1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Bienal do Livro e o fenômeno ‘young adults’ em números

Maria Fernanda Rodrigues

29 agosto 2014 | 20:21

Os livros mais vendidos na Bienal do Livro, a nova coleção organizada por Maria Valéria Rezende, Moacyr Scliar e Graciliano Ramos homenageados com exposição e mais na Babel

FEIRA
Bienal do Livro e o fenômeno ‘young adults’ em números

 

(Foto: Divulgação)

A Bienal só termina amanhã, mas dificilmente alguém vai tirar o posto de queridinha dos leitores de Cassandra Clare, que levou uma multidão – e histeria – à feira no fim de semana passado. Até quinta à noite, seus livros ainda eram os mais vendidos no estande da Record (3 mil exemplares), que registrou aumento geral de 97% no faturamento em comparação com 2012. John Green não veio, mas foi o mais vendido de suas duas editoras: a Intrínseca, que bateu na terça o faturamento de 2012 e não dá números (A Culpa É das Estrelas), e a WMF Martins Fontes (1.200 cópias de Quem É Você, Alasca?). Outros: Se Eu Ficar (Novo Conceito, 6.222 cópias), de Gayle Forman, de carona com o filme que estreia dia 4, O Reino das Vozes Que Não se Calam (Rocco), de Carolina Munhóz e Sophia Abrahão, e Carta de Amor aos Mortos (Seguinte), de Ava Dellaira. Um dos 12 selos da Companhia das Letras, o Seguinte (juvenil) foi responsável por 22% das vendas do grupo.

COLEÇÃO
De todos os recantos
Criada para lançar obras de autores de fora do eixo Rio-São Paulo e organizada pela escritora Maria Valéria Rezende, a coleção Latitudes apresenta seus primeiros cinco e-books (contos e romances) em setembro.
*
Há um livro de autor alagoano – A Paixão Insone, de Ronaldo Monte – e quatro de paraibanos. São eles: O Beijo de Deus, de Dôra Limeira; Aqui as Noites São Mais Longas, de Geraldo Maciel; Palavras Que Devoram Lágrimas, de Roberto Menezes; e Já Não Há Golfinhos no Tejo, de Joana Belarmino.
*
A série sai pelo selo digital Mombak, que publica a revista Pessoa. Em 2015 tem mais.

EXPOSIÇÃO
Tributo a Graça e Scliar

(Foto: Lisette Guerra/Divulgação)

Dois escritores serão homenageados com exposições em setembro. Em São Paulo, Conversas com Graciliano Ramos (1892 -1953) será aberta dia 16, no MIS. Porto Alegre, cidade de Moacyr Scliar (1937-2011; foto), recebe, a partir de 17, a mostra interativa O Centauro do Bom Fim. Será no Santander Cultural.

DIGITAL
Gestão grátis
A Menina do Vale 2, da empreendedora Bel Pesce, teve 5 mil downloads em 48 horas. A versão em papel, mais completa, chegará às livrarias esta semana.

EDITORA
Mudança de casa
Rosana Caiado, ex-editora de ficção nacional da Rocco, está na Intrínseca.

DOAÇÃO
Para Marajó
A Callis doou 90 livros infantojuvenis para o quadro Cadeia de Valores, do programa CQC – eles serão levados à Ilha
de Marajó.

POESIA
Matemática poética
Euclidianas, do matemático e poeta francês Eugene Guillevic (1907-1997), sai em setembro pela Berlendis & Vertecchia. Para o tradutor Marco Lucchesi, ele recupera a essência lúdica da ciência.

CORDEL
Rei no sertão
Nos 450 anos de Shakespeare, a Amarilys lança Rei Lear em Cordel, de Marco Haurélio com ilustração de Jô Oliveira.


Um trecho: 
Na terra onde o bem floresce
Logo a maldade se assanha,
Como na presente história
Em que a lisonja e a manha
Causaram a derrocada
De um grande rei da Bretanha.