisa Orth fez todas as apresentações até julho, 6 por semana, ela disponibiliza no twitter dela os dias que ela fará shows solo e não se apresenta no teatro, por exemplo ela já colocou que em 25 e 26 de outubro ela não fará a peça,é bem provavel que ela realmente fez 94% já que no facebook na pagina do espetaculo quando ela falta as pessoas vão reclamar, isso aconteceu algumas vezes depois do mês 07, sendo que ela (Marisa)já tinha colocado a agenda no twitter, portanto ela fez a sim maioria das apresentações, quem quer ver atores principais não se arrisca em ir em matine, vai a noite que é mais certeza de encontrar, foi isso que fiz e assisti com ela 3 vezes, mas entendo que as pessoas não se ligam em twitter e acho falta de respeito da t4f não avisar antecipadamente as pessoas sendo que já esta tudo programado dela faltar, não sei quem é a cover mas não consigo ver o espetaculo sem a presença dela!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/09/2012 - 21:39
    Enviado por: Joaquim

    errei as datas 27 e 28 de outubro ela não fará a peça!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/09/2012 - 23:01
    Enviado por: Lúcia Ayrosa Queija

    Eu e meu marido já pensamos várias vezes em subir a serra para ir ao teatro em Sampa.Mas de tanto ouvir de amigos as falhas rotineiras exaltando atores do primeiro escalão e na hora H, os mesmos são substituídos, decidimos evitar dor de cabeça e aborrecimento.Afinal de contas, saímos para nos divertir.Portanto, qdo ficamos sabendo de alguma peça boa que vem para Santos (tanto no teatro Coliseu, como no Sesc) corremos para comprar.Sem dor de cabeça, stress, compramos na própria bilheteria, e detalhe: são os atores anunciados, sem substituição.Por conta disso, já assistimos peças maravilhosas e até conversamos com alguns desses atores e atrizes e não é raro muitas vezes depois do espetáculo ao sairmos para jantar encontra-los tb no restaurante. Já nos deliciamos com o talento de Denise Fraga, a turma animada e bacana da Terça Insana (Grace Gianoukas um doce de pessoa), a maravilhosa Glória Menezes, Marcelo Farias, Lúcio Mauro e Lucio Mauro Filho.Enfim, todos os espetáculos que fomos assisitir valeram a pena.Acho que o pessoal da baixada santista dá sorte.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/09/2012 - 17:54
    Enviado por: Danilo Vest Festa

    Deve ser realmente decepcionante!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/09/2012 - 11:43
    Enviado por: Guilherme

    Fui assistir no dia 13/07 às 21hs e a Marisa tb nao estava.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/09/2012 - 14:59
    Enviado por: Adriana Cavalcanti

    Passei pela mesma situação. Quando o espetáculo começou, minha filha disse: “Nossa, como a Marisa emagreceu!” – ela já tinha visto a peça com a Marisa. E eu disse: “Não é a Marisa”. Eu fui assistir ao espetáculo por causa da Marisa. Reclamei e obtive a mesma resposta que você. Ora, se eles têm uma agenda fora deste espetáculo, devem saber com antecedência. Foi como se tivesse ido assistir Cabaret sem a Claudia Raia. É muito desrespeito com o público. E acho que a T4F não está nem aí com isso, até porque acredito que, infelizmente, ainda são poucas pessoas que reclamam. Eu havia encaminhado ao Guia esta reclamação há alguns meses. E precisou você passar por isso para que fosse publicado o assunto.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/09/2012 - 18:05
    Enviado por: Guilherme Briggs

    Eu vou ao teatro pra assistir a FAMÍLIA ADDAMS, não ator A ou ator B, famoso ou não. Vou pelos PERSONAGENS, pelo ENREDO, pelas MÚSICAS, pelo ESPETÁCULO.

    TODOS os atores envolvidos são muito talentosos e dão conta do recado, independentemente de serem famosos na TV ou não. Estão todos preparados, treinados, passaram por uma rigorosa seleção.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 23/09/2012 - 21:09
      Enviado por: marceloduarte

      Caro Guilherme, obrigado por sua opinião. Na verdade, o que está em discussão não é a qualidade do espetáculo ou dos artistas substitutos. Estamos falando aqui que a produtora engana os clientes. Isso é outra coisa! O que acontece é que a Time 4 Fun usa os atores famosos para atrair o público e não avisa quando eles estarão ausentes. Propaganda enganosa e má-fé. O próprio Procon confirma isso. A desculpa da T4F é que há um aviso de que o elenco pode ser mudado sem aviso prévio. Você consegue enxergar isso no anúncio? Se o público fosse avisado, poderia decidir se quer ver o espetáculo com ou sem o protagonista. Aí é uma decisão de cada um. Você, por exemplo, não se incomodaria. Não é o caso da maioria! Abraços.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 23/09/2012 - 12:31
    Enviado por: Nagib Orro

    Falta de respeito para com o publico…..
    E olha que o publico já participou deste espetáculo com uma grana, que eh publica, já disse.
    Figurões espertalhões, medalhões decadentes….
    Afinal o ator trabalha para quem mesmo? Pensava que fosse para o publico….. Acho que virou só produto de consumo…. Triste época esta a nossa….

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/09/2012 - 20:31
    Enviado por: odely

    No dia 14/09 (sexta-feira) fui assistir ao musical, foi um presente que ganhei do meu marido pelos 10 anos de relacionamento. Para nossa decepção ocorreu a substituição do ator Daniel Boaventura, de quem sou fã, pelo ator Claudio Galvan, que atua e canta muito bem. O espetáculo foi ótimo, mas comprei uma coisa e recebi outra. Como vem escrito, em letras minúsculas, que se houver uma substituição não há devolução do dinheiro ou troca, só resta registar aqui minha decepção. Vou pensar duas vezes quando tiver vontade de ir a qualquer musical, pois os atores principais, que adimiramos e queremos ver, podem não estar!!!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/10/2012 - 17:45
    Enviado por: Andrea

    Fui assistir a “Família Adams” ontem 28/10 sessão das 20:00 e Marisa Não fez o espetáculo. Foi uma decepção grande que tive ao abrir as cortinas. Deveria ser avisado já na hora da compra! Um absurdo!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/11/2012 - 15:40
    Enviado por: Lucas

    Eu fui assistir ontem e ela tbm nao estava , mais ai francamente eu fui assistir o ESPETÁCULO não a marisa orth , quem fez a morticia no lugar dela e fez de uma forma espetacular foi a Dani Calicchio , que tbm é Assistente de direção e coreógrafa residente do espetáculo, eu nao tenho nada a reclamar , foi uma das coisas mais sensacionais que ja pude ver na minha vida . Muito bom quem nao foi eu recomendo com marisa orth ou não !

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/12/2012 - 18:33
    Enviado por: Cida

    Dia 05/12/12 na sessão das 20:30 horas nem a Marisa nem Marcelo. Também fiquei frustada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/12/2012 - 12:15
    Enviado por: Marcos Gabriel

    Também acho um absurdo este tipo de situação, eu estava pensando em assistir a peça e como antes de ir a qualquer evento um pouco mais caro (não sei pra vocês mas R$ 80,00 – 250,00 pra mim já é caro) eu pesquiso opiniões de quem já foi e me deparei com este post. Com isso liguei para a tickquet for fun e nas opções, a única que é para ter mais informações, acaba sendo uma gravação automática, não há como falar com um atendente. Imagino que se eu escolher a opção de comprar vou ser atendido por alguém, mas não é o caso eu queria apenas saber o elenco do dia seguinte, então resolvi ir até a bilheteria do teatro mesmo. Chegando lá vi uma lista com o elenco do dia ao lado da bilheteria, que pra minha surpresa não constavam os nomes nem da Marisa nem do Daniel, perguntei a atendente se ela poderia me informar o elenco do dia seguinte (sexta-feira 07/12/2012) que era o dia que pretendia ir com minha namorada e ela disse que só recebe a relação no dia mesmo a partir do meio dia, então perguntei se comprasse os ingressos e não tivesse o elenco esperado no dia seguinte, se eu poderia trocar os ingressos e disse que só com 3 horas de antecedência, ou seja até as 18hrs.
    Resumindo, como trabalho até as 18 hrs não teria como trocar, então perdi a viagem e 2 horas do meu dia, se eu tivesse comprado pelo site sem ter lido esse post não saberia que precisava chegar com 3 horas de antecedência para trocar e corria o risco de assistir a peça sem o elenco esperado. Porque eles só colocam o elenco no dia? porque pode acontecer um imprevisto? acho que não… do meio dia até a hora da peça também pode acontecer um imprevisto, eu acho que eles já sabem com muito mais tempo de antecedência e só fazem isso pra não diminuir a venda de ingressos naquele determinado dia, uma falta de respeito com o consumidor usar de má fé para vender mais ingressos. Me desculpem pelo texto enorme mas acho que alguém deveria tomar uma atitude em relação a isso.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/12/2012 - 01:48
    Enviado por: Daniel R

    Nada contra os atores que substituíram o Daniel Boaventura e a Marisa Orth, mas me senti enganado pela produção da peça pois nenhum dos dois apareceu no espetáculo desta noite (07/12/2012). Viemos de outra cidade (Florianópolis) para assistir o espetáculo e não nos foi apresentado previamente que o elenco seria diferente, pois se fosse, não teríamos comprado os ingressos. Realmente, falta de respeito com o consumidor. Infelizmente, não posso recomendar. Antes de comprar o ingresso, verifique se os atores serão aqueles que prometem.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/12/2012 - 21:21
    Enviado por: Adriana Carvalho

    também fomos lesados, embora a qualidade dos atores seja inquestionável, a compra foi personalíssima ou seja, para ver daniel boaventura e marisa orth, é um desrespeito aos incautos consumidores, como nós!
    Esperava ao menos um pouco de ética de atores tão conceituados, que devem se preocupar com essas questões, que arranham a imagem, bem do qual sobrevivem!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/12/2012 - 14:04
    Enviado por: Ivan Rodrigues

    Isso é Brasil meu amigo, sobre comprar ingresso para ver essa dupla sertanôja citada e faltar um, seria melhor não aparecer nenhum, pois assim, o preço do ingresso valeria a pena!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/12/2012 - 03:58
    Enviado por: Guilherme

    Quando vamos comprar o ingresso no Teatro Renault, tem uma faixa bem grande avisando que os atores podem ser substituídos…existem placas no local mostrando quais serão os atores da sessão, placas nas portas da entrada do teatro e ao lado da bilheteria.
    Acho também que pagamos pelo espetáculo e não pela Marisa Orth.
    Temos que dar crédito para todos da equipe que se esforçam para deixar esses espetáculos fabulosos.
    Quanto a propaganda distribuída ser com a Marisa Orth, não vejo problema. Ela é a atriz principal e se ela fez 94% dos shows, então eles tem todo o direito de usar a imagem dela na campanha.
    Se ela tivesse feito só 15% ai seria um problema.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 16/12/2012 - 04:15
      Enviado por: marceloduarte

      Olá, Guilherme! Respeito a sua opinião, mas não é o que acha a maioria. Os nomes dos atores aparecem em letras garrafais na publicidade, ao contrário da informação que eles podem ser substituídos sem aviso prévio. A produtora sabe exatamente quando os atores não estarão presentes e não informa isso ao público. Mas o ponto alto da enganação é não informar as substituições antes do início do espetáculo, como é de praxe em qualquer espetáculo, dando ao público a chance de trocar seu ingresso para uma nova sessão. Há relatos de sessões em que os 2 atores principais foram substituídos. Para você, 6% pode ser pouco. Mas são aproximadamente 12 000 espectadores lesados. Abraços e obrigado por acompanhar o blog

      responder este comentário denunciar abuso
  • 17/12/2012 - 15:19
    Enviado por: Luciano

    O pessoal paga o espetáculo para ver a Marisa Orth, não para ter um dia legal ao lado da família e dos amigos. Na minha opinião, a Marisa é muito boa atriz, sem duvida nenhuma, mas neste espetáculo em questão a Dani supera as expectativas. Ela é a Mortícia Adans encarnada, mas o pessoal quer a Marisa, afinal. Marisa é uma Deusa!
    O musical é maravilhoso! A Dani é espetacular e acho que se sai melhor no papél.
    A situação é que a Marisa tem outros compromissos em algumas datas. Ela não pode participar por conta de contratempos particulares (dela). Quanto a isso, acho que os fãs de plantão devem perguntar a ela, e não a produtora, que não interfere na vida particular dos seus atores. Se um ator não quer aparecer, por qualquer motivo que seja, paciência, ele que perde o cache e a credibilidade (dos fãs).
    Então, parem de chorar! Vejo a Marisa pelo menos quatro vezes na semana, mas ela é meio enrolada mesmo pessoal, é a verdadeira Magda (confesso que adoro o jeito dela, sou apaixonado)! Mas a Dani é foda! Ela que tem o jeito Morticia!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 19/12/2012 - 15:13
      Enviado por: marceloduarte

      Olá, Luciano! Muito obrigado por sua leitura e também pelo comentário. Mas acho que você comete um engano ao atacar a Marisa Orth e defender a T4F. A Marisa Orth tem sua dose de culpa, sim, embora – algumas vezes – avise pelo twitter e pelo facebook dos outros shows que ela fará. Mas a produtora não passa essa informação aos consumidores, mesmo alardeando o nome dos dois na publicidade o tempo todo. E a própria T4F desrespeita os atores substitutos, como é o caso da Dani (muito boa atriz, sim!), ao não colocar seu nome no programa e nem ao menos anunciar seu nome antes do espetáculo. A T4F faz isso porque sabe que está agindo errado e tem medo de uma reação do público antes do início do espetáculo. Abraços

      responder este comentário denunciar abuso
  • 04/02/2013 - 04:43
    Enviado por: Ana Paula Soares

    Então meu comentário pode ser tardio. Mas isso também aconteceu aqui no Rio, fui 2 semanas seguidas assistir a peça e em uma semana o elenco quase original estava presente, mas com os protagonistas originais. Na outra semana apenas 5 atores eram originais, e o Daniel Boaventura não estava presente e os outros foram trocados e eu fiquei com cara de besta haja visto que o ingresso de meia entrada no melhor setor custa 115, tirando a taxa de conveniência. Não avisaram nd antes. Levei minha mãe e mais 2 pessoas da minha família, elas até gostaram mas compramos lebre qd deveria ser gato! =)

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/04/2013 - 10:43
    Enviado por: Cristiane

    Daniel Boaventura não estava no dia em que fui assistir, mas foi substituído brilhantemente. Afinal de contas, quem era o substituto?? O pior é não serem divulgados os nomes desses atores! Não acho essa informação em lugar nenhum…

    responder este comentário denunciar abuso

Deixe um comentário:

Comentários recentes

  • Jailton Alves da Mota: ATUALIZAÇÃO: outubro de 2013. …e não é que a produtora realmente teve que encontrar...
  • Marcelo Neves: Olá Ataide e Nelcy… como vocês só viram a esta confusão em junho deixa só esclarecer um...
  • marcelo b: meu, kd vc que ñ escreve ha um tempo? ñ tá preso na bolivia, né? rs
  • Ataíde Marques: É isso aí, Nelcy. Fã que é fã não vai perder.
  • VANILDE PEREIRA COSTA: Gostaria de colocar uma franquia na cidade com 40.000 habitantes; Qual capital que devo ter?E...

Arquivo