1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Mulheres de calças chocavam a sociedade em 1911

Lizbeth Batista

12 março 2011 | 08:47

O Estado de  12 de março de 1911 mantinha suas leitoras atualizadas sobre a última moda em vestuário femenino.

Em sua página central traziam estampados os diversos modelos de “jupes-culottes”.  Precursoras das calças femininas as “jupes” ficaram conhecidas no Brasil como saias-calção .

 O Estado de S.Paulo 12 de março de 1911

A nova vestimenta gerou as mais diversas reações no mundo.

Alguns indignavam-se com os cortes da roupa. Diziam que ela se  ajustava muito ao corpo, e que  marcava as formas femininas, atentando ao decoro que deve ser seguido por senhoras ao transitarem pela rua.

 O Estado de S.Paulo 1911

Mulheres que se atreviam a desfilar as “jupes-culottes” pelas ruas corriam o risco de serem perseguidas e hostilizadas.

 O Estado de S.Paulo 1911

A polêmica foi tamanha que a revista Careta publicou, em seguidas edições, notícias ,  fotos e  charges sobre a revolucionária peça.

Revista Careta 1911

Leia também:

# São Paulo aplaudia calça feminina em 1911

# Em 1911,o Estado lembrava que não era pecado mulheres usarem calças

# Declarada guerra ao espartilho

# Em 1911, calças e aviões também eram coisas de mulher

 

Pesquisa e Texto: Lizbeth Batista
Siga o Arquivo Estadão: Twitter@arquivo_estadao e Facebook/arquivoestadao