1. Usuário
Assine o Estadão
assine


É possível largar o crack

Pablo Pereira

19 janeiro 2012 | 11:32

A jornalista Camila Tuchlinski entrevistou um ex-usuário de crack. É um excelente trabalho. Um depoimento tocante pelo drama de um personagem da Cracolândia paulistana, que perdeu anos da vida metido com as pedras. Mas é também um sopro de esperança nesse grave quadro de degradação humana que se vê todos os dias na cidade.

O vício do crack é uma doença. É difícil, mas tem saída. Já se conseguiu reverter o quadro do cancerígeno tabaco no mundo. Como não se consegue virar o jogo com esta droga derivada da cocaína? É preciso ação forte de governo para ajudar a quem não consegue se livrar sozinho. Ouça a entrevista.

Tags: ,