1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Quem Faz

PABLO PEREIRA. Formado pela PUC-RS em 1986, é jornalista do Estadão desde 2007. Foi Editor Executivo de O Estado de S.Paulo, do Jornal da Tarde e do estadão.com.br. Master em Jornalismo Digital pelo Instituto Internacional de Ciências Sociais (IICS), é repórter especial.

sábado 29/01/11

Raios e trovões nas noites de SP

Foto da obra do francês Ernest Meissonier, que retrata Napoleão na batalha de Friedland. 1875

Com essa interminável temporada de chuvas, raios e trovões em São Paulo, documentada nos jornais com números, fotografias de céus carregados, ameaçadores, e com explicações de relampólogos sobre os muitos clarões, lembrei de fragmento do livro de Laurentino Gomes, 1822.  Ele conta como D. Pedro I e sua amante Domitila dormiram juntos pela primeira vez no

Ler post
quarta-feira 12/01/11

O luto corre pelas ruas – e segue o barco!

As águas voltaram ao cotidiano dos paulistanos e de seus vizinhos. Com elas, que deveriam ser prenúncio de vida, de criação, de alegria, chega a fria constatação de que nossa engenharia urbana mais uma vez fracassou. Na administração das coisas públicas, meses e meses após o mesmo quadro ter sido visto na cidade, resta o “lamento” pela força da

Ler post
quinta-feira 04/02/10

Tragédia das chuvas em SP

Dados atualizados às 15h30 de 4/02/2010

14 mortes   já foram registradas na temporada de chuvas e enxurradas que já duram dois meses em São Paulo. É o dobro das mortes ocorridas no desabamento da obra do Metrô, em Pinheiros, em janeiro de 2007, quando 7 pessoas perderam a vida. A chuvarada encharca o solo, revela as falhas nas defesas da cidade e mostra como

Ler post