1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Quem Faz

PABLO PEREIRA. Formado pela PUC-RS em 1986, é jornalista do Estadão desde 2007. Foi Editor Executivo de O Estado de S.Paulo, do Jornal da Tarde e do estadão.com.br. Master em Jornalismo Digital pelo Instituto Internacional de Ciências Sociais (IICS), é repórter especial.

sexta-feira 25/12/09 09:03

Natal

Depois de tudo, das luzes coloridas, da missa do galo, da louca que derrubou o Papa, das coxas de peru, da maçã no creme vermelho, das frutas, das castanhas, dos telefonemas, do Feliz Natal, dos presentes, e da briga na família do prédio vizinho, às 4h20, o silêncio. São Paulo, na manhã fresquinha de 25, parece curtir tranquilamente a data cristã. No passeio cotidiano das 6h30, Bob Schnauzer não encontrou nem o simpático poodle branquinho que sempre observa quieto a sua ...

Ler post
quarta-feira 23/12/09 10:44

Almoço, às 9h; jantar, às 14h

São Paulo mudou muito, costumam dizer saudosos paulistanos. Têm razão. Outro dia, lendo sobre a gastronomia na cidade encontrei no trabalho de Alzira Lobo de Arruda Campos uma curiosa descrição do que eram os prazeres da mesa na virada do Século 20. Por lá já se comia, em datas festivas, o peru recheado e o leitão, que estão presentes em muitas ceias atualmente. Eram comuns também as empadas e os doces caseiros, como o doce de batatas ou de figo e o ...

Ler post
terça-feira 22/12/09 15:32

Três cenas, uma história

Vista de Peranza, lugar onde o atual imperador Dom Pedro ou o então príncipe regente declarou a Independência do Brasil, por Edmund Pink, 1823

[caption id="attachment_591" align="aligncenter" width="450" caption=""Independência ou Morte", por Pedro Américo, em 1888 "]Independência ou Morte, por Pedro Américo em 1888 [/caption]

[caption id="attachment_593" align="aligncenter" width="450" caption=""Vista do Ipiranga, lugar onde foi proclamada a Independência do Brasil (em São Paulo)", por Miguel Dutra, 1847"]Vista do Ipiranga, lugar onde foi proclamada a Independência do Brasil (em São Paulo, por Miguel Dutra, 1847) Ler post
segunda-feira 21/12/09 17:03

Aclimação, passado chocante

Outro dia, uma amiga do Garoa perguntou-me quando leria aqui algo sobre o bairro dela, Aclimação, belo lugar para se morar em São Paulo. Fui dar uma olhada nos escritos antigos para aprender sobre o assunto e encontrei coisas muito interessantes, outras chocantes.

Já sabia que o agradável bairro paulistano, que tem um belo parque com lago – que ultimamente anda fugidiço –fora uma das chácaras antigas nos arredores da São Paulo colonial.

Sabia também que ali foi construído um zoológico. E que abrigou um parque de exposições de animais, semelhante ao atual Parque da Água Branca, na região da Barra Funda. Foi criado à francesa. Aclimação foi área de aclimatação de animais.

O nome, claro, não escapou de uma prática que é própria da terra, uma encolhidinha de sílabas, e Aclimatação virou Aclimação.

Pois na aprazível Aclimação funcionou, no Século 19, também uma prática nada nobre, mas que fez escola — até os dias de hoje: os espancamentos de gente considerada fora da linha. Ou seja, tortura mesmo. Como aquelas largamente usadas nos porões dos governos militares ou como técnica de investigação em muita delegacia de polícia.

No caso da Aclimação, as vítimas descadeiradas a pau eram 0s negros escravizados. Era tanta brutalidade que, como lembra Levino Ponciano em seu São Paulo 450 anos, 450 bairros, o lugar era conhecido como Chácara Quebra-bunda.

Ler post
segunda-feira 21/12/09 14:37

Inversão familiar

Comer bem e a qualquer hora é um dos prazeres que São Paulo oferece. E é daqueles que mais atraem gente de fora -- e também muita gente daqui mesmo que odeia lavar a louça. Conheço gente que vem do interior distante passar o final de semana na cidade somente para curtir a gastronomia. Um amigo, que mantém os filhos na capital para estudar, costuma inverter os papéis na família. Em vez de esperar os filhos em casa no sábado e ...

Ler post
domingo 20/12/09 21:52

Viva a república!

São Paulo é um termômetro brasileiro. A grande metrópole dá as tintas na economia, dita o tamanho dos estoques e do consumo, mexe nas linhas do gráfico do PIB, não pode ficar de fora de nenhum cálculo sério sobre o rumo político nacional -- e chama a atenção do país até nos dias de enchente. Os números são gigantes. Conta-se gente aos milhões, orçamentos aos bilhões, ruas aos milhares, restaurantes idem, espetáculos em cartaz às centenas, favelas também – ...

Ler post
quarta-feira 16/12/09 12:13

Coisas de dezembro

Natal de 1953 na Praça Ramos de Azevedo, São Paulo/Reprodução

Outro dia, relembrando informações sobre a Alameda Casa Branca, palco de episódio importante na história política da cidade, em 1969, estive no Arquivo do Estado, na Avenida Cruzeiro do Sul, para onde foram levados documentos daquele período tenebroso. O prédio está em reformas, mas numa sala do térreo funciona uma livraria. Lá encontrei um exemplar do livro São Paulo, 1860 - 1960, A Paisagem Humana (Editora Terceiro Nome e Albatroz Editora), rico em informações e imagens da cidade.  Para quem ...

Ler post
terça-feira 15/12/09 12:25

São Paulo é boa para viver

Agradeço aos 375 amigos do Garoa que aceitaram participar da Enquete sobre a vida em São Paulo, disponível para votação de 30 de novembro até hoje, dia 15. Vejam abaixo a pergunta e o resultado: Você acha São Paulo uma cidade boa para viver?

  • Sim (56%, 210 Voto(s))
  • Não (44%, 165 Voto(s))
  • Total de Votos: 375
  •  

    Ler post
    sexta-feira 11/12/09 14:50

    Uma rua e seu marco

    Relatório do DOPS. Clique para ver íntegra no celular e leia abaixo na web

    As ruas de uma cidade costumam revelar partes da história de um povo. Em muitos casos extrapolam os acontecimentos ali vividos e se transformam em ícones de um tempo. Outro dia, andando a pé pelos Jardins, passei por um ponto de São Paulo que há 40 anos é muito comentado: duas quadras da Alameda Casa Branca, distantes algumas centenas de metros do Parque Trianon e do Masp. O local, que nos anos 60 passava por forte alteração na paisagem, com a construção de ...

    Ler post