1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Em 1961, incêndio em circo causava tragédia em Niterói

Edmundo Leite

sábado 17/12/11

O que era para ser uma divertida tarde de domingo acabou em tragédia. No dia 17 de dezembro de 1961, em poucos minutos o fogo tomou conta do Gran-Circo Norte Americano, em Niterói, deixando mais de 500 mortos. A tragédia marcou para sempre o município fluminense e o Brasil, que se mobilizou para ajudar as [...]

O que era para ser uma divertida tarde de domingo acabou em tragédia. No dia 17 de dezembro de 1961, em poucos minutos o fogo tomou conta do Gran-Circo Norte Americano, em Niterói, deixando mais de 500 mortos. A tragédia marcou para sempre o município fluminense e o Brasil, que se mobilizou para ajudar as vítimas numa campanha de solidariedade poucas vezes vista.

O Estado de S.Paulo – 19/12/1961

Em editorial de 19/12/1961, o Estado cobrou rigor nas investigações. “É imprescindível um inquérito. Não um inquérito como sempre, mas um inquérito como nunca, na longa história de dor de nosso povo, houve em tão poucos minutos, tanto desespero, tanta agonia, tanta tragédia”, escreveu.

 

O Estado de S.Paulo, 20/12/1961

A história do incêndio no Gran-Circo Americano em Niterói é contada em detalhes no livro O Espetáculo Mais Triste da Terra, do jornalista Mauro Ventura.


Veja  também:
Páginas da História, década de 70:

1972:  Incêndio destrói Edifício Andraus

1974:  Edifício Joelma em chamas

# Quando a diversão acaba em tragédia

# Siga: twitter@estadaoacervo | Instagram | # Assine