1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Instamor

Carlos Castelo

quinta-feira 28/08/14

Estado civil: fotógrafo.

A foto dos pés sujos do mendigo, em close, foi bem elogiada no curso de ensaio fotográfico. Keyla apreciou especialmente as observações daquele colega mais velho que ela mal sabia o nome, mas que depois veio a descobrir que era Custódio.

Ela tinha decidido fazer aquele curso pelo número cada vez maior de curtidas que suas fotos recebiam no Instagram – @keylafotografa.

O colega, mais tarde, lhe dissera que suas razões para fotografar eram bem diferentes das dela. Nem tinha conta no Instagram e preferia usar filme e fotômetro manual.

De todo modo, Custódio viu no material de Keyla algo que classificou com um termo que ela teve de ir ao Google pra entender o que era: “naif”.

Ao ler a tradução da palavra, Keyla ficou desapontada. Não era assim tão ingênua, já tinha até feito um curso de iluminação em estúdio. No entanto, a maneira como Custódio pronunciara “naif” lhe parecera uma declaração bastante carinhosa.

Passaram a trocar imagens via whatsapp. Keyla mandava um monte num mesmo dia. Custódio demorava para retribuir, precisava digitalizar os negativos num scanner.

Do compartilhamento de imagens passaram a compartilhar idas ao centro da cidade para registros em dupla. Keyla postava quase que imediatamente nas redes sociais, Custódio voltava com os rolos de filme e ia editando o material para uma futura exposição.

Meses mais tarde promoveram a primeira viagem juntos com objetivos fotográficos: Patagônia. Keyla criara seu próprio site e especializara-se em retratos, Custódio estava na fase de só tirar fotos de estrelas e cometas.

Com as escolhas definidas, o casal ganhou mundo. Foram ao México registrar a Festa dos Mortos, aos países nórdicos clicar a aurora boreal, até a Índia caçar portraits de gurus, hindus e muçulmanos.

O resultado das viagens e de algumas exposições individuais no Brasil levou-os a serem convidados para uma bolsa numa prestigiada escola de imagens britânica. Dividiram um pequeno apartamento em Finsbury Park. E o tempo no distrito londrino rendeu muitas fotografias sobre o time do Arsenal, a primeira série que realizaram a quatro mãos.

Os amigos que fizeram, ainda naquele curso de ensaio fotográfico de anos atrás, indagavam-se sobre como seria a vida dos ex-colegas Keyla e Custódio. Viajavam juntos, estudavam juntos, faziam exposições juntos, moravam juntos…

A curiosidade era enorme. Especialmente entre as mulheres.

Certo dia, uma colega do curso tomou coragem e ligou para Keyla. Depois de perguntar sobre as viagens, os workshops, as exposições, sapecou:

- E cama, Keyla, nada?

Ao que ela respondeu, decidida:

- Ah, cama vai rolar logo!

- Nossa, finalmente! – vibrou a outra.

- É, o Custódio e eu tivemos uma ideia pra um ensaio. Casais nus em suas camas. Imagina pôsteres enormes deles, vai ficar uma arraso, menina!