1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Quem Faz

PABLO PEREIRA. Formado pela PUC-RS em 1986, é jornalista do Estadão desde 2007. Foi Editor Executivo de O Estado de S.Paulo, do Jornal da Tarde e do estadão.com.br. Master em Jornalismo Digital pelo Instituto Internacional de Ciências Sociais (IICS), é repórter especial.

sexta-feira 11/11/11

Nobre gesto do professor

Gravação de Paulo Liebert, com texto e edição de Gabriela Valente, da TV Estadão, mostra um ato admirável do professor Benedito Lima de Toledo, um conhecido do Garoa. Ele doou acervo riquíssimo para a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP. O professor é uma autoridade em São Paulo. É um apaixonado pela formação da

Ler post
sexta-feira 22/10/10

Novo livro conta história da formação paulista

Após sete anos de gestação, sai da oficina, em São Paulo, livro que mostra o jeito paulista de ser. Não do paulista da Capital, somente. Autores mostram o ambiente geográfico que formou o paulista para além da metrópole. História do Estado de São Paulo: A Formação da Unidade Paulista será apresentado neste sábado, 23, na Estação Pinacoteca. Editado

Ler post
domingo 29/11/09

Sons e imagens de SP

Área de estacionamento do Estádio do Pacaembu/Reprodução

Com a contribuição do leitor Roberto Izidorio Pereira, que comenta o post “Sons de São Paulo“, reproduzo aqui imagens de São Paulo em 1943. É um documentário de propaganda, mas que contém imagens maravilhosas da cidade, produzido pelo The Office of The Coordinator of Inter-American Affairs. Mostra, por exemplo, imagens do Pacaembu, o trânsito na

Ler post
sexta-feira 23/10/09

Uma referência urbana

O arquiteto Benedito Lima de Toledo é um especialista na formação da cidade de São Paulo. Professor de história da arquitetura, mantém atividades acadêmica e literária profundamente ligadas aos assuntos da metrópole. Ele não vê São Paulo como uma cidade. Para Benedito Lima de Toledo, ela já faz parte de uma mancha urbana que se espalha interior a dentro. Aos 74 anos,

Ler post
quinta-feira 22/10/09

Paixão antiga

O GP do Brasil de Fórmula 1, em Interlagos, agitou os paulistanos. Para os amantes brasileiros da velocidade, um momento supremo, oportunidade única no ano de ter contato com o universo dos motores mais avançados e seus pilotos. Um espetáculo. As máquinas velozes são uma paixão dos paulistanos há tempos. Desde quando as corridas eram disputadas

Ler post