1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Quem Faz

PABLO PEREIRA. Formado pela PUC-RS em 1986, é jornalista do Estadão desde 2007. Foi Editor Executivo de O Estado de S.Paulo, do Jornal da Tarde e do estadão.com.br. Master em Jornalismo Digital pelo Instituto Internacional de Ciências Sociais (IICS), é repórter especial.

sexta-feira 08/08/14

Chuva colorida na Praça Eisenhower

Um belo ipê rosa enfeitava o engarrafamento da rua Curitiba, ao lado do Clube do Círculo Militar, na região do Ibirapuera. Manhã de sexta, 8 de agosto.

Neste tempo seco, sem ventos ou brisas, dele desciam "pingos" cor-de-rosa, enormes e lentos, até o chão da Praça Eisenhower.

A árvore se exibia!

No inverno, os ipês trocam o verde das folhas por copas coloridas - maravilhosas - com ...

Ler post
terça-feira 29/07/14

Clube Tietê vira área pública em setembro

O muro externo foi derrubado e o terreno está coberto por tapumes de madeira. O velho Clube de Regatas Tietê, de 1907, à beira da Marginal do Tietê, altura da Ponte das Bandeiras, será transformado em Centro Esportivo Tietê da Prefeitura de São Paulo, segundo o Decreto 53.832/2013. A obra deve ser entregue em setembro.

Pelo menos é o que promete a Secretaria de Esportes e Lazer da Prefeitura. O espaço, de 50 mil m2, deve ser ...

Ler post
sexta-feira 25/07/14

Preços de SP. Pãozinho a R$ 11 o quilo; aluguel a R$ 11 mil o mês

É forte debate sobre a inflação no país. Os preços endoidaram, dizem uns; os preços vão cair no segundo semestre, projetam outros. O fato é que São Paulo tem custo de vida em alta e algumas coisas muito malucas. Tem pãozinho francês por R$ 11 o quilo e aluguel mensal de apartamento a R$ 11 mil.

Outras coisas que assustam na cidade: o estacionamento de carro está na faixa de R$ 20 por hora. A velha pizza, ...

Ler post
sexta-feira 18/07/14

Cai notificação da dengue. Mortos e infectados são recorde

O inverno, felizmente, derrubou a dengue na cidade. Os especialistas explicam que as baixas temperaturas são inimigas do mosquito transmissor. Atualizando os números da temporada, a Prefeitura divulgou ontem, 17, os dados da 28ª semana. São Paulo chega ao recorde de 15.969 casos de dengue. E 12 mortes, como mostrou a repórter Fabiana Cambricoli.

O ápice da crise ocorreu na 16ª semana do ano, na metade do mês de abril, quando foram notificados 2.508 casos em uma semana. Na semana seguinte (17ª), os registros caíram para 1.793 casos e, a partir daí, foram despencando até chegar a 5 casos informados na semana 27, início de julho, e apenas um caso notificado na última semana (28ª), segundo os dados atualizados ontem pela Secretaria da Saúde do município.

Hoje, olhando-se ainda para o período de pico, é possível ver que a cidade foi atacada por nuvens do Aedes Aegypti com força nunca vista. “Dois terços (66,4%) dos casos estão acumulados em março e maio”, diz informa da Prefeitura. Em 2013, foram 2.617 pacientes contatos de janeiro a dezembro. O pior período dos últimos 5 anos foi o ano de 2010, que registrou 5.866 pessoas com dengue.

A taxa de incidência atual da cidade é de 141,9 casos de dengue para cada grupo de 100 mil habitantes. Segundo o Ministério da Saúde, esse resultado aponta uma contaminação de nível médio.

—————————————————————————————————————————————————

Tabela para entender taxa de incidência

- Baixa  - 0 a 100 casos por 100 mil habitantes 

- Média – 100 a 300 casos por 100 mil habitantes

- Alta – acima de 300 casos por 100 mil habitantes

Fonte: Ministério da Saúde

—————————————————————————————————————————————————-

Mortes. A pior notícia sobre a dengue na cidade na temporada, obviamente, é o rastro de mortes deixado pelo mosquito. Mais dois casos apareceram nesta 28ª semana analisada. “Os novos óbitos são de dois homens, de 43 e de 50 anos, que morreram nos dias 19 e 21 de abril no Tucuruvi, na Zona Norte, e em Itaquera, Zona Leste, respectivamente”, diz informa da Saúde.

Embora as notificações tenham sido reduzidas, até dia 22 a saúde promete ” ações de combate ao mosquito”.

Abaixo, confira os bairros.

Na Zona Leste

- Cidade Tiradentes, Ermelino Matarazzo, Guaianases, Itaim Paulista, Itaquera, São Mateus e São Miguel Paulista

No Centro Oeste

- Lapa e Pinheiros

Na Zona Norte

- Freguesia/Brasilândia, Casa Verde/Cachoeirinha, Santana/Tucuruvi e Vila Maria/Vila Guilherme

Na Zona Sul

- Campo Limpo, Capela do Socorro, M’ Boi Mirim, Parelheiros e Santo Amaro

.

Ler post

quinta-feira 17/07/14

Depois da classe média, o barulho é da periferia vestida de MTST

Em 1995, quando o tucano Fernando Henrique Cardoso começava o primeiro mandato de presidente da República, o Movimento dos Sem-Terra (MST) decidiu apertar o cerco sobre terras que eles chamavam de latifúndio improdutivo. Abriu-se então no país uma forte disputa fundiária com a reação imediata dos proprietários rurais, empresas de agronegócios, seus representantes no parlamento, e entidades setoriais da agricultura.

O ambiente no campo derivou para a radicalização. Com centenas de invasões de terras pelo país, os fazendeiros se armaram ...

Ler post
quinta-feira 17/07/14

Um tapuia paulistano quer vaga no Senado

Ele é filho de  índios tapuia, foi criado entre os guarani de Parelheiros, zona sul de São Paulo,  e hoje é candidato ao Senado pelo Partido Verde (PV). Carlos  Alberto dos Santos, 50 anos, que tem o nome indígena de Kaká Werá, herdado do povo que o acolheu como irmão na periferia de São Paulo, é antropólogo.

Kaká Werá trabalhou com o educador Paulo Freire, quando o velho professor foi secretário de Educação do município, ...

Ler post
segunda-feira 14/07/14

Derrubaram Felipão. Não aprenderam nada com a Alemanha

O Brasil não aprendeu nada da lição que os alemães deram nesta Copa do Mundo. Zero. O comportamento da cartolagem – e dos inimigos da dupla Felipão/Parreira - é pior do que a goleada da semifinal, que teve pelo menos o gol do Oscar. Agora, para atender à cachorrada que emparedou a comissão técnica – que até outro dia era largamente lambida, elogiada, bajulada – a CBF detonou Felipão e companhia.

Não foi o que fez a ...

Ler post
sábado 12/07/14

Felipão não é o problema. Cadê o futebol dos “craques”?

Ainda há um jogo (jogão!) para ser visto, Alemanha e Argentina, amanhã, no Maracanã, mas já se pode dizer que a Copa do Brasil acabou nesta fria noite de sábado, 12 de julho.  O melancólico final da seleção brasileira, com derrota por 3 a 0 para os holandeses, teve pênalti que o juiz inventou e futebol de meia-tigela do Brasil em campo.

O problema é o Felipão? Acho que não. É difícil dizer agora se a cartolagem ...

Ler post
sexta-feira 11/07/14

Brasilândia, a esperança que vem da caixa d’água

Uma caixa d'água fecha uma obra que é a cara da burocracia nacional e do jeito brasileiro de ser. O reservatório, que por medida judicial liminar deve ser instalado em 60 dias numa comunidade indígena do Mato Grosso do Sul, é parte da construção de um sistema de abastecimento de água potável a partir de um poço artesiano cavado para atender à vila dos índios ofayé-xavante, em Brasilândia, a 380 km de Campo Grande, na divisa com o ...

Ler post