1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Os gênios, suas obras – e o prazer de navegar

Pablo Pereira

27 abril 2013 | 10:37

 

É certo que nada substitui a sensação de estar em contato direto com uma obra de arte. Há prazeres inesquecíveis experimentados quando se está cara a cara com um Da Vinci no Louvre, um Van Gogh no MoMA, um Dalí em São Petersburgo, na Flórida, um Goya no Prado, ou um Toulouse-Lautrec no Masp. São visões impressionantes, perturbadoras, marcantes.

Mas veja que maravilha: graças a outra genial criação, de Timothy John Berners-Lee, pode-se apreciar de casa, usando a setinha do cursor, os 360 graus do maior dos Michelangelo.

 

 

Tags: ,