1. Usuário
Assine o Estadão
assine

No ar, o Repórter Esso

Rose Saconi

domingo 28/08/11

Há 70 anos O mais famoso noticiário de todos os tempos, o Repórter Esso, estreou no rádio no dia 28 de agosto de 1941. Foi o primeiro noticiário de radiojornalismo do Brasil, comandado pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro. Patrocinado pela empresa norte-americana sediada no Brasil, Standard Oil Company of Brazil, o Repórter Esso [...]

Há 70 anos

O mais famoso noticiário de todos os tempos, o Repórter Esso, estreou no rádio no dia 28 de agosto de 1941. Foi o primeiro noticiário de radiojornalismo do Brasil, comandado pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro. Patrocinado pela empresa norte-americana sediada no Brasil, Standard Oil Company of Brazil, o Repórter Esso se especializou em divulgar, principalmente, notícias sobre a evolução das guerras travadas pelos Estados Unidos em todo o mundo.

 

No Estado, um anúncio para o programa de estreia

 

O locutor Heron Domingues apresentou o programa durante 18 anos. Os slogans “Repórter Esso, a testemunha ocular da história” e “Repórter Esso, o primeiro a dar as últimas” ficaram famosos em sua voz.

 

Foto: Arquivo/AE

3 de setembro de 1941

Uma semana depois, estreava outro programa de rádio – Página Feminina -, apresentado pela primeira editora do Suplemento Feminino, do Estado, Maria do Carmo de Almeida, a Capitu.

 

 

O Suplemento Feminino nasceu em 25 de setembro de 1953, quando o Estado transformou em caderno a página feminina que publicava às sextas-feiras.

 

 

Pesquisa e Texto: Rose Saconi

Tratamento de imagens: César Augusto Franciolli

Siga o Arquivo Estadão: Twitter@arquivo_estadao e Facebook/arquivoestadao